Inimigos da Mente - Parte 3

Inimigos da Mente III
Texto: Filipenses 4:7

Introdução:


1. Existem inúmeros modos de "pensamentos errados", que são prejudiciais a nossa paz de espírito.
2. Vamos observar alguns deles...

I. Inimigos da mente - O perfeccionismo.

A. Algumas pessoas não podem ser felizes com qualquer coisa aquém da perfeição - quer em si mesmos ou nos outros. Eles simplesmente não podem tolerar "fraqueza" em ninguém.
B. Qualquer um que esteja seriamente tentando servir a Deus se esforça para a perfeição.
1. O Senhor deseja que o nosso objetivo seja a perfeição - Mateus 5:48.
[post_ad]
2. Mas, realisticamente, devemos perceber que nenhum de nós vai chegar a um estado de perfeição permanente, enquanto aqui na terra. Devemos estar conscientes de que Deus sabe que somos, “carne” (Salmo 78:39).
C. Não existem pessoas perfeitas.
1. Você não tem um cônjuge perfeito (nem você é um cônjuge perfeito).
2. Seus filhos não são infalíveis.
3. Você não vai encontrar líderes perfeitos na igreja. Embora os bispos devem ser "irrepreensiveis" ou "sem culpa" (I Timóteo 3:2, Tito 1:6), essas descrições são usadas apenas em um sentido relativo.
4. Nenhum pastor é perfeito.
5. Mas, se uma pessoa não se incomoda com suas próprias fraquezas, nunca haverá um esforço para crescer.
6. O apóstolo Paulo estava ciente de seus próprios esforços (Romanos 7:15; I Coríntios 9:27).
D. Tentar melhorar.
1. Trabalhe em teu caráter.
2. Mas não seja tão perfeccionista que não consiga levar uma vida feliz.
3. Não faça você mesmo e todos ao seu redor miseráveis com demasiadas exigencias e expectativas irreais.
E. Devemos reconhecer que as pessoas estão em diferentes níveis de maturidade.
1. Alguns têm personalidades fortes, portanto, caráter firme.
2. Alguns têm no fundo melhores vantagens.

II. Inimigos da mente - Pessimismo.

A. W.C. Fields disse certa vez: "Comece cada dia com um sorriso e termine cada dia com um." Alguém disse: "O homem vem a este mundo molhado, com fome e chorando, e é tudo o que traz de lá".
B. O termo pessimismo deriva de uma expressão latina que significa "o pior". Este conceito geralmente se manifesta de duas formas.
1. O pessimismo filosófico (em geral, característico do ateísmo). Acredita que o mundo é tão atormentado com a dor e o mal que a vida realmente não vale a pena viver.
2. O pessimismo psicológico. A visão de que a vida é de pouco valor, tais que nada de positivo é alcançado. Este pessimista sente que não é bom, tem pouco talento e nenhuma influência benéfica.
C. A vida cristã está em oposição ao pessimismo. A vida é maravilhosa porque:
1. Nós somos criaturas feitas à imagem de Deus (Gênesis 1:26).
2. Embora o homem pecou, um sistema redentor foi disponibilizado através do sacrifício de Cristo.
D. O exemplo de Cristo é talvez o melhor argumento contra a visão pessimista da vida.
1. Considere Hebreus 12:2 - " o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz".
2. Considere também Romanos 8:18, juntamente com Filipenses 4:4.

III. Inimigos da mente - Raiva.

A. Um dos maiores perigos de todas as emoções humanas é a raiva. A raiva pode ser um assassino, tanto física como emocionalmente.
B. Nem sempre é pecado ficar com raiva.
1. Deus se ira com o ímpio todos os dias (Salmo 7:11).
2. Jesus se irava de vez em quando (Marcos 3:5). No entanto, Jesus nunca cometeu pecado (I Pedro 2:22).
3. Paulo escreveu: "Irai-vos e não pequeis: e não se ponha o sol sobre a vossa ira" (Efésios 4:26).
C. Os gregos tinham palavras diferentes para os vários tipos de raiva.
1. "Thumos" sugere uma raiva que vem de repente, mas desaparece rapidamente.
2. "Orge" é menos espontânea, mas permanece por mais tempo.
3. Barclay escreveu: "A raiva, que é egoísta, apaixonada, indisciplinada, e descontrolada, inútil e prejudicial, é uma coisa pecaminosa, que deve ser banida da vida cristã".
D. Os gregos antigos acreditavam que a raiva era a fonte de muitos males. O hebraico do Antigo Testamento também salienta o perigo da raiva descontrolada.
1. Provérbios 16:32 - "Aquele que é lento para a cólera é melhor do que o poderoso”.
2. Provérbios 22:24 - "Não faça amizade com um homem irritado".
3. Provérbios 19:19 - "Um homem de grande ira tem de sofrer punição".
4. Provérbios 25:28 - "Aquele que não pode conter o seu próprio espírito é como uma cidade derribada, que não tem muros".
E. Várias das reações físicas que ocorrem quando uma pessoa fica com raiva.
1. Aumento da taxa de respiração.
2. As pupilas se dilatam.
3. Os músculos se contraem.
4. Aumenta a freqüência cardíaca
5. Aumenta os níveis de açúcar no sangue e aumenta a pressão arterial.
6. A digestão é mais lenta.

Conclusão:
1. A fim de desfrutar da paz de espírito, devemos aprender a evitar o perfeccionismo, o pessimismo e a raiva.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Inimigos da Mente - Parte 3 Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, julho 05, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.