Você Deseja e Quer o Avivamento?

Você Deseja e Quer o Avivamento?
Texto: Joel 2:12-20

Introdução: Joel foi um profeta para o povo de Judá. É amplamente aceito que ele era um contemporâneo de Amós e Oséias. Seu nome significa “Jeová é Deus”. Sabemos que ele era filho de Petuel, Joel 1:1, mas, além disso, pouco se sabe sobre seu passado ou a época exata em que ele viveu e escreveu este livro.

No entanto, o tema de Joel é claro; o Dia do Senhor. Isto teve uma aplicação dupla para o povo de Judá. Ele estava pregando uma mensagem de arrependimento antes do juízo de Deus sobre o Seu povo. Há também uma aplicação profética relativa ao Dia do Senhor quando Deus voltará para julgar o mundo e estabelecer Seu reino em retidão.

Assim como o tema era prático e profético em aplicação para Judá, o mesmo é verdade para nós hoje. Estamos vivendo em um dia em que os homens precisam se arrepender e se voltar para Deus. Nossa nação rejeitou a verdade da Palavra de Deus e virou as costas para o Senhor. Estou confiante de que, se o Brasil não se arrepender, o juízo é certo. O dia do senhor está vindo também. Esse dia é marcado no calendário de Deus. Um dia, Jesus Cristo, nosso Senhor, retornará em grande poder para julgar este mundo e o pecado que ele abraça.

Com esses pensamentos em mente, lembro-me da necessidade de avivamento em nossos dias. A única esperança de Judá era o avivamento e é a única esperança para o Brasil. Estamos em necessidade desesperada de avivamento em nossa nação. Se o Senhor permitir, entraremos nos esforços de reavivamento nesta semana. Eu quero tomar alguns momentos esta noite e tentar preparar nossos corações para o avivamento. Os mesmos elementos que eram necessários no dia de Joel devem estar presentes e ser cumpridos em nossos dias. Eu quero considerar a pergunta: Você deseja e quer o avivamento?

I. O Coração do Avivamento. V. 12-13

- Estes versos lidam com o coração do povo. O coração carrega a ideia do “homem interior, a vontade, nossa determinação e proposito”. É o coração que deve desejar o avivamento. Se o avivamento viesse, Judá tinha que ter seu coração correto com Deus. O coração do povo de Deus é o coração do avivamento. Se quisermos experimentar avivamento e evitar o juízo de Deus, nossos corações devem estar certos com Ele. Que tipo de coração é necessário para o avivamento? Primeiro deve ser:

A. Um Coração de Submissão. V. 12a - Deus disse: “Convertei-vos a mim de todo o vosso coração”. Deus não estava falando de um esforço indiferente. Ele não estava interessado em suas tentativas de avivamento. Deus queria que eles entregassem suas vidas e sua vontade a Ele completamente.

- O avivamento nunca acontecerá a menos que nos voltemos para Deus de todo o coração. Não podemos simplesmente tentar experimentar o avivamento. Devemos nos colocar diante do Senhor e nos comprometer a entregar nossas vidas a ele.

B. Um Coração de Desespero. V. 12b - Você consegue sentir a emoção e o desespero que é necessário? Nós devemos nos voltar para Deus com todo o nosso coração, mas isso não é tudo. Devemos jejuar, chorar e clamar pela mão de Deus sobre nós.

- O desespero é necessário se quisermos ver o avivamento. Deus não quer que vivamos em aflição e miséria, mas devemos chegar ao local em que estamos desesperados por ele. Há pouco desespero para o Senhor em nossos dias. A maioria não se preocupa com o avivamento ou a ajuda de Deus. Precisamos ficar desesperados e buscar o Senhor para o avivamento. Tempos desesperadores requerem medidas desesperadoras! Eu oro para que cheguemos ao lugar que nada mais nos satisfará além de Deus.

C. Um Coração de Santificação. V. 13a – Rasgar as vestes era uma demonstração externa de tristeza e pesar. Infelizmente, era mais para mostrar do que por sinceridade. Deus não estava interessado em rituais; Ele estava interessado no coração. Era hora de rasgar seus corações, realmente lamentar seus pecados e fazer algo sobre isso. Deus queria que eles procurassem em seus corações e lidassem com o pecado.

- O avivamento não acontecerá fora da santificação. Deus não está interessado em nossa demonstração de adoração. Ele não está interessado nas formalidades. Ele está interessado na condição de nossos corações. Se queremos ver o avivamento, devemos nos acertar com Deus! Precisamos procurar nossos corações e lidar com o pecado! Salmo 139:23-24 – “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno”.

D. Um Coração de Júbilo. V. 13b - Nossos corações devem estar preparados para a adoração. Devemos ser capazes de reconhecer a bondade de Deus em nossas vidas. O avivamento resultará em louvor e adoração ao Senhor. Nós, de todas as pessoas, devemos louvá-lo pelas coisas maravilhosas que Ele fez. Ele é: 1) Gracioso 2) Misericordioso 3) Paciente 4) Compassivo. Isso é razão suficiente para louvá-lo!

II. A Fome Pelo Avivamento. V. 15, 17

A. A Urgência. V. 15 - Joel declarou: “Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene”. Estes eram tempos desesperados. O juízo estava chegando, as almas estavam na balança e os homens precisavam se arrepender.

- Alguém em nossos dias precisa sentir a urgência. Estamos vivendo em tempos desesperados. Nossa nação está desmoronando, as famílias estão sob ataque, os alicerces de nossa fé estão sendo erodidos, a imoralidade é desenfreada, as igrejas estão vazias, inúmeras almas estão perdidas e o juízo é certo. Não há uma causa? Quem vai soar o alarme? Quem vai orar e buscar a Deus? Quem se humilhará e perceberá a necessidade? Isso é sério! O avivamento é nossa única esperança. Se não vemos o avivamento, o juízo e a condenação são certos.

B. A Prioridade. V. 17a - Chegou a hora dos sacerdotes chorarem diante do Senhor. Era hora deles buscarem a Deus com um coração sincero e abandonarem a si mesmos pelo bem do povo. Judá foi atormentado por sacerdotes que não tinham prioridade. Eles não estavam focados nas necessidades espirituais da época.

- Precisamos daqueles em nossos dias que farão de Deus a prioridade de suas vidas. Precisamos de pregadores que preguem a verdade. Precisamos de cristãos que vivam a verdade. Precisamos daqueles que têm fome dos caminhos de Deus e desejo de alcançar aqueles que estão perdidos!

- Servir ao Senhor não é mais a prioridade para muitos hoje. Mesmo aqueles entre a igreja têm limites quanto a quão longe eles irão. Eu oro para que Deus agite nossos corações para que Ele se torne a prioridade de nossas vidas. Que possamos servi-lo acima de tudo. Que Ele venha primeiro e tudo mais em segundo plano.

C. A Glória. V. 17b - Joel estava sobrecarregado com a falta de fé em Judá. Eles viviam de tal maneira que outros não podiam ver o Senhor em suas vidas. Eles eram o povo escolhido de Deus, mas o mundo não podia ver isso. O juízo estava vindo porque Deus não tolerará o pecado. Joel estava preocupado que as nações pagãs zombassem de Deus por causa do julgamento de Judá.

- Nós precisamos de avivamento, se não por outro motivo, do que para glorificar a Deus. A igreja é a noiva de Cristo. Nós pertencemos a ele. Somos representantes de Deus para o mundo. Quanto de Deus eles veem em nós?

- Você percebe que a igreja é culpada por grande parte do clima espiritual em nossos dias? Nós reivindicamos ser cristãos, mas a igreja não tem poder suficiente em nossos dias para o mundo ver a diferença. Eu quero ver o avivamento para a glória de Deus! Eu quero que o mundo O veja em nosso meio para que eles tenham que admitir que Ele é um Deus de poder e glorificá-lo! Devemos ter fome de avivamento que glorifique nosso Senhor e Mestre. Ele merece ser glorificado.

III. A Esperança no Avivamento. V. 16

- Joel queria reunir a congregação ao Senhor. Dentro dessa congregação havia todos os tipos de pessoas. Neles vemos uma imagem daqueles que precisam de avivamento, aqueles que precisam de esperança em Cristo.

A. O Cansado - Ele desejava ter os anciãos presentes. Estes retratam aqueles que serviram ao Senhor por anos, mas se cansaram na jornada. Eles foram fiéis, mas se cansaram das lutas.

- Sem dúvida há aqueles entre nós que se cansaram de servir ao Senhor. Você costumava ter um zelo e paixão pelo Senhor, mas o trabalho cobrou seu preço. Você só precisa ser renovado e avivado em Cristo. O avivamento genuíno fornecerá essa renovação. Há esperança para você no Senhor.

B. O Desobediente - Joel também desejava ter as crianças na congregação, aquelas que não sabiam e não se preocupavam com a vida.

- Nestes vemos uma imagem daqueles que estão vagando na vida com pouca preocupação ou consciência. Eles perderam o desejo pelas coisas de Deus. Eles escolheram seguir seu próprio caminho, talvez até um pouco rebeldes em relação a Deus. Há esperança para aqueles que são rebeldes também. O prodigo perdeu sua preocupação e seu desejo, mas ele caiu em si um dia e voltou para encontrar uma calorosa recepção do pai.

C. O Fraco - Também Joel chamou aqueles que ainda amamentavam os seios, aqueles que nunca amadureceram além do leite.

- Nossas igrejas estão cheias de fracos, aqueles que nunca cresceram no Senhor. Eu oro para que Deus lhe dê fome pela carne da palavra e apetite pelas coisas de Deus. Se você é fraco, a força pode ser encontrada no Senhor.

D. O Esperando - Esperava-se que até mesmo o noivo e sua noiva fossem encontrados na congregação.

- Eles representam aqueles que acreditam que há muito tempo para servir ao Senhor. Eles estão tão consumidos com suas vidas que deixaram de servir ao Senhor. Eles pretendem servi-lo, somente em uma época mais conveniente da vida.

- Posso encorajá-lo a servir a Deus hoje! Não há tempo como o presente. Não há nada mais importante na vida do que servir ao Senhor e viver para Ele. Por que não deixar de lado as coisas que o impedem e se comprometer a servir ao Senhor em vez de esperar?

IV. A Cura do Avivamento. V. 18-20

- O avivamento resultará em bênçãos incalculáveis para o povo de Deus. O avivamento traz cura e ajuda. Isso permite:

A. Presença de Deus. V. 18 - Deus está atento àqueles que O buscam. Ele se revelará no meio daqueles que O desejam.

- Eu não sei sobre você, mas quero que Deus esteja ciente de nós. Eu desejo Sua presença em nosso meio. Não realizaremos nada de valor sem ele.

B. Provisão de Deus. V. 19-20 - Deus não queria nada além de abençoar Seu povo. Ele queria que eles desfrutassem da bondade e generosidade que Ele dá.

- Não há razão para vivermos separados da provisão de Deus. Não tenho dúvidas de que Ele quer nos abençoar além da medida. Poderíamos ter muito mais do que temos atualmente se apenas procurássemos e nos voltássemos ao Senhor. Eu quero tudo o que Deus tem para oferecer!

O avivamento não é uma série de reuniões; é o povo de Deus se rendendo a Ele e atendendo às suas demandas. Você deseja e quer avivamento? Se sim, venha!

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!


Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Você Deseja e Quer o Avivamento? Você Deseja e Quer o Avivamento? Reviewed by Aldenir Araujo on junho 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.