O segredo para as bênçãos de Deus

O segredo para as bênçãos de DeusTexto: João 6:1-13

Introdução: O milagre da multiplicação dos pães e peixes aparece em todos os quatro evangelhos.
Este é o único milagre que aparece assim. Pode se dizer que foi um milagre universal, uma vez que foi escrito pelos quatro evangelistas que escreveram a todos os grupos de pessoas. Também se pode dizer que todos devem universalmente apreciar a verdade deste milagre.
Este milagre mostra a maneira que Deus abençoa.
Nada é mais reconfortante e tranquilizador ao filho de Deus do que ter as bênçãos de Deus. Este estudo nos dá sete princípios que envolvem a maneira que Deus nos abençoa, e ele também nos diz como podemos receber essas bênçãos...[post_ad]Que possamos ser ajudados a medida que estudamos esses princípios.

Primeiro princípio: Deus mostra a grandeza da bênção em proporção direta com a necessidade. (V. 1-7).

Na economia de Deus descobrimos que quanto maior a necessidade, maior a bênção. Ele sabe exatamente o que precisamos, e Ele sabe quando estamos em necessidade. No versículo seis, somos informados de que Jesus sabia o que ia fazer sobre a situação.

No versículo cinco, Jesus perguntou a Filipe sobre a sua necessidade, não para informação porque Ele sabia a sua necessidade, mas para provar ou testar Filipe.

Segundo princípio: Deus mostra que ele pode pegar o que temos e fazer uma bênção. (Vv. 8-9).

O rapaz tinha apenas um pequeno lanche, mas "pouco é muito quando Deus está nele". Ele pode nos ajudar se nós nos lembrarmos de que:
1. Deus é dono de tudo
2. Deus deu-lhe algo
3. Isso faz de você um mordomo
4. Você deve dar conta de sua mordomia
Se o rapaz tivesse sido egoísta com o que ele tinha, se ele tivesse se recusado a compartilhar, ele teria perdido a bênção de ver alimentados tantos por causa de sua generosidade.
Eu sinto que o Senhor teria cuidado da necessidade de alguma outra maneira, se o rapaz não estivesse disposto a dar, ele teria perdido para sempre a bênção. Ele teria sido um pobre mordomo do que Deus lhe havia abençoado.

Terceiro princípio: Para receber as bênçãos de Deus, deve haver obediência a Deus.

O Senhor iniciou a bênção, mas o Senhor chamou os discípulos com o objetivo de envolvê-los na realização da bênção.
Isso deve nos lembrar de que tudo o que somos capazes de fazer é por causa de sua provisão. As bênçãos vieram para os 5000, porque primeiro houve obediência.
1. Observe quão tola a ordem deve ter parecido.
Eles foram orientados a se sentar para uma refeição quando parecia não ter nada para comer. Hebreus 11:1 nos diz que "Ora, a fé é a substância das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem". Acredito que, já que estavam assentados estavam exercendo a espécie de fé que é descrito em Hebreus 11:1. Eles já tinham testemunhado seus milagres como observado no versículo 2.
Nós todos somos tão propensos a esquecer das bênçãos passadas recebidas do Senhor.
2. Observe quão infiel a multidão deve ter sido.
Quando o Senhor disse: "Faça os homens se sentar", Ele pode ter dito isso por causa de uma relutância natural por parte da grande multidão de sentar para comer quando parecia não haver nada para comer. Vamos pensar sobre isso por um momento.
É exatamente assim quando há uma real necessidade, antes de Deus abençoar. Tudo parece tão impossível, e tão sem esperança. É exatamente assim até que o Senhor traz a bênção.
Para que as bênçãos de Deus venham sobre nós, será sempre em obediência, e também depois de crer na Palavra de Deus. Para a nossa igreja receber a bênção, devemos prefaciar essa bênção com o ensino da Bíblia, pregando, sabendo que "a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus...”.

Quarto princípio: A medida da bênção que você recebe é baseada em seu desejo. (V.11).

A Palavra de Deus nos recorda que nós não temos porque não pedimos. Eu não acredito que quando Jesus estava alimentando os 5000 somente deu-lhes um gostinho do pão e dos peixes. Um gostinho teria sido maravilhoso com a fome que eles estavam, mas ter tudo o que eles queriam teria sido muito melhor. Isso foi exatamente o caso quando este milagre aconteceu. Eles foram capazes de ter tudo o que eles queriam.
Este quarto princípio é muito ilustrado em 2 Reis 4:1-7. Além disso, o princípio de Deus usar o que você tem {princípio dois} é ilustrado nesta passagem do Velho Testamento.

Uma mãe que tinha dois filhos perdeu o marido para a morte, clama ao homem de Deus por ajuda. Ele perguntou a ela o que ela tinha em casa. Ela lhe disse nada, mas uma botija de azeite. Ele disse a ela que fosse a todos os seus vizinhos e pedisse emprestados vasos vazios certificando-se de não pedir apenas alguns.
O profeta sabia que ela tinha uma necessidade grande e queria que ela fosse abençoada de acordo com essa necessidade (primeiro princípio).
Quando ela trouxe os vasos para dentro de casa e fechou a porta, derramou o azeite nos vasos, ela continuou a fazê-lo até que o último vazo estivesse cheio. Em outras palavras, ela tinha todo o azeite que ela queria. Segundo este quarto princípio, que eu compartilhei com você, ela era capaz de ter o que ela desejava.
A providencia de Deus foi tão grande quanto a fé e a obediência da mulher.

Quinto princípio: Deus não quer que as bênçãos sejam desperdiçadas. (V. 12).

Quando foram dadas as instruções para que eles recolhessem tudo o que restava, ele queria que eles aprendessem que as bênçãos não podem ser desperdiçadas. Se você recebeu mais do que você pensa que você precisa, isso significa apenas que você precisava de mais do que você pensou, ou que Deus quer que você seja uma bênção para alguém com o extra.
Quando você estabelece em seu próprio coração a necessidade, e ora a Deus para a provisão, e então Deus faz mais do que o esperado, então ore com muito cuidado por novas instruções do Senhor a respeito de como o extra deve ser usado.
Observe a magnitude da bênção. (Vv. 13,14)
A bênção provou ser mais do que suficiente para atender a necessidade. Essa é a maneira que o Senhor abençoa.
Quando Deus supriu todas as suas necessidades e com extra, Ele queria que eles compartilhassem com outros o que Ele havia fornecido. Isso nos leva ao nosso sexto princípio.

Sexto princípio: Deus quer que as bênçãos sejam compartilhadas e continuadas. (V. 13).

Todo o conceito do cristianismo exige que haja uma mentalidade de partilha.
Esta é a razão que nos é dito: "Dê e lhe será dado". Para o trabalho do Senhor ser perpetuado deve haver a entrega constante do que temos para que Ele possa torná-lo mais ou maior.
O rapazinho entregou seu pequeno lanche, e as pessoas ainda estão falando sobre isso!

Sétimo princípio: quando Deus abençoa, a verdade é autenticada. (V. 14).

"Vendo, pois, os homens o sinal que Jesus fizera, disseram: Este é, verdadeiramente, o profeta que devia vir ao mundo”.
Um milagre de Deus é uma oportunidade para o seu poder se manifestar. Deus opera milagres através do Seu povo para mostrar seu poder.

Conclusão: Como mencionado anteriormente, este milagre aparece em todos os quatro Evangelhos como um testemunho de sua importância. Espero que ele tenha nos desafiado a confiar em Deus ainda mais.
Lembre-se, "O pouco é muito quando Deus está nele".
Além disso, "Lembre-se que o muito é muito quando Deus está nele".

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

O segredo para as bênçãos de Deus Reviewed by Aldenir Araujo on sexta-feira, abril 12, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.