4 Coisas Que Deus Está Nos Dizendo Através do Coronavírus
Texto: Filipenses 4:4-7

Não escrevo muitos artigos sobre eventos atuais, e esse era originalmente o meu plano em relação ao coronavírus. No entanto, nas últimas semanas, esse problema continuou a crescer aqui no Brasil e no mundo. Milhares de pessoas estão ficando doentes e morrendo em todo o mundo, a economia está sofrendo um grande golpe e há uma enorme incerteza em todo o mundo.

E eu sei que aqueles que leem meus artigos, também estão bem no meio tudo disso, então eu queria compartilhar com você algumas das coisas que pessoalmente tenho aprendido ultimamente como uma maneira de caminhar juntos através desse vale.

Então, aqui estão quatro coisas que o Senhor tem me ensinado através do coronavírus e também podem estar dizendo a você.

1. Deus Pode Estar Lembrando-Nos de Sua Soberania e Nossa Fragilidade

Quanto mais eu pessoalmente sei sobre o coronavírus e como ele se espalha, mais me lembro de como sou dependente da misericórdia de Deus. Embora esse vírus seja particularmente perigoso para idosos e pessoas com condições saudáveis ​​subjacentes, imagine se fosse ainda mais mortal do que é. Nenhum de nós optou por tornar esse vírus tão perigoso quanto é para algumas pessoas ou não-letal como é para outras pessoas. Nenhum de nós escolheu se tornar forte o suficiente para se defender contra esse vírus ou fraco o suficiente para não se defender. Nenhum de nós decidirá para quantas pessoas esse vírus se espalhará e como se espalhará.

Meu argumento é que tudo isso me lembrou o quão frágil e impotente eu sou como humano. Deus nos chamou para viver com sabedoria e fazer tudo o que pudermos para impedir a propagação desse vírus, mas muito disso está claramente fora do nosso controle humano. Embora nossas escolhas sábias e imprudentes certamente tenham consequências, em última análise, muito disso está completamente além de nós. Parece que a melhor solução que temos é simplesmente fugir do vírus e torcer para que ele não seja espalhado, o que é um sentimento impotente. Mas Deus também tem me lembrado que nada disso está fora de seu controle.

Por mais frágeis e desamparados que somos, como seres humanos, para algo como um vírus que não podemos ver e que se espalha tão facilmente, a soberania de Deus permanece.

Jesus tem todo o conhecimento e toda autoridade sobre as forças naturais e sobrenaturais deste mundo. Ele sabe exatamente onde o vírus começou e para onde vai a seguir. Ele tem poder total para impedi-lo ou não. E é isso que está acontecendo. Nem pecado, nem Satanás, nem doença, nem sabotagem são mais fortes que Jesus. Ele nunca recuou em um canto; ele nunca é forçado a tolerar o que não quer. “O conselho do Senhor permanece para sempre, e os intentos do seu coração por todas as gerações” (Salmo 33:11).


“Bem sei eu que tudo podes...”, diz Jó em seu próprio arrependimento, “e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido” (Jó 42:2). Portanto, a questão não é se Jesus está supervisionando, limitando, guiando, governando todos os desastres e todas as doenças do mundo, incluindo todas as suas dimensões pecaminosas e satânicas. Ele está. A questão é, com nossas Bíblias abertas, como devemos entender isso? Podemos entender o sentido de tudo isso?

2. Deus Pode Estar Ensinando Você a Confiar Nele no Presente, Sem se Preocupar Com o Futuro

Como seres humanos, faz todo o sentido lógico estar em pânico agora. “Quão ruim vai ficar? O que acontecerá com a economia? E se eu pegar ou alguém que eu amo pegar o vírus? O que vai acontecer à seguir?" Essas são perguntas racionais a serem feitas.

Mas, como cristãos, temos a obrigação bíblica de usar mais do que a nossa razão humana. Por causa de nossa fé em Jesus Cristo, Deus espera que não nos preocupemos com o futuro, mesmo que planejemos no presente. Um grande erro que muitas pessoas cometem quando se trata do que a Bíblia diz sobre não se preocupar é presumir que Deus nos diz para não planejar. O planejamento é sábio.

Preparar-se para o pior é sábio. E por toda a Bíblia é nos dito que somos sábios (Efésios 5:15). Então Deus quer que planejemos com sabedoria, mas o que ele não quer que seu povo faça é se preocupar, porque isso é sinal de que não confiamos em Deus.

Quando uma provação acontece dessa forma, não temos opção se a passaremos ou não. Mas temos a opção de "como" passaremos por isso. Vamos chutar, gritar e nos preocupar como o resto do mundo? Ou usaremos esse tempo de incerteza para ser uma luz para o mundo, não subestimando a ameaça do coronavírus, mas também não subestimando o poder do nosso Deus? Da perspectiva humana, é compreensível estar em pânico; mas Deus pode nos dar uma paz que supera a compreensão humana. Filipenses 4:4-7 declara:
4 Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. 5 Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. 6 Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; 7 e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus”.
Uau, esta passagem é tão convincente para mim:
  • Diz “Regozijai-vos sempre no Senhor”, não apenas quando os tempos são bons.
  • Não diz que é razoável se alegrar quando a vida é difícil e incerta. Diz que é razoável se alegrar porque o "Senhor está perto".
  • Não diz estar ansioso com coisas que realmente são muito ruins. Diz "Não andeis ansiosos por coisa alguma”.
  • Não diz que Deus responderá às nossas orações da maneira que pedimos. Antes, diz que quando oramos, mesmo quando Deus não faz exatamente o que pedimos, o que acontecerá é que “paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus”

3. Deus Pode Estar Ensinando Você a Não Perder o Pouco Tempo Que Você Tem na Terra

"A vida é curta". Todos nós já ouvimos essa afirmação antes, mas em momentos como esse, essa ideia pode nos surpreender de uma maneira nova. Como cristãos, sabemos que temos um propósito - um chamado aqui na terra. Nossas vidas não são apenas diversão, mas sabemos que somos chamados a glorificar a Deus, a servir a Deus e a ser uma luz para o mundo, para que, quando encontrarmos Jesus no céu, ele possa dizer: “Muito bem, servo fiel e bom”

Mas uma mentira que impede o caminho de uma vida significativa é essa ideia de que temos muito tempo para fazê-lo. Quando pensamos que temos muito tempo na Terra, acabamos desperdiçando nossas vidas porque pensamos que começaremos a viver apaixonadamente por Deus em algum momento. . . mas, não agora. Porém, provas como o coronavírus geralmente são épocas da vida em que Deus está dizendo: “Ei, o tempo é curto. Não desperdice sua vida"

Como o Salmo 90:12 declara: "Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios"

4. Deus Pode Estar Lembrando-nos Que o Evangelho é a Solução Final Para Todos os Nossos Problemas

Como sociedade, devemos fazer políticas sábias. Deveríamos ajudar aqueles que precisam. Deveríamos tentar encontrar curas para doenças que os humanos sofrem. Devemos tentar impedir a propagação do coronavírus.

Mas, como cristãos, devemos também lembrar que o verdadeiro problema subjacente a todo problema é a ruptura causada pelo pecado. Este mundo não é como Deus o criou originalmente. Ele foi corrompido quando Adão e Eva pecaram pela primeira vez, portanto, a verdadeira solução para todos os problemas é o evangelho.

Somente quando Jesus voltar e tornar todas as coisas novas é que experimentaremos a solução final de Deus em Cristo. Portanto, durante o tempo em que estamos quebrados, nossa esperança deve sempre permanecer principalmente no evangelho de Jesus Cristo. Como Romanos 8:35-39 declara:

“35 quem nos separará do amor de Cristo? a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? 36 Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. 37 Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou. 38 Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, 39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”
Postagem Anterior Próxima Postagem

Gostou? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.