Sobrevivendo Aos Ataques Do Inimigo

Sobrevivendo Aos Ataques Do Inimigo
Texto: II Samuel 5:17-25
Introdução: No dia 7 de dezembro de 1941 os japoneses lançaram um ataque surpresa contra a base militar americana em Pearl Harbor. O ataque tirou a vida de mais de 2.300 militares norte-americanos. A maior parte da frota de aeronaves foram danificadas ou destruídas. Oito navios de guerra, 3 destroiers, e 3 cruzadores foram tirados de ação. Dois navios de guerra, Oklahoma e Arizona, foram completamente destruídos. O sucesso do ataque foi devido em grande parte ao elemento surpresa. As forças americanas não estavam preparadas para o ataque.

Os americanos aprenderam muito com o ataque surpresa naquela manhã fatídica. Muitos cristãos foram atacados e derrotados espiritualmente pela surpresa de Satanás. Nossas vidas cristãs são vividas em um campo de batalha espiritual. Eu sou grato por aqueles momentos de descanso, mas parece que a vida consiste em uma batalha após a outra. Nosso texto revela uma batalha na vida de Davi. Há lições valiosas que podemos aprender sobre preparação e sucesso na batalha. Vamos considerar: Sobrevivendo aos ataques do inimigo.

I. A Invasão Do Inimigo (17-18)

- Aqui, mais uma vez, como tantas vezes antes, o povo de Deus é confrontado pelos filisteus. Eles eram uma ameaça constante para a alegria e o bem-estar do povo.

· Nos filisteus vemos uma imagem do sistema mundial, o mal guiado por Satanás, que se destaca como uma ameaça para os remidos. Nós temos um adversário que deseja minar e roubar nossa alegria e bem-estar. Ele não pode tirar a nossa alma; ele não pode mudar o que Cristo fez por nós, mas ele pode criar confusão e causar interrupções em nossas vidas.

· Para superar precisamos entender quem é o inimigo e como ele opera. O ataque de Satanás é ilustrado nos filisteus. Observe:

A. O momento deles (17) - Este era um momento alegre e vitorioso na vida de Davi. O sofrimento de anos foragido havia terminado. Ele havia sido ungido rei sete anos antes, mas esses anos foram cheios de batalha e desânimo. É agora, depois da morte de Saul, que ele foi ungido novamente, rei de todo o Israel. O plano de Deus para Davi como rei estava cumprido.

· Assim que ele assumiu o trono, os filisteus atacaram. Eles não perderam tempo, querendo surpreender Davi antes que ele tivesse tempo para construir suas defesas.

· O inimigo gosta de atacar quando menos esperamos. Muitas vezes a alegria do topo da montanha é interrompida devido ao ataque. Ele gosta de vir enquanto estamos desfrutando das bênçãos de Deus. Não podemos presumir que só porque está tudo bem, estamos imunes ao confronto. Temos de estar vigilantes em todos os momentos. É fácil baixar a guarda quando a vida está boa.

B. A tenacidade deles (17) - Davi não estava lidando apenas com alguns renegados ou um pequeno destacamento; ele foi confrontado com todos os filisteus. Eles tinham vindo com um objetivo em mente, derrubar o novo rei. Eles não iriam parar diante de nada para realizar seu objetivo, trazendo todos os homens disponíveis.

· Devemos estar conscientes de que estamos diante de um adversário determinado. Ele é perigoso, como um cão que tenha sido ferido. Ele sabe que foi eternamente derrotado. Jesus conquistou totalmente Satanás no Calvário. Ele foi mortalmente ferido, mas ele deseja ferir o Senhor através da nossa derrota no pouco tempo que lhe resta.

· Nunca devemos subestimar o poder do inimigo. Ele não está preocupado com o seu bem-estar; ele não se preocupa com a sua casa, a sua saúde ou a sua família. Ele é implacável e vai fazer o que pode para nos derrotar. Esta viagem que nós estamos não é um passeio no parque; é uma batalha, vidas estão em jogo!

C. As táticas deles (18) - Eles se estenderam pelo vale. Este era um filme de intimidação. Eles queriam criar medo no coração de Davi. Queriam que eles se concentrassem em seus números em vez de seus próprios planos para a batalha.

· Satanás gosta de usar táticas de medo. Ele gosta de se concentrar sobre os nossos medos e problemas em vez de o Senhor. Deixe-me lembrá-lo que ele é um inimigo derrotado! Mantenha seu foco em Jesus; olhe para Ele e nunca baixe a guarda. Defenda sua posição em face da adversidade, através do poder de Deus.

· Uma vez que você ganhou a vitória, permaneça vigilante, porque ele virá novamente. Satanás está buscando toda e qualquer oportunidade para atacar.

II. A Reação De Davi (19-23)

- As coisas pareciam difíceis para o novo rei. A alegria de seu reino tinha sido interrompida pelo inimigo. Ele não tinha solicitado, mas o problema veio com ele.

Não temos de procurar problemas; eles vão nos encontrar! A chave para superar as batalhas da vida é encontrada dentro da nossa reação, e a reação de Davi resultou em vitória. Estes versículos ensinam a grande verdade na forma como a nossa resposta pode e vai trazer a vitória. Observe:

A. A prioridade de Davi (19a) - Ele consultou ao Senhor; Davi orou! A primeira coisa que fez foi procurar a ajuda de Deus. Ele não chamou as tropas, procurou um compromisso, ou planejou uma estratégia de saída, caso as coisas ficassem ruins, ele orou. Ele tinha estado nesta posição antes e Deus tinha fornecido, mas ele consultou a Deus.

· A nossa prioridade quando o inimigo ataca deve ser a oração. Ele conhece a batalha que enfrentamos, a força que precisamos, e como isso tudo vai dar certo. Quando o problema vem; busque a Deus! Não comece tentando descobrir como sair do problema ou resolvê-lo. Não comece tentando reunir as tropas. E por todos os meios não aceite a derrota. Buscai o Senhor em todas as situações. Salmos 25:5 – “Guia-me na tua verdade, e ensina-me; pois tu és o Deus da minha salvação; por ti espero o dia todo”.

B. A obediência de Davi (20-21) - Depois de consultar a Ele, o Senhor instruiu Davi para subir contra o inimigo. Ele prometeu entregá-los na mão de Davi. Davi não perdeu tempo. Ele não esperou alguns dias, discutiu com Deus, ou procurou outra opinião. Ele fez o que Deus ordenou.

· A força e a graça de Deus são dadas para aqueles que são obedientes. Alguma vez você já orou e não gostou da resposta de Deus? Ele já mostrou algo em Sua Palavra que você não gostou? Nós não podemos debater com o Senhor; Ele sabe melhor. Uma vez que nós fomos ensinados à Sua maneira, somos obrigados a seguir.

· Observe que Davi não apenas derrotou os filisteus; ele também destruiu os seus ídolos, V.21. Há algumas coisas que sabemos que são corretas. Os caminhos de Deus são sempre corretos. Seja obediente!

C. A dependência de Davi (22-23) - Depois da derrota inicial, os filisteus vieram novamente. Lembre-se que o inimigo sempre retornará. Devemos ser cautelosos em tempos como estes. Davi tinha garantido uma batalha, mas ele não assumiu que a vitória estava garantida. Ele tinha estado em situações semelhantes, mas ele não tinha esquecido a sua necessidade de Deus.

· A batalha não é nossa; ela pertence a Deus. Muitos cristãos têm ficado em apuros, tentando lidar com problemas por conta própria. Você pode ter estado nessa situação antes, mas sempre dependa de Deus.

· Israel sofreu a derrota em várias ocasiões, porque eles entraram em uma batalha com orgulho em vez de Deus. Há momentos em que o Senhor nos quer parados e deixá-lo trabalhar. Ele pode estar pronto para lutar a batalha por nós.

III. A Provisão de Deus (23-25)

- A derrota de Davi seria muito provável se ele tivesse passado na frente de Deus. Sua reação trouxe a provisão de Deus.

A. Sua Orientação (23) - Na segunda ocasião, Deus não queria que ele enfrentasse o inimigo. Ele queria mostrar Seu poder. Deus levou-os a um monte de amoreiras.

· Davi, um homem valente, teria provavelmente desejado cortar a cabeça do inimigo, mas ele seguiu a Deus. A vontade de Deus não vai levar você onde a Sua graça não pode mantê-lo. Estar na vontade de Deus é sempre o lugar mais seguro para estar. Salmo 48:14 – “Porque este Deus é o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até a morte”.

B. Sua Presença (24) - Davi foi instruído a esperar até que ele ouvisse o som de uma marcha pelas copas das amoreiras. A presença do Senhor estaria com ele e passaria adiante dele!

· Você não está feliz que nós não temos que lutar nossas batalhas sozinho? Nós podemos encontrar descanso, segurança e vitória na presença de Deus. Quando a presença e o poder de Deus estão do nosso lado o inimigo tem que fugir.

· Eu não sei o que pode vir hoje ou o que vou enfrentar o amanhã, mas sei que ele vai estar lá comigo cada passo do caminho! Deus vai estar lá em sua fornalha ardente, na sua cova do leão, ou mesmo em sua prisão.

C. Sua libertação (25) - Davi seguiu a Deus e Ele trouxe a vitória. Ele livrou Davi e derrotou o inimigo.

· Houve momentos em que senti a derrota era iminente, mas Deus interveio em meu favor! A batalha pode estar furiosa em sua vida hoje, mas, coragem no Senhor. Ele é capaz de lutar nossas batalhas e livrar-nos do mal.

· Satanás pode causar-lhe sofrimento e dor, mas ele não pode destruir aqueles que pertencem a Deus. Servimos Aquele que pode fazer uma estrada no meio do mar. Ele pode fazer grandes e poderosas paredes ruir. Ele pode derrubar os gigantes em nossas vidas. Temos Seu poder para nos libertar. Salmos 34:7 – “O anjo do Senhor acampa em redor dos que o temem, e os livra”. Quando a batalha se trava, basta ouvir o som nas amoreiras!

Conclusão: A vida é dura, mas Deus é maior do que o que quer que nós enfrentamos. Nós todos teremos batalhas para lutar, mas nós não estamos sozinhos. Talvez você precisa buscar a orientação do Senhor em sua vida para sobreviver ao ataque do inimigo.

Talvez você nunca confiou em Cristo para a salvação. Você não conhece a alegria de Cristo lutando suas batalhas. Por que não vir e buscar o Senhor para receber a salvação para que você também possa desfrutar de Seu grande poder em sua vida também?

Pr. Aldenir Araujo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Sobrevivendo Aos Ataques Do Inimigo Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, novembro 30, 2015 Rating: 5

Um comentário:

  1. Muito bom, mas muito mesmo, este estudo, o meu muito obrigado, que Deus lhe abençoe sempre.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.