ADÃO E EVA ERAM PESSOAS REAIS?

ADÃO E EVA ERAM PESSOAS REAIS?
Lição 14

Gênesis 2:1-4

I. O DESCANSO DE DEUS. 2:1-3

A. Deus terminou Sua criação e descansou. Como Deus não se cansa fisicamente, isso significa que Ele cessou ou desistiu de Sua atividade criativa.

NOTA: esta lição faz parte do capítulo um, pois trata cronologicamente da criação.

B. Deus não parou a criação porque estava cansado, mas porque havia terminado. O homem era o zênite da criação de Deus e Deus descansou; não houve criação desde esse momento. O homem foi o último esforço de Deus na criação no nível físico.

C. Deus reservou o sábado (que significa descanso ou sete) como um dia especial e há um sentido no qual o sábado continua ainda hoje, pois a criação física de Deus cessou para sempre. Israel foi chamado para lembrar o sábado e santificá-lo (Êxodo 20). A guarda do sábado por Israel era um tipo de descanso espiritual para a Igreja (Colossenses 2:13; Hebreus 4:9-10).

NOTA: A Igreja tem um sábado cristão sob a Nova Aliança e é chamada de Dia do Senhor, domingo, o primeiro dia da semana em que Cristo ressuscitou dos mortos (Apocalipse 1:10, Atos 20:7; 1 Coríntios 16:1-3).

II. COMEÇOS RELIGIOSOS DO HOMEM 2:4

A. “Eis as origens dos céus e da terra”, sem dúvida, seguem o que se segue sobre o homem, e não o que precedeu em relação à criação em geral. Agora Deus concentrará nossa atenção no homem e em sua relação com Deus. Este é o começo da história religiosa do homem.

B. Satanás tentou ao máximo desacreditar esta seção das Escrituras na mente dos homens. Ele fará o possível para que os homens rejeitem Adão e Eva como pessoas históricas. Satanás usou duas abordagens básicas para destruir a confiança do homem em um Deus real: (1) destrói a confiança do homem na integridade da Bíblia e (2) destrói a confiança do homem na historicidade da Bíblia.

1. Dois relatos da criação. Os grandes críticos ensinam que Gênesis 1 e 2 são dois relatos diferentes e contraditórios da criação. Isso está relacionado à teoria de Wellhausen sobre a autoria dos cinco livros do Pentateuco. Eles dizem que os cinco primeiros livros do Antigo Testamento não foram escritos por Moisés, mas são simplesmente uma compilação de histórias, lendas, contos etc. reunidos ao longo de séculos e reunidos por um ou mais estudiosos chamados redatores que viveram até 500 anos antes de Cristo. Isso é algumas vezes chamado de J.E.D.P. A teoria do Pentateuco pode ser atribuída a quatro documentos principais: O documento “J” é caracterizado pelo nome Jeová (850 a.C.); o documento "E" usa Elohim (750 a.C.); Deuteronômio é identificado por "D" (721 a.C.); e o "P" (500 a.C.) aponta para o código sacerdotal de Levítico.

PONTO: Esses liberais mantêm a crença de que existem dois relatos da criação pelos seguintes motivos:

a. Nomes diferentes para Deus. Em Gênesis 1, o título “Deus” (Elohim) é usado e o título Jeová nunca é usado. No capítulo 2 de Gênesis, o título Senhor Deus (Jeová Elohim) é usado. Portanto, eles concluem que o documento "E" foi usado em Gênesis 1 e o documento "J" foi usado em Gênesis 2.

RESPOSTA: Há uma razão divina para mudar o nome da divindade nos dois capítulos. Elohim fala do Deus poderoso que cria e Gênesis 1 é tudo sobre a atividade criadora de Deus; Ele é o Criador. Mas em Gênesis 2, Deus está concentrando Sua atenção no homem e Seu relacionamento com ele. O título Jeová fala de um Deus que faz alianças, que cumpre Suas promessas com o seu povo.

b. Ordem dos eventos. A ordem cronológica da criação em Gênesis 2 é homem, vegetação, animais e mulher, e isso é contraditório com Gênesis 1; portanto, há contradição.

RESPOSTA: Gênesis 1 não fui projetado por Deus para ser cronológico, pois nos fornece material suplementar sobre a criação do homem, no que se refere às suas responsabilidades religiosas para com Deus.

c. Estilos diferentes. Existe um vocabulário diferente e estilos diferentes em Gênesis 1 e 2. Portanto, deve haver pelo menos mais de um escritor.

RESPOSTA: A diferença de estilo deve ser explicada com base na diferença de assunto e na maneira e no tratamento.

d. Diferentes conceitos de Deus. Em Gênesis 2, diz-se que Deus é concebido antropomorficamente (descrevendo Deus por atos que os homens fazem), enquanto no primeiro capítulo esse não é o caso. No segundo capítulo, Deus forma, planta, fala, respira, constrói e anda. No entanto, em Gênesis 1, Deus é o majestoso Criador que, pela palavra de Sua boca, traz à existência aquilo que Ele deseja.

RESPOSTA: Existem muitas concepções de Deus em Gênesis 1 que também são antropomórficas. Deus é representado como falando, vendo, dividindo, chamando, abençoando e descansando.

e. Assunto diferente. Gênesis 1 e 2 têm assuntos diferentes.

RESPOSTA: Isso é verdade e existe um propósito. O título “Eis as origens dos céus e da terra” refere-se às coisas geradas ou criadas do céu e da terra; isto é, homem, assim Gênesis 2 é suplementar e complementar ao Gênesis 1 sobre a criação do homem.

f. Conclusão. A teoria de Wellhausen (teoria documental) não tem apoio e foi abandonada por alguns liberais hoje, pois não pode ser sustentada pelos fatos. Muitos liberais ainda a mantêm por ignorância ou orgulho.

NOTA: Se Gênesis 1 e 2 apresentam visões conflitantes, é estranho que o chamado redator, quem quer que seja, não tenha notado discrepâncias. Aparentemente, ninguém mais notou até o advento das “críticas” no século XVIII.

2. O mito de Adão e Eva. Uma visão mais popular hoje é que Adão e Eva eram simplesmente mitos, mas nunca foram pessoas históricas que viveram no tempo. A história de Adão e Eva nos dá a verdade real sem um fato real; isto é, podemos aprender muito sobre nós mesmos através desta história de Adão. Quem quer que fossem os escritores de Gênesis 1-3, estavam tentando nos transmitir grandes e poderosas verdades através da linguagem do mito. Não havia árvore literal em um jardim literal; nenhum ser real chamado Adão e Eva. E, é claro, não havia serpente falante ou fruto proibido.

PONTO: É muito parecido com o conceito de Papai Noel. Todo mundo hoje sabe que não existe um Papai Noel de verdade, mas a ideia por trás do Papai Noel - alegria, diversão, recompensa por bom comportamento e bondade - é verdadeira. Se esquecermos o mito do Papai Noel, ainda deixamos um núcleo de verdade que nos é transmitido por essa história. Esse tipo de pensamento é chamado de neo-ortodoxia.

OBJEÇÕES:

a. Quem determina o que é mito e o que não é? Onde o mito termina e a história começa? Se Adão e Eva são um mito, Caim e Abel também. Então e quanto a Noé e o dilúvio? Pode-se dizer o mesmo de Abraão, Isaque e Jacó? Isso é pura especulação e subjetividade.

NOTA: A maioria dos liberais explica os milagrosos usando mitos. Então isso deve ser transportado para o Novo Testamento? E o Nascimento Virginal, Encarnação ou Segundo Advento? Uma vez que se admite que Adão e Eva não são pessoas históricas, mas míticas, não há como parar na mitologia de alguém.

b. O testemunho de Cristo. Jesus Cristo reconheceu a realidade histórica de Adão e Eva (Mateus 19:4). Rejeitar Adão e Eva é o mesmo que rejeitar Jesus Cristo.

c. O testemunho de Paulo. O apóstolo Paulo aceitou Adão e Eva como pessoas reais (Romanos 5:12).

d. Destrutivo para as Escrituras. Os homens inventaram mitos para poderem negar o milagroso e se apegar à evolução. Mas se os evolucionistas estão certos, então não há Adão e Eva, nem queda, nem pecado e, finalmente, nenhum Salvador ou salvação.

NOTA: A historicidade de Gênesis 1-3 é essencial para a correta doutrina cristã.

e Os cristãos são avisados ​​para evitar mitos. Qualquer tipo de mito foi rejeitado pela igreja histórica (1 Timóteo 1:4; 4:7; Tito 1:14; 2 Pedro 1:16 - a palavra "fábula" significa "mito"). Somos avisados ​​de que nos últimos dias haverá muita mitologia dentro da igreja que professa 2 Timóteo 4:4).


Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

ADÃO E EVA ERAM PESSOAS REAIS? ADÃO E EVA ERAM PESSOAS REAIS? Reviewed by Aldenir Araújo on novembro 11, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.