Andando com Jesus no Espírito

Bebe-andandoTexto: Romanos 8:1-6
Introdução: Há duas maneiras de viver: na carne e no Espírito. "Carne" significa a natureza humana com toda a sua fraqueza e pecaminosidade. É a natureza humana separada de Deus. É a carne que dá a Satanás uma chance conosco. 
Paulo escreve aos cristãos como aqueles que estavam na carne previamente. Romanos 7:5. Em Romanos 8, ele adverte que, os que estão na carne não podem agradar a Deus. 8:8. Sendo que a inclinação da carne é a morte, porque é inimizade com Deus. 8:6, 7. Nós não estamos na carne. 9. "Se você viver de acordo com a natureza pecaminosa, você vai morrer" v. 13.
As obras da carne são listadas em Gálatas 5:19-21[post_ad]A outra maneira de viver é segundo o Espírito. A palavra espírito é "pneuma" e também é traduzida como "vento". Ele sempre carrega a ideia de poder além do homem. Possivelmente, o vento foi o fenômeno mais poderoso visto pelas pessoas da época de Jesus. A palavra foi usada para se referir à presença e o poder de Deus. Assim, andar no Espírito é andar na presença e poder de Deus.

Jesus é o nosso maior exemplo. Andar com Jesus é andar no Espírito, e não na carne.

I. Vemos isso desde o início do Seu ministério público:

A. João batizava no rio Jordão. Mateus 3:1-6
1. Uma figura marcante, ele veio com a mensagem de Deus e atraiu a muitos.
2. Sua tarefa: pregar uma mensagem de juízo e preparar para a vinda de Jesus.
3. Embora muitos foram batizados, não há nenhuma menção do Espírito Santo até que Jesus chegou.
B. Quando Jesus foi batizado, o Espírito Santo desceu. Isto parece misterioso.
1. Quem pode duvidar de que Ele já tinha o Espírito. Ele foi gerado pelo Espírito.
2. Esta é uma manifestação particular do Espírito para o nosso benefício. Não há outra razão para o Espírito se tornar visível.
3. Aqui está uma lição para nós o dom do Espírito Santo é dado no batismo.

II. Tendo recebido o Espírito, Jesus vai imediatamente para o deserto. Mateus 4:1

A. Observe que, o Espírito o levou ali.
1. O propósito: para ser tentado.
2. Nós geralmente pensamos que somos tentados quando nos afastamos de Deus.
3. Este prova foi uma parte do desenvolvimento pessoal humano de Jesus.
4. E era arriscado.
B. Ilustração: Imagine um cristão que tenta ajudar um viciado que repetidamente retorna aos velhos tempos.
1. Ele ajuda, acreditando que um dia a vida será transformada pelo poder de Deus.
2. Outros não ajudam, talvez porque eles não acreditam no poder de Deus para salvar.
3. O ponto: mesmo que não possa ser tentado com as drogas, pode ser tentados a perder a fé em Deus e Seu povo. Existe sempre um risco.
4. Daí a advertência em Gálatas 6:1
C. O cristão pode ser levado a lugares onde pode ser tentado a duvidar de Deus.
1. Assim como aconteceu com Jesus.
2. Pode ser o plano de Deus para nos provar desta forma. Pode ser a direção do Espírito Santo, não tenha medo de ir.
3. Mas, lembre-se, o conhecimento das Escrituras sustentou Jesus em cada tentação.
4. Se pretendemos caminhar com Jesus no Espírito, temos de estar preparados para a batalha contra Satanás.
5. Daí a importância de estudo bíblico, oração e comunhão com o povo de Deus.

III. Após sua tentação, Jesus embarcou em uma vida de serviço.

A. O início do Seu ministério público: Mateus 4:17, 23
1. Ele começou a ministrar na Galiléia e reunir seus discípulos.
2. Ele pregou o Reino e ministrou aos que sofrem.
3. Ele viveu uma vida totalmente altruísta, comprometida com a vontade de Deus.
B. Muitas boas obras são feitas à parte de Deus:
1. O homem, criado à imagem de Deus. Ainda tem algo de bom nele.
2. Os não cristãos, por vezes, fazem sacrifícios reais.
3. Organizações não cristãs, como a Cruz Vermelha, Boa Vontade, e etc. fazem muitas boas obras.
C. Qual é a diferença entre boas obras e boas obras cristãs?
1. O ministério de Jesus foi diferente, porque foi motivado e capacitado pelo poder do Espírito Santo.
2. As obras cristãs pelo mesmo espírito e poder de Jesus.
3. Ele trabalha em nome de Deus por gratidão pelo que Deus tem feito.
4. Ele pode fazer mais, porque Deus trabalha nele e com ele.
5. Além disso, o que ele faz dura para a eternidade e em parceria com Deus.

IV. Sua luta final consigo mesmo: Mateus 26:36-46

A. Parece que esta foi sua última grande luta.
1. Suas palavras no verso 38 devem ser tomadas literalmente. Ele não exagera naquele momento.
2. Ele leva seus 3 amigos mais próximos. Nós vemos o valor da companhia em tais momentos de estresse.
3. Mas, vemos também a necessidade de estar sozinho com o pai.
4. Ele encontra força e resolução em rendição à vontade do pai.
B. Todos nós temos o nosso Getsêmani:
1. Aqueles que seguem Jesus devem dar suas vidas em rendição à vontade do pai.
2. Temos de decidir por Deus ou o eu.
3. Os amigos não podem ajudar, mas pode encorajar e orar por nós se eles se importam. Alguns não.
4. A canção diz: "Você tem que caminhar nesse vale solitário sozinho"
5. Você só pode sair vitorioso através do Espírito de Deus.
6. Andar com Jesus no Espírito é viver uma vida de renúncia.

V. Ele ganhou a vitória final na manhã da Páscoa.

A. Foi pelo poder do Espírito Santo. Romanos 1:4
1. Os soldados romanos se certificaram que não havia vida em sua carne.
2. Mãos amorosas que o tirou da cruz teria detectado o menor pulso, menor movimento, menor calor.
3. O Espirito Santo entrou em seu corpo e nenhum selo romano ou espada poderia ter evitado isso.
B. Isso mesmo o Espirito Santo nos ressuscitará. Romanos 8:11
1. Em nossa carne não há vida. Romanos 8:10,13
2. Mas, é impossível matar uma alma em que vive o Espírito de Deus.
3. Glória além da comparação está chegando. Romanos 8:18.

Conclusão: Leia Gálatas 5:22-25. De fato, há duas maneiras de andar, duas fontes de poder e orientação. A carne e o Espírito. O caminho da carne leva à morte. Andar com Jesus no Espírito é encontrar a paz e a vida eterna.

Pr. Aldenir Araújo
Andando com Jesus no Espírito Andando com Jesus no Espírito Reviewed by Aldenir Araujo on janeiro 11, 2013 Rating: 5

Um comentário:

  1. Benção pura, achei um pouco longom mas bom conteúdo. Deus te abencoe irmão. Sempre acompanhoneste blog abençoado.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.