Escrituras: A Fortaleza do Lar
Texto: 2 Timóteo 3:14-17
Introdução: Embora muitos possam discordar, estou convencido de que o lar é a base da sociedade. Quer gostemos ou não, a sociedade tem uma notável semelhança com o lar. Os valores e tradições do lar moldam nossa sociedade.

Hoje chegamos a uma poderosa passagem da Escritura que tem muito a dizer sobre o lar. Aqui o apóstolo Paulo está falando ao jovem pastor, Timóteo. Ele havia sido chamado para pastorear o rebanho de Deus, servindo como pastor e mestre. Timóteo enfrentou muitos desafios na sociedade. Isso foi muito cedo na era da igreja. Muitos vieram para a fé em Cristo, mas a maioria não estava servindo ao Senhor e não desejava a Palavra dos Seus caminhos. Em face de uma tarefa tão assustadora, Paulo fornece uma estratégia para Timóteo suportar e prosperar no ministério.

Enquanto Timóteo serviu em um tempo anterior a uma maioria que recebe a salvação em Cristo, nós vivemos e servimos naquilo que muitos estão começando a denominar como: a era pós-cristã. Muitos dos desafios que a igreja primitiva enfrentou reapareceram em nossos dias modernos. Vivemos em um mundo onde a maioria não se preocupa com a Palavra de Deus e não tem nenhum relacionamento com Cristo. Viver e servir ao Senhor em tal momento requer compromisso e fortaleza. As mesmas estratégias que Timóteo foi instado a usar no ministério continuam a ser eficazes na vida cristã moderna. Eu quero examinar essas estratégias conforme consideramos: Escrituras: A Fortaleza do Lar. Se quisermos manter a fortaleza do lar, devemos nos fundamentar nas Escrituras.

I. Nossa Perseverança Nas Escrituras. V. 14

- “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido”. Paulo percebeu a importância da alimentação diária na Palavra de Deus e procurou incutir isso em Timóteo. Observe:

A. O Desafio. V. 14a“Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado...”. O mundo em que Timóteo viveu encontraria muitas maneiras de consumir seu tempo. Os desafios e responsabilidades do próprio ministério exigiam muito do seu tempo. Paulo sabia da importância de proteger o tempo para ler e estudar a Palavra. Ele desejou que Timóteo continuasse na Palavra. Isto tem a ideia de “persistir, permanecer, continuar e duradouro”. Quando o mundo trouxe adversidade e desafiou sua fé e determinação, Timóteo teria que permanecer comprometido com a Palavra, permanecendo firme em seus preceitos. Ele sabia que a Palavra duraria. Ele experimentou seu poder e abraçou sua verdade. Paulo o desafiou a manter seu foco e permanecer comprometido com as verdades que lhe foram asseguradas.

- Esta é uma verdade poderosa para o ministério, mas também é essencial para a família. Se quisermos impactar nossa sociedade, vendo uma mudança proveitosa no Brasil, devemos continuar na Palavra. A maioria abandonou, mas devemos nos manter firmes na Palavra. É a autoridade final e absoluta para toda a fé e prática da vida. Para construir e manter um lar forte e piedoso, devemos permanecer comprometidos com a Palavra de Deus!

B. A Confiança. V. 14b“permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido”. Claramente, Paulo tinha sido o principal instrutor do jovem Timóteo, mas não devemos presumir alguma arrogância por parte de Paulo. Ele não está insinuando que seu ensinamento fez a diferença, mas queria que Timóteo considerasse a verdade que havia recebido. Ele poderia considerar a evidência de vidas mudadas, igrejas em crescimento e crentes comprometidos. A Palavra de Deus provou ser eficaz e possuía o poder e a compreensão que Timóteo necessitava no ministério. Haveria ocasiões de dúvida, mas naqueles tempos Paulo queria que Timóteo se lembrasse dos grandes resultados que havia testemunhado. Ele havia visto e experimentado o poder de Deus em ação na vida de Paulo. A Palavra tinha sido provada verdadeira e podia ser confiável!

- Não pode haver dúvidas quanto à eficácia e poder da Palavra. A maioria de nós aqui hoje experimentou isso em nossas vidas pessoais. Temos visto a Palavra transformar vidas e equipar para o serviço ao Senhor. Temos a maior orientação para os nossos lares e vidas na Palavra e, no entanto, ela é frequentemente ignorada e deixada por ler. Eu não posso enfatizar o suficiente a importância da Palavra em nossas vidas e lares. Tal confiança de que Paulo fala não será recebida através de leitura casual e esporádica. A palavra aprendida no texto tem a ideia de “aumentar o conhecimento de alguém através do estudo, observação e perguntas”.

II. Nossa Perspectiva Das Escrituras. V. 15

- “e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus”. Paulo desejou que Timóteo mantivesse uma perspectiva adequada das Escrituras. Ele falou de:

A. O Tempo. V. 15a“e que desde a infância sabes as sagradas letras...”. Paulo lembrou a Timóteo que ele não estava lidando com algo novo ou estranho. Timóteo ouvira as Escrituras desde que era criança. Elas foram incutidas nele por sua mãe e avó. Durante toda a sua vida, ele ouviu, estudou e conheceu as Escrituras, testemunhando seu poder e orientação em sua vida e na vida dos outros. Não havia necessidade de olhar para nenhuma outra agora!

- Eu concordo que, os desafios que a família moderna enfrenta são diferentes de qualquer outro experimentado pelas gerações anteriores no Brasil. No entanto, discordo totalmente do argumento de que a Bíblia está desatualizada e não é mais relevante para hoje. Os desafios que enfrentamos podem ser diferentes e ainda mais difíceis, mas a força e sabedoria que precisamos para enfrentá-los é encontrada dentro da Palavra. Não precisamos de uma Palavra nova ou diferente, precisamos de um compromisso renovado com a Palavra que nos foi dada. Eu testemunhei o seu poder na minha vida. Eu vi o poder que ela possui para transformar e guiar vidas. A Palavra que funcionou quando éramos crianças continuará a funcionar hoje! O problema não está na Palavra, mas na falta de compreensão e aplicação!

B. A Verdade. V. 15a - Paulo faz referência às escrituras sagradas. Lidaremos com sua inspiração divina em um momento, mas Paulo queria que Timóteo compreendesse a fonte da Palavra e a reconhecesse como verdade absoluta. Poderia ser confiável em todas as áreas da vida. Se Deus disse, estava resolvido e ponto final!

- Vivemos em uma época em que a maioria não tem respeito ou reverência pela Palavra de Deus. Eles frequentemente tiram as passagens fora do contexto em um esforço para apoiar suas escolhas e estilos de vida ímpios. Eles se recusam a se submeter à Palavra. Muitas vezes ela é tratada como um buffet, tomando o que se deseja e deixando o resto. Nós podemos construir nossas vidas e lares na Palavra de Deus. Permanecerá quando esta terra passar! O mundo pode rejeitá-la, mas eu estou estabelecido na Palavra. Estou comprometido em me esforçar para viver de acordo com a Palavra, mesmo que a sociedade decida rejeitá-la!

C. O Tesouro. V. 15b - “e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus”. Paulo lembra Timóteo do grande significado da Escritura que leva ao tesouro eterno da salvação. Foi a Palavra que revelou Cristo a ele e trouxe convicção que o convenceu de sua necessidade de Cristo na salvação. A Palavra havia trazido o evento mais significativo da vida de Timóteo. Sem a Palavra, ele não seria salvo. Se não por outro motivo, sua experiência com a Palavra que leva à salvação deveria desafiar Timóteo a permanecer profundamente comprometido com a Palavra. Efésios 2:8 – “Porque pela graça sois salvos pela fé; e isto não vem de vós: é dom de Deus”. Romanos 10:17 – “Então, a fé vem pelo ouvir e ouvir pela palavra de Deus”.

- Essa grande verdade permanece relevante hoje. De todas as experiências que desfrutei na vida, nenhuma se compara ao dia em que percebi minha necessidade de Cristo e recebi-o como meu Salvador e Senhor. Sem as Escrituras, eu nunca teria recebido essa oportunidade. Precisamos garantir que as Escrituras desfrutem de um lugar de destaque e preeminência em nossos lares. A salvação de nossas famílias depende disso!

III. Nossa Persuasão Através das Escrituras. V. 16-17

- Se qualquer dúvida surgisse no coração de Timóteo, Paulo queria assegurar-lhe que ele podia ser totalmente persuadido nas Escrituras. Precisamos da mesma persuasão em nossas vidas e lares. Observe:

A. A Inspiração. V. 16a“Toda Escritura é divinamente inspirada...”. Paulo declarou que cada palavra dentro das Escrituras foi dada por inspiração de Deus. Isso literalmente significa que foi “soprada por Deus”. O próprio Senhor soprou as palavras que Ele desejava que tivéssemos e, por inspiração do Espírito Santo, homens fiéis registraram essas palavras para nós. Timóteo pôde descansar na validade e autenticidade da Palavra. 2 Pedro 1:19-21 – “E temos ainda mais firme a palavra profética à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações; sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo”.

- Não consigo pensar em nada mais importante ou necessário para construir nossas vidas e lares do que a Palavra de Deus. Podemos descansar nela, sabendo que Deus nos deu o Seu coração e pensamentos através da Sua Palavra. Ele se revelou a nós na Palavra, provendo tudo o que precisamos para conhecê-lo na salvação e servi-lo fielmente por toda a vida!

B. A Instrução. V.16b“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça”. Paulo compartilha o grande benefício das Escrituras para a humanidade: fornece instruções proveitosas para todas as necessidades da vida. É proveitosa para a doutrina. Isso se refere aos ensinamentos específicos das Escrituras. A Bíblia revela as doutrinas de Deus, Cristo, o Espírito Santo, salvação, vida piedosa, Satanás, pecado, céu, inferno, etc. É proveitosa para repreensão. Isso fala da convicção das Escrituras. A Palavra de Deus nos lerá quando a lermos. Fala aos nossos corações, revelando o erro dos nossos caminhos, convencendo do pecado. Ela fornece correção também. Isso literalmente fala de “restauração a um estado reto”. Uma vez que a condenação é dada, a Palavra de Deus nos aponta na direção certa; nos conduzindo nos caminhos da justiça. Também serve para fornecer instrução em retidão. Ela orienta nossas vidas, fornecendo disciplina, orientação e desenvolvimento do caráter cristão. Paulo assegurou a Timóteo que a Palavra proporcionaria tudo o que ele precisava para servir ao Senhor e ser eficaz no ministério.

- Nosso mundo está cheio de todos os tipos de conselhos e daqueles que procuram orientar nossas vidas. Muitos ganharam grande riqueza por meio de seminários e conferências que são promovidos como auxiliares de ensino para a vida diária. Há algo a ser ganho com a sabedoria dos outros, mas devemos permitir que a Palavra de Deus guie nossas vidas, fornecendo a sabedoria e a direção de que precisamos para servi-Lo. O lar está em necessidade desesperada de sabedoria e instrução bíblica.

C. A Impressão. V. 17“para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra”. Paulo deixou Timóteo com uma palavra de conforto, bem como um desafio. Ele fora chamado para uma grande obra que exigiria muito dele. A tarefa era grande demais para executar dentro de sua própria capacidade, mas não havia necessidade de preocupação. A Palavra de Deus proveria tudo o que ele precisava para amadurecer na fé e terminar o trabalho que ele foi chamado a fazer. Por meio do estudo cuidadoso da Palavra, aplicação diligente de sua verdade e fiel proclamação ao mundo, ele realizaria o trabalho enquanto desfrutava da ajuda do Senhor. A Palavra de Deus forneceria tudo de que ele precisava para ter sucesso no ministério e em sua jornada cristã pessoal.

- Estas palavras finais foram faladas com o pastor em mente, mas são benéficas e aplicável para cada um de nós. Não há necessidade de buscar a orientação e a perspectiva deste mundo ao tentar viver para o Senhor e estabelecer um lar piedoso. De fato, o mundo o desviará e procurará enfraquecer sua fé e determinação. Se você estiver interessado em uma vida cristã vitoriosa e em um lar piedoso, dependa da Palavra para fornecer a orientação e a ajuda de que precisa.

Conclusão: Muitos eram céticos em relação à Palavra de Deus e à fé cristã nos dias de Timóteo, mas Paulo encorajou o compromisso com a fé e a Palavra. O mundo nunca entenderia nem apoiaria seus esforços, mas Deus seria fiel a ele. A Palavra levou à sua salvação e continuou a fornecer a instrução vital que ele precisava para servir ao Senhor. Ele nunca deveria abandonar a Palavra, independentemente das visões da sociedade.

Temos discutido o projeto bíblico para o lar. Se quisermos seguir o modelo bíblico, devemos estar dispostos a ler as instruções encontradas na Palavra. Um projeto não serve para um construtor se ele não o ler e seguir sua direção. Não ler o projeto resultará em resultados desastrosos na construção da casa. O mesmo é verdadeiro se desejamos construir um lar piedoso baseado em Seus princípios.

Você está comprometido em viver e construir seu lar de acordo com a Palavra de Deus? Para fazer isso, você deve conhecer o grande Arquiteto, o Autor da Palavra. Se você nunca foi salvo, eu oro para que você responda ao chamado de Cristo e venha a Ele hoje para a salvação. Talvez você precise renovar seu compromisso com o Senhor e Sua Palavra.