A vitória que temos em Cristo ressuscitado

A vitória que temos em Cristo ressuscitadoTexto: Mateus 28:6
Introdução: Como cristãos estamos celebrando o dia mais triunfante e vitorioso na história da humanidade.

O dia em que Jesus venceu a morte e o inferno e nos deu como Seu povo um senso de imortalidade.

Ao celebrarmos este grande e importante evento que teve lugar a mais de 2000 anos atrás, eu gostaria de focar em nossos corações, nesta mensagem, a vitória que Jesus realizou através da Sua morte, sepultamento e ressurreição.

I. A morte e o sofrimento de Jesus.

[post_ad]
Antes de podermos realmente apreciar a vitória que temos em Jesus Cristo, por causa de Sua ressurreição, precisamos compreender plenamente e entender o sofrimento que Ele passou por nós e o grande preço que Ele pagou por nossa vitória.
O Evangelho de Mateus, nos capítulos 26 e 27, nos dá uma descrição detalhada do sofrimento que Jesus passou por nós. Nestes dois capítulos das Escrituras, encontramos muitos dos sofrimentos que Jesus suportou por nós para que pudéssemos ter a vitória que agora temos nEle.
1. Ele foi traído por um de seus discípulos.
2. Ele sofreu uma noite de agonia no jardim do Getsêmani.
3. Ele viu quando um dos seus discípulos mais amados e leais o negou por três vezes.
4. Ele enfrentou o Sinédrio, onde os príncipes dos sacerdotes e os anciãos rejeitaram seu testemunho.
5. Ele suportou a crucificação e o ser pregado na cruz.
6. O maior preço que provavelmente Ele pagou foi o de ser rejeitado por um tempo pelo Seu próprio Pai Celestial quando Ele clamou: "Meu Deus, Meu Deus, por que me desamparaste”.
O Livro de Isaías nos dá um relato vívido do sofrimento que Jesus iria passar por causa dos pecados da humanidade. Isaías 53:1-7 1 “Quem deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor? Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhávamos para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos. Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca”.

II. A morte, sepultamento e ressurreição: o propósito pelo qual Jesus veio.

Embora Jesus tivesse realizado muitas coisas maravilhosas nos poucos anos que Ele esteve entre as pessoas como Deus em carne, foi para este momento em sua vida e ministério que ele foi enviado.
João 1:29 “No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo"
I João 3:5 “E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados; e nele não há pecado”.
Hebreus 9:26,28 “doutra forma, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo; mas agora, na consumação dos séculos, uma vez por todas se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo” “28 assim também Cristo, oferecendo-se uma só vez para levar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”.
Foi neste momento na cruz que Jesus estava realmente tomando os pecados do mundo. Ele estava, de fato, tornando-se pecado por nós.
2 Coríntios 5:21 “Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus”.
Jesus, neste momento no tempo, estava tomando os pecados da humanidade sobre Si, fazendo-se pecado, e Deus não podia mais olhar para Ele e foi neste momento de escuridão que Ele clamou em alta voz: "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”.

III. A vitória que foi realizada através da cruz e da ressurreição.

Quando Jesus foi para a cruz e depois ressuscitou dos mortos, Ele realizou uma grande vitória para a humanidade. Nesta parte da mensagem eu quero olhar para algumas das coisas que Ele realizou por nós para que possamos andar na plenitude da vitória que Ele disponibilizou para nós.
1. Nós fomos libertados da morte e do inferno e recebemos um senso de imortalidade.
A ressurreição de Jesus Cristo foi a maior vitória que já ocorreu, porque na Sua ressurreição fomos libertados da morte e do inferno.
Apocalipse 1:17-18 “Quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último, e o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo pelos séculos dos séculos; e tenho as chaves da morte e do inferno”.
I Coríntios 15:53-57 “Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade. Mas, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrito: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graça a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo”.
A morte é uma das coisas que as pessoas mais temem, mas por causa da ressurreição de Jesus e a vitória que Ele conquistou através dela, podemos ter paz com Deus e esperança para o futuro. Não há aguilhão na morte.
2 Timóteo 1:10 “e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual destruiu a morte, e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo evangelho”
2. Foi-nos dada uma esperança viva e uma herança incorruptível.
I Pedro 1:3-4 “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós”.
Esta esperança é um elemento muito poderoso em nossas vidas, pois nos mantém firmes durante as muitas tempestades da vida e nos faz crescer e amadurecer como Ele deseja.
Hebreus 6:19 “a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até o interior do véu”.
3. Nós temos o poder e a vitória sobre o diabo.
I João 4:4 “Filhinhos, vós sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo”.
Romanos 8:31,37 Se Deus é por nós, quem será contra nós? ... Em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por meio daquele que nos amou.
Lucas 10:19 “Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; e nada vos fará dano algum”.
4. Foi-nos dado a vitória sobre o pecado.
Romanos 6:4-7 “Fomos, pois, sepultados com ele pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição; sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado. Pois quem está morto está justificado do pecado”.
Romanos 8:10-11 “Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita”.
5. Foi-nos dado um grande poder como resultado da ressurreição.
Efésios 1:18-20 “sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos, e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, que operou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus”.

Conclusão.
1. Devemos confessar esta grande vitória que Jesus realizou por nós e andar por ela entendendo que esta é a maneira pela qual o Espírito Santo está trabalhando em nossas vidas.
2. Nós não vivemos mais para nós mesmos, mas para Aquele que morreu e ressuscitou.
3. Devemos buscar as coisas que são de cima, onde Cristo está, bem como colocar a nossa mente e afeições nas coisas do alto, e não nas coisas do mundo.

Encorajo-vos hoje a permitir que Jesus complete a sua vitória em suas vidas recebendo-o como Senhor e Salvador e submetendo-se 100% a Ele em Seu serviço.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A vitória que temos em Cristo ressuscitado Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, abril 22, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.