A fé de Abraão - Parte 5

A fé de Abraão - Parte 5Texto: Gênesis 15:1-21

Introdução: Nas noites de domingo temos meditado sobre um dos principais personagens da Bíblia, Abraão. Temos observado sua vida e sua fé. Hebreus 11:8 nos diz que Abraão seguiu o Senhor pela fé. Nós também somos instruídos a viver as nossas vidas pela fé.

Portanto, esta noite vamos continuar observando este grande exemplo de uma vida de fé.

Vimos na semana passada Abraão em um ponto alto em sua vida. Ele tinha acabado de liderar com sucesso o seu exército contra os quatro reis das cidades-estados e resgatado Ló, bem como todos os outros que haviam sido levados cativos de Sodoma. Ele foi capaz de recuperar todos os bens roubados e foi vitorioso em tudo. Não só foi capaz de vencer o inimigo no campo de batalha, mas também superou o ataque sutil de comprometer-se com o mundo.
[post_ad]
No entanto, quando começamos o capítulo 15 , encontramos que o Senhor apareceu a Abraão e as primeiras palavras que disse foram estas: "Não temas”. A caminhada de fé não é sem lutas e dificuldades. Não é necessariamente uma estrada fácil para viajar, mas temos garantias de que não viajamos sozinhos nessa estrada. Deus está conosco em cada passo do caminho. Abraão teve preocupações e medos, mas Deus estava lá para tranquilizá-lo no meio desses medos.

Neste capítulo, vamos ver três áreas de preocupação na vida de Abraão, e vamos ver como é que Deus cuidou de cada uma delas. Ao considerarmos a vida de fé de Abraão, podemos encontrar encorajamento e força para viver pela fé no Deus que suprirá todas as nossas necessidades.

I. Ele estava preocupado com sua segurança. V. 1

A. Por que Abraão teve medo?
1. Nossas emoções podem "desmoronar" após um tempo de grande perigo e dificuldade.
2. Lembre-se de Elias, após a grande vitória no Monte Carmelo temia por sua vida!
3. Outro fator foi a possibilidade de que os quatro reis poderiam retornar com reforços e atacar o acampamento de Abraão.
4. Se Abraão fosse morto, o que aconteceria com a promessa de Deus?
B. Ouça a Deus.
1. "... a palavra do Senhor veio a Abrão...”.
a. Este é o primeiro lugar nas Escrituras onde encontramos estas palavras de encorajamento.
b. Elas aparecem ​​mais de 100 vezes no Velho Testamento.
c. A fé que vence o medo não é a fé em nossos sentimentos, mas a fé na Palavra de Deus.
2. “... não temas, Abrão...”.
a. Mais uma vez, este é o primeiro lugar na Escritura que encontramos estas palavras de segurança.
b. Deus o chama pelo nome.
c. O Deus que nomeia e numera todas as estrelas, também conhece os nossos nomes e se preocupa com as nossas necessidades.
3. "... Eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande"
a. O remédio de Deus para o medo de Abraão era lembrá-lo de quem Ele era. Salmo 46:10a "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus"
b. O Deus "EU SOU" é perfeitamente adequado para o homem “Eu não sou".
c. Deus é o nosso escudo e nossa recompensa.
d. Ele é a nossa proteção e nossa provisão.
e. Abraão não precisava se preocupar em lutar outra batalha.
f. E ele não tinha que se arrepender por perder a riqueza que lhe ofereceu o rei de Sodoma, porque Deus iria recompensá-lo com muito mais. Salmo 84:11 "Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão".

II. Ele estava preocupado com o seu herdeiro. V. 2-6

A. Nós vemos Abraão perguntando. V. 2-3
1. Deus prometeu que seus descendentes seriam tão numerosos quanto o pó da terra.
2. Mas Abraão e Sara ainda não tinham filhos.
3. E se ele morresse, o único herdeiro seria seu servo Eliezer.
4. Abraão não estava apenas preocupado com si mesmo e sua esposa, embora eles quisessem filhos.
5. Ele estava preocupado sobre como Deus iria executar o Seu plano de salvação para o mundo inteiro.
6. Princípio para lembrar: "A vontade de Deus deve ser cumprida na maneira de Deus e no tempo de Deus"
B. Nós vemos Abraão olhando. V. 4-5
1. Deus deixou claro que Abraão seria o pai do futuro herdeiro.
2. Deus disse: “... aquele que será gerado de ti será o teu herdeiro" Nenhum substituto seria aceitável.
3. Ele lhe disse para olhar para as estrelas e, assim como elas são inumeráveis​​, assim será a tua descendência.
4. Se Abraão olhasse para o pó ou para as estrelas, ele se lembraria da promessa de Deus.
C. Vemos Abraão crendo. V.6
1. As promessas não nos fazem nenhum bem a não ser que nós creiamos e agimos sobre elas.
2. Nós não somos salvos por fazer promessas a Deus, mas crendo em Suas promessas para nós!
3. Abraão mais tarde iria provar sua fé por suas obras, quando ele iria oferecer Isaque sobre o altar, mas agora a justiça foi dada a ele por Deus.
4. Gênesis 15:6 no Antigo Testamento é o equivalente de João 3:16.

III. Ele estava preocupado com sua terra. V. 7-21

A. Abraão buscou segurança. V. 8-12
1. Deus afirmou a Abraão que ele iria possuir a terra.
2. Abraão pediu a Deus um sinal de segurança.
3. Ele estava confiante de que Deus lhe daria o filho prometido, mas a terra estava nas mãos de 10 nações pagãs.
4. Uma coisa era ser dono da terra, outra coisa era possuí-la e disfrutar dela.
5. Deus “faz uma aliança" com Abraão.
a. O costume era que duas pessoas caminhavam juntas pelas partes divididas do sacrifício.
b. Isso seria ligá-los a uma promessa, e em vigor estava dizendo que se não cumprisse sua palavra, mereciam o mesmo destino dos animais sacrificados.
c. Deus não permitiu que Abraão entrasse na aliança com ele.
d. Ele sozinho, passou através das peças do sacrifício.
e. Isso fez com que a aliança ligada só com Deus, fosse unilateral.
B. Os termos da aliança envolveu o plano de Deus para a nação, Abraão, e a terra. V. 13-21
1. O plano de Deus para a nação. (13-17)
a. A escravidão no Egito por cerca de 400 anos.
b. O juízo de Deus sobre o Egito.
c. O livramento de Deus ao Seu povo.
2. O plano de Deus para Abraão. (15)
a. Morte pacífica em uma "boa velhice”.
b. Isso foi aos 175 anos.
c. Abraão iria andar com Deus por cerca de 100 anos.
3. O plano de Deus para a terra. (18 -21)
a. A terra pertence aos descendentes de Abraão através de Isaque.
b. Até o momento, Israel nunca totalmente possuiu toda a terra.
c. No entanto, Jesus Cristo vai reinar por 1000 anos e todas as promessas de Deus para Israel serão cumpridas.

Conclusão: Quando Abraão estava preocupado com ele mesmo, Deus lhe garantiu, dizendo: "EU SOU!" Quando ele estava preocupado com o seu herdeiro, ele ouviu Deus dizer: "EU VOU" Sua preocupação com a terra foi cumprida pela promessa de Deus: "EU TENHO DADO”.

Para você e eu, hoje, precisamos entender que Deus suprirá todas as nossas preocupações. Ele faz isso através de Seu Filho, Jesus Cristo.

(Filipenses 4:19) “Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus”.

(Gênesis 15:6) “E creu Abrão no Senhor, e o Senhor imputou-lhe isto como justiça”.

Abraão creu em Deus, não é? Ele vai atender todas as nossas necessidades. Ele nos dará força para a jornada e Ele cumprirá Suas promessas a nós.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A fé de Abraão - Parte 5 Reviewed by Aldenir Araujo on sábado, julho 05, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.