30 de dezembro de 2009

Resoluções Para o Ano Novo
Resoluções para o ano novoTema: Ano novo

Texto: Salmos 65:11

Introdução:  Decidindo pular: Um menino disse ao pai: "Pai, se três sapos estavam sentados em uma rampa que pairava sobre uma piscina, e um sapo decidiu pular na piscina, quantos sapos ficaram na rampa? "O pai respondeu, "Dois". "Não", respondeu o filho. "Tem três sapos, e um decide pular, quantos ficaram? "O pai disse," Oh, eu entendi, se um decide saltar, os outros também. Portanto, não ficou nenhum. "O menino disse: "Não papai, a resposta é três. O sapo apenas decidiu saltar, mas não saltou"
Não parece com a resolução do ano passado?  
Grandes inspirações e grandes resoluções, mas muitas vezes nós só decidimos, e meses depois; estamos ainda no mesmo lugar sem fazer nada.

1. Como um novo ano começa, lembro-me do fato de estarmos a um ano mais perto...a. Do dia de nossa morte, ou o dia do retorno do Senhor
b. Do dia em que vamos estar diante do Senhor. 2 Coríntios 5:10

2. Uma vez que estamos um ano mais perto do dia do nosso destino final, que será determinado para sempre, deixe-me aproveitar esta oportunidade...a. Para provocar o seu pensamento a respeito de como você usou o ano passado
b. Para sugerir algumas resoluções para o próximo ano

Meu objetivo é encorajar-nos a fazer melhor uso do tempo que nos resta, e nos preparar para o dia do julgamento que nos espera.

Vamos começar, perguntando ...

I. No ano passado

A. Nosso relacionamento com Deus e Cristo melhorou?
1. Temos chegado mais perto de Deus? - Tiago 4:8
2. Tendo em mente que uma estreita relação depende de boa comunicação ...
a. Temos sido fiel em ouvir a Deus através da Sua Palavra?
1) Mais um ano se passou, não conseguimos ler a Bíblia este ano?
2) Se não, e especialmente se nunca temos tempo, podemos dizer honestamente que estamos levando o nosso relacionamento com Deus a sério?
b. Fomos firmes em falar com Deus através da oração?
1) Qualquer comunicação eficaz requer uma de rua duas vias
2) Portanto estudar a Bíblia fervorosamente deve ser unido com fervorosa oração
3) O nosso grau de religiosidade aumentou ou diminuiu este ano?

B. Nosso relacionamento com os irmãos melhorou?
1. Tem o nosso amor um pelos outro aumentado este ano? - 1 Tessalonicenses 4:9-10
2. Será que estamos mais perto uns dos outros do que estávamos há um ano?
a. Por exemplo, estivemos nas casas dos irmãos?
b. Por exemplo, algum deles esteve em nossas casas?
3. Será que conhecemos mesmo quem são nossos irmãos?
a. Cada ano chega novos membros para a Igreja
b. Temos feito o esforço para conhecê-los?

C. Nosso relacionamento com aqueles que estão no mundo melhorou?
1. Como povo de Deus, temos uma responsabilidade importante na direção daqueles que estão no mundo. Mateus 5:13-16
a. Para ser uma influência positiva ( "Vós sois o sal da terra")
b. Para demonstrar um caminho melhor ( "Vós sois a luz do mundo ")
2. Temos feito progressos neste ano no desenvolvimento significativo de relacionamentos com as pessoas em o mundo?
a. Assim, a luz de Cristo pode ser vista em nossas vidas
b. Assim, o evangelho de Cristo pode ser comunicado a eles
3. Ou somos como a maioria dos "vizinhos", nesta era ...
a. Vive ao lado do outro, mas não conhece realmente o outro?
b. Ter-se esquecido a arte perdida da "Hospitalidade"?
As questões que estou a levantar podem ser resumidas deste modo: "Outro ano se passou, temos feito um bom uso do tempo, que o Senhor nos deu, ou temos desperdiçado esse tempo?"  
É provável que todos nós, em alguma área, não fizemos bom uso do ano que passou. Mas neste ponto, vamos aplicar as palavras de Paulo: Filipenses 3:13-14  
Com esta atitude de prosseguir para a frente, deixe-me sugerir as seguintes resoluções ...

II. Para o próximo ano

A. Resolva se aproximar de Deus e de Cristo ...1. Tendo um programa de leitura diária da vida de Deus e sendo cumpridores da palavra - Hebreus 4:12
a. Ler o Antigo Testamento, este ano - Romanos 15:4 - 1 Coríntios 10:11 - 2 Timóteo 3:14-17
b. Leia o Novo Testamento também - Tiago 1:21
2. Ao ser diligente na oração - Hebreus 4:14-16
a. Vamos ser um povo agradecido - Colossenses 4:2 - 1 Tessalonicenses 5:17-18
b. Talvez o costume de Daniel de orar três vezes ao dia seja digno de copiar

B. Resolva manter-se mais próximo dos irmãos ...
1. Fazendo questão de cumprimentar cada um a cada chance que tiver. 3 João 1:14
2. Por ter uma outra pessoa ou família em sua casa em cada mês. I Pedro 4:9
a. Não tem que ser um jantar chique
b. Basta uma visita simples para se conhecerem melhor
3. Ou visitando uma outra pessoa ou família a cada mês
a. Pode não ser sempre conveniente ter pessoas em sua casa
b. Mas você pode organizar a visitá-los em sua casa (se você estiver sozinho, levar alguém com você)

C. Resolva conhecer melhor os não cristãos ...1. Por ter um novo vizinho ou colega de trabalho em sua casa a cada mês - Gálatas 6:10
2. Ou visitando um novo vizinho ou colega de trabalho a cada mês
a. Não tem que ser uma refeição extravagante ou formal visita
b. É incrível como a hospitalidade, e gentileza para com a vizinhança pode ir ...
1) Para construir relacionamentos significativos
2) As oportunidades podem ser criadas para compartilhar o evangelho  

Leia também: Cinco chaves para um ano novo feliz

Conclusão

1. Estas resoluções podem parecer simplista, mas, se implementadas, vão para um longo caminho ...
a. Para produzir o tipo de vida que está se tornando de cristãos
b. Para aumentar as relações mais estreitas com Deus, nossos irmãos, e os perdidos
1) E que abençoará nossas vidas
2) E será uma bênção para a igreja e nossa comunidade
c. Para criar uma consciência mais clara do próximo ano, neste momento
2. O tempo é um bem precioso, que nos foi dado por Deus ...
a. Ele é verdadeiramente como um vapor - Tiago 4:13-15.
b. Ele precisa ser gastado com cuidado - Efésios 5:15-16  
- Eu espero que estas sugestões de resolução de ano novo ajude-o a fazer melhor uso do próximo ano!

Pr. Aldenir Araújo

29 de dezembro de 2009

Cinco Chaves Para um Ano Novo Feliz
Cinco chaves para um ano novo felizTema: Ano novo

Texto: Filipenses 3:12-16

Introdução:

1. Nos versículos 1-11, Paulo retrata a si mesmo como um contador – Palavra chave: "Escrevo" - Paulo estava dizendo: tenho “novos valores".
2. Nos versículos 12-16 - Paulo presente - Ele se descreve como um atleta – Palavras chave é: "força". Ele tem um “novo vigor".
3. Nos versículos 17-21 - O futuro de Paulo, ele retrata a si mesmo como um estrangeiro.

As palavras chave são "Eu vejo". Ele tem uma nova visão. 

Vejamos cinco chaves para um feliz ano novo:

I. A insatisfação. V. 12-13. "Não que já tenha alcançado."

Paulo estava satisfeito com Jesus, mas não com sua vida cristã. Muitas pessoas estão satisfeitas com a sua caminhada cristã porque comparam se com outros cristãos. Devemos ser advertidos sobre uma falsa estimativa da nossa condição espiritual. Apocalipse 3:1.

II. A devoção. Filipenses 3:14b. Paulo disse: "Uma coisa eu faço."

Ele era como Maria, ele se concentrou em adorar a Jesus. Lucas 10:42. Assim, muitos de nós somos como Marta, que era distraída em muitas coisas. Nosso foco deve estar em servir a Deus.

III. A direção. Filipenses 3:13c. "Esquecendo-me das coisas que atrás ficam."

Os perdidos são controlados pelo passado, mas o cristão olha para o futuro. A palavra "esquecer" não significa um fracasso para se lembrar, mas isso significa que nós não somos controlados pelo passado.  

Não precisamos ser controlados por pecados passados ou fracassos do passado.

IV. A determinação. Filipenses 3:14.

As palavras "prossigo" significa que Paulo estava colocando todos os seus esforços na sua Vida cristã.  

Dois extremos que devemos evitar:

1. Eu devo fazer tudo
2. Deus deve fazer tudo.

V. A disciplina. Filipenses 3:15-16.

Podemos ser desclassificado por não ter cumprido as regras. Deve haver disciplina em nossa vida cristã.  

Pr. Aldenir Araújo

28 de dezembro de 2009

Resoluções Sábias Para o Ano Novo
Resoluções sábias para o ano novoTema: Ano novo
 
Texto: Josué 24:15

Introdução

A. Tempo de resolução de novo
B. Resoluções são limitadas
1. Fazer melhor não pode nos salvar
2. Obras não louvam a Deus
C. O valor das resoluções
1. É bom para definir metas para nós mesmos
2. Resoluções de personagens da Bíblia
3. Vamos examinar algumas resoluções da Bíblia

I. A resolução de Josué. Josué 24:15.

A. Sua escolha foi de servir a Deus
1. Deus nunca força alguém a servi-Lo.
2. Deus deseja que nós o sirvamos por amor.
3. Cabe a cada um de nós fazer essa escolha.

B. Qual será sua escolha para o ano novo?
1. Você vai servir a Deus ou servir Satanás?
2. Não há meio termo no reino de Deus.
3. Ele será sua escolha?

II.  A resolução de Davi. Salmo 116:1-2.

A. Sua escolha foi a orar.
1. Ele dá o seu raciocínio por trás da escolha.
2. Porque Deus ouve e responde orações.

B. Ele também escolheu louvar a Deus em todos os momentos. Salmos 34:1
1. É um excelente exemplo para nós seguirmos em 2010.
2. Precisamos continuar em oração, porque a oração é importante para o nosso relacionamento com Deus.
3. Precisamos determinar a louvá-Lo, por que:
a. Você não pode reclamar e louvar
b. Você não pode criticar e louvar
c. Você não pode fofocar e louvar

C. As resoluções de Davi relativas à Palavra de Deus. Salmo 119:15-161. "Em teus preceitos meditarei"
a. A importância de meditar sobre a Palavra de Deus.
b. "Porque, como imaginou no seu coração assim ele é"  Provérbios 23:7
c. Tomar a Palavra de Deus em nossas mentes em uma base regular.
2. "Alegrar-me ei nos teus estatutos"
a. Não como algo enfadonho, mas como um prazer diário.
b. Como uma carta de amor do Senhor.
3. "não me esquecerei da tua palavra"
a. Isto exige memorização.
b. A memorização da Bíblia não é apenas para crianças.
c. Por que não começar a memorizar versículos cada semana este ano?
4. O valor de uma vontade de ler a Bíblia este ano.
a. Quatro capítulos diários nos leva através da Bíblia em um ano.
b. Lendo três capítulos durante a semana e cinco no domingo, também irá ajudar-nos a ler toda a Bíblia.

III. A resolução de Daniel. Daniel 1:4.

A. Ele decidiu permanecer separado
1. Ele se recusou a contaminar-se com a carne e a bebida do rei.
2. Embora que outros ao redor dele não estavam pensando nada disso - Daniel recusou.
3. "O certo continua sendo certo, mesmo se ninguém mais está fazendo, o errado continua sendo errado, mesmo se todo mundo está fazendo."
4. Daniel tomou uma posição para o Senhor, quando teria sido mais fácil não fazê-lo.

B. Ele propôs no seu coração.1. Sua decisão não foi apenas um capricho, mas uma convicção pessoal.
2. Precisamos de algumas sinceras convicções em nossas vidas.
3. Nós devemos fazer o propósito de viver a nossa vida santa diante de Deus.
4. Vida Santa não é o resultado de uma chance que se propôs.

IV. A resolução do filho pródigo. Lucas 15:14

A. Ele estava no fundo.
1. Ele tinha uma bela casa que ele deixou para trás
2. Ele nunca deixou de procurar fama e fortuna, nunca deixou de gastar tudo o que tinha.
3. Quando ele finalmente chegou ao fundo, viu a vida na perspectiva certa pela primeira vez.

B. Ele fez a resolução
1. De voltar para o pai.
2. De confessar o seu pecado.
3. De se tornar um humilde servo.
 
Conclusão: O que o ano novo significa para nós? É apenas mais um ano ou será o ano que vamos tomar a resolução de colocar Deus em primeiro lugar em nossa vida? Para servi-lo como Josué, para orar e louvar como Davi; para manter-se santo como Daniel; para voltar para o Pai como o filho pródigo.
 
A escolha é nossa.
Com o Que Podemos Contar no Próximo Ano?
Com o que podemos contar no próximo ano?Tema: Ano novo
 
Texto: Deuteronômio 31:1-8
 
Introdução: Como chegamos ao fim de mais um ano, temos uma mistura de emoções. Temos alguns pesares sobre os acontecimentos que tiveram lugar em nossas vidas. Falhas que desejamos não tivessem acontecido. Menos sucessos que esperávamos ter. Mas junto com estes, tem também o entusiasmo sobre o que virá no Ano Novo! 
 
Os símbolos tradicionais desta época do ano são o velho e o bebê. É uma maneira de ilustrar o passado e o futuro. O futuro está cheio de toda a esperança de um bebê recém-nascido. Muitas promessas... Muitas possibilidades... Muito olhar para frente! 

Então com o que podemos realmente contar no próximo ano?

Bem, deixe-me dar-lhe alguns aspectos negativos em primeiro lugar, e então eu quero chamar a vossa atenção para alguns aspectos positivos.
  • As pessoas vão nos decepcionar.
  • Os políticos vão nos decepcionar.
  • A saúde física vai nos decepcionar.
  • Nossas possessões vão nos decepcionar.
Leia: Deuteronômio 31:1-8

I. Seu conhecimento nunca falha

Jó 36:7 “Dos justos não tira os seus olhos; antes, com os reis no trono os assenta para sempre, e assim são exaltados.”

A. Ele conhece cada tristeza
B. Ele conhece cada estresse
C. Ele conhece cada pecado

Hebreus 4:13 “E não há criatura alguma encoberta diante dele; ante, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.”

II. Sua compaixão nunca falha

Lamentações 3:22 “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim.”

A. Ele sente quando nós sofremos
1. Todos nós entendemos como isso funciona.
2. Quando aqueles que amamos estão sofrendo, estamos sofrendo junto com eles.
3. Esta noite, se você é salvo, você é parte de seu corpo e, portanto, uma parte dele.
4. E quando você sofre, saiba que ele sente e cuida de você!

B. Ele ouve sempre que nós chamamos
I Pedro 3:12 “Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos atentos às suas orações, mas o rosto do Senhor é contra os que fazem mal.”

C. Ele ajuda quando estamos em perigo
1. Ele estava lá para proteger Daniel dos leões.
2. Ele estava lá para levantar Pedro das ondas.
3. Ele estava lá para salvar Paulo outra vez.
4. Ele estará lá por nós, protegendo-nos dos perigos que enfrentamos todos os dias.

João 10:27-29 "As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem: E eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão, nem ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior que todos e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai".

Salmo 91:2 “Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.”

Seu conhecimento nunca falha, sua compaixão nunca falha

III. Seu poder nunca falha

Salmos 73:26 “A minha carne e o meu coração desfalecem, mas Deus é a força do meu coração, e a minha porção para sempre.”

Isaías 26:4 “Confiai no Senhor perpetuamente; porque o Senhor Deus é uma rocha eterna.”

A. Ele tem o poder de nos salvar!1. Se você nunca confiou no sangue derramado de Cristo para a salvação...
2. Entenda que o sangue de Cristo nunca perdeu o seu poder de salvar!
3. Seja jovem ou velho, rico ou pobre, independente de todas as nossas diferenças... Todos nós precisamos ser salvos!
4. A mensagem do evangelho, quando compreendida e aceita ainda tem o poder de salvar almas!
Romanos 1:16 “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu, e também do grego.”

Hebreus 7:25 “Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.”

B. Ele tem poder para cada tarefa
Efésios 3:20 “Ora, àquele que é capaz de fazer muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que opera em nós”

1. Haverá muitas vezes no ano que vem que vamos pensar que simplesmente não podemos continuar...
2. Nós vamos ser tentados a desistir por causa da tarefa diante de nós...
3. Mas Ele é o Todo-Poderoso - Onipotente Deus do Universo...
4. Ele tem o poder necessário para enfrentar o que vier no nosso caminho no próximo ano!

C. Ele tem poder para cada provação
1. Provações virão... Nós sabemos disso!
2. Mas estamos certos de que, juntamente com as provas que vamos enfrentar virá o poder para resistir!
Salmos 37:39 “Mas a salvação dos justos vem do Senhor: ele é a sua fortaleza no tempo da tribulação.”
3. Às vezes, o Senhor nos protege das provações.
4. Muitas vezes o Senhor nos protege nas provações.
5. Mas ele sempre nos protege, através das provações.
 
Seu conhecimento nunca falha, sua compaixão nunca falha, seu poder nunca falha

IV. Sua palavra nunca falha

1 Reis 8:56 “Bendito seja o Senhor, que deu repouso ao seu povo Israel, segundo tudo o que ele prometeu; nem uma só palavra caiu de todas as suas boas palavras que falou pelo ministério de Moisés, seu servo.”

A. Podemos contar com Sua promessa de livramento
Atos 16:31 “E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo, e serás salvo tu e tua casa.”

B. Nós também podemos contar com a sua promessa de condenação.
João 3:18 “Quem crê nele não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”
Apocalipse 20:15 “E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.”

C. Podemos contar com sua promessa de direção.1. Através de Sua Palavra.
Salmo 119:105 “A tua palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho.”
2. Através do Espírito Santo.
João 16:13 “Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.”
3. Tudo que devemos fazer é confiar nele.
Provérbios 3:5-6 "Confia no Senhor de todo teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas"

Então com o que podemos contar no próximo ano? Podemos contar com o Senhor. Sabendo que...

Seu conhecimento nunca falha, sua compaixão nunca falha, seu poder nunca falha, sua palavra nunca falha

Conclusão: Crente, você está descansando fielmente em Deus e Suas promessas para nós? Confiando nele para conduzi-lo a cada passo do caminho? Seguindo-o em obediência?

Amigos, vocês o conhecem como seu Salvador pessoal hoje? Não consigo pensar em nenhuma maneira melhor de terminar um ano e começar outro, do que colocar sua confiança em Deus... venha à cruz hoje... Venha ao Salvador!

Ele está esperando por você.

27 de dezembro de 2009

Três Homens na Terceira Carta de João - Qual Deles é Você?
Três homens na terceira carta de João - qual deles é você?
Texto: III João 1:1-14
 
Introdução: João escreveu três epístolas. Entre seus cinco livros no Novo Testamento, João escreveu três epístolas: a primeira para os Cristãos em geral, a segunda a um indivíduo, uma senhora não identificada; e esta terceira a um homem cristão chamado, Gaio.

Em suas duas primeiras cartas, João instruiu: "Amai-vos uns aos outros". Nesta terceira carta, ele demonstra, na pessoa de Caio como deve ser feito.

Segundo menor livro.

Esta terceira epístola contém 14 versos, um verso a mais que segundo João, mas quatro palavras a menos. O primeiro verso é a introdução e os dois últimos versos são a conclusão.

III João fala de três homens típicos em toda igreja.

Esta terceira carta é escrita em torno desses três homens:
  1. O primeiro é Gaio, no versículo 1;
  2. O segundo é Diótrefes, no versículo 9;
  3. O terceiro é Demétrio no versículo 12.
Estes três homens são encontrados em praticamente todas verdadeira igreja cristã do mundo.

Existe três homens no Novo Testamento chamado Gaio. Dois deles são encontrado em Atos 19 e 20. Em Atos 19:29, lemos: "A cidade inteira foi cheia de confusão, e arrebatando a Gaio e a Aristarco, homens de Macedônia”. Macedônia era uma província ou estado na Europa, por isso este é o Gaio da Macedônia.

Em Atos 20:4, nós encontramos o segundo Gaio, que foi um dos homens que Paulo acompanhado da Europa à Ásia: "E acompanhou-o, até a Ásia, Sópatro de Beréia, e dos de Tessalônica, Aristarco e Segundo, e Gaio de Derbe”. Derbe era uma cidade na Ásia, na província de Licaônia (Atos 14:6). Portanto, estes dois homens chamados Gaio não são o mesmo homem.

Em I Coríntios 1:14, encontramos o terceiro Gaio: "Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei (Coríntios), senão a Crispo e Gaio." A Epístola aos Romanos foi escrita em Corinto, onde este Caio viveu.

Em Romanos 16:23, lemos: "Saúda vos Gaio, meu hospedeiro, e de toda a Igreja." toda a Igreja? Sim, Paulo disse, todos nós encontramos na casa de Gaio. Sua casa estava sempre aberta. Ele era um hospitaleiro. Este é o Gaio da terceira epístola de João.

I. Gaio gracioso e piedoso. V. 1-8.

A. Gaio era profundamente amado. V. 1. “O presbítero ao amado Gaio, a quem, na verdade, eu amo."
B. Gaio recebeu oração. V. 2.
III João 1:2: "Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma."
C. Gaio era respeitado. V. 3-4.
III João 1:3, "Porque muito me alegrei quando os irmãos vieram e testificaram da tua verdade, como tu andas na
verdade. (4) Não tenho maior alegria do que ouvir que meus filhos andam na verdade".

D. Gaio era generoso. V. 5-7.
III João 1:5: "Amado, procedes fielmente tudo o que fazes para com os irmãos, e para com os estranhos; (6) que em presença da igreja testificaram da tua caridade, aos quais, se conduzirdes como é digno para com Deus farás; (7) Por que, pelo seu nome saíram, nada tomando dos gentios".
E. Gaio era um exemplo a seguir. V. 8.
III João 1:8: "Portanto, aos tais devemos receber, para que sejamos cooperadores da verdade."

II. Diótrefes ditatorial. V. 9-11. (autoritário, dominante)

A. Diótrefes era um cristão carnal. V. 9.
III João 1:9, "Tenho escrito a igreja; mas Diótrefes, que gosta de tem a primazia entre eles, não nos recebe."
B. Diótrefes era diabólico. V. 10.
III João 1:10, "Pelo que, se eu for, trarei a memória as obras que ele faz, proferindo contra nós palavras maliciosas, e, não contente com isto, nem recebe os irmãos, e impede os que querem recebê-los, e os lança fora da igreja."
C. Diótrefes era um péssimo exemplo. V. 11.
III João 1:11 "Amado, não sigas o mal, mas o bem. Quem faz o bem é de Deus, mas aquele que pratica o mal não tem visto a Deus".

III. Demétrio confiável. V. 12-14.

A. Demétrio tinha um bom testemunho. V. 12. III João 1:12, "Todos dão testemunho de Demétrio, até a mesma verdade; e também nós testemunhamos; e vós bem sabeis que o nosso testemunho é verdadeiro.”

Conclusão: Versos 13-14.

III João 1:13, "Tinha muito que escrever, mas não quero escrever-te com tinta e pena. (3 João 1:14) Espero, porém, ver-te brevemente, e falaremos face a face. A paz seja contigo.Os amigos te saúdam. Saúda os amigos pelo seus nomes."

Como já discutido no final da Segunda Epístola de João, há dois tipos de espirituais (e outra forma de comunicação): Papel e tinta na comunicação é importante. Hoje, isso incluiria E-mail, fax, cartas, sedex, telefone, rádio, áudio e vídeos, etc., etc., e João não sabia nada sobre tudo isso. A carta de João foi uma grande coisa, tanto na escrita como na entrega.
 
Cara a cara a comunicação é ainda mais importante. Todos nós precisamos do cara a cara para ministrar aos outros. Nós não somos chamados para ser eremitas.
 
Fomos chamados para ser comunicadores... testemunhas. A igreja local é a resposta de Deus a esta necessidade. Cada crente deve ser um membro ativo participante, crendo na Bíblia e na pregação da igreja... e em que a igreja local deve investir tempo.
Três Percepções Para o Ano Novo
Três percepções para o ano novo
 Tema: Ano novo

 
Texto: Salmo 84

I. Olhando para as bênçãos passadas. V. 1-4

1. Uma doce comunhão. v. 1-2

2. Um fascínio especial v. 3

3. Uma satisfação fresca v. 4

II. Olhando em volta para as necessidades presentes. V. 5-8

1. Força que abençoa v. 5

2. Força que acredita v. 6

3. Força que constrói v. 7-8

Leia também: Ano Novo - Agora é a hora

III. Olhando para o potencial das oportunidades. V. 9-12

1. Sua Presença v. 9

2. Sua Providência v. 10

3. Sua porção v. 11

4. Sua proteção v.12

Pr. Aldenir Araújo

25 de dezembro de 2009

Use Toda a Sua Força
Use toda a sua força Um menino tentava em vão levantar uma sacola pesada demais para ele. Seu pai, ali ao seu lado, esticava o braço e abrindo a mão, dizia-lhe:

- Use toda a sua força que você consegue meu filho.

Ele tentou mais uma ou duas vezes, sem sucesso.

E o pai falava as mesmas palavras e repetia o mesmo gesto.

 Eu não consigo pai - desabafou o menino.

- Olhe para mim, filho, disse o homem e, mexendo os dedos e olhando para a sua mão, repetiu vagarosamente, use... toda... a... sua... força! 

Só então o menino entendeu que o pai estava esticando a mão para pegar numa das alças da sacola.

Ele não estava só. Seu pai estava ali ao seu lado para lhe dar uma força.
Retorno Amargo
retornoConta se que um jovem soldado que finalmente estava voltando para casa, depois de ter lutado numa guerra muito sangrenta.
 
Ele ligou para seus pais e disse-lhes:
 
- Mãe, Pai, eu estou voltando para casa, mas, quero lhes pedir um favor. Eu tenho um amigo que eu gostaria de trazer comigo.

- Claro, filho, nos adoraríamos conhecê-lo!
- Mas, há algo que vocês precisam saber, ele foi terrivelmente ferido na guerra; pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna.

Ele não tem nenhum lugar para ir e, por isso, eu quero que ele venha morar conosco.
 
- Puxa filho, não é fácil cuidar de uma pessoa com tantas dificuldades assim... Mas, traga-o com você, nós vamos ajudá-lo a encontrar um lugar para ele. 

- Não, mamãe e papai, eu quero que ele venha morar conosco.

- Filho, nós não podemos assumir um compromisso tão grande assim. Ele não seria feliz morando aqui conosco. E nós perderíamos um pouco da nossa liberdade. Vamos achar um lugar em que cuidem bem dele.

- Está certo, papai, o senhor tem razão!

Alguns dias depois, no entanto, eles receberam outro telefonema, da polícia. O filho deles havia cometido suicídio, num hotelzinho de beira de estrada numa cidade vizinha, bem perto deles.

Quando eles foram fazer o reconhecimento do corpo descobriram que o "amigo" do qual o rapaz falara era ele mesmo, que havia sido gravemente ferido na guerra e escondera o fato de seus pais, com medo de não ser aceito por eles.

24 de dezembro de 2009

Natal, o Dia Seguinte
Natal, o dia seguinte
Tema: Natal

Texto: Lucas 2:20

Introdução: Uma das coisas que eu gosto muito sobre a época do Natal é como as atenções das pessoas estão centradas em Cristo. As pessoas vêm de longe para celebrar o Natal. Há uma grande quantidade de viagens acontecendo. E as pessoas que não frequentam a igreja o resto do ano, vão à igreja durante a época do Natal!

Talvez o primeiro Natal foi algo como o que vemos hoje!

Eles tinham os anjos cantando, assim que o ar estava cheio com a música de Natal. Eles tinham a visita dos pastores, tipo como de amigos. E tinham os homens sábios vindos de fora da cidade, eles não chegaram a tempo para o Natal, mas eles chegaram lá pela mesma razão! Tipo como quando nós vamos visitar nossa família em outras cidades, e nós não chegamos lá para o Natal, mas nós aparecemos nessa época do ano!

Mas deixe-me recordar-lhe algo interessante!

Lucas 2:20 registra para nós, que depois que os pastores visitaram o bebê, os pastores voltaram! Na verdade, se você pensar bem, para a maioria, a vida voltou ao normal depois do primeiro dia de Natal!

Os pastores voltaram para os seus rebanhos; Os anjos silenciaram seus cantos. Os Sábios fizeram a longa viagem para casa. E parece que todo mundo esqueceu aquela noite! Tanto assim, que nem sequer sabe ao certo o dia certo em que Cristo nasceu! Os pastores voltaram como fizeram todos os outros, todos, exceto Maria e José!

Quando passar o Natal deste ano, você vai simplesmente voltar para a vida normal, talvez, louvando a Deus pela oportunidade de celebrar o Natal, mas realmente, nada diferente do que estava antes? Ou será que você, como Maria e José tem sua vida mudada radicalmente no Natal?

Todos nós que tivemos filhos sabemos que; O NASCIMENTO DE UM BEBÊ MUDA NOSSA VIDAS PARA SEMPRE!

Uma pessoa nunca pode ser o mesmo depois de ter tido um filho nascido em sua família! E, embora, quando um bebê nasce, muitas pessoas vêm para ver a criança, ou visitar no hospital, trazer algumas flores, ou talvez uma pequena lembrança, e um abraço no bebê um minuto ou dois. Apenas os pais têm totalmente suas vidas mudadas a partir do NASCIMENTO!

E eu estava pensando esta manhã, quando consideramos a nossa visita com Cristo este Natal, vamos chegar mais longe, como aqueles que param por alguns minutos para ver o bebê, e então seguir com a vida como normal? Ou será que nós seremos mais parecidos com os pais, cujas vidas nunca mais são a mesma a partir do nascimento do bebê?

I. Maria e José nunca retornaram de ver Jesus!

A. Naquela noite de Natal, quando viram pela primeira vez Jesus, era para eles apenas o começo! A partir de então, toda noite, para o resto de suas vidas, eles estavam com Jesus Cristo!

B. Eles tiveram que sair de Belém, mas eles levaram Cristo com eles! Sabemos, por exemplo, que eles se mudaram de Belém para o Egito. E, em seguida, mudou-se do Egito para Nazaré... Mas nunca se moveram sem levar Jesus com eles!

C. E houve um dia, quando escorregaram e deixaram Cristo em Jerusalém. Mas logo que perceberam sua falta, eles imediatamente foram encontrá-lo! Este Natal, milhões de pessoas vieram a adorar e ver Jesus. Mas à grande maioria vai simplesmente sair dizendo: "Que bom!" E continuar com a vida, como de costume. Serão apenas poucos que depois de terem visto Jesus Cristo, determinarão nunca mais sair do seu lado novamente!

Quando tivermos de avançar ou qualquer outra coisa, nos asseguramos de voltar a uma igreja local, onde podemos manter Cristo conosco!
E quando o fazemos, ocasionalmente, perdendo o rumo, devemos fazer uma linha reta de volta para ele assim como nós o descobrimos!

Para José e Maria, o Natal era mais do que uma celebração uma vez no ano, era dia-a-dia a realidade!

II. Maria e José nutriram sua relação com Jesus Cristo!

A. Criar uma criança é uma experiência cada vez maior! Qualquer pessoa que tenha gerado filhos sabe da veracidade desta afirmação. Você cresce quase tanto quanto a criança! Por um lado, você mal conhece a criança no primeiro dia que você a trouxe para dentro da casa!

Você tem que conhecer essa criança que cresce em sua casa... E a verdade é você nunca a conhece plenamente!

À medida que crescem, mudam, e você também, assim que o seu relacionamento requer um cuidado quase constante para ter certeza de que você realmente a conhece!

B. Você tem que aprender a ser um pai.
Portanto, esperamos que você esteja sempre melhorando nessa área também! Enquanto os pastores voltaram para os seus rebanhos... Maria e José ficaram lá, responsáveis pelo resto de suas vidas de alimentar e desenvolver o seu relacionamento com Jesus Cristo!

O mesmo acontece com a nossa relação com Cristo. Nós começamos a conhecê-lo apenas um pouco no dia que fomos introduzidos pela primeira vez a Ele como nosso Salvador! Nós estamos contentes com o relacionamento, sabemos que estamos indo para o céu.

Mas praticamente não conhecemos Cristo realmente E não sabemos quase nada sobre como lhe agradar! E mesmo depois de ter começado a descobrir um pouco, nós nunca nesta vida nunca obteremos um lugar onde sabemos tudo que nós precisamos saber sobre a nossa relação com Jesus Cristo!

Há muitos, e muitos cristãos, que para lhe dizer a verdade, eu não encontro falha neles, exceto em uma coisa.

ELES NÃO ESTÃO CRESCENDO EM CRISTO MAIS! Eles sabem uma determinada quantidade sobre Cristo, eles estão felizes com o que sabe, e eles não estão interessados em SABER MAIS!

Maria e José não passaram apenas o Natal, mas o resto de suas vidas crescendo em seu relacionamento com Jesus!

III. Maria guardava tudo o que ouvia sobre Jesus no seu coração.

Lucas 2:19 “Mas Maria guardava todas estas coisas, meditando-as no seu coração.”
Lucas 2:51 “E desceu com eles, e foi para Nazaré, e foi -lhes sujeito, mas sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração.”

Em um verso Maria guardava tudo o que era dito sobre Jesus em seu coração e meditando acerca delas, no outro ela guardava tudo o que Jesus disse no seu coração.

Você pode ver o significado aqui? Os outros apenas visitaram o bebê, alegraram e celebraram um tempo, e voltaram para casa. Maria e José guardaram tudo o que foi dito e feito, tanto sobre Jesus e por Jesus, e meditando-as no seu coração. Eles foram mudados para sempre pelas palavras faladas por Jesus e as palavras ditas sobre Jesus!

Conclusão: Aqui estamos, neste Natal, e eu quero saber que tipo de multidão nós somos? Somos nós como os pastores e os sábios, que vieram ver Jesus, mas depois voltaram para suas próprias vidas?

Ou somos como Maria e José, para quem, o Natal era apenas o início de uma maneira nova e radical de vida e pensamento! Que nunca deixaram Jesus? Que alimentou seu relacionamento com Cristo? E que guardava tudo o que foi dito por e sobre Jesus e meditava no seu coração?

23 de dezembro de 2009

A Verdadeira Expressão do natal
A verdadeira expressão do natalTexto: Mateus 1:18-22

Introdução:

Qual é a primeira coisa que acontece com as pessoas, quando chega o Natal?
  • Crianças: Roupas novas, brinquedos, presentes, fogos de artifício, luzes.
  • Jovens: Festas, impressionar a namorada, bebidas.
  • Adultos: Décimo terceiro, viagens, férias, comidas, negócios.
Agora, pergunto: Será que é realmente esse pensamento que nós devemos cultivar nesta época, que celebra o Natal?

Qual é a verdadeira expressão do natal?

I. O natal expressa a maior humilhação: "Deus tornou-se homem"

1. Tal foi a humilhação do Senhor que não encontrou um lugar para nascer confortavelmente. Lucas 2:7 diz que não havia lugar para ele na estalagem. Nasceu em uma manjedoura que servia para alimentar o gado.
2. Tal foi a humilhação do Senhor que precisou fugir para uma terra estranha porque Herodes decidiu matá-lo. Mateus 2: 13

II. O natal expressa a maior manifestação do amor de Deus.

1. O que João disse em João 3:16?
2. Em seu amor:
a. Deus viu a humanidade perdida. (Romanos 3: 10-18)
b. Deus amou a humanidade perdida. (João 3:16)
c. Deus redimiu a humanidade perdida. (Gálatas 4: 4-5)

III. O natal expressa a maior decisão do homem.

1. Dado o fato incontestável de que Jesus veio para salvar o homem, torna-se importante e indispensável que o homem tome decisões:
a. Rejeitar Jesus. (João 3: 17-21)
b. Aceitar Jesus. (Romanos 10: 9-10)

Conclusão: De que maneira você tem comemorado o Natal nestes últimos anos?

Com luzes? Com presentes? Com festas? Bebidas? Quero-te dizer que nada disso aconteceu na noite que Jesus nasceu. O que brilhou naquela noite foi a luz de Jesus para a salvação da humanidade.
Deixa que em sua vida se celebre a verdadeira expressão do Natal: "Jesus nascendo em seu coração"

Hoje pode ser o Natal para você, se você só deixar Jesus nascer em seu coração.

Pr. Aldenir Araújo

22 de dezembro de 2009

Guiados Por Uma Estrela
Guiados por uma estrelaTexto: Mateus 2: 9-12

Introdução: A estrela que os magos viram no oriente, tem sido alvo de muitas explicações. Para alguns aquela estrela era um grupo de anjos que voavam naquela noite.

Para os astrólogos um cometa, que segundo eles teve uma aparição para aquele dia. Para a astrologia era uma combinação de varias estrelas. Ou um encontro entre os planetas Júpiter e Saturno.

Para mim, eu creio que aquela estrela foi igual a nuvem que dirigiu os israelitas no deserto durante o dia, e a coluna de fogo que os guiavam durante a noite, são de origem sobrenatural e de procedência divina, são mistérios de Deus.

I. Guiados por uma estrela, buscaram Jesus. V. 2

1. Com sacrifício.
a. A travessia foi grande
b. Deixaram para trás, muitas comodidades
2. Com abnegação.
a. Não desanimaram
3. Com paciência
4. Com confiança

a. Saíram, crendo que chagariam ao seu destino
5. Com perguntas
a. Ao chegar a Jerusalém estavam um pouco desorientados, mas perguntaram. 2:2.

II. Guiados por uma estrela, encontraram Jesus. V. 9

1. Os pastores o encontraram em uma manjedoura. Lucas 2:15-16
2. Os magos o encontraram em uma casa. V. 11
3. A mulher samaritana o encontrou junto ao poço. João 4: 6-7
4. O gadareno o encontrou em um cemitério. Marcos 5: 1-2
5. Zaqueu o encontrou em uma arvore. Lucas 19: 4
6. Saulo o encontrou no caminho a Damasco. Atos 9: 3-6
7. Onde e como encontramos Jesus, não é tão importante, o importante é ter uma experiência com ele.
 
Leia também: Lições dos Sábios do Oriente

III. Guiados por uma estrela, adoraram Jesus. V. 11.

1. Um verdadeiro encontro conduz a adoração.
2. Diante da presença do Senhor não há posições ou títulos
3. A adoração leva ao desprendimento pessoal. V. 11
4. Todos nós temos algo para dar a Cristo.
a. MIRRA: Jesus é o nosso profeta
b. OURO: Jesus é o nosso rei
c. INCENSO: Jesus é o nosso sacerdote

IV. O resultado. V. 12

1. Entenderam a vontade de Deus
2. Foram obedientes
3. O verdadeiro cristão não anda por caminhos que não agrada a Deus
4. O Senhor altera nossos planos e muda nossa rota
5. O outro caminho ode ser mais longo, mais difícil, de menos prazer, mas é o caminho que o eterno Deus nos revelou.

Leia também: A história dos sábios do oriente

Conclusão:  O cristão hoje não é guiado por estrelas siderais, nosso Deus nos dirige e nos guia através do seu Espírito. Isto requer fé e paciência, mas o resultado é gozo.

Deus enviou seu filho Jesus para que o busquemos, o encontremos e para que o adoremos, Amém

Pr. Aldenir Araújo

21 de dezembro de 2009

Perigos a Serem Evitados no Natal
Perigos a serem evitados no natalTexto: Mateus 15:1-9

Introdução

A. Provavelmente há mais pecado e injustiça cometida na semana, que se estende do final de dezembro até 1 de janeiro, do que em qualquer outra época do ano.

B. Muitas pessoas, na celebração religiosa do Natal, acham que elas estão honrando a Cristo, mas, na realidade, eles estão desonrando.

C. Vamos listar algumas formas de desonrar Cristo, nesta época do ano.

I. Desonramos a cristo quando praticamos uma adoração vã.

A. Toda a adoração deve ser feita de acordo com a verdade, e não através de tradições e doutrinas dos homens. João 4:24; Mateus 15:9

B. Cristo é desonrado quando homens comemoram seu nascimento sem a sua sanção.
1. Não há nada de errado em lembrar as bênçãos do nascimento de Jesus.
i. No entanto, quando o homem criou a celebração do nascimento de Cristo como o padrão de Deus para a adoração, tornou-se pecado e errado.
ii. Não havia nada de errado com os judeus lavar as mãos antes de comer, mas quando eles fizeram disso um ato de culto; eles acrescentaram à lei de Deus. Marcos 7:1-3, 15
iii. Não havia nada de errado com a prática da circuncisão por motivos de saúde ou sociais, mas quando os judeus cristãos tornaram essa pratica necessária para a salvação, eles pecaram. Atos 15:5; Gálatas 2:4-5

C. A importância de ter autoridade para todas as crenças e prática não pode ser exagerada.1. Se o Senhor nos quisesse celebrando o Natal como Seu aniversário, Ele nos teria dado o dia preciso, e nos mostrado quando e como praticá-lo.
i. Datas precisas foram dadas no Velho Testamento, e certamente poderia ter sido dada no âmbito do novo se o Senhor quisesse.
2. Somos instruídos nas Escrituras a lembrar da morte de Jesus no primeiro dia da semana, participando do pão e do fruto da videira. 1 Coríntios. 11:23-26, Atos 20:7
i. Nós não honramos a Cristo pelo exercício de uma prática que sua palavra não autoriza. 1 Coríntios. 4:6; 2 João 9; Mat. 7:21-23; Gal. 6:8-9

D. Nós sabemos a partir de registros históricos que a importância atribuída ao dia de Natal originou-se centenas de anos após a Lei de Cristo ter sido dada. Damos um exemplo. Muitos outros poderiam ser dados.
1. A Enciclopédia Americana: "O Natal, de acordo com muitas autoridades, não era celebrado nos primeiros séculos da igreja cristã ... Uma festa foi estabelecida em memória do nascimento de Cristo, no século IV. No quinto século, a Igreja Ocidental (Igreja Católica) ordenou que fosse comemorado no dia da festa romana antiga do nascimento do sol, já que nenhum conhecimento certo do dia do nascimento de Cristo existia ”

II. Outra maneira de desonrar a cristo durante o natal é as; festas de bebedices.

A. Os cristãos são muitas vezes enredados nas festas da empresa realizadas na época do Natal e Ano Novo.
B. Um estudo do uso de bebidas alcoólicas na Bíblia nos leva a compreender os males da participação no mesmo.
1. Os efeitos da bebida são:
i. Ela perverte o julgamento. Isaias 28:7-8
ii. Ela seduz e destrói. Prov. 23:29-35
iii. É viciante - "escraviza o coração." Oséias 4:11
iv. Ela provoca doenças. Oséias 7:5
C. Beber bebidas alcoólicas é condenado no Novo Testamento. 1 Tessalonicense 5:5-7
1. A palavra "sóbrio", que é usado muitas vezes no NT é "nepho" no grego, que entre outras coisas, significa, "ser livre da influência de entorpecentes."
i. Bebedices estão condenadas em I Pedro 4:3.

D. Deixe-me encorajar todos para evitar beber bebidas alcoólicas durante o natal, e em qualquer outra época.
1. Não deixe que seus colegas de trabalho ou de escola te aliciem e seduzam você a tomar uma bebida.
i. Mesmo porque a bebida pode ter uma influência sobre a mente.
2. Não seja hipócrita, mas tome uma posição forte para o que é direito.
i. Ouvi falar de um cristão hipócrita que disse que na festa da empresa, em vez de beber o licor, ele derramou um pouco de coca em um copo e segurou-a na mão, para dar a aparência de estar fazendo o que todo mundo estava fazendo.
ii. Isto não é coragem e firmeza diante do Senhor.
3. Algumas pessoas poderiam afirmar que a religião não tem lugar no escritório, mas um estudo recente prova o contrário.
i. Vamos com ousadia pregar a palavra de Deus em todas as oportunidades, independentemente do que os homens podem dizer ou pensar.

E. Apesar de tudo isso, há alguns irmãos que dizem: "Paulo disse a Timóteo para tomar um pouco de vinho por causa do seu estômago." Veja 1 Tm. 5:23
1. Paulo estava simplesmente instruindo Timóteo a tomar um pouco de "puro suco de uva" para o seu estômago.
2. Paulo não está encorajando Timóteo a começar a beber rígidos licores.

F. Alguns irmãos querem fazer uma grande confusão sobre Jesus transformar a água em vinho.João 2:1-8
1. Deixe-me fazer uma simples pergunta, mas, importante, "Jesus estava incentivando a embriaguez?” Em outras palavras, Jesus transformou a água em vinho para que todos os convidados do casamento ficassem bêbados com o vinho que ele fez?
i. Uma resposta honesta a essa pergunta tira o argumento daqueles estão tentando se justificar com esta passagem.
ii. Os vinhos suaves que existiam no tempo de Jesus não são nada em comparação com as bebidas alcoólicas, que nós temos hoje.
iii. Assim, temos a expressão, "dados a muito vinho" nas Escrituras.

III. A terceira forma de desonrar a cristo durante o natal é a; falta de fidelidade.

A. As atividades especiais associados com a família e amigos, escola eventos, viagens, entretenimento, compras, etc., são todas conduzidas em um ritmo frenético durante os feriados.B. Muitos cristãos permitem essas atividades seculares para empurrar a Deus de seu lugar de direito.
1. Cultos da igreja são negligenciados, a oferta é reduzida, Estudo bíblico, oração, trabalho pessoal e outras atividades são  negligenciadas.

C. Assim, podemos verbalmente denunciar a observância religiosa do Natal como uma tradição dos homens, que, na prática, permitem o Natal para empurrar Cristo para fora de nossas vidas.
1. Por favor, considere: Mateus 6:33, 1 Pedro 1:13, Colossenses 3:2
i. Influenciar os cristãos a serem indiferente no Trabalho do Senhor é a maior obra do diabo.
ii. Não sejamos mornos, mas preocupados, zelosos, e ativos na obra do Senhor.

IV. Outra coisa para evitar nesta época do ano é; o materialismo.

A. Eu temo que alguns de nós estão estabelecendo um padrão para as nossas crianças que não é bom.

B. Jesus disse que é mais abençoado dar do que receber. Atos 20:351. Nossas crianças estão acostumadas a receber, e elas querem receber.
2. Eles querem e, normalmente, começa, com o mais recente brinquedo, só que um, mas muitos outros.
3. O que é triste, é que a dívida que os pais cristãos fazem para manter a tradição do natal, chega quase à Lua, para fornecer esses presentes para suas crianças.

C. Mesmo as pessoas não crentes reconhecem que o Natal se tornou um comercio.
1. Eu não estou dizendo que é pecado dar presentes nesta época do ano, ou em qualquer outra, mas deveríamos evitar os extremos.
2. Vamos evitar os perigos do materialismo. Lucas 12:15  

Leia também: A verdadeira expressão do natal

Conclusão

A. Nunca devemos permitir que as pressões das tradições dos homens nos leve a observar algo que não é ordenado por Deus.
1. A maneira de honrar a Cristo é fazer exatamente como ele mandou, nem mais, nem menos.
B. Além disso, não podemos permitir que as atividades do natal nos leve a desviar-se do serviço fiel ao Senhor.

Pr. Aldenir Araújo

17 de dezembro de 2009

O Coração Problemático de Caim
coração de CaimTexto: Judas 11

Introdução: Gênesis 4:1-16
A. Judas 11
1. A palavra "ai" é uma denúncia
2. Aqui Judas está condenando alguém que foi pelo "caminho de Caim"
3. Caim era um homem que tinha um coração problemático, ele queria fazer as coisas à sua própria maneira, sem nenhuma ou pouca preocupação com o que Deus queria.
B. Provérbios 23:7
1. O homem nunca pode fazer melhor do que a bondade do seu coração
a. Mateus 12:34-35
b. O coração do homem, no sentido bíblico, é a mente do homem.
c. Um homem é o que ele pensa
2. Mateus 15:18-20
a. É o que está no interior que vai nos construir ou destruir-nos
b. É um espírito impuro que contamina o homem
3. Mateus 23:25-28
a. Os fariseus estavam mais preocupados com as aparências, do que com o interior.
b. Muitos estão bonitos do lado de fora, mas estão mortos no interior.
4. Portanto, precisamos prestar atenção seriamente. Provérbios 4:23
a. Temos que fazer todos os esforços para manter os nossos corações e nossas mentes puras
b. Nosso destino depende dele
C. Por causa da importância da condição do nosso coração, vamos considerar o Caminho de Caim, e descobrir o que o seu problemático coração provocou.

I. O coração problemático de Caim o conduziu a uma adoração vã.

1. Gênesis 4:3-5ª
2. Há aqueles que falsamente alegam que não importa como nós adoramos a Deus, o importante é fazer isso de alguma forma.
a. Muitos hoje, mesmo na igreja, estão tentando mudar o padrão de culto do Novo Testamento.
b. Muitos estão tentando trazer os costumes mundanos, hip hop, assovios, etc.
c. Adorando a Deus não é recomendável, a menos que seja agradável a Deus.
d. Estamos adorando para agradar a nós mesmos ou a Deus?
3. A Bíblia nos diz que nem todo o culto é agradável ao Senhor.
a. Mateus 15:9
b. Portanto, há adoração que é agradável a Deus e há adoração não que é.
c. João 4:24
4. Deus não tinha respeito por não aprovar o culto de Caim
a. O culto de Caim não era, nem em verdade, nem em espírito.
b. Deus está mais interessado em nós, do que naquilo que lhe ofertamos.
c. 1 Samuel 15:22
5. A atitude de Caim foi: Por favor, eu primeiro, depois Deus.

II. O coração problemático de Caim o conduziu a ira e ódio

1. Gênesis 4:5b
2. Quando Caim percebeu que seu culto não era agradável a Deus, ele não mudou, ele ficou louco.
a. Ele não tinha tristeza pelo pecado
b. Caim ficou ressentido e nervoso, em vez de ser penitente.
c. Muitos são assim na igreja de hoje
3. Essa raiva de Caim ele descontou no seu irmão
a. Não é esse o modo como as pessoas agem, geralmente, quando eles fazem coisas erradas querem descontar em alguém.
b. A raiva e a má vontade são como um enxame de abelhas assassinas, que atacam a vítima sem piedade.
c. Quem honra a raiva?
i. O Príncipe da Paz?
ii. Ou, o príncipe deste mundo?
4. Caim não tinha razões para estar zangado, ele não tinha que culpar alguém, a não ser ele próprio.
a. Jó 19:29
b. Eclesiastes 7:9
5. É verdade que vamos todos ficar com raiva de vez em quando, mas...
a. Efésios 4:26
b. A raiva descontrolada leva ao pecado, pior ainda, no caso de Caim que foi assassinato.

III. O coração problemático de Caim o conduziu a recusar ouvir a voz de Deus.

1. Gênesis 4:7
2. O Senhor advertiu Caim, mas ele se recusou a ouvir.
3. Muitos hoje estão se recusando a prestar atenção à advertência de Deus
a. Mateus 13:13-15
b. Jeremias 5:21
c. Jeremias 10:23

IV. O coração problemático de Caim o conduziu ao assassinato.

1. Gênesis 4:8
2. O problema do coração de Caim ficava cada vez pior
a. Tudo começou com a adoração vã, movido a raiva;
b. Seu coração estava cada vez mais endurecido, e agora, chegou ao ponto do assassinato.
3. As maiorias das pessoas ficam chocadas com esta ação de Caim
a. Mas considere 1 João 3:15
b. Nós somos assassinos?

V. O coração problemático de Caim o conduziu ao engano e a desonestidade.

1. Gênesis 4:9
2. Coração mal faz o pecado multiplicar
3. Caim tenta encobrir seus fracassos
a. Números 32:23
b. Você pode ser capaz de se esconder por um tempo, mas mais cedo ou mais tarde, se manifesta
4. Note também que quando alguém mente acerca de uma ação, ele sabe que é errado, ou ele não iria mentir.
5. João 8:44 Aqueles que estão envolvidos na fraude e na desonestidade são filhos do diabo

VI. O coração problemático de Caim o conduziu a punição.

1. Gênesis 4:11-12
2. Caim não conseguiu contar o custo de suas ações
a. Ele, como tantos outros, esqueceu... Romanos 6:23
b. Oséias 8:7
c. Gálatas 6:7-8
3. A punição aguarda todos os desobedientes... Romanos 2:8

VII. O coração problemático de Caim o conduziu a um fardo pesado.

1. Gênesis 4:13
2. Pecado não perdoado é uma carga pesada demais para qualquer homem suportar
3. Mateus 11:28-30 - Muitos percebem isso tarde demais
4. Caim vivia na amargura de Romanos 6:23, em vez das bênçãos de - Romanos 8:1
5. Não tente suportar a carga por si mesmo, é mais do que você pode suportar.

VIII. O coração problemático de Caim o conduziu a separação de Deus

1. Gênesis 4:16
2. Foi um dia triste para Caim, quando ele deixou a presença do Senhor.
a. Este é o lugar onde os problemas do coração podem levar; para longe de Deus.
b. Isaías 59:1-2
3. Precisamos nos lembrar de Judas 24

Conclusão:

A. Judas 11
B. Nunca devemos seguir o caminho de Caim.
 
Pr. Aldenir Araújo

13 de dezembro de 2009

As Descobertas de Maria
As Descobertas De Maria
Texto: Lucas 1:26-38

Introdução: De Malaquias a Mateus: o período de silêncio...

Então um torvelino de atividade angelical acontece, e o mundo entra em um tempo de vertiginoso cumprimento profético.

Um anjo aparece a Maria, na cidade de Nazaré da Galileia, Maria era uma virgem que estava desposada com um varão chamado José.

O que Maria descobriu neste encontro com o anjo?

I. Maria descobriu que os planos de Deus são eternos. V. 33.

1. Maria sem dúvida tinha muitos planos.a. Tinha sonho como as outras
b. Sonho de um casamento
c. Sonho de construir uma família
d. Sonho de ter a sua casa
e. Sonho talvez até de ter um filho que fosse alguém importante

2. A surpreendente mensagem do anjo
a. Ela havia achado graça diante de Deus. V. 28-30.
b. Ela conceberia antes de casar-se. V. 31
c. Seu filho seria chamado: “Filho do Altíssimo” v. 32
d. Ele seria um rei e reinaria para sempre. V.33

3. Deus age sobre a base de um: “Para sempre”
4. Devemos fazer nossos planos com valores eternos em mente.

II. Maria descobriu que as promessas de Deus são infalíveis. V. 32-33

1. Maria provavelmente estava familiarizada com as promessas acerca do Messias.
2. A promessa que um dia Deus enviaria um para assentar-se no trono de Davi. V.32
3. A promessa de que Ele nasceria de uma virgem. Isaías 7:14 – Em Belém, Miquéias 5:2
4. Mas havia passado séculos sem que estas promessas se cumprissem
5. Gabriel revela que ela dará a luz ao Messias prometido. V. 33

III. Maria descobriu que o poder de Deus é ilimitado. V. 37

1. “Como se fará isto”? V. 34
2. Maria estava confusa
3. O Espírito Santo faria o impossível
4. Deus já havia demonstrado seu poder em Isabel
5. Com Deus todas as coisas são possíveis
a. Que boa notícia para nossos problemáticos tempos
b. Que fortalecedor para a fé e para a oração.
 
Conclusão: As descobertas de Maria ficaram demonstradas no evangelho:
1. Os planos de Deus são eternos
2. As promessas de Deus são infalíveis
3. O poder de Deus é ilimitado.

Faça sua as descobertas de Maria. Receba a Cristo como seu Salvador.

11 de dezembro de 2009

10 Razões Porque Todo Crente Deve Frequentar a Escola Dominical
10 razões porque todo crente deve frequentar a escola dominical 1. Por causa da enorme e crescente necessidade de genuíno e sadio alimento espiritual que só pode ser obtido pelo estudo claro, metódico, continuado e progressivo da Palavra de Deus;

2. Porque a EBD é a própria igreja crescendo e desenvolvendo-se através do estudo da Palavra de Deus;

3. Porque os objetivos da EBD são os mesmo objetivos da Igreja e, se eles forem alcançados na vida dos alunos, tudo se transformará na vida da igreja .

4. Porque a qualidade da EBD determina a qualidade e o nível espiritual da igreja.

5. Porque é na EBD que homens, mulheres, jovens, adolescentes e crianças adquirem uma fé mais robusta e madura, e, assim, estarão prontos e mais aptos a desempenharem suas atividades na obra de Deus;

6. Porque a EBD desenvolve a espiritualidade e o caráter dos crentes;

7. Porque a EBD é um dos meios de evangelização que a igreja possui, ou seja, pode-se evangelizar na Escola e através dela. Além disso, é onde o crente aprende a amar e cooperar com a obra missionária;

8. Porque a EBD é o lugar para a descoberta, motivação e treinamento de novos talentos;

9. Porque a EBD reúne a família: pais e filhos fortalecem o relacionamento, as crianças crescem na disciplina do Senhor e os casais aperfeiçoam a vida conjugal;

10. Porque a EBD é uma fonte de avivamento espiritual para a igreja, pois, onde a Palavra de Deus é ensinada e praticada, o avivamento acontece.
Cada um dá Aquilo que Tem
Cada um dá aquilo que tem Você tem algo para dar?

Uma senhora muito cheia de tribulações, queria descontar a ira de seus problemas em alguém, e viu uma irmã que morava em sua rua, logo pensou. "É com ela que irei aprontar!" Chamou sua empregada, mandou que ela pegasse um cesto muito velho e saiu mostrando tudo que ela deveria colocar dentro, primeiro ela colocou batatas podres, depois frutas estragadas, colocou também esterco animal, pois um trapo de pano sobre o cesto e enviou para a pequena irmã.

Quando sua empregada saia para levar o presente ainda fez a ressalva: "Estou louca para saber a cara dela na hora que receber isso! Ai dela! Ao chegar à casa da irmã, esta muito alegremente recebeu o cesto, e como Deus já havia renovado o coração da pequena irmã, ela respondeu como uma verdadeira Cristã (porque nisto Jesus conhece os que são seus pois se apartam da iniquidade) pediu a empregada que pegasse um cesto de vime e com ele saiu a colher flores de todos os tipos no jardim, em meio as flores colocou também alguns frutos, e o cesto ficou muito bem decorado.

Antes da empregada sair colocou um cartão dentro. A vizinha que não saia da janela aguardando sua empregada viu quando esta chegou com o cesto e já correndo para a porta e rosnando disse: "Ai da crente se me mandou o cesto de volta, ai dela! Ao abrir o cesto, viu lindas flores e frutos que a irmã mandou e junto o cartão. Ainda assim reclamou e disse: “Ai dela se escreveu algum palavrão pra mim, eu vou até lá quebrar a cara dela!” Ao abrir o cartão estava escrito: "Cada um da aquilo que tem...”

Medite nesta palavra e uma excelente semana, você ira receber muitos cestos, (Jesus disse: “neste mundo tereis aflições” ) mas descanse no Senhor ele venceu o mundo e você vai vencer também".

2 de dezembro de 2009

Princípios Para Uma Vida Vitoriosa
Princípios para uma vida vitoriosaTexto: Salmo 126

I. Um passado de glórias não é garantia de um presente vitorioso.

“Quando o senhor restaurou a nossa sorte ficamos como quem sonha” – V.1

“Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós” v. 3

1. Devemos estar atentos para não cairmos na acomodação.
2. Nunca descanse nas conquistas do passado.
3. Elas devem ser medidas mínimas para as bênçãos do presente.

II. Encare o presente com realismo.

“Restaura, Senhor, a nossa sorte como as torrentes no Neguebe.” V. 4

1. O povo se recordava de um tempo glorioso vivido debaixo das bênçãos de Deus, contudo a realidade presente era marcada pelo desânimo e frieza espiritual, comparadas ao deserto de Neguebe.
2. Atitude de clamor diante da crise. O Salmista não se entrega às lamurias, aos queixumes, etc. Ele clama ao Senhor dizendo “Restaura Senhor…” A sequidão do presente não pode ser motivo de desânimo, mas de clamor.
3. A sequidão pode ser um tempo de crises, de esfriamento espiritual, sentimental, afetivo e até material na vida de uma pessoa ou até mesmo uma igreja.
4. Anime-se, pois numa visão de Fé “Os lugares secos são prenúncios de mananciais.” O melhor está por vir.

III. A restauração é obra soberana do senhor.

1. A sua fonte é o Senhor.Restaura Senhor” “Agindo eu quem impedirá” Isaías 43:13
2. A “restauração” é para tempos difíceis e é fruto de oração. “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” II Crônicas. 7:14
3. É um milagre de Deus que traz abundância – fartura - satisfação e plenitude em todas as áreas da vida

IV. A semeadura com lágrimas é prelúdio de uma abundante e alegre colheita.

“Quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes.” V. 5,6

1. O caminho da restauração requer investimento de quebrantamento.
2. Devemos resistir a tentação dos atalhos para o sucesso.
3. O atalho da desonestidade, da infidelidade, da mentira, etc.
4. Trabalho duro, semeadura com lágrimas é o caminho para o sucesso.
5. Deus a seu tempo multiplicará os frutos de nossa sementeira.
 
Conclusão: O Neguebe é um deserto que depois das chuvas torrenciais frutifica milagrosamente.
 
Não importa o momento que estamos vivendo Deus pode transformar vidas a partir da vivência pela fé destes princípios que compõe uma visão de sucesso segundo a Palavra de Deus. Viva uma vida vitoriosa em nome de Jesus.

28 de novembro de 2009

Três Dias e Três Noites
Três dias e três noites
Jesus realmente esteve três dias e três noites no túmulo?

Texto: Mateus 12:38-42

I. A declaração de Jesus que ele iria passar três dias e três noites na sepultura têm intrigado pessoas de todas as épocas.

1. Se Jesus morreu na tarde de sexta-feira e foi sepultado pouco antes do pôr do sol e, ressurgiu na madrugada de domingo, ou seja, apenas 36 horas.
2. Alguns tentam explicar isto, apontando que os dias parciais são contados como dias completos, mas mesmo assim temos: uma parte do dia de sexta-feira, a noite de sexta-feira, o dia sábado, o sábado à noite, e uma parte do domingo dia.
a. Isso são apenas 3 dias e 2 noites.
b. A expressão de Jesus em Mateus 12:40 não permite a falta de uma noite.

II. O fato de que Jesus iria passar três dias na sepultura era conhecido pelos seguidores de Jesus e por seus inimigos.

1. Nós já olhamos para Mateus 12:40, mas há outras declarações, bem como - João 2:19, Mateus 17:22-23
2. Seus inimigos compreenderam a profecia – Mateus 27:62-64
3. A questão é a forma de contabilizar esses dias.
a. Os judeus, como fazemos hoje, contavam um dia parcial como um dia cheio.
b. Você pode dizer: "Eu trabalhei todo o dia nesse projeto"
c. Mas não vamos concluir que você na verdade, passou 24 horas ou até mesmo 12 horas de trabalho, mesmo que você disse "Todo o dia"

III. A última semana

1. João 12:1 nos diz que, seis dias antes da Páscoa, ele chegou a Betânia.
a. Traduzindo isto em termos modernos é mais difícil do que parece à primeira vista, porque dois sistemas são utilizados.
i. Seguimos o estilo romano de contar um dia a partir da meia-noite.
ii. Os judeus contavam um dia de sol a sol.
b. João parece usar o sistema judaico.
i. Se a páscoa foi no dia de sábado (pôr do sol de sexta-feira a pôr do sol de sábado), em seguida seis dias antes da chegada de Jesus teria lugar o dia anterior ao primeiro dia da semana; da semana (entre o pôr do sol de sábado até o pôr do sol de domingo).
ii. Parece que ele chegou a noite, porque tinha o jantar com Marta, Maria e Lázaro
2. No dia seguinte (domingo) foi a entrada triunfal - João 12:12
3. Marcos 11:11-12 Faz menção que Jesus não pode ficar muito tempo e voltou para Betânia
4. No dia seguinte (segunda-feira)
a. Foi quando a figueira foi amaldiçoada - Marcos 11:13-14
b. E o templo foi purificado – Marcos 11:15
5. No dia seguinte (terça-feira)
a. A figueira secou – Marcos 11:19 – 20
b. Um monte de ensino aconteceu neste dia em Jerusalém e depois com os discípulos no Monte das Oliveiras
6. Marcos 14:1, Mateus 26:1-2 menciona que a próxima série de eventos ocorreu dois dias antes da Páscoa.
a. A maioria das pessoas acredita que a Páscoa foi no dia de sábado, ou sábado.
b. Assim, uma diferença de um dia (quarta-feira) é introduzido onde nada é gravado.
7. A Páscoa é sempre celebrada no décimo quarto dia do primeiro mês, logo após o pôr do sol - Levítico 23:5
8. A última ceia foi no dia da preparação da páscoa – Marcos 14: 12, (também Mateus 26:17 e Lucas 22:7), portanto, no décimo terceiro dia do mês
9. O dia da semana que cai a páscoa varia de ano para ano, tal como acontece em nossos calendários hoje.
a. No entanto, qualquer dia que caiu foi tratado como um dia especial às vezes chamado de santa convocação
b. As mesmas regras para um dia de sábado são aplicadas - Êxodo 12:16, Levítico 23:6-8
c. Assim, santas convocações são às vezes chamadas de sábado - Levítico 23:24
10. Jesus e seus discípulos permaneceram até o final da noite e depois foi para o Jardim do Getsêmani.
a. Após um período de oração, que durante os discípulos caíram no sono, Jesus foi preso por uma
multidão e transportado para a casa de Anás - João 18:12-13
b. Em seguida, ele foi levado a Caifás, o sumo sacerdote - João 18:24
i. Foi na casa de Caifás que o incidente do canto do galo ocorreu, por isso sabemos que era
perto do amanhecer - João 18:25-27
c. João 18:28 tem muito a nos dizer sobre este ponto.
i. A Páscoa não tinha sido celebrada ainda.
ii. Era ainda o dia da preparação.
11. Quando Pilatos trouxe Jesus para fora era à hora sexta (meio dia) do dia Preparação - João 19:14
12. Na crucificação, não havia preocupação com as mortes concluída antes do pôr do sol - João 19:31
a. Observe que João menciona especificamente que ainda era o dia da preparação e no dia seguinte era um sábado e ele menciona que era um sábado grande - ou o que o Velho Testamento chama de santa convocação.
b. Este dia cai no décimo quarto dia do primeiro mês, e não necessariamente no sábado.
13. José de Arimatéia pede o corpo de Jesus no dia da preparação - Marcos 15:42-43
a. Jesus foi preparado às pressas para o enterro e colocado em um sepulcro - João 19:42
b. A pressa era porque ao entardecer tornava-se o dia da páscoa e nenhum trabalho poderia ser feito, incluindo o enterro de um ente querido.
14. No dia seguinte, depois da Páscoa, nós encontramos os líderes judeus pedindo a Pilatos - Mateus 27:62-64
15. O relato de Lucas é de especial interesse - Lucas 23:50 - 56
a. Jesus foi sepultado no dia da preparação.
b. O sábado se aproximava (o especial Sábado da Páscoa)
c. Todo mundo descansava no sábado (tanto o sábado especial ou o sábado real da semana)

IV. Quando foi a páscoa?

1. A maioria das pessoas assume que a páscoa daquele ano caiu em um Sábado, não percebendo que a Páscoa em si foi um sábado especial.
a. Colocar a Páscoa, no sábado deixa-o com a riqueza de detalhes, exceto que um dia, quarta-feira, é deixada de fora.
2. No entanto, se aceitarmos que a Páscoa caiu na sexta-feira, então não há diferença nos registros. Cada dia é contabilizado com pouco acontecendo na sexta-feira ou sábado, porque ambos os dias foram dias de descanso.
a. A refeição na casa de Simão levaria lugar na quarta-feira à noite
b. A descoberta da sala superior e a preparação da refeição foram feita na quarta-feira (estilo judeu).
c. A última ceia foi na quinta-feira – noite – Pôr do sol
d. A crucificação foi na quinta-feira - dia
e. Jesus no túmulo sexta à noite (1 noite), sexta-feira de manhã (dia 1), sábado à noite (noite 2) sábado manhã (dia 2), e domingo à noite (noite 3)
3. Jesus ressuscitou no primeiro dia da semana de madrugada - Mateus 28:1-2 (também Marcos 16:1-2, Lucas 24:1 e João 20:1)
a. Pedro, olhando para trás sobre esses eventos afirmou - Atos 10:39-40
b. Pedro declarou que a ressurreição aconteceu no terceiro dia, e não após o terceiro dia.
c. O tempo de Jesus no sepulcro, não foi um dia completo, mas apenas uma parte de um dia
V. O ponto de toda a lição é que muitas supostas contradições são realmente o resultado de suposições que não são sempre justificadas.
1. Às vezes, olhando para uma tabela do que foi dito pode dar uma melhor explicação dos acontecimentos.

Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
Sábado
Domingo
 
Manhã
Noite
Manhã
Noite
Manhã
Noite
Manhã
Noite
Manhã
 
 
A casa encontrada
Páscoa
Preparada
Última Ceia
Jardim
Triagem

Triagem
Crucificação

Enterro
Noite 1
Dia 1
Pedido
aos
guardas
Noite 2
Dia 2
Noite 3
Dia 3

Ressurreição
 
 
Dia da
Preparação
Páscoa
Santa Convocação

Sábado Especial
Sábado
Primeiro dia da semana