Como devemos viver para que Deus cumpra seus propósitos em nossa vida?

Como devemos viver para que Deus cumpra seus propósitos em nossa vida?Livro de Rute, Parte 4
Texto: Rute 2:1-23
Introdução: Antes de Deus mudar as circunstâncias, Ele quer mudar nossos corações. Se as nossas circunstâncias mudam para melhor, mas continuamos os mesmos, então vamos nos tornar pior.
O propósito de Deus na providência não é nos tornar confortável, mas nos fazer submissos "conformes à imagem de seu Filho".
Noemi estava amargurada contra Deus, mas Rute estava disposta que Deus fizesse Sua vontade em sua vida. Se quisermos que Deus trabalhe em nossas vidas e circunstâncias e cumpra Seus propósitos de graça, então há certas condições que devemos cumprir.
[post_ad]

I. Devemos viver pela fé no Senhor. V.1-3

A. O que significa viver pela fé?
1. Crer no que Deus disse em Sua Palavra.
2. Em seguida, agir de acordo com o que cremos.
3. Tiago nos diz que a fé sem obras é morta.
B. Rute estava agindo sobre a sua fé na Palavra de Deus.
1. 1. Levítico 19:9-10: "Quando fizeres a colheita da tua terra, não segarás totalmente os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega. Semelhantemente não rabiscarás a tua vinha, nem colherás os bagos caídos da tua vinha; deixá-los-ás para o pobre e para o estrangeiro. Eu sou o senhor vosso Deus”.
2. Rute cria que Deus a amava e proveria para ela.
3. Ela saiu pela fé confiando que Deus iria dirigir seu caminho.
C. Somos apresentados a Boaz neste capítulo.
1. Ele era parente de Elimeleque.
2. Ele era um homem muito rico e tinha legitimidade na comunidade.
3. Boaz = nele está a força.

II. Devemos viver pela graça de Deus. V. 4-16

A. Introdução: (4)
1. Quando Rute se propôs naquela manhã recolher nos campos, ela estava procurando alguém que pudesse lhe mostrar graça.
2. Graça é favor concedido a alguém que não merece e não pode recebê-lo.
3. Rute certamente não tinha reivindicações, ela estava no degrau mais baixo da escada social.
4. Vemos um exemplo da graça de Deus no relacionamento de Boaz com Rute.
B. Boaz tomou a iniciativa. (5-7)
1. Quando Boaz foi ao campo naquela manhã para incentivar seus trabalhadores e orar por eles, viu alguém diferente.
2. Parece ter sido "amor à primeira vista" para Boaz.
3. Graça significa que Deus dá o primeiro passo para vir em nosso auxílio, e não porque nós merecemos nada, mas porque Ele nos ama e nos quer para si mesmo.
C. Boaz falou com Rute. (8)
1. Rute não tinha base nenhuma para abordar o "Senhor da colheita" e falar com ele.
2. Em graça, ele falou primeiro com ela as suas palavras de aceitação e segurança.
3. Ele a orientou para não ir para outro campo, mas para ficar perto dos outros servos.
4. Deus, em Sua graça, nos falou e nos deu instruções através da Sua Palavra.
D. Boaz prometeu proteger e prover para ela. (9)
1. Boaz instruiu seus servos a protegê-la do perigo.
2. Disse a ela que quando tivesse sede fosse beber da água que já tinha sido tirada.
3. Deu-lhe o melhor lugar para recolher, logo após aqueles que colhiam.
4. Nós aprendemos mais tarde que ele instruiu seus ceifeiros para deixar cair alguns "punhados de propósito" só para ela.
5. Deus prometeu proteger e suprir as nossas necessidades.
E. Boaz a encorajou. (10-13)
1. A resposta de Rute a Boaz foi de humildade e gratidão.
2. Ela reconheceu sua própria indignidade e aceitou sua graça.
3. Ela sabia que ele iria cuidar dela, porque ele tinha prometido fazê-lo, e ela creu na sua promessa.
4. Assim é com o Senhor, podemos ser encorajados, sabendo que Ele prometeu cuidar de nós.
F. Boaz viu que ela estava satisfeita. (14-16)
1. Tudo isso aconteceu com Rute por causa de sua fé no Deus de Israel.
2. Ele voltou para almoçar com ela e alimentou-a com suas provisões.
3. Não apenas um gostinho, mas até que ela estivesse cheia.
4. Ele instruiu aos ceifeiros que deixassem alguns punhados somente para ela para que ela pudesse ter o suficiente.
5. A graça de Deus é completa e vai atender todas as nossas necessidades.

III. Devemos viver com esperança. V. 17-23

A. Rute tinha esperança.
1. Ela trabalhou durante todo o dia com um coração feliz e esperançoso.
2. Ela não precisava se preocupar com alguém assediá-la.
3. Ela tinha o que comer, quando estivesse com fome, água para beber, quando tivesse com sede, e um lugar de descanso, quando ela se cansasse.
4. Ela adquiriu grãos suficientes para alimentar ela e Noemi por cerca de uma semana.
B. Noemi encontrou motivos para ter esperança.
1. Por causa de quem Boaz era: um parente próximo que era rico e influente.
2. Por causa do que Boaz fez: ele mostrou bondade para com Rute e teve um interesse pessoal nela.
3. Por causa do que Boaz tinha dito: as palavras de Boaz revelou seu amor por ela e seu desejo de fazê-la feliz.
4. Nós podemos viver com esperança por causa de quem é Cristo, por causa do que Ele fez por nós, e por causa de Sua Palavra que revela o Seu amor e preocupação por nós.

A fé de Rute na Palavra de Deus a levou para o campo de Boaz. O amor de Boaz por Rute lhe obrigou a derramar sua graça sobre ela e suprir cada necessidade. A experiência de Rute através da graça deu-lhe uma nova esperança enquanto ela previa o que seu parente remidor faria.

Recomendo:
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Como devemos viver para que Deus cumpra seus propósitos em nossa vida? Reviewed by Aldenir Araujo on sábado, abril 05, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.