Como receber mais de Deus

Como receber mais de DeusTexto: I Reis 3:5-14
Introdução: Meu título hoje à noite é simplesmente, "como receber mais de Deus". Não é isso o que realmente queremos? Nós dizemos em nossa casa quando comemos algo que nós gostamos. "Isso tem gosto de quero mais!"
Uma das primeiras palavras que a maioria das crianças aprende é "mais". Eu ouvi um colega no rádio dizer: "Isso não só vai te dar mais dias de vida, vai te dar mais vida em seus dias!" Isso soa bem, não é?
Como receber mais do que pedimos quando oramos. Poderíamos olhar para muitas áreas da Bíblia e descobrir que a Bíblia é um livro de "mais". Entretanto, como o nosso tempo é limitado, esta noite nós queremos olhar para o Velho Testamento e para a oração de Salomão, quando ele ascendeu ao trono.
[post_ad]
Leia: 1 Reis 3: 5-14
"Também te dou o que não pediste, assim riquezas como glória; de modo que não haverá teu igual entre os reis, por todos os teus dias" (1 Reis 3:13)

I. Temos de admitir a necessidade. V. 7

A. Antes de Salomão formular uma oração com os lábios, ele confessou sua grande necessidade.
1. Ele disse: Eis-me aqui como Rei e eu não sei nada sobre decisão ou julgamento.
2. Eu não sei nada de protocolo; Eu não sei como sair, nem como entrar.
B. Nós tendemos a estar tão satisfeitos com nós mesmos que, quando honestamente e humildemente admitimos a necessidade, Deus fica especialmente satisfeito.
1. Na verdade, a única coisa que na maioria das vezes nos impede de experimentar maiores bênçãos de Deus é que nós não sentimos a necessidade delas.
a. Se quisermos experimentar o perdão de Deus, devemos admitir nossa necessidade de perdão - I João 1:9
b. O poder de Deus é dado para aqueles que admitem uma necessidade dele.
1) Se pensarmos que podemos fazê-lo em nossa própria força, Deus pode nos deixar saber como podemos viver sem ele.
2) Sansão pensava que tinha força para fazer o que quisesse fazer. "E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão! Despertando ele do seu sono, disse: Sairei, como das outras vezes, e me livrarei. Pois ele não sabia que o Senhor se tinha retirado dele. Então os filisteus pegaram nele, arrancaram-lhe os olhos e, tendo-o levado a Gaza, amarraram-no com duas cadeias de bronze; e girava moinho no cárcere". (Juízes 16:20-21)
3) Eles o levaram e lhe furaram os olhos, o fizeram moer no moinho, e o trataram como um palhaço de circo.
4) Finalmente, ele chegou a conclusão, admitiu a sua fraqueza, e disse: “Ó Senhor Deus! lembra-te de mim, e fortalece-me agora só esta vez”.
5) Sansão foi capaz de derrubar os pilares da casa e toda a casa desabou matando os filisteus.
c. A capacidade de orar com sucesso para o doente ser curado está condicionada à admissão de nossas falhas (um ao outro). "Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação" (Tiago 5:16)
1) A Bíblia está dizendo que para ser capaz de orar com sucesso um para o outro para a cura física
2) Está condicionada à nossa disposição para confessar os nossos pecados uns aos outros.
d. A plenitude do Espírito Santo vem para aqueles que admitem a necessidade dele.
1) Não podemos ser cheios do Espírito Santo, a menos que estejamos vazios de nós mesmo.
2) Jesus disse: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba” João 7:37b
3) Mais uma vez ele disse: "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos" Mateus 5:6
2. A primeira coisa sobre a oração de Salomão, que chamou a atenção de Deus foi que ele admitiu a necessidade.

II. Devemos orar pela coisa certa. V. 9-10.

A. Há certas orações que o Senhor tem o prazer de responder.
1. Ele fica muito feliz quando oramos por aquelas coisas que Ele já nos quer dar.
2. No Novo Testamento é nos dada esta promessa: "E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve" (1 João 5:14)
3. A oração que Deus promete responder é a oração que está de acordo com a Sua vontade.
4. O mesmo ensinamento é dado a nós na oração modelo quando o Senhor nos ensina a orar ao Pai e dizer: "Seja feita vossa vontade assim na terra como no céu"
5. Por isso, precisamos estudar a Palavra de Deus, e descobrir o que Deus está querendo fazer.
6. Devemos pedir as coisas que são Sua vontade fazer, e vamos receber mais do que pedimos.
B. O que Salomão pediu? Nota: v. 9
1. Ele pediu um coração compreensivo - sabedoria para conduzir o seu povo.
2. Quando fazemos uma oração que Deus se agrada.
3. Ele promete responder uma oração assim. "Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada" (Tiago 1: 5).
C. O Senhor se agradou que Salomão pediu algo iria trazer glória a Deus ao invés de algum pedido egoísta que poderia consumi-lo em suas próprias concupiscências.
1. Tiago também nos alerta sobre isso. “Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites" (Tiago 4: 3)
2. Precisamos ouvir atentamente estas instruções simples, porque elas podem revolucionar a nossa vida de oração.
3. Quando oramos por aquelas coisas que é Sua vontade responder, e por essas coisas que vão trazer glória a Ele, Ele nos dará mais do que pedimos.
D. Observe o que Deus disse a Salomão v. 11-13. (Leia os versos)
1. Eu acredito que Deus deve ficar tão cansado de ouvir essas orações egoístas - me dê isso, me dê isso, me dê aquilo, me dê, me dê...
2. Então quando alguém vem que ora uma oração altruísta e pede algo que vai trazer glória a Deus, Ele fica tão satisfeito que Ele diz: "Eu vou dar o que ele pede, mas eu também vou dar-lhe mais do que Ele pede”.

III. Devemos usar o que nos é dado. V. 14

A. Imediatamente após Deus responder sua oração, Salomão teve a oportunidade de usar o que Deus tinha acabado de dar a ele. V. 16- 27
1. Você se lembra das duas mulheres que se aproximaram dele que morava sozinha na mesma casa e que tinha dado à luz seus bebês aproximadamente na mesma época.
2. Um dos bebês morreu durante a noite e ambas alegava ser a mãe do bebê vivo.
3. Como poderia Salomão notar a diferença? Como ele poderia saber?
a. Ninguém conhecia exames de sangue naqueles dias.
b. Mas Deus tinha acabado de lhe dar sabedoria - não para que ele pudesse ser rotulado o homem mais sábio do mundo, ou para que a rainha de Sabá pudesse dizer a todo mundo sobre este homem sábio.
c. Mas Salomão recebeu sabedoria para que ele pudesse usá-la na necessidade cotidiana.
B. Então, você conhece a história.
1. Salomão disse: dê-me o bebê.
2. Tragam-me uma espada. Como vocês não pode decidir de quem é, vamos cortá-lo em dois e dar a metade para cada mãe.
3. Uma das mulheres disse: Tudo bem. A outra disse: Oh, não. Dê a ela o menino vivo.
4. E Salomão soube quem era a verdadeira mãe - aquela que teve compaixão do filho. "E todo o Israel ouviu a sentença que o rei proferira, e temeu ao rei; porque viu que havia nele a sabedoria de Deus para fazer justiça" (1 Reis 3:28)
C. Nós recebemos os dons espirituais.
1. Não que as pessoas possam dizer: “Esta é uma pessoa de poder, ou esta é uma pessoa de santidade, ou essa pessoa chegou a esse nível de desenvolvimento espiritual”.
2. Nossas orações são respondidas e recebemos os dons espirituais, a fim de que possamos usar o dom espiritual para a glória de Deus.
3. E... se nós não usarmos o que foi dado a nós para a glória de Deus, pode ser tirado de nós.
4. Salomão usou sua sabedoria dada por Deus para todo o reino, ao que parece, exceto em sua própria vida pessoal.

IV. Devemos continuar dependendo de Deus pelo que ele nos dá.

A. Deus não nos dá uma dose de sabedoria que vai durar a vida inteira.
1. Temos que depender diariamente de Deus por Sua sabedoria.
2. Ele não lhe dá uma dose de poder que nunca vai acabar.
3. Deve haver uma renovação diária do poder de Deus para ser usado para a Sua glória.
B. O livro de I Reis continua capítulo após capítulo revelando a sabedoria e a honra dada a Salomão e da enorme riqueza e poder que veio para o reino.
C. É um relato incrível, mas depois chegamos a I Reis 11.
1. Observe: I Reis 11:1-4
2. Observe: I Reis 11: 9-11
3. Salomão cometeu dois grandes erros que trouxeram tragédia para ele e para o reino.
a. Em primeiro lugar, ele não usou a sabedoria de Deus em sua própria vida pessoal.
b. Ele deixou de depender de Deus.
Se pudéssemos voltar quando conhecemos o Senhor e nos apaixonamos por ele.
Se pudéssemos voltar para aquela fé de criança e andar na dependência diária dEle.
Se pudéssemos continuar nesse primeiro amor e na fé simples e na alegria em servir ao Senhor, então poderíamos continuar a receber as Suas bênçãos e andar no Seu poder.
Então, teríamos nossas orações respondidas e muito mais!

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Como receber mais de Deus Reviewed by Aldenir Araujo on domingo, julho 27, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.