Jesus acalma a tempestade

Jesus acalma a tempestadeTexto: Marcos 4:35-41

Introdução: O mar da Galileia é na verdade um grande lago (166 Km2) cercado por um anel de montanhas. Foi cientificamente provado que esta posição geográfica única é diretamente responsável pelas tempestades que varrem o lago durante as últimas horas do dia. Essa condição ainda existe até hoje e os pescadores locais exercem muita cautela.

É muito incomum que Jesus decidiu navegar através do lago à noite. Ele estava bem ciente dos riscos envolvidos. Além dos discípulos também estarem muito exausto depois de um longo dia de ministério, o pedido de Jesus não parece justo para eles. Todos esses fatores levam somente a uma conclusão. Jesus direcionou seus discípulos para uma tempestade consciente e deliberadamente!
[post_ad]
Por que Jesus faria algo assim?

A resposta é encontrada na repreensão de Jesus aos discípulos ("Você ainda não têm fé?") É claro que eles tinham fé. Mas, não em Jesus.

Alguns de nós somos como os discípulos. Nós temos fé. Mas está fora de lugar. O sermão de hoje é sobre mudar a nossa fé e colocá-la em Jesus.

1. Eu nas tempestades

A. A maioria dos discípulos era ex-pescadores. Eles estavam familiarizados com o mar da Galileia. Eles haviam superado muitas tempestades antes.
B. Eles acreditavam na experiência, força e habilidades. Afinal de contas Jesus era um carpinteiro. O que ele sabia sobre as tempestades e águas?
C. Nós também colocamos a nossa fé em nossa própria força e habilidades cada vez que tomamos o assunto em nossas próprias mãos, sem reconhecer o senhorio de Jesus.

2. Pânico nas tempestades

A. Em Marcos 4:40 "Deilos" é o termo grego usado no lugar de "medo". Implica "pânico". Pânico é diferente da emoção normal de medo que surge no perigo.
B. Colocar a fé em si mesmo é muito perigoso, porque nós começamos a entrar em pânico quando confrontados com situações que fogem ao nosso controle.
C. Quando entramos em pânico colocamos a nossa fé à sua disposição. Nós transferimos a culpa para os outros, como os discípulos, (... não te importa que pereçamos?).

3. Mentiras

A. A pergunta "quem é esse?" Implica que os discípulos não sabiam que Jesus era mais que um rabino, milagreiro e um profeta.
B. Conhecer a metade da verdade é acreditar em uma mentira. Os discípulos não sabia toda a verdade sobre o seu mestre. Assim, eles acreditavam na mentira que Jesus não se importava.
C. A maioria dos cristãos conhece apenas o que os outros dizem sobre Deus. Não é errado aprender com os outros. Mas é preciso conhecer Deus pessoalmente. Isso é chamado de intimidade.

Aplicação

A. Reconhecer o Senhorio de Jesus: "... Deus o exaltou e lhe deu o nome que está acima de todo nome..." (Filipenses 2:9-11). A tentativa de lidar com as tempestades da vida na sua própria força é um indicador claro de fé equivocada. Em outras palavras, a sua fé está em si mesmo. Para colocá-la de volta em Jesus, em primeiro lugar você deve reconhecer seu senhorio em todas as áreas (educação, casamento, carreira e até mesmo ministério) e em todas as tempestades da vida.
B. Autocontrole: "... Porque Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de poder, amor e autocontrole..." (2 Timóteo 1:7). Controle-se antes de tentar controlar a situação. Não culpe os outros (os discípulos, repreenderam Jesus) Para que a vossa fé não seja deixado no descarte de medo e pânico, que também é fé no lugar errado. O autocontrole restaura a sua fé em Jesus e ajuda você a exercê-la.
C. Desenvolver intimidade: "As minhas ovelhas reconhecem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem" (João 10:27)

Conclusão: Acreditar em uma mentira também é colocar a fé no lugar errado. Os discípulos acreditaram na mentira de que Jesus não se importava. Também somos propensos a mentiras de Satanás a menos que conheçamos a Deus pessoalmente. A intimidade não ocorre da noite para o dia. É um processo ao longo da vida, onde você aprende algo novo sobre o seu relacionamento com Deus todos os dias. Isso exige disciplina espiritual.

Pr. Aldenir Araújo
Jesus acalma a tempestade Reviewed by Aldenir Araujo on quarta-feira, junho 12, 2013 Rating: 5

2 comentários:

  1. muito bom este esboço!! que o Senhor continue abençoando!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom este esboço aprendeu muito,muito interessante...

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.