Servos e Santos

Servos e Santos

Texto: Filipenses 1:1-2

Introdução

O apóstolo Paulo está escrevendo uma carta aos membros da igreja na cidade de Filipos. Encontramos em Atos 16 como esta igreja veio a existir, e vimos que havia um núcleo de pessoas que ele ganhou para Cristo que formou aquela igreja. Agora, cerca de 10 anos depois que Paulo fundou a igreja, ele está escrevendo uma carta de volta para esses crentes.

Paulo está usando a forma de escrever cartas que era corrente naqueles dias. Não escrevemos cartas neste formato hoje. Quando escrevemos uma carta, antes de mais nada, a endereçamos “Querido”, a quem estamos escrevendo. Em seguida, damos o corpo da carta e, na conclusão, dizemos de quem é a carta: “Atenciosamente”.

No período do Novo Testamento, eles usavam uma forma um pouco diferente. Eles começavam dizendo a você quem estava escrevendo a carta. Em segundo lugar, eles lhe diziam para quem estavam escrevendo a carta e lhe apresentava o corpo da carta. É assim que Paulo está escrevendo esta carta. Ele está usando a forma comum de seu dia.

Também temos que ter em mente que ele está escrevendo esta carta da prisão. Em 1:13, ele diz: “de modo que se tem tornado manifesto a toda a guarda pretoriana e a todos os demais, que é por Cristo que estou em prisões”.

Alguns dos grandes livros da literatura foram escritos de celas de prisão, “As Viagens de Marco Polo”, por exemplo. “O Peregrino”, de John Bunyan, foi escrito a partir de uma cela de prisão. Nosso livro de Apocalipse foi escrito na Ilha de Patmos, onde João, o apóstolo, estava na prisão. Filipenses é conhecido como uma carta de prisão. Ele está dizendo: “estou em prisões”. Você pode prender o homem de Deus, mas não pode prender a Palavra de Deus.

Também precisamos lembrar que esta carta é uma carta de amor. Paulo está escrevendo uma carta de amor. É a carta de amor de um pastor para sua igreja favorita. Você já escreveu uma carta de amor? Você já recebeu uma carta de amor? Se você já recebeu uma, sem dúvida a valorizará! Aqui está uma carta de amor de um pastor. Paulo está escrevendo para um grupo de pessoas que ele realmente ama.

I. Precisamos Liderar Como Servos

- Paulo escreve com “Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo”. Paulo é aquele que escreveu cerca de metade dos livros do Novo Testamento. Sabemos que Timóteo foi o jovem que ele conduziu ao Senhor em sua segunda viagem missionária em Atos 16. Sabemos que eles eram companheiros de viagem.

- Eles são diferentes em idade. Paulo é o homem mais velho. Timóteo é o homem mais jovem. Eles são diferentes na experiência. É óbvio que eles são muito diferentes em suas personalidades. No entanto, eles agora se tornaram um como servos do Senhor, irmãos crentes no Senhor. É uma bela combinação aqui. Não há diferenças de gerações na fé cristã. Todo o povo de Deus é importante e valioso na obra do Senhor.

- Paulo era o mentor e Timóteo era o jovem convertido. Todo Paulo precisa de um Timóteo. O que quero dizer com isso é que todo crente precisa encontrar alguém que você possa ganhar para o Senhor e então orientá-lo e ajudá-lo a crescer e amadurecer no Senhor. Paulo treinou Timóteo e o desenvolveu.

- Além disso, todo Timóteo precisa de um Paulo. Se você é um jovem convertido, precisa de um cristão mais velho e maduro para se interessar por você. Todo jovem convertido precisa de um Paulo.

- Paulo diz: “servos de Jesus Cristo”. Esta declaração não nos atinge realmente com o impacto que teria atingido os leitores originais. Aqui estão as pessoas em Filipos. Eles se reuniram para a igreja. Paulo enviou esta carta de amor para eles e está sendo lida para eles. Eles ouviram: “Paulo e Timóteo”, e depois ouviram: “servos de Jesus Cristo”.

- Esta declaração teria imediatamente conectado com as pessoas de lá, porque muitos desses jovens cristãos em Filipos eram escravos. Uma grande porcentagem da população do mundo romano era composta de escravos. O que quero dizer com isso é que algum ser humano realmente os possuía. Ele está dizendo a eles: “Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo”. A palavra significa unir-se com outra pessoa. Esta é uma imagem extraída do mundo romano que é usada agora para ensinar uma verdade espiritual.

- Existem dois tipos de escravos no mundo. Há escravos do pecado e há escravos de Jesus Cristo. Isso é o que a Bíblia ensina.

- Em Romanos 6:16, lemos: “Não sabeis que daquele a quem vos apresentais como servos para lhe obedecer, sois servos?” Você é um escravo de tudo o que obedece. Em João 8:34, Jesus disse: “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado”. O pecado coloca você em escravidão. O pecado faz de você um escravo.

- Há pessoas hoje que são escravas das drogas, do álcool, de seus desejos e de seus empregos. Todos os pecados são viciantes. Você não pode simplesmente pegar e deixar o pecado. O pecado se apodera de você. Jesus disse: “Todo aquele que comete pecado é escravo do pecado”.

- É uma escravidão terrível ser escravo do pecado. Não começa assim. Um cara só toma um pouco de bebida social. Pouco depois de ter tomado a bebida, a bebida o toma e ele se torna escravo de seu pecado. É uma escravidão terrível.

- Em I Coríntios 6:19, lemos: “Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” Isso significa que se você recebeu o Senhor Jesus como seu Salvador, agora você é um escravo de Jesus.

- Há duas imagens para ilustrar: “Ser escravo de Jesus”. A escravidão no Novo Testamento significava propriedade. Alguém realmente possuía outro ser humano. A escravidão não é uma coisa terrível, pensar que um ser humano realmente possui outro ser humano? Significava que você pertencia a outra pessoa.

- Quando você vem ao Senhor Jesus Cristo, você não é mais seu. Você pertence ao Senhor Jesus Cristo. Ele é seu mestre. Todos os dias de sua vida você deve acordar e dizer: “Bom dia, Senhor. Estou me apresentando para o dever”

- Além de propriedade, significava obediência. Um escravo não planejava seu próprio dia. O que quer que o mestre dissesse, era exatamente isso que ele deveria fazer. Quando conhecemos o Senhor Jesus Cristo, aprendemos que Ele tem um plano para você. Ele tem um propósito para sua vida. A maior alegria que você experimentará em sua vida é seguir o plano de Jesus Cristo e ser obediente ao Senhor.

- No Antigo Testamento aprendemos a respeito da escravidão que um proprietário poderia manter um escravo por seis anos, mas no sétimo ano o escravo seria libertado. No entanto, Êxodo 21, aprendemos de uma situação em que um homem que era escravo, mas era propriedade de um mestre que era muito gentil, generoso e benevolente. Este escravo tinha sido bem cuidado. Ele tinha sido bem alimentado. Ele estava bem vestido. Suas acomodações eram boas.

- Assim, esse escravo vinha e dizia: “Eu amo meu senhor. Não quero ser liberto”. Depois, eles pegavam aquele escravo e faziam um buraco na orelha dele. O buraco na orelha era um sinal e um símbolo de que ele havia se vendido por toda a vida ao seu mestre.

- Louvado seja Deus, não tenho um buraco na orelha, mas tenho Jesus em meu coração e sou Seu escravo para sempre. Não é maravilhoso ser um escravo do Senhor Jesus Cristo? Paulo e Timóteo são escravos do Senhor Jesus Cristo.

II. Precisamos Viver Como Santos

- Em Filipenses 1:1 lemos: “a todos os santos em Cristo Jesus”. Ele está escrevendo para todos os santos. Ele não está falando sobre algumas pessoas que viveram vidas especialmente santas. Eu quero que você veja o que ele diz com muito cuidado aqui. Ele diz: “A todos os santos em Cristo Jesus”. Ele não está escrevendo para o necrotério de Filipos. Ele não está escrevendo para o cemitério de Filipos.

- Ele está escrevendo para os membros da igreja em Filipos. Ele está escrevendo para Santa Lídia. Você lembra dela? Ela era a mulher de negócios que foi salva. Ele está escrevendo para uma garota escrava santa. Você lembra dela? Era uma escrava que foi salva. Ele está escrevendo para o carcereiro santo que foi salvo.

- “A todos os santos” Ele não está escrevendo para pessoas mortas. Ele não está escrevendo para pessoas que viveram uma vida mais santa do que qualquer outra e foram arrebatadas. Ele está escrevendo para todos os crentes, todas as pessoas salvas, na igreja de Filipos.

- Você sabe o que é um santo? Um santo é um pecador salvo. Existem apenas dois tipos de pessoas no mundo, os santos e os não. Ou você é um santo ou você não é.

- A palavra “santo” realmente significa que você foi separado para Jesus. Isso é o que você chama de uma dessas verdades posicionais. Existem algumas verdades na Bíblia que têm a ver com a sua posição. Se você é salvo, ele está falando sobre sua posição. Você é um santo. Eu sou santo.

- “A todos os santos” É uma questão de posição, não de prática. Eu os encorajo a refletir sobre essa verdade. Você é santo, uma vez que você conhece a Cristo. Você é um santo não pelo que faz, mas pelo que Jesus fez por você na cruz do Calvário. Alguém pode perguntar: “Aldenir, você está dizendo que não importa como vivemos?” Não, não é nada disso que estou dizendo. Não estou dizendo que só porque não tem nada a ver com sua prática que sua prática não é importante. Em Efésios 5:3, lemos: “Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos”. Está dizendo para deixar seu comportamento ser consistente com sua posição no Senhor.

- Um dos problemas reais com os quais estamos lidando na igreja do século XXI é que temos muitos santos do Senhor que de alguma forma não entendem isso porque são salvos e pertencem ao Senhor Jesus e foram separados para o Senhor Jesus Cristo, eles agora devem viver um tipo diferente de vida. Se o povo de Deus começasse a viver no nível de sua santidade, eles teriam mais impacto em um mundo perdido e moribundo que precisa de Jesus como seu Salvador.

- Ele diz: “a todos os santos”. Isso é quem eles são. Mas ele também nos diz onde eles estão. Paulo diz: “A todos os santos em Cristo Jesus que estão em Filipos”. Que cidade estratégica era Filipos. Filipos era seu endereço físico. Mas então ele disse: “a todos os santos em Cristo Jesus”. Esse é o seu endereço espiritual. Você está em Cristo Jesus. A frase “em Cristo” é a frase mais favorita de Paulo.

- Você está em um dos dois locais. Ou você está em pecado ou você está em Cristo. Em 1 Coríntios 15:22 lemos: “Ou você está em Adão ou você está em Cristo. Em virtude de seu nascimento físico, você está na família humana. Essa é a família Adão. Em virtude de um nascimento espiritual, você pode se tornar parte da família de Jesus”

- Não é tão importante onde você está, mas sim em quem você está. Você está em Cristo? Você pertence ao Senhor Jesus Cristo? Significa a esfera de sua existência. Estar em Cristo significa ser como um peixe na água. Estar em Cristo significa ser como um pássaro no ar, ou como uma árvore no solo. Descreve sua atmosfera espiritual, seu endereço espiritual. Você e eu temos um novo endereço no Senhor Jesus Cristo. Estamos em Cristo Jesus. Estamos nos lugares celestiais com Ele.

- A saudação está no versículo dois. Ele diz: “Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo”. Paulo tinha um jeito, e o Espírito Santo através de Paulo tinha um jeito, de pegar palavras e exaltá-las e elevá-las e preenchê-las com um novo significado. É mais ou menos a maneira que o Senhor faz conosco e com nossa vida. O Senhor tem um jeito de nos levar e nos elevar e de encher nossa vida com um novo significado.

- A palavra grega graça é a palavra Charis. Se você estivesse andando pelas ruas de Atenas e visse um amigo seu, você poderia levantar a mão e dizer a eles: “Charis”. Se você estivesse em Jerusalém, a palavra de saudação seria a palavra paz. É a palavra eirene. No hebraico é shalom. Se você estivesse andando pelas ruas de Jerusalém e visse um amigo, poderia levantar as mãos e dizer: “Shalom, Eirene, paz”.

- Paulo pega essas duas palavras e as enche de significado cristão. Essas duas palavras explicam o que é a vida cristã.

- A vida cristã começa com a graça. Você sabe o que significa graça? Graça significa favor imerecido de Deus. Graça significa que, embora você e eu não mereçamos, Deus enviou Seu Filho Jesus para morrer na cruz para tornar possível que sejamos perdoados de nossos pecados e recebamos a vida eterna.

- Em Efésios 2:8 lemos: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isso não vem de vós, é dom de Deus”. Somos salvos pela graça. Eu não mereço. Eu não posso trabalhar para isso. Não mereço. eu não conquisto. É um dom gratuito de Deus. Quando você é salvo pela graça, a paz vem.

- Muita gente quer paz. Eles não têm paz no coração. Eles gostariam de ter paz, mas nunca podem encontrar a paz. Eu vou te dizer por quê. Você descobrirá que a ordem é sempre a mesma na Bíblia. É sempre a graça primeiro e depois a paz. Nunca é paz, então graça. A graça vem andando pela porta primeiro todas as vezes. Mas no momento em que a graça entra, lá vem a paz.

- Eu amo o que Paulo diz em Romanos 5:1: “Sendo, pois, justificados pela fé”, isso é graça, “temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo”. O que as pessoas estão procurando desesperadamente hoje, aquela paz de coração, aquele contentamento no fundo de suas almas, elas só podem encontrar quando aceitam Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador.

- Paulo também está escrevendo sobre como a vida cristã continua. Você precisa ter novos suprimentos de graça e paz todos os dias. Você tem que ter graça sustentadora.

- Por exemplo, você está lidando com um problema e não sabe como resolvê-lo. Em Colossenses 3:16 lemos: “Habite ricamente em vós a palavra de Cristo, ensinando-vos com toda a sabedoria e admoestando-vos uns aos outros com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando com graça em vossos corações ao Senhor”. Deus lhe dará a graça de cantar nos tempos difíceis.

- E quando as tentações vêm em sua vida cristã? Em 2 Timóteo 2:1 lemos: “Tu, pois, meu filho, fortalece-te na graça que há em Cristo Jesus”. Deus pode lhe dar essa graça fortalecedora. Todos os dias de sua vida Ele dá Sua graça e Ele dá Sua paz.

- Vamos precisar da graça de Deus e da paz de Deus quando você chegar ao fim do caminho. Graça moribunda. Paulo disse em II Coríntios 12:9: “Minha graça te basta”. Eu acredito que no momento da morte; Deus lhe dará a graça de morrer.

- Aí está, graça e paz. Você pode dizer: “Eu quero isso, pastor”. Onde você vai conseguir? Você acha que pode ir até a loja de ferragens e dizer: “Dê-me um galão de graça e meio galão de paz”? Você acha que pode ir ao deposito e dizer: “Quero dois metros de graça e um metro de paz”? Você acha que pode ir a um bar e dizer: “Dê-me um quinto de graça e um quinto de paz”? Não. A Bíblia diz: “Graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”.

- Jesus monopolizou o mercado de graça e paz. Ele tem o monopólio do produto. Mas se você quiser, Ele está dando a todos que O aceitam em seus corações.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.