Homilética: A Arte E A Ciência Da Pregação

Homilética: A Arte E A Ciência Da Pregação
“Mas, em tempos manifestou a sua palavra mediante a pregação que me é confiada segundo o mandamento de Deus, nosso Salvador” Tito 1: 3

I. O Que É Homilética?

A. É a arte e a ciência da pregação, comunicação.

B. Comunicação não é falar, é fazer outras pessoas ouvir e ouvir o que você está dizendo.
1. Mateus 11:15: "Quem tem ouvidos, ouça”
2. Marcos 4:9: "E disse-lhes: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça"
3. Lucas 8:8: ".... Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça"
4. Apocalipse 2:7: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.... ".
5. Apocalipse 2:11: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas…"
6. Apocalipse 2:17: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas... ".
7. Apocalipse 2:29: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas"
8. Apocalipse 3:6: "Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas"
9. Apocalipse 3:13: "Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas"
10. Apocalipse 3:22: "Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas"

C. Cinco ou dez minutos de pregação agradável de ouvir é melhor do que quarenta e cinco minutos de pregação chata. Veja: Como preparar esboços de sermões
1. A Bíblia é viva, não a torne morta. Não aborreça as pessoas.
2. Saiba quando parar, sentar e calar a boca.
3. Mantenha-se sobre o assunto. Não fique vagando para fora como em trilhas de coelho.

II. O Que É Pregação?

A. É comunicar a verdade divina ao seu povo.

B. É a vocação mais importante na terra. É mais importante do que ser o presidente dos Estado Unidos, mais importante do que estar no Supremo Tribunal Federal ou do que ser um governador.

C. É proclamar a verdade, a Santa Palavra de Deus.

III. O Objetivo Do Pregador No Que Diz Respeito Às Pessoas

A. É ver as pessoas transformadas na imagem de Cristo.
1. A glória do Senhor deve ser incluída em cada mensagem. II Coríntios 3:18: "Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor"

B. É que as pessoas possam obter sabedoria para ser apresentadas perfeitas (completo) no Tribunal de Cristo.
1. Colossenses 1:28, "o qual nós anunciamos, admoestando a todo homem, e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo"
2. Provérbios 4:7: "A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis adquire o entendimento".
3. O que é sabedoria?
a. Conhecer.
b. Entender. (Iluminação, quando a luz se acende)
c. Aplicar. (Saber como usá-la na vida)
d. Praticar. (Colocá-lo em nossas vidas)
4. O conhecimento não é sabedoria. Você pode saber que as drogas são más para você e ainda usá-las.
5. Sabedoria é conhecer e agir.
6. Sabedoria é agir com o conhecimento. (Aplicá-lo quando necessário na vida)

C. É conduzir o seu povo - Marcos 6:34: "E Jesus, ao desembarcar, viu uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas"
1. Jesus disse que as pessoas precisam de um pastor.
2. Ovinos são animais obtuso que precisam de orientação.
3. A pregação é uma maneira de orientá-los.

D. É salvar os pecadores do inferno - I Coríntios 9:16, "Pois, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!"

E. Motivos errados para pregar
1. Não é para uma ocupação.
2. Não é só porque você é um bom orador.
3. Não para ganhar dinheiro.
4. Não é para receber o louvor do homem.
5. Não é porque é uma posição honrosa.
6. Não para ser como outra pessoa.
7. Não é para cortar alguém.

IV. Como Pregar

A. Não com sabedoria humana, mas pelo poder de Deus - I Coríntios 2:4-5: "A minha linguagem e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do Espírito de poder; para que a vossa fé não se apoiasse na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus" Veja Como pregar sermões transformadores
1. Fale na linguagem do homem comum não com palavras persuasivas.
2. Deve ter o poder do Espírito Santo sobre você e ser cheio do Espírito.

B. Deve entregar a mensagem do Espírito Santo - I Coríntios 2:13, "as quais também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito Santo, comparando coisas espirituais com espirituais"

C. Uma pregação cheia do Espírito Santo...
1. Às vezes, traz o sucesso. Exemplo - 3000 salvos no dia de Pentecostes.
2. Às vezes, ela traz a morte. Exemplo – Estevão e João Batista.
3. Às vezes o exílio ou a prisão. Exemplo – João e Paulo.
4. Deixe os resultados com Deus.

V. Para receber uma mensagem – Faça essas perguntas

A. A mensagem vem de Deus pela minha comunhão com o Espírito Santo?
1. Comunhão é a comunhão, comunicação ou intercurso social. Peça ao Espírito Santo uma mensagem.

2. II Coríntios 13:13, "A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós"

B. Já orei fervorosamente e pedi especificamente pelo sermão? Tiago 4: 2: "... não tendes, porque não pedis"

C. Tenho usado o bom senso?
1. O que as pessoas precisam, neste momento?

D. O que eu aprendi que as pessoas precisam saber?
1. Compartilhe suas experiências pessoais estudando a Bíblia com o seu povo. Novo e velho ... revisão básica ... além de dar novos pensamentos.
2. Mateus 13:52: "E disse-lhes: Por isso, todo escriba que se fez discípulo do reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas"

E. O que posso pregar para encorajar as pessoas a fazer o certo, afirmando constantemente as mesmas verdades?
1. Tito 3:8: "Fiel é esta palavra, e quero que a proclames com firmeza para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras. Essas coisas são boas e proveitosas aos homens"

F. O que eu posso dar sob a forma de leite e carne?
1. Não sufoque os bebês com carne. Não deixe o maduro passar forme servido leite o tempo todo. (Ver Hebreus 5:11-14)
2. I Coríntios 3:2: "Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis"

VI. Tipos De Sermões

A. Com base em uma palavra
1. Escolha uma palavra. Estude-a bem. Pregar e ensinar tudo o que aprendeu sobre ela. Por exemplo pregar uma mensagem sobre o amor, a caridade - (I Coríntios 13), libertação, paciência, compaixão, santificação, etc.

B. Com base em tópicos - Escolha um tópico, tais como:
1. Como ter um casamento feliz - família.
2. O que devemos ao governo? Respeito, impostos, envolvimento, oração.
3. Como obter um reavivamento.
4. O êxito em ganhar almas.
5. Como obter as coisas através da oração.
6. Como amar a Deus e etc. ...

C. Com base em uma doutrina
1. Soteriologia - salvação
2. Teologia Própria - Deus
3. Pneumatologia - Espírito Santo
4. Cristologia - Jesus Cristo
5. Escatologia - eventos tempo do fim
6. Bibliofobia - Bíblia
7. Angelologia - anjos, Satanás, os demônios
8. Antropologia - homem
9. Nascimento Virginal
10. A Expiação pelo Sangue
11. Ressurreição do Corpo e etc. ...

D. Com base em personagens
1. Eli, o pai que não corrigia seus filhos.
2. Ruben, o pai instável.
3. Ló, o pai apóstata.
4. Pedro, Tiago, etc. ...
5. Todo homem, toda mulher, maior e menor na Bíblia pode ser pregado sobre eles.

E. Com base nos livros da Bíblia
1. Pregar através de qualquer um dos 66 livros da Bíblia. Versículo por versículo, capítulo por capítulo, ou pensamento por pensamento.

F. Com base em ocasiões
1. Casamento, funerais
2. Ano Novo
3. Dia internacional das Mulheres
4. Eleições (governo - Romanos 13)
5. Páscoa - Dia da Ressurreição
6. Ceia - Memorial (lembre-se)
7. Crianças, pai, mãe, ou o dia da avó
8. Dia da Independência (dependência)
9. Dia do Trabalho (ética de trabalho)
10. Columbus dia (a liderança de Deus)
11. Dia de Ação de Graças (O horrível pecado da ingratidão)
12. Dia do Natal (Nascimento Virginal)

VII. Tipos De Pregação (Veja II Timóteo 4:2).

A. Repreensão - refutar, expor o falso ensino e prática
1. Jó 26:11, "As colunas do céu tremem, e se espantam da sua ameaça"
2. Provérbios 1:23: "Convertei-vos pela minha repreensão; eis que derramarei sobre vós o meu; espírito e vos farei saber as minhas palavras"
3. Provérbios 1:25: "antes desprezastes todo o meu conselho, e não fizestes caso da minha repreensão"
4. Provérbios 1:30: "não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão"
5. Provérbios 5:12: "e digas: Como detestei a disciplina! e desprezou o meu coração a repreensão!"
6. Provérbios 10:17: "O que atende à instrução está na vereda da vida; mas o que rejeita a repreensão anda errado"
7. Provérbios 12:1, "O que ama a correção ama o conhecimento; mas o que aborrece a repreensão é insensato"
8. Provérbios 13:18, "Pobreza e afronta virão ao que rejeita a correção; mas o que guarda a repreensão será honrado"
9. Provérbios 15:5: "O insensato despreza a correção e seu pai; mas o que atende à admoestação prudentemente se haverá"
10. Provérbios 15:10: "Há disciplina severa para o que abandona a vereda; e o que aborrece a repreensão morrerá"
11. Provérbios 15:31-32, "O ouvido que escuta a advertência da vida terá a sua morada entre os sábios. Quem rejeita a correção menospreza a sua alma; mas aquele que escuta a advertência adquire entendimento".
12. Provérbios 17:10, "Mais profundamente entra a repreensão no prudente, do que cem açoites no insensato”
13. Provérbios 29:15: "A vara e a repreensão dão sabedoria; mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe"
14. II Timóteo 3:16: "Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça"

B. Repreensão - para repreender no amor
1. Provérbios 9:8: "Não repreendas ao escarnecedor, para que não te odeie; repreende ao sábio, e amar-te-á"
2. Provérbios 13:1, "O filho sábio ouve a instrução do pai; mas o escarnecedor não escuta a repreensão"
3. Provérbios 13:8: "O resgate da vida do homem são as suas riquezas; mas o pobre não tem meio de se resgatar"
4. Provérbios 24:25 "mas para os que julgam retamente haverá delícias, e sobre eles virá copiosa bênção"
5. Provérbios 27:5, "Melhor é a repreensão aberta do que o amor encoberto"
6. Eclesiastes 7:5: "Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir alguém a canção dos tolos"
7. Lucas 17:3: "Tende cuidado de vós mesmos; se teu irmão pecar, repreende-o; e se ele se arrepender, perdoa-lhe"
8. I Timóteo 5:20: "Aos que vivem no pecado, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor"
9. II Timóteo 4:2: "prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino".
10. Tito 1:13: "Este testemunho é verdadeiro. Portanto repreende-os severamente, para que sejam são na fé"
11. Tito 2:15, "Fala estas coisas, exorta e repreende com toda autoridade. Ninguém te despreze"

C. Exortar
1. Interpretado "advogado" - "correr do lado do outro e buscá-lo" em I João 2:1, "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis. E, se alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo”
2. Sermões sobre ajuda, incentivo, segurança e conforto
3. I Tessalonicenses 4:1: "Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como aprendestes de nós de que maneira deveis andar e agradar a Deus, assim como estais fazendo, nisso mesmo abundeis cada vez mais"
4. I Tessalonicenses 5:14, "Exortamos-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos"
5. I Timóteo 6:2: "E os que têm senhores crentes não os desprezem, porque são irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que se utilizam do seu bom serviço, são crentes e amados. Ensina estas coisas".
6. II Timóteo 4:2: "Prega a palavra; insta a tempo e fora de tempo; corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina".
7. Tito 1:9, "retendo firme a palavra fiel, ele foi ensinado, que ele pode ser capaz de sã doutrina tanto para exortar e convencer os contradizentes"
8. Tito 2:6, "Exorta semelhantemente os jovens a que sejam moderados"
9. Tito 2:9, "Exorta os servos a que sejam submissos a seus senhores em tudo, sendo-lhes agradáveis, não os contradizendo"
10. Tito 2:15, "Fala estas coisas, exorta e repreende com toda autoridade. Ninguém te despreze"
11. Hebreus 3:13: "antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado"
12. I Pedro 5:1, "Aos anciãos, pois, que há entre vós, rogo eu, que sou ancião com eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de revelar"

D. Devocional
1. Dispõe sobre o nosso relacionamento íntimo com Deus.
2. Adoração, comunhão com o Espírito Santo, buscar o Senhor, ouvir a Sua voz, etc.

E. Exegético
1. Explicação ou interpretação da Bíblia.

F. Expositivo
1. Expor tudo o que uma porção da Escritura diz.

VIII. O Sermão

Todo sermão é composto de três partes:
· A introdução
· O Corpo da mensagem
· A Conclusão / convite
Outra maneira de dizer isso ...
· ".... Diga-lhes o que você vai dizer ..."
· ".... Então diga ..."
· ".... Então diga a eles o que você disse"

Leia também: Como Preparar Esboços de Sermões e Estudos Biblicos

A. A Introdução
A introdução deve ...
... Ser um sinal preciso apontando para o sermão.
... Criar uma fome pelo resto da mensagem.
... Ser uma criação de intriga.
... Conduzir o povo a sentir que o sermão tem a resposta a uma necessidade individual.
... Levar as pessoas a sentir o desejo do pregador continuar.
... Ser a parte mais articulado do sermão.

A introdução pode ...
... Ser uma questão que precisa de uma resposta.
... Ser uma declaração que precisa de uma conclusão.
... Criar a curiosidade a respeito de onde o orador está indo.
O título do sermão não deve ser mais espetacular do que o sermão. Jesus foi direto ao ponto:
"Vós sois a luz do mundo ..."
"Vós sois o sal da terra ..."
"Um semeador saiu a semear ..."

Alguns pregadores podem construir um clímax e deixar as pessoas penduradas tempo suficiente para chegar a um ponto - a maioria não consegue isso! Então deixe o gato fora do saco no início para que eles saibam o que você está falando desde o início. Somos pregadores não contadores de histórias. Não tente ser um grande pregador, seja um pregador claro. Nossas palavras não deve ser um mistério, mas cristalinas.

"assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? Porque estareis como que falando ao ar. Há, por exemplo, tantas espécies de vozes no mundo, e nenhuma delas sem significação"(I Coríntios 14: 8-9). Alguns pregadores leem um texto, não dão um título, perseguem coelhos, falam algumas coisas boas, divagam, encerram e deixam os ouvintes intrigado. As pessoas perguntam: "O que foi aquilo?"

Devemos ir para o outro extremo. Devemos falar em tons claros e simples que não só seja perfeitamente entendido o que dissemos, mas que seja impossível não entender o que dissemos.

"Tendo, pois, tal esperança, usamos de muita ousadia no falar" (II Coríntios 3:12).

Os quatro pontos seguintes devem ajudar a alcançar isto na introdução:

1. Leia claramente as escrituras. Certifique-se as escrituras encaixam sua mensagem com exatidão.
2. Faça uma breve oração pública pedindo a Deus para ajudar os ouvintes a entender o seu assunto específico. Você pode querer trazer à tona o assunto em sua oração.
3. Repita o título da sua mensagem alta e claramente, pelo menos duas a quatro vezes durante a sua introdução.
4. Faça uma breve introdução bem pensada sobre o assunto. Não perca tempo no púlpito. Mais uma vez, a clareza é o objetivo: I Coríntios 14:10-12: "Há, por exemplo, tantas espécies de vozes no mundo, e nenhuma delas sem significação. Se, pois, eu não souber o sentido da voz, serei estrangeiro para aquele que fala, e o que fala será estrangeiro para mim. Assim também vós, já que estais desejosos de dons espirituais, procurai abundar neles para a edificação da igreja"

Edificar a igreja, não confundir a igreja! Veja: 10 passos para escrever um sermão que realmente funciona

B. O Corpo do Sermão
O primeiro aspecto do corpo de seu sermão é chegar a um esboço esqueleto sobre o texto e subordinado ao Espírito Santo que o levou a pregar sobre o assunto.

• Exemplos de esboços esqueleto poderia incluir:

1. Mensagem Apontada
Algumas verdades que devemos pregar exigem muitos pontos, dependendo do assunto. Certamente esses temas precisaria de mais de um ponto:
• Como ter uma família feliz
• Como lidar com suas finanças
• Como ganhar almas
• Como interpretar as escrituras
• Passos da degeneração do homem (Romanos 1)
• Possibilidades da fé - etc.

2. Uma Grande Verdade
Pregar um sermão inteiro salientando apenas uma grande verdade:
• Dever
• Compaixão
• Outros
• Compromisso

3. Aliteração
Repetições da mesma primeira letra ou som de um grupo de palavras. Exemplos:
• Tito 2:14 - Salvação, Santificação, Serviço
• O amor de Filemom - Refrescante, Receptivo, Reciproco
• Atitudes do homem cheio do Espírito - Efésios 5: 18-21 - Canto, Satisfação, Submissão

4. Acrostico
Palavra formada das primeiras letras de outras palavras.

5. Versículos que se delineiam
Olhe em sua Bíblia e observe como facilmente esses versículos descrevem a si mesmos:
• Tiago 3:17
• Tito 2:4-5
• II Crônicas 7:14
• I Coríntios 13:4-8

• O segundo aspecto do seu sermão agora é adicionar um pouco de carne ao esboço esqueleto. Você pode preencher o corpo do sermão usando:

1. Definição de termos
Use dicionário ou concordância e, em seguida, explicar os termos para o povo. Não presuma que eles sabem o que as palavras significam. "Assim leram no livro, na lei de Deus, distintamente; e deram o sentido, de modo que se entendesse a leitura" (Neemias 8:8).

2. Ilustrações
a. ilustrações pessoais
b. Ilustrações retiradas de livros
c. Pessoas na Bíblia que podem ilustrar o ponto.
d. Fatos pertinentes ao tema da história, ciência, arqueologia, enciclopédia, etc.
e. Histórias que fazem um ponto.

3. Poemas - Hinos
Um poema ou hino adequado que se encaixa exatamente o ponto.

4. Aspectos práticos
Não deixe que as pessoas imaginem, explique a elas. Por exemplo, explicar o que é um "lugar de oração".

C. A Conclusão
Lembre-se: Diga-lhes o que você vai dizer (a introdução), em seguida, diga lhes (o corpo) e, em seguida, diga-lhes o que você disse (a conclusão).

Aproveite esta oportunidade para mais uma vez explicar a mensagem. Seria sensato pelo menos ler em voz alta os seus pontos novamente.

Além disso, se você sente que algo não estava claro na mensagem, tentar esclarecê-lo brevemente. Não suporto as pessoas pregando todo o seu sermão de novo, apenas destaque os seus pontos principais. Isso irá atualizar a sua memória de algo que você pode ter dito trinta minutos atrás.

D. O convite
O convite não é o momento de guardar nossas Bíblias, olhar para o relógio, limpar os bancos. É o momento de responder a Deus. O pregador deve deixar isso claro. É a hora de aplicar a verdade para as nossas vidas.

O objetivo não é levar as pessoas ao altar, mas levar as pessoas a receber a mensagem em suas vidas e ser cumpridores da Palavra de Deus e apenas não somente ouvintes.
Jesus disse: "A minha casa será chamada casa de oração ..." (Mateus 21:13). Devemos tentar levar o povo de Deus a orar sobre a aplicação da mensagem. Um chamado ao altar é uma forma adequada de fazer isso. Convidá-los a vir e orar. A congregação pode cantar um hino apropriado.

Um apelo para o perdido ser salvo deve também ser dado. Eles podem vir para a frente ou não. Se eles vierem para a frente, emparelhá-los com um ganhador de almas. Se eles não vierem para a frente; apenas orar por eles e com eles para a salvação. Você poderia, talvez, repetir uma oração de arrependimento com os pecadores lentamente para eles dizer de seu coração a Deus. Lembre-se, "ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!" (I Coríntios 9:16).

Geralmente não é apropriado fazer uma chamada ao altar em um serviço funeral. No entanto, as pessoas podem orar para receber a Cristo como seu Salvador em seus assentos. Torne a salvação fácil porque ela é fácil. Por que Deus iria tornar mais difícil para alguém ser salvo?

IX. Púlpito Etiqueta

Colossenses 4:6, "A vossa palavra seja sempre com graça, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um"

Lucas 4:22: "E todos lhe davam testemunho, e se admiravam das palavras de graça que saíam da sua boca…”

Menos importante, no entanto, deve ser:

A. Aparência
1. Seja simples (não algo que seja excessivo).
2. Seja limpo (cabelo limpo e cortado).
3. Fique em pé.

B. O Púlpito
1. Não se incline sobre ele.
2. Não movê-lo.
3. Não brinque com ele.
4. Se possível, tenha um púlpito feito à medida para o seu tamanho.
5. Trate-a como um lugar santificado. (Não o adorar, mas leve as crianças e adultos a respeitá-lo)

C. O Microfone
1. Fale nele.
2. Manter o volume alto o suficiente para que as pessoas nos bancos de trás possam ouvir você falar em níveis de voz normais.
3. Use mais agudos do que graves.
a. Grave atrapalha sua voz.
b. Agudos permite que sua voz seja clara.
4. É melhor ser demasiado alto do que muito baixo. (Pelo menos você será ouvido)

D. Seus Olhos
1. Faça contato visual com todas as pessoas
2. Não olhe para a mesma pessoa. Olhar em volta.
3. Olhe por cima e digitalizar o de volta se você está nervoso.
4. Olhe longe de distrações.

E. Suas Mãos
1. Não brinque com o púlpito.
2. Não fique ajustando o microfone.
3. Não brinque com seus óculos ou sua gravata.
4. Faça gestos adequados para ajudar a ilustrar a mensagem. Exemplo: servimos um "Grande Deus" - abra seus braços para fora.

F. Sua Voz
Seja alta para ser entendido por todos. Pregar com emoção - não ser um pregador chato!

Efésios 4:15, "antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo"

I Coríntios 14:8: "Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?"

Isaías 58:1, "Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados"

João 7:37, "Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba"

João 12:44, "Clamou Jesus, dizendo: Quem crê em mim, crê, não em mim, mas naquele que me enviou"

Lucas 8:8: "Mas outra caiu em boa terra; e, nascida, produziu fruto, cem por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça"

G. Esteja de bom humor ao subir no púlpito

Não estar de mau humor. Você não está apto para ser um pregador, se você não pode governar suas emoções! (Provérbios 25:28, 16:32).

Conclusão
Deus quer usar você. Se você quer ser um pregador, sonhe alto! Destine-se a fazer isso, assim como qualquer coisa que você faz em sua vida.

Nós não precisamos de mais pregadores ou pastores no ministério que não são chamados e não estão tentando ser santos. "Muitos pastores destruíram a minha vinha ..." (Jeremias 12:10).

Reveja essas notas muitas vezes e constantemente procure melhores formas de comunicar as verdades de Deus. Estudar, estudar e estudar. Haverá uma mensagem de Deus enterrada em seu estudo em algum lugar.

"prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino" II Timóteo 4:2.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Homilética: A Arte E A Ciência Da Pregação Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, outubro 20, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.