Série: A Vida de Saul - Lições que Saul Nunca Aprendeu
Introdução: Lembre-se que quando começamos nossa série sobre Saul, queríamos fazer mais do que apenas aprender uma lição de história. Nosso desejo era aprender algumas coisas olhando para a vida do rei Saul.

"Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que, pela constância e pela consolação provenientes das Escrituras, tenhamos esperança". (Romanos 15:4)

"Ora, tudo isto lhes acontecia como exemplo, e foi escrito para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos" (1 Coríntios 10:11)

Não precisamos experimentar cada fracasso para aprender as lições que Deus quer que aprendamos.

Vamos aprender algumas das lições que Saul não conseguiu aprender em sua vida. Há provavelmente muitos que poderíamos considerar, mas esta noite quero que olhemos para cinco delas.

I. O Pecado é Sério.

A. Saul nunca levou o pecado a sério.

B. Isso é evidente por vários motivos.
1. Ele sempre apresentou desculpas ao invés de confessar seu pecado diante de Deus.
2. Ele foi rápido em culpar os outros pelo que ele mesmo havia feito.
3. Nunca o encontramos arrependido. Chorando de vez em quando, mas nunca voltando para Deus em arrependimento.

C. Saul pensou que poderia encobrir seus pecados, mas isso nunca funciona. “Aquele que encobre os seus pecados não prosperará; mas o que os confessa e deixa, alcançará misericórdia" (Provérbios 28:13)
1. Por comparação, Davi cometeu mais pecados graves do que Saul, mas houve uma diferença.
2. Davi é encontrado arrependido uma e outra vez diante de Deus.
3. O plano de Deus para lidar com o pecado é claro.
4. Confissão - Arrependimento - Perdão
5. Mas Saul nunca aprendeu essa lição.

II. O Declínio Espiritual é Gradual.

A. O fracasso de Saul não foi imediato.
1. A princípio Saul foi humilde, mas logo o orgulho e a inveja começaram a trabalhar nele.
2. O ódio seguiu a inveja e o assassinato seguiu o ódio.
3. Ele começou como um servo obediente de Deus, mas logo ele se tornou teimoso e independente.

B. O declínio espiritual é geralmente gradual.
1. É possível que nossa vida espiritual se deteriore sem que percebamos isso.
2. No entanto, Deus nos envia advertências através da Sua Palavra para fazermos um balanço de tempos em tempos e ver onde estamos.
3. Gênesis 3:9, "onde estás?"
4. Se Saul tivesse escutado as advertências enviadas por Deus, ele poderia ter evitado a vergonha e a desgraça que vieram sobre ele.

III. A Integridade é Essencial.

A. Definição de Integridade
1. A palavra hebraica é traduzida como 'plenitude', 'completa', 'justo' e 'perfeição'.
2. Alguém disse que a integridade é o que você é no escuro sozinho quando ninguém está por perto.
3. Saul estava incompleto e certamente não era justo diante de Deus.

B. Ele era o que Tiago chama de "homem de coração dobre" - "O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos” (Tiago 1:8)

C. Observe sua progressão.
1. No princípio ele serviu a Deus.
2. Então ele começou a servir a Deus e a si mesmo.
3. Finalmente, ele começou a usar Deus para servir a si mesmo.
4. Jesus deixou claro que não podemos servir a dois senhores!

IV. Obediência é a Chave Para a Vitória e o Sucesso.

A. Deus deve ser o Senhor da nossa vida.
1. Deus fez Saul rei
2. Ele ungiu e capacitou-o
3. Mas cabia a Saul permitir que Deus tivesse controle em sua vida.
4. O mesmo é verdade para cada um de nós.
5. Deus nunca se impõe sobre nós, devemos nos render a Ele e permitir que Ele tenha controle. "E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus". (Romanos 12:2)

B. Nós devemos fazer a vontade de Deus, não a nossa vontade.
1. Não podemos discutir com Ele nem devemos nos rebelar contra ele.
2. Não devemos correr à frente dele ou ficar para trás.
3. Precisamos obedecer imediatamente a tudo o que sabemos que Deus tem para fazermos.

C. O sacrifício não substitui a obediência.
1. Saul não conseguiu entender essa verdade.
2. Muitas vezes tentamos racionalizar o que fazemos e unilateralmente fazemos acordos com Deus.
3. Mas o único sacrifício que Deus quer é um coração obediente.

V. Vidas Espirituais Devem ser Construídas.

A. O crescimento espiritual não vem automaticamente.
1. Assim como dissemos a respeito do declínio espiritual, o mesmo acontece com o crescimento espiritual.
2. Não há caminho rápido e fácil para a maturidade espiritual.
3. Deve ser determinado e virá como resultado do esforço.
4. Nunca encontramos que Saul realmente construiu alguma coisa, pelo contrário.

B. Saul confiava em seus dons e habilidades naturais mais do que em seus dons espirituais e no poder de Deus.
1. Alguns podem ir por um tempo em sua própria força
2. Mas eventualmente o fracasso virá.
3. O fracasso de Saul poderia ter sido evitado se ele tivesse construído sua vida espiritual.

C. Devemos construir nossas vidas espiritualmente. (Judas 1:20-21; 24) "Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna. Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos ante a sua glória imaculados e jubilosos".
1. Deus nos impedirá de cair se construirmos nossa vida espiritual.
2. Fé - Oração - Amor – Misericórdia
3. Devemos ter essas coisas em nossas vidas e devemos permitir que o Espírito Santo nos ensine as verdades de Sua Palavra.
4. Observe o próximo verso em Judas - (Judas 1:25) "ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém"
a. Quando vivemos para a glória e majestade de Deus, isso fará diferença em nossas vidas.
b. Saul estava mais interessado em sua glória do que na glória de Deus.
c. O resultado foi que ele perdeu a coroa.

(Apocalipse 3:11) "Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa"