A CHAVE PARA AS ESCRITURAS

A CHAVE PARA AS ESCRITURAS
Lição 2

Gênesis 1:1

I. INTRODUÇÃO

A. Gênesis 1:1, “No princípio, Deus criou o céu e a terra”, talvez seja o verso mais importante de toda a Bíblia. Neste versículo, as verdades fundamentais para o cristianismo são apresentadas, e é a chave para toda a Bíblia.

B. Esse versículo é simples e complexo, e atende à necessidade de todo homem. Uma das maravilhas da Bíblia é que ela usa linguagem que se comunica com pessoas de entendimento mais primitivo e limitado, enquanto ao mesmo tempo ainda tem significado e significado inesgotável para os homens mais eruditos e instruídos.

C. A Bíblia não foi escrita para ser um livro didático de ciências, mas foi escrita para ser um livro de religião ou redenção. Há muita coisa sobre a ciência sobre a qual as Escrituras não dizem nada. No entanto, quando a Bíblia fala sobre algum assunto científico, é infalível, pois Deus é a autoridade final sobre todas as coisas na criação, se trata de história, geologia, antropologia, astronomia e todas as outras ciências.

II. A EXISTÊNCIA DE DEUS É ASSUMIDA

A. Introdução. Uma declaração geral sobre a existência de Deus é apresentada de maneira intransigente. Se uma pessoa não aceita a existência de Deus, o restante da Bíblia é um conto de fadas e a vida não tem sentido.

NOTA: Se alguém aceita que Deus é a fonte suprema de todas as coisas e que Deus criou este mundo do nada, ele não tem problemas com outros milagres, pois o onipotente Deus está fora de Sua própria criação e pode intervir a qualquer momento.

B. Argumento bíblico. A Bíblia é dogmática - Deus existe! A criação ensina a existência de Deus (Salmo 19, Romanos 1:18--23) e apenas o tolo diz que não há Deus (Salmo 14:1).

NOTA: Embora os homens possam argumentar que existe um Ser Supremo, não é necessariamente verdade que todos os homens desejam o Deus das Escrituras ou Jesus Cristo. O homem precisa de revelação especial para aprender sobre Cristo e o evangelho.

C. Argumentos racionais
1. Cosmológico. Todo efeito deve ter uma causa. Quando alguém rastreia o efeito e a causa até sua fonte suprema, ele termina em Deus.
2. Teleológico. Todo design deve ter um designer. O designer final do universo é Deus.

D. Argumento religioso. Onde quer que o homem seja encontrado, você o encontrará reconhecendo e adorando algum tipo de Deus. Pode ser um ídolo, a lua, uma montanha ou um animal, mas ele possui um deus.

NOTA: Foi preciso cultura e ciência para produzir ateus. No entanto, não há ateus entre as nações primitivas da terra. Eles têm senso suficiente, ainda não estragado pela "ciência assim chamada", para não duvidar da existência de Deus.

E. PONTO: Para o cristão, Deus é o ponto de partida, a primeira causa, o começo e o ponto final da predicação. Deus é o grande criador e iniciador. É ignorar isso, que é o erro básico em todos os esquemas humanos. Sistemas falsos de teologia e filosofia começam com o homem e buscam trabalhar com Deus. Os cristãos devem, em todo o seu pensamento, começar com Deus e trabalhar para o homem.

III. AS CARACTERÍSTICAS DE DEUS

A. Seus atributos. Deus é eterno, pois Ele existia antes de Sua criação. Ele é onipotente, pois criou todas as coisas. Ele é soberano, pois todas as coisas estão sob Seu controle, pois Ele é o criador. Por fim, Ele é um ser pessoal, pois apenas uma personalidade poderia criar.

B. Sua pluralidade. O título dado a Deus aqui é Elohim. O “him” terminando no hebraico é uma pluralidade. Embora este título não indique diretamente a Trindade, certamente pode estar implícito. Isso seria ainda mais apoiado em Gênesis 1:2, onde fala de "Espírito de Deus", implicando uma pluralidade na Deidade.

IV. DOUTRINAS FALSAS NEGADAS

A. No princípio, Deus. Nega o ATEÍSMO (não há Deus). Nega o POLITEÍSMO (muitos deuses).
B. No princípio, Deus criou. Nega o FATALISMO (chance). Nega a EVOLUÇÃO ATEÍSTICA (devir infinito).
C. Deus criou o céu e a terra. Nega o PANTEÍSMO (Deus é tão imanente que Deus se torna natureza). Nega o MATERIALISMO (eternidade da matéria).

V. A CRIAÇÃO E DEUS

A. Deus é Criador (Gênesis 1:1-2)
1. TEMPO: (no princípio).
2. ESPAÇO: (Deus criou o céu).
3. MATÉRIA: (e a terra).
4. FORÇA: (e o Espírito de Deus).
5. MOVIMENTO: (se movia).
B. Deus é a primeira causa. Gênesis 1:1 se opõe à evolução ateísta. Existem apenas duas posições lógicas: criação ou evolução. Ou o registro de Gênesis é verdadeiro ou falso. Criação e evolução não podem ser ambas verdadeiras.

NOTA: A evolução é definida como um esforço científico e filosófico para explicar a origem e o desenvolvimento das coisas no universo. No entanto, a evolução falha em dar a resposta à origem última, que Gênesis declara ser Deus. A Bíblia afirma que Deus criou (bara) o mundo do nada (criação ex nihilo). Os cientistas não podem explicar a origem do universo. Eles podem teorizar como o mundo surgiu, mas não podem refutar a narrativa do Gênesis, pois não sabem nada sobre a origem última.

NOTA: Os evolucionistas ateus devem dizer que esse universo surgiu por acidente e não pela mão criativa de Deus. É preciso mais fé para acreditar no acaso do que na criação direta. Em uma entrevista com um zoólogo eminente, o Dr. Henry Morris o questionou sobre suas crenças na evolução, e o zoólogo disse: “Não há prova clínica da evolução, mas a aceitamos com fé porque a alternativa de um ato criativo direto de Deus é irracional”. No entanto, parece muito mais irracional aceitar a origem das coisas por mero acaso do que pela mão criativa de Deus. Isso é contrário a toda verdadeira investigação científica.

IV. AS ÚLTIMAS PERGUNTAS RESPONDIDAS

A. O primeiro versículo de Gênesis nos dá as respostas para as três grandes questões de origem: como começou? Quando começou? Quem está por trás disso?

B. A próxima grande questão é como sabemos que é verdade?
1. Evidência científica. Há muita evidência para refutar a evolução e muitos cientistas se apegam à criação.
2. Nunca refutada. A ciência nunca refutou a criação direta, eles podem ignorar e desacreditar aqueles que são criacionistas, mas não podem refutá-la.
3. Testemunha ocular da criação. Deus estava lá na criação e Ele nos deu um relato exato disso em Gênesis. Você pode dizer que Moisés escreveu Gênesis, não Deus. É verdade, mas Deus falou com Moisés sobre a criação. Somente quem estava lá poderia dar uma descrição precisa da criação.
4. A fé crê em Deus. Pela fé, nós cristãos acreditamos que Deus é o Criador (Hebreus 11:2). A razão não é abandonada, mas a fé começa onde a razão termina.

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

A CHAVE PARA AS ESCRITURAS A CHAVE PARA AS ESCRITURAS Reviewed by Aldenir Araújo on outubro 27, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.