Imitando o Que é Bom - Gaio e Diótrefes

Imitando o Que é Bom - Gaio e Diótrefes
Texto: 3 João 11

Introdução

1. A admoestação de João para que Gaio imite o que é bom, e não o que é mal, é aplicável a nós hoje.

2. Nesta breve epístola, temos exemplos tanto do que é bom quanto do que é mal.

I. Imite o Que é Bom: Gaio (vv. 1-8)

A. João orou para que Gaio pudesse prosperar e ter saúde, assim como sua alma – para que seu bem-estar físico fosse proporcional ao seu bem-estar espiritual.

1. A menos que nossa prosperidade espiritual seja pelo menos igual à nossa prosperidade temporal, a prosperidade material deixa de ser uma bênção.

a. Não há lucro se alguém ganha o mundo inteiro mas perde sua alma. “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida?” (Marcos 8:36)

b. A parábola do rico insensato. (Lucas 12:16-21)

c. As riquezas arruinarão uma pessoa se sua alma não estiver bem.

1) Considere 1 Timóteo 6:9-10.

2) Por outro lado, se a prosperidade da alma é igual à sua saúde e riqueza, então ele pode fazer muito bem.

2. Quão diferente seria o mundo se esta oração de João fosse realizada em todas as pessoas.

a. Muitos dos ricos se tornariam pobres.

b. Muitos dos pobres se tornariam ricos.

c. Muitos agora em boa saúde morreriam em sua condição enfraquecida.

d. Muitas pessoas doentes, aleijadas e insalubres se tornariam uma imagem da saúde.

3. E se essa oração fosse realizada em nós?

a. Nós morreríamos de fome porque raramente alimentamos nossas almas? (1 Pedro 2:2; 2 Timóteo 2:15; Hebreus 10:25)

b. Nós nos tornaríamos fisicamente fracos mesmo quando estamos espiritualmente fracos devido à falta de exercício espiritual? (Hebreus 5:13-14)

c. Outros podem supor que estamos fisicamente mortos, visto que às vezes parecemos estar espiritualmente sem vida. (1 Coríntios 11:30; Efésios 5:14)

B. Características de Gaio que devemos imitar.

1. Ele se apropriou da verdade em sua mente e coração. (v. 3)

a. Ele cria na verdade. (João 17:17)

b. Ele não creu no falso ensino de seu tempo concernente à pessoa e obra de Cristo (gnosticismo).

1) Alguns duvidaram da divindade de Cristo, Sua preexistência e encarnação porque Ele sofreu indignidade e angústia. (João 1:1, 14)

2) Alguns duvidaram de Sua masculinidade dizendo que a Deidade estava acima de tal sofrimento, então ensinaram que Seu corpo era meramente uma ilusão. (1 João 1:1-2)

2. A verdade estava manifestada em sua vida e conduta. (v. 3)

a. Sua vida prática estava em harmonia com o seu professado ensinamento - não hipócrita.

b. A verdade que ele cria era uma força viva em sua conduta.

1) Considere o versículo 11.

2) Considere 1 João 3:7-10.

3. Ele era hospitaleiro. (vv. 5-6; Romanos 12:13; Hebreus 13:2)

4. Ele apoiava a pregação e o ensino da verdade. (v. 8)

II. Não Imite o Que é Mal: Diótrefes (vv. 9-10)

A. Ele amava ter a preeminência. Ele queria estar em primeiro lugar.

1. Não devemos pensar mais em nós mesmos do que deveríamos. (Romanos 12:3)

2. A grandeza vem do serviço (Mateus 23:10-12)

3. A atitude apropriada que o cristão deve ter em relação a outros cristãos é vista em Filipenses 2:1-4.

B. Ele rejeitou a autoridade de João, um apóstolo de Cristo.

1. Rejeitar um apóstolo é rejeitar a Cristo. (Lucas 10:16)

2. Rejeitar o ensino de um apóstolo e rejeitar a Deus. (1 Tessalonicense 4:8)

C. Ele estava proferindo (“falando bobagem”) contra João com palavras perversas (conversa fiada, tola e não-lucrativa dirigida com uma intenção maliciosa). (Veja Efésios 5:3-4)

D. Ele não mostrava hospitalidade aos irmãos nem permitia que o restante da igreja cumprisse seu dever para com aqueles que precisavam de ajuda. (v. 10)

E. João prevê a punição deste iníquo.

Conclusão

1. O que é visto em sua vida? Qual você imita?

2. O destino da sua alma depende da sua resposta e ações

a. Você é de Deus?

b. Você não tem visto a Deus?

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.