A Preparação para o Encontro

A Preparação para o EncontroLivro de Rute, Parte 5
Texto: Rute 3:1-18
Introdução: Na semana passada vimos que a relação entre Boaz e Rute foi uma relação de graça e representa para nós a relação entre o crente e Deus. Neste capítulo vamos ver como é que tudo sobre este casal serve como uma figura de Cristo e o crente.
Quando Rute e Noemi retornaram a Belém o plano delas era ganhar a vida da melhor maneira que pudessem. No entanto, com base na descrição de Rute de como Boaz tinha respondido a ela em graça, Noemi agora faz planos para Rute se casar com ele. Naqueles dias, eram os pais que arranjavam os casamentos, então Noemi não estava realmente errada no que ela estava planejando. Se tudo corresse conforme o planejado, então ela e Rute seriam cuidadas para o resto de suas vidas.
[post_ad]
Os passos que Rute dá nesta relação são um exemplo para nós, quanto ao que temos de fazer para construir um relacionamento mais profundo com o nosso Senhor. Não devemos ficar satisfeitos com uma mera existência ou em viver de sobras. Especialmente quando podemos ter tudo quando temos; Ele! Nosso foco não é os presentes, mas o doador.
Observe as preparações que foram feitas.

I. Rute se prepara para encontrar com Boaz. 3:1-5

A. Ela se lavou. V. 3ª
1. Isto era mais do que apenas uma higiene pessoal.
2. Noemi estava dizendo a Rute para se preparar como uma noiva se prepara para o casamento.
3. Se quisermos ter uma relação mais profunda com o Senhor, devemos nos purificar. 2 Coríntios 7:1
4. Sempre que pecamos, devemos orar e pedir a Deus para nos perdoar e nos purificar. (1 João 1:9)
B. Ela se ungiu. V.3b
1. As unções tinham propósitos diferentes nos tempos bíblicos.
2. Esta unção não era para a cura, mas para torná-la mais agradável.
3. A unção nos fala da presença e da ação do Espírito Santo:
a. Todos nós recebemos a unção do Espírito Santo. 1 João 2:27
b. Quanto mais somos como Jesus Cristo em caráter e conduta, mais agradamos ao nosso Pai.
c. Quanto mais agradamos, nosso Pai, mais Ele pode nos abençoar e nos usar para a Sua glória.
C. Ela trocou suas vestes. V. 3c
1. Ela estava tirando as vestes de uma viúva triste e se vestindo para um casamento.
2. Como crentes devemos tirar o velho e colocar o novo.
3. Nós não podemos entrar na presença de Deus em nossa própria justiça, só podemos entrar na justiça de Jesus Cristo.
D. Ela se preparou aprendendo como se apresentar a Boaz. V. 3-4
1. Não havia nada errado neste procedimento.
2. Pode parecer incomum para nós, mas era a única maneira para ela se apresentar a seu parente remidor.
3. Se ela tivesse usado outra abordagem Boaz teria se confundido e não saberia como responder a ela.
4. Deus nos instruiu sobre como devemos nos aproximar do Senhor, pode parecer incomum para os outros, mas a Palavra de Deus deixa muito claro e devemos seguir Seu procedimento.
E. Ela prometeu obedecer. V. 5
1. Ela estava disposta a obedecer ao que tinha sido dito.
2. Se quisermos ter um relacionamento mais profundo com o Senhor, devemos estar dispostos a fazer o que Ele nos instrui a fazer em Sua Palavra.
3. Observe que Rute disse que estava disposta a fazer tudo o que a ela tinha sido dito para fazer.
4. A vontade de Deus não é como um restaurante self-service, onde podemos escolher e pegar o que gostamos, Deus espera que nós aceitemos tudo o que Ele planeja para nós e que o obedeçamos completamente.

II. Rute se Submeteu a Boaz. V. 6-9

A. Boaz na eira.
1. Eira era geralmente uma plataforma elevada sobre uma colina em algum lugar fora da aldeia.
2. Os feixes eram colocados no chão e os grãos separados dos talos.
3. Os trabalhadores, então, lançavam o grão para o ar e deixavam o vento soprar a palha.
4. Os grãos eram então amontoados para comercialização ou para armazenamento.
5. O trabalho continuaria durante a noite e os homens dormiam no chão para proteger a sua colheita.
B. Rute se colocou aos pés de Boaz.
1. Este era o símbolo de se colocar em submissão a Boaz, como seu esposo.
2. Nota: Efésios 5:22-24
3. Para desenvolver um relacionamento mais profundo com o nosso Senhor, devemos estar dispostos a nos submeter a Ele.
4. Observe que as atitudes de Rute e seu pedido foram entendidos por Boaz... ela estava pedindo para se tornar sua esposa.
5. Já não se considerava Rute, a moabita, ela era agora Rute, a serva de Boaz.

III. Rute ouviu Boaz. V. 10-14

Na resposta de Boaz ao pedido de Rute vemos como o Senhor nos responde quando buscamos ter uma comunhão mais profunda com Deus.
A. Ele nos aceita. V.10
1. Boaz poderia ter recusado a ter qualquer relacionamento com a Rute.
2. Mas, em seu amor por ela, ele a aceitou.
3. Da mesma forma, o Senhor nos aceita quando nos aproximamos Dele.
B. Ele nos assegura. V.11
1. Na escuridão Rute não podia ver seu rosto, mas ouviu a voz dele.
2. "Não tenhas receio"... a nossa segurança não está em nossos sentimentos ou em nossas circunstâncias, mas em Sua Palavra.
3. Boaz não somente acalmou os temores de Rute, como ele também fez uma promessa para ela a respeito do futuro.
4. "... tudo quanto disseste eu te farei... "
5. Deus nos garante através da Sua Palavra que Ele vai terminar o que Ele começou em nós.
C. Ele nos redimiu. V.12-14
1. O que parecia a Noemi ser um procedimento simples acabou sendo mais complicado.
2. Embora Boaz fosse um parente próximo e disposto a resgatar Rute, havia um parente mais próximo que teria de ser considerado.
3. A principal preocupação de Boaz era a redenção de Rute.
4. Naturalmente, não havia nenhum outro senão Jesus Cristo, que poderia redimir o mundo perdido.

IV. Rute recebeu presentes de Boaz. V.15-17

A. Um presente de grãos para Naomi.
1. Seis medidas de cevada seriam mais de duas semanas de abastecimento de grãos.
2. Os presentes de Boaz a Rute fica cada vez melhor e melhor.
a. Começou por mostrar bondade para com ela.
b. Ele compartilhou sua refeição com ela.
c. Ele a enviou para casa com uma metade de um alqueire de grão, muito mais do que foi deixado de propósito para ela.
d. Ele agora a envia para casa com cerca de dois alqueires de cevada.
3. Deus começa mostrando Sua graça para nós e quanto mais o servimos; melhor fica!
B. Um presente de redenção para Rute.
1. Noemi pergunta: "Como se te passaram as coisas, filha minha?”.
2. Noemi queria saber se ela ainda era Rute, a moabita, ou se ela era Rute, a futura esposa de Boaz?
3. Rute disse: "Deixe-me dizer-lhe o que aconteceu!”.

V. Rute esperou Boaz fazer o trabalho. V.18

A. É através da fé e paciência que herdamos as promessas.
B. Noemi disse a Rute para “esperar”! Você acha que ela ficou ansiosa?
C. Noemi garantiu a Rute que Boaz iria cuidar do assunto, e que ela deveria esperar.
D. Essa é uma das coisas mais difíceis para nós... Esperar!
E. "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus". (Salmo 46:10)
F. "Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e o mais ele fará" (Salmo 37:5).

Recomendo:
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Preparação para o Encontro Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, abril 14, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.