As Bênçãos de Cumprir os Propósitos Ministeriais

As Bênçãos de Cumprir os Propósitos Ministeriais

Sermão Para o Dia do Pastor

Texto: Hebreus 13:7-17

Introdução: Qual é o conceito bíblico relacionado ao pastor? Por causa dos tempos em que vivemos, precisamos ver o ministério do pastor na abordagem bíblica. Muitas pessoas de Deus têm um conceito errado em relação ao pastor, dando-lhe um título como "Funcionário da Igreja". NÃO, ele não é um empregado. Outros lhe dão o título de "chefe de equipe" porque devemos trabalhar em equipe. NÃO, ele não é um "chefe de equipe". Outros, outros, nem sequer mencionamos como eles o chamam.

Se ele não é todos os mencionados acima; quem é o pastor? Claramente, separado de ser Marido, Pai, Ministro, Pintor, Encanador, Eletricista, Cozinheiro, Entregador, etc. quem é ele?

A Palavra de Deus nos fala de muitos líderes e servos, que eram grandes modelos, mas eu gostaria de me concentrar no rei Davi. Primeiro, porque ele era um verdadeiro pastor e segundo, porque Ele tinha o coração de Deus.

Vamos ver o que a Bíblia nos diz em relação ao pastor e como o povo de Deus deve responder ao pastor.

I. O Que o Pastor Deve Ser em Relação ao Povo de Deus

A. Davi consultou a Deus pelo seu povo - 1 Samuel 30:1-2 1 Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, os amalequitas tinham feito uma incursão sobre o Negebe, e sobre Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo; 2 e tinham levado cativas as mulheres, e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes; a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo, e foram o seu caminho”.
1. Seus inimigos levaram suas mulheres, filhos e tudo mais
2. Em quantas ocasiões o inimigo de nossas almas tirou as almas do povo de Deus
3. Davi não reagiu em sua natureza humana
4. Ele consultou o Senhor Deus
a. Verso 8 “Então consultou Davi ao Senhor, dizendo: Perseguirei eu a esta tropa? alcançá-la-ei?...”
5. Deus deu muitas vitórias ao Seu povo através de Seu servo
a. Versos 18-19 18 Assim recobrou Davi tudo quanto os amalequitas haviam tomado; também libertou as suas duas mulheres. 19 De modo que não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem filhos nem filhas, nem qualquer coisa de tudo quanto os amalequitas lhes haviam tomado; tudo Davi tornou a trazer”.

B. David retorna o povo de Deus a Sua presença - 2 Samuel 6:1-2 1 Tornou Davi a ajuntar todos os escolhidos de Israel, em número de trinta mil. 2 Depois levantou-se Davi, e partiu para Baal-Judá com todo o povo que tinha consigo, para trazerem dali para cima a arca de Deus, a qual é chamada pelo Nome, o nome do Senhor dos exércitos, que se assenta sobre os querubins”.
1. Sabemos que a Arca simboliza a “Presença de Deus”
2. Seus inimigos tinham tirado isso deles
3. Davi sabe a importância da presença de Deus entre seu povo
4. O Pastor sempre buscará maneiras de trazer a presença de Deus entre o povo de Deus - Ele orará, jejuará, lerá a Bíblia - não porque ele está sendo pago, não porque ele será recompensado, mas porque Ele sabe da importância da presença de Deus.

C. Davi procurava as coisas boas nas pessoas - 1 Samuel 22:1-2 1 Depois Davi, retirando-se desse lugar, escapou para a caverna de Adulão. Quando os seus irmãos e toda a casa de seu pai souberam disso, desceram ali para ter com ele. 2 Ajuntaram-se a ele todos os que se achavam em aperto, todos os endividados, e todos os amargurados de espírito; e ele se fez chefe deles; havia com ele cerca de quatrocentos homens”
1. O que o mundo rejeita, despreza - o pastor acolhe, recebe
2. Quando todos os outros veem apenas o negativismo em um indivíduo - o pastor vê o lado positivo
3. 1 Crônicas 11:10 “São estes os chefes dos valentes de Davi, que o apoiaram fortemente no seu reino, com todo o Israel, para o fazerem rei, conforme a palavra do Senhor, no tocante a Israel 11 Esta é a relação dos valentes de Davi: Jasobeão, filho dum hacmonita, o chefe dos trinta, o qual, brandindo a sua lança contra trezentos, duma só vez os matou”
a. Eles se tornam chefes
b. Eles se tornaram seu valentes
c. Eles lhe deram forte apoio

II. O Que o Povo de Deus Deve Fazer em Relação ao Pastor

A. A Igreja deve satisfazer os desejos do Pastor - 1 Crônicas 11:16-19 16 Davi estava então no lugar forte, e a guarnição dos filisteus estava em Belém. 17 E Davi, ofegante, exclamou: Quem me dera beber da água do poço de Belém, que está junto à porta! 18 Então aqueles três romperam pelo arraial dos filisteus, tiraram água do poço de Belém, que estava junto à porta, e a trouxeram a Davi; porém Davi não a quis beber, mas a derramou perante o Senhor, 19 dizendo: Não permita meu Deus que eu faça isso! Beberia eu o sangue da vida destes homens? Pois com perigo das suas vidas a trouxeram. Assim, não a quis beber. Isso fizeram aqueles três valentes”
1. Davi não pediu nem ordenou
2. Foi um desejo que só veio dentro de si, mas aqueles que estavam perto dele foram capazes de ouvi-lo
3. Eles arriscaram suas vidas para satisfazer o desejo de seu pastor
4. Quantas vezes o pastor tem um desejo pessoal? Como fazemos para realizá-lo?

B. Devem lutar a batalha espiritual pelo Pastor - 2 Samuel 21:15-17 15 De novo tiveram os filisteus uma guerra contra Israel. E desceu Davi, e com ele os seus servos; e tanto pelejara contra os filisteus, que Davi se cansou. 16 E Isbi-Benobe, que era dos filhos do gigante, cuja lança tinha o peso de trezentos, siclos de bronze, e que cingia uma espada nova, intentou matar Davi. 17 Porém, Abisai, filho de Zeruia, o socorreu; e, ferindo ao filisteu, o matou. Então os homens de Davi lhe juraram, dizendo: Nunca mais sairás conosco à batalha, para que não apagues a lâmpada de Israel”.
1. O inimigo ia matar o pastor
2. Abisai, um dos homens poderosos de Davi, veio em socorro dele e feriu o filisteu e o matou.
3. Quantas vezes já vimos pastores abatidos pelo inimigo?
4. Nós temos que ir em seu socorro
5. Para que a “para que não apagues a lâmpada de Israel”

C. Não permitir que ninguém amaldiçoe o pastor - 2 Samuel 16:5 “Tendo o rei Davi chegado a Baurim, veio saindo dali um homem da linhagem da casa de Saul, cujo nome era Simei, filho de Gêra; e, adiantando-se, proferia maldições”.
1. Não devemos permitir ninguém criticar, murmurar ou falar mal do pastor
2. Devemos estar sempre prontos para defendê-lo a qualquer momento
a. 2 Samuel 16:9 “Então Abisai, filho de Zeruia, disse ao rei: Por que esse cão morto amaldiçoaria ao rei meu senhor? Deixa-me passar e tirar-lhe a cabeça”.

Conclusão: Como estamos respondendo em relação ao nosso pastor? A nossa conduta está de acordo com a Palavra de Deus?

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

As Bênçãos de Cumprir os Propósitos Ministeriais As Bênçãos de Cumprir os Propósitos Ministeriais Reviewed by Aldenir Araújo on junho 09, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.