Lidando Com a Desilusão e a Decepção

Lidando Com a Desilusão e a Decepção
Texto: Êxodo 5

Introdução: Às vezes, quando pedimos ajuda a Deus, as coisas parecem ir de mal a pior. Em vez de resolver nossos problemas, as soluções que procuramos parece tornar pior os problemas. Isso aconteceu com os filhos de Israel no Egito, conforme descobrimos nos versículos seguintes.

Êxodo 5:1-111 Depois foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto. 2 Mas Faraó respondeu: Quem é o Senhor, para que eu ouça a sua voz para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir Israel. 3 Então eles ainda falaram: O Deus dos hebreus nos encontrou; portanto deixa-nos, pedimos-te, ir caminho de três dias ao deserto, e oferecer sacrifícios ao Senhor nosso Deus, para que ele não venha sobre nós com pestilência ou com espada. 4 Respondeu-lhes de novo o rei do Egito: Moisés e Arão, por que fazeis o povo cessar das suas obras? Ide às vossas cargas. 5 Disse mais Faraó: Eis que o povo da terra já é muito, e vós os fazeis abandonar as suas cargas. 6 Naquele mesmo dia Faraó deu ordem aos exatores do povo e aos seus oficiais, dizendo: 7 Não tornareis a dar, como dantes, palha ao povo, para fazer tijolos; vão eles mesmos, e colham palha para si. 8 Também lhes imporeis a conta dos tijolos que dantes faziam; nada diminuireis dela; porque eles estão ociosos; por isso clamam, dizendo: Vamos, sacrifiquemos ao nosso Deus. 9 Agrave-se o serviço sobre esses homens, para que se ocupem nele e não deem ouvidos a palavras mentirosas. 10 Então saíram os exatores do povo e seus oficiais, e disseram ao povo: Assim diz Faraó: Eu não vos darei palha; 11 ide vós mesmos, e tomai palha de onde puderdes achá-la; porque nada se diminuirá de vosso serviço”

Deus chamou Moisés da sarça ardente. Ele o convencera de ele que era o homem que lideraria os hebreus do Egito. Moisés acabara de se reunir com os hebreus. Deus se revelou a eles através de sinais e maravilhas. Eles garantiram que estavam atrás dele o tempo todo. Apenas quando ele pensou que tudo seria uma coisa fácil, as coisas pioraram.

Porque a obediência ao mandamento de Deus intensificaria os problemas de Moisés? Isso não é exatamente o que esperamos quando Deus nos chama para fazer sua vontade. Pensamos que a vontade de ir deve eliminar as dificuldades. Isso é o que Moisés pensou também. Pela primeira vez em sua vida, Moisés estava vivendo dentro da vontade de Deus. Ele estava obedecendo ao chamado de Deus. Ele estava fazendo exatamente o que Deus lhe disse para fazer - mas as coisas pioraram.

Êxodo 5:10-19 10 Então saíram os exatores do povo e seus oficiais, e disseram ao povo: Assim diz Faraó: Eu não vos darei palha; 11 ide vós mesmos, e tomai palha de onde puderdes achá-la; porque nada se diminuirá de vosso serviço. 12 Então o povo se espalhou por toda parte do Egito a colher restolho em lugar de palha. 13 E os exatores os apertavam, dizendo: Acabai a vossa obra, a tarefa do dia no seu dia, como quando havia palha. 14 E foram açoitados os oficiais dos filhos de Israel, postos sobre eles pelos exatores de Faraó, que reclamavam: Por que não acabastes nem ontem nem hoje a vossa tarefa, fazendo tijolos como dantes? 15 Pelo que os oficiais dos filhos de Israel foram e clamaram a Faraó, dizendo: Porque tratas assim a teus servos? 16 Palha não se dá a teus servos, e nos dizem: Fazei tijolos; e eis que teus servos são açoitados; porém o teu povo é que tem a culpa. 17 Mas ele respondeu: Estais ociosos, estais ociosos; por isso dizeis: vamos, sacrifiquemos ao Senhor. 18 Portanto, ide, trabalhai; palha, porém, não se vos dará; todavia, dareis a conta dos tijolos. 19 Então os oficiais dos filhos de Israel viram-se em aperto, porquanto se lhes dizia: Nada diminuireis dos vossos tijolos, da tarefa do dia no seu dia".

Moisés se vê preso entre as crescentes demandas de trabalho de seus irmãos e o poderoso faraó. Nada é pior do que ter seus problemas politizados. Nada torna os problemas mais difíceis de resolver do que a política religiosa. Quando os problemas se tornam políticos, aqueles com a maioria dos votos geralmente silenciam a voz de Deus.

Êxodo 5:19-21 19 Então os oficiais dos filhos de Israel viram-se em aperto, porquanto se lhes dizia: Nada diminuireis dos vossos tijolos, da tarefa do dia no seu dia. 20 Ao saírem da presença de Faraó depararam com Moisés e Arão que vinham ao encontro deles, 21 e disseram-lhes: Olhe o Senhor para vós, e julgue isso, porquanto fizestes o nosso caso repelente diante de Faraó e diante de seus servos, metendo-lhes nas mãos uma espada para nos matar"

As circunstâncias pareciam esmagadoras. Os hebreus perderam de vista Deus. Eles começam a questionar um ao outro e a questionar a sabedoria de Deus. Quando as coisas não melhoraram para Moisés, ele perdeu de vista as promessas de Deus.

Êxodo 5:22-23 "22 Então, tornando-se Moisés ao Senhor, disse: Senhor! por que trataste mal a este povo? por que me enviaste? 23 Pois desde que me apresentei a Faraó para falar em teu nome, ele tem maltratado a este povo; e de nenhum modo tens livrado o teu povo"

Moisés expressou sua desilusão com Deus. Este foi um daqueles momentos "eu te disse". Moisés provavelmente estava ensaiando em sua mente o que havia dito a Deus na sarça ardente. Eu te disse que não era o homem para o trabalho. Fiz exatamente o que você me disse para fazer, mas não funcionou. Isso só piorou as coisas. Ele está se perguntando como ele sairia dessa. O faraó não escuta, e os hebreus estão indignados. Todos os olhos no Egito, desde o faraó no Egito ao escravo mais humilde de Gosém, estavam focados em Moisés como o problema. Até Moisés se vê como o problema.

Quando as Coisas Vão de Mal a Pior

Deve haver uma Lei de Murphy, que diz: "Quando as coisas não podem piorar, elas pioram!" Isso parece especialmente verdadeiro quando pensamos que as promessas de Deus devem eliminar nossos problemas. Moisés havia perdido o primeiro conflito com Faraó, mas ele pensou que havia perdido a guerra. Na verdade, Moisés nem havia perdido o conflito. Deus estava apenas preparando Faraó para o outono. Sabemos disso porque já sabemos o resto da história, mas Moisés não tinha ideia do resultado.

Deus nunca disse a Moisés que não haveria dificuldades. Deus alertou Moisés que o faraó endureceria seu coração. De alguma forma, Moisés esperava marchar até Faraó e ter seu pedido atendido. Por que o faraó não deveria ouvir, afinal Deus estava envolvido no que estava fazendo? Mas não foi isso que Deus prometeu a Moisés. Moisés deveria esperar que seus problemas se intensificassem.

Em uma época em que desprivilegiados significa não ter controle remoto para sua televisão em cores, é difícil lidar com as verdadeiras decepções da vida. Podemos piorar as coisas quando temos expectativas irreais. Muitas vezes, nossas expectativas excedem o plano de Deus. Ficamos tão envolvidos em procurar viver um estilo de vida confortável que perdemos de vista a realidade. Acreditamos que nosso Deus deve ser um Deus que torna nossas vidas confortáveis.

É difícil para nós sentir a presença de Deus quando nossas expectativas irreais não são atendidas. Podemos saber tão claramente que estamos fazendo a vontade de Deus. Mas quando as coisas não acontecem como pensamos, acreditamos que devemos começar a questionar a sabedoria de Deus, a presença de Deus e a bondade de Deus.

Se você sente que Deus o desapontou, talvez precise dar uma olhada no que as Escrituras dizem. Jesus prometeu que conheceríamos a verdade e ela nos libertaria. Não é uma promessa de que tudo vai dar certo. As escrituras falam sobre problemas e perseguições. Se esperamos mais do que Deus promete, estamos fadados a ficar desapontados.

Perceba que todos os cristãos passam por decepções. Muitos dos salmos são gritos de desespero. Permita que suas expectativas sejam determinadas mais pelo que você vê nas Escrituras do que pelo que vê na TV.

Entenda que a decepção vem como resultado de acreditar nos enganos de Satanás. A resposta para a desilusão é fixar nossos olhos firmemente no que Deus diz e alinhar nossas expectativas e pensamentos com essa verdade. Reconheça que Deus não nos prometeu uma vida perfeita. Este mundo é apenas temporário. Deus quer que nos concentremos no que é eterno. Talvez ele use a desilusão para nos motivar a colocar nossos corações no céu.

Por que não deveríamos esperar dificuldades ao nos envolvermos na guerra entre o céu e a terra? No livro de Apocalipse, João falou de Pérgamo como a cidade onde o trono de Satanás estava localizado. No mundo de Moisés, há poucas dúvidas, mas o trono de Satanás foi estabelecido no Egito. Foi do Egito que Satanás influenciou o mundo com seus poderes demoníacos. Moisés estava enfrentando os poderes demoníacos do mundo diante do Faraó.

O faraó acreditava ser um deus. O Faraó pergunta: "Quem é o Senhor que eu devo lhe obedecer e deixar Israel ir?". O conceito de deuses no mundo antigo era muito diferente dos nossos conceitos. O mundo antigo acreditava que as pessoas mais poderosas eram mais poderosas porque seus deuses eram mais poderosos. Era evidente para o faraó que seus deuses eram mais poderosos que o deus hebreu, ou então eles não seriam escravos. Você pode começar a ver porque o faraó se considerava uma divindade. Ele vê o Deus do hebreu sujeito a ele.
Por que não deveríamos esperar ataques do diabo quando escolhemos fazer o que é certo? O momento em que decidimos obedecer é o momento em que os problemas se intensificam. A igreja hoje é o Israel de Deus para combater as forças do mal. A igreja é a defesa da linha de frente de Deus. Por que os cristãos não deveriam esperar conflito quando vivem na linha de frente da batalha?

Mateus 10:25-28 25 Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao dono da casa, quanto mais aos seus domésticos? 26 Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de ser descoberto, nem oculto que não haja de ser conhecido. 27 O que vos digo às escuras, dizei-o às claras; e o que escutais ao ouvido, dos eirados pregai-o. 28 E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo”.

Jesus nos encoraja a manter o foco no poder e no plano de Deus. Um garoto estava tentando erguer sua bicicleta bastante pesada depois que ela caiu, mas estava tendo pouco sucesso. Seu pai percebeu a luta e saiu. Ele perguntou ao filho: "Você está usando toda a sua força?" O filho respondeu que sim. O pai respondeu: "Não, você não está, você não me pediu para ajudar".

Precisamos Nos Concentrar na Aliança de Deus

Quando as coisas vão de mal a pior, devemos confiar na força e na sabedoria de Deus. Quando todos clamam a Deus em decepção, Deus lembra os israelitas das promessas feitas a Abraão. Em essência, Deus renova sua aliança com eles. Ele os lembra que ele é o Deus deles.

Êxodo 6:1-8 1 Então disse o Senhor a Moisés: Agora verás o que hei de fazer a Faraó; pois por uma poderosa mão os deixará ir, sim, por uma poderosa mão os lançará de sua terra. 2 Falou mais Deus a Moisés, e disse-lhe: Eu sou Jeová. 3 Apareci a Abraão, a Isaque e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome Jeová, não lhes fui conhecido. 4 Estabeleci o meu pacto com eles para lhes dar a terra de Canaã, a terra de suas peregrinações, na qual foram peregrinos. 5 Ademais, tenho ouvido o gemer dos filhos de Israel, aos quais os egípcios vêm escravizando; e lembrei-me do meu pacto. 6 Portanto dize aos filhos de Israel: Eu sou Jeová; eu vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios, livrar-vos-ei da sua servidão, e vos resgatarei com braço estendido e com grandes juízos. 7 Eu vos tomarei por meu povo e serei vosso Deus; e vós sabereis que eu sou Jeová vosso Deus, que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios. 8 Eu vos introduzirei na terra que jurei dar a Abraão, a Isaque e a Jacó; e vo-la darei por herança. Eu sou Jeová”.

Deus procura focar os hebreus em suas promessas da aliança a Abraão. Frequentemente, negligenciamos a aliança de Deus conosco, porque tentamos fazer nossas próprias alianças com Deus. Dizemos: "Senhor, retire minhas decepções e eu crerei em você". Dizemos: "Senhor, me dê um bebê saudável e eu o servirei pelo resto da minha vida". "Senhor, deixe-me ficar bem e eu vou servi-lo". "Senhor, faça-me bem-sucedido e eu o servirei". "Senhor, deixe-me ganhar na loteria e darei metade do prêmio para à igreja".

Restringir Deus aos limites de nossa sabedoria limita nossas possibilidades. Achamos que seria mais reconfortante para nós, porque nos colocaria no controle da situação. Somente Deus sabe como lidar com as impossibilidades que enfrentamos. Deus é quem define as condições das promessas da aliança.
Os caminhos de Deus são mais altos que os nossos. Quem pode conhecer a mente do Senhor?
Deus está dizendo: "Se você me seguir, é isso que eu farei". A fé diz: "Senhor, eu aceito o seu plano. Farei o que o Senhor disser. Aceitarei as consequências, porque sei que o Senhor sabe o que é melhor. Quando a fé permitir que Deus termine sua obra, não haverá dúvida sobre quem é Deus e o que ele pode fazer. Deus disse a Moisés: "Eis que te tenho posto como Deus a Faraó" (7:1-2)

Quando as coisas se tornam impossíveis, a glória de Deus é sempre revelada. O palco está preparado para a revelação de Deus por si mesmo. Deus está prestes a se revelar através dessas impossibilidades. Todo o Egito e o mundo conhecerão a Deus enquanto ele trabalha através das impossibilidades de realizar sua vontade. Cada um será forçado a conhecer a Deus como nunca antes.

"...Eu sou Jeová. Apareci a Abraão, a Isaque e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso..." Portanto dize aos filhos de Israel: Eu sou Jeová; eu vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios, livrar-vos-ei da sua servidão, e vos resgatarei com braço estendido e com grandes juízos. Eu vos tomarei por meu povo e serei vosso Deus; e vós sabereis que eu sou Jeová vosso Deus...". A palavra "conhecer" nesses versículos vem de uma palavra hebraica, que significa mais que conhecimento. Eles verão pela primeira vez que Deus é capaz de cumprir suas promessas. Deus estava no processo de se tornar conhecido como nunca antes.

Quarenta anos depois, Raabe, a prostituta, ensinou aos doze espias como Deus havia operado no Egito. Ela viu o que Deus estava fazendo no Egito.

Josué 2:9-11 "9 e disse-lhes: Bem sei que o Senhor vos deu esta terra, e que o pavor de vós caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra se derretem diante de vós. 10 Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saístes do Egito, e também o que fizestes aos dois reis dos amorreus, Siom e Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes totalmente. 11 Quando ouvimos isso, derreteram-se os nossos corações, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra”

Deus tem o faraó, Moisés e os hebreus exatamente onde ele os quer. Eles veem nada além de impossibilidades. O faraó vê Moisés e os hebreus em uma circunstância impossível. Ele não consegue pensar em nenhuma maneira possível de serem libertos. Moisés se vê preso no atoleiro impossível entre o faraó e os hebreus. Os hebreus acham impossível atender à expectativa do faraó em fazer mais tijolos. Eles não veem esperança de libertação. Além disso, os olhos do mundo estão olhando.

Deus fez um espetáculo do faraó. O mundo estava observando Deus por quarenta anos, quando ele levou os filhos de Israel para fora do Egito e através do deserto. O mundo sabia que Deus estava se posicionando no planeta Terra para combater as forças do mal. Almas exigentes sabiam o resultado. Almas exigentes passaram a conhecer a Deus.

Dwight L. Moody disse o seguinte: “Confie em si mesmo, e você está fadado ao desapontamento; confie em seus amigos, e eles morrerão e o deixarão; confie no dinheiro, e pode ser que o tirem de você; confie na reputação, e alguma língua caluniosa pode arruiná-la; mas confie em Deus, e você nunca será confundido no tempo ou na eternidade”.

Conclusão: Deus quer que nos vejamos incluídos em suas promessas. A promessa de Deus não era apenas para a nação hebraica. Foi estendido a cada um deles individualmente. Quando Deus reitera sua promessa a Moisés, Deus traça a genealogia do filho de Jacó, Levi, até Moisés no restante do capítulo 6. Era como se Deus estivesse dizendo: "Moisés, eu quero que você saiba que a aliança que fiz com Abraão inclui você. Eu tinha você em mente quando fiz essas promessas a Abraão"

A aliança de Deus conosco não nos promete uma vida sem decepções. Ele nos promete vitória, apesar de nossa desilusão.

Quando surgem problemas, geralmente desenvolvemos uma atitude que nos cega às promessas de Deus. Muitas vezes perdemos de vista quem é Deus.

Focar em Deus nos permitirá desenvolver uma atitude propícia à libertação de Deus. Isso nos ajudará a ver Deus como ele realmente é. Ao olharmos para o Egito hoje, podemos conhecer o poder e a vontade de Deus de nos libertar da escravidão de nossos pecados pessoais.

Hoje, Deus já fez uma aliança com cada um de nós através de Jesus Cristo. Devemos aceitar essa aliança pela fé antes que Deus possa nos tornar vitoriosos sobre a decepção e desilusão da vida.

Deus nos convida a confiar nEle nos bons e nos maus dias, quando desfrutamos todos os momentos da vida ou quando estamos desanimados a ponto de sofrer depressão. Sua promessa é que ele nunca nos abandonará, que nossa fé nunca será infrutífera, que ele trabalhará tudo para o bem a longo prazo daqueles que confiam nele. Mas confiar em Deus contra as aparências do momento é tão difícil! O desafio, você se lembrará de Provérbios 3:5 é o seguinte: "Confie no SENHOR com todo o seu coração e não se apoie no seu próprio entendimento". Mas tendemos a entrar em pânico em uma crise e recorrer a nossa própria capacidade e dispositivos.

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

Lidando Com a Desilusão e a Decepção Lidando Com a Desilusão e a Decepção Reviewed by Aldenir Araújo on outubro 08, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.