A fé de Abraão - Parte 6Texto: Gênesis 16:1-16
Introdução: Nas noites de domingo estivemos considerando um dos principais personagens da Bíblia, Abraão. Temos observado sua vida e sua fé. Hebreus 11:8 nos diz que Abraão seguiu o Senhor pela fé. Em nosso estudo, analisaremos o desenvolvimento de sua fé uma vez que Deus o chamou para ser o pai de uma grande nação. Vimos altos e baixos em sua vida, juntamente com vitórias e derrotas.
Lembre-se que dissemos que tudo o que ele trouxe do Egito, mais tarde, criaria problemas para ele. Esta noite, somos apresentados a Agar, a serva egípcia, e vamos ver os problemas que se desenvolveram em relação a ela.
[post_ad]
Neste capítulo vamos ver nitidamente o quanto é perigoso confiar em nossa própria sabedoria, em vez de crer em Deus.

I. Esperando em Deus. V. 1

(Gênesis 16:1) – “Ora, Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos. Tinha ela uma serva egípcia, que se chamava Agar”.
A. O tempo de Deus é de Deus e somente de Deus.
1. Abraão e Sara estavam esperando por dez anos pelo filho prometido.
2. Isso é muito tempo para esperar, e eles, como nós, não gostavam de esperar.
3. "Nós somos a geração do agora" e esse é certamente o caso.
4. Por que Deus os fez esperar tanto tempo? (Hebreus 11:12) “Pelo que também de um, e esse já amortecido, descenderam tantos, em multidão, como as estrelas do céu, e como a areia inumerável que está na praia do mar”.
5. Deus estava esperando até que eles estivessem "como mortos”, porque assim Ele iria receber toda a glória.
B. Devemos andar pela fé. "Porque andamos por fé, e não por vista" 2 Coríntios 5:7
1. Andar pela fé inclui a disposição de esperar no Senhor.
2. Andar pela fé é se preocupar apenas com a glória de Deus.
3. Andar pela fé significa agir sobre a autoridade da Palavra de Deus.
4. Andar pela fé resultará em alegria e paz em nossa vida.
C. Enquanto esperavam em Deus, Abraão e Sara foram se desviando de sua caminhada de fé.

II. Conspirando em torno de Deus. V. 2-4

A. O plano de Sara.
1. Ela sabia que era incapaz de ter um filho, mas Abraão ainda poderia ser um pai.
2. Ela começou a duvidar de Deus.
3. Afinal, Ele havia dito que Abraão seria o pai, mas não especificamente disse que ela seria a mãe.
4. Seu objetivo não era a glória de Deus, mas apenas para ter um filho. V. 2-5. Ao invés de crer em Deus, ela estava culpando Deus.
B. O consentimento de Abraão. V. 2b
1. Abraão não é isento de culpa em sua saída da caminhada de fé.
2. O plano pode ter sido de Sara, mas ele concordou.
3. Esta não é a primeira vez que um marido escolheu ouvir a sua esposa, em vez de Deus.
4. O problema não foi tanto o fato de Sara ter dado Agar para ser esposa de Abraão, porque a poligamia era uma prática aceita, naquele dia, mas o objetivo por trás do ato estava tudo errado.
5. Como resultado, Deus não reconheceu o casamento deles, ela nunca iria ser referida como a esposa de Abraão, apenas como empregada doméstica ou escrava de Sara.
C. Observe que eles não estavam dispostos a esperar em Deus:
1. Ambos atuaram para agradar a si mesmos ao invés de glorificar a Deus.
2. Eles não obedeceram à Palavra de Deus, e certamente isso não trouxe paz e alegria em seus corações ou em sua casa!

III. Lutando uma com a outra. V. 4-6

A. Este é o resultado natural de seguir a sabedoria do mundo, em vez de Deus.
1. Tiago 4:1, "De onde procedem as guerras e contendas entre vós? Porventura não vêm disto, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?”.
2. De todas as brigas, as brigas familiares são as mais dolorosas e mais difíceis de resolver.
3. Não demorou muito para que o plano de Sara produzisse frutos: Agar engravidou e Sara se tornou amargurada.
B. A falta de lidar com os problemas corretamente sempre leva a problemas maiores.
1. O que eles deveriam ter feito era construir um altar, confessar seus pecados diante de Deus e pedir perdão.
2. O que eles fizeram foi típico de quem anda na carne.
3. Todos os três tinham a sua própria maneira de lidar com o problema.
a. A solução da Sara: culpar o marido e maltratar sua serva. V. 5
b. A solução de Abraão: ceder a sua esposa "o que for preciso para te fazer feliz, querida”.
c. A solução de Agar: fugir.
4. Ter se desviado em sua caminhada de fé levou a ações que tiveram resultados trágicos.
5. A única resposta para eles era ir a Deus.

IV. Submetendo-se a Deus. V. 7-16

A. Agar teve de submeter-se a Deus. V. 7-14
1. O Anjo do Senhor encontrou Agar no deserto, e encorajou-a.
2. Ele disse a ela para voltar ao seu devido lugar de serviço sob Sara.
3. Disse-lhe que, apesar de seu filho não ser a semente prometida, mas sua semente seria muito abençoada.
4. Ismael era o nome dele e que ele seria o pai dos povos árabes.
5. Agar confiou em Deus para proteger a ela e seu filho e voltou a submeter-se a Sara.
B. Sara teve que submeter-se a Deus.
1. Não está registrado de como ela reagiu quando Agar retornou.
2. Mas Agar, sem dúvida, relacionada com a maneira de como o anjo de Deus veio e falou com ela para tranquilizá-la de seus cuidados.
3. Sara já não a maltratou e aceitou-a de volta em sua casa como empregada.
C. Abraão teve que submeter-se a Deus. V. 15-16
1. Ele desempenhou um papel passivo em todo este drama, mas ele também teve de submeter-se a Deus.
2. Ele chama seu filho Ismael de acordo com a palavra do Senhor a Agar.
3. Mais uma vez vemos que Deus está no controle e Abraão aprende essa lição vez após vez em sua caminhada com Deus. (Provérbios 3:5-6) “Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas”.

Conclusão: Abraão e Sara tiveram que aprender a viver com seus erros. Isso é verdade para todos nós. Quando nos desviamos em nossa caminhada de fé, sempre há consequências!
A lição simples para nós é esta: Que Deus realize a Sua vontade na Sua maneira e no Seu tempo.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem