Adoração: Uma Atitude do Coração
Texto: João 12:1-8

Ideia Principal: Egoísmo, orgulho e amargura são atitudes que nos impedirão de celebrar a presença de Deus na adoração.

Interrogativa: Quais são as barreiras que nos impedirão de celebrar a presença de Deus na adoração?

Introdução: Quando olho para essa congregação, vejo pessoas que realmente colocam seu coração e sua alma em adoração. Eles gostam de cantar louvores a Deus, e dos momentos de oração e a palavra pregada. Mas também vejo outros que preferem estar em outro lugar. Porque é assim? Eu acho que é porque muitos não entendem que a adoração é uma atitude do coração.

A adoração não é um ato intelectual - nossas mentes não estão preparadas para a adoração: é um ato espiritual. Porque Deus é Espírito, então aqueles que o adoram devem adorar em espírito e em verdade. Esse versículo da tradução da Mensagem diz assim: “Deus é ser puro em si mesmo - Espírito. Aqueles que o adoram devem fazê-lo em seu próprio ser, em seus espíritos, em seu verdadeiro eu, em adoração”.

Acredito que qualquer igreja que se reúna para o culto deve fazê-lo com a atitude correta de coração. Igrejas que não fazem isso nunca crescerão.

Quando nos reunimos como povo de Deus para adorá-lo, devemos celebrar a Sua presença entre nós.
No entanto, vamos primeiro entender e evitar as barreiras que nos impedem de adorar com o coração sincero.

Nesta passagem, vamos examinar as ações do coração de duas pessoas. Uma teve a atitude correta de coração, enquanto a outra não. Uma, não deixou que nada a impedisse de expressar sua adoração, enquanto a outra ergueu barreiras em seu coração que a impediram de adorar.

I. Contexto (vv 1-8)

A primeira barreira é ...

II. Não Podemos Adorar Com um Coração Egoísta (v. 3)

1. Maria ficou tão grata pelo que Jesus fez pela sua família, que ela deu o melhor para Jesus (v. 3)
2. Judas, que fingia estar preocupado com os pobres, estava apenas preocupado com o que poderia fazer (v. 6)
3. A adoração é um ato de entrega altruísta, não um ato egoísta.

A segunda barreira é ...

III. Não Podemos Adorar Com um Coração Orgulhoso (v. 3)

1. O ato de Maria de enxugar os pés de Jesus com o cabelo era um sinal de submissão ao seu mestre. (v. 3)
2. Você acha que Judas era o tipo de pessoa que se humilharia o suficiente para lavar os pés do mestre?
3. A adoração é um ato de humildade diante de Deus.

A terceira barreira é ...

IV. Não Podemos Adorar Com um Coração Amargo (vv. 4-5)

1. O coração de Maria estava cheio de amor e devoção a Jesus, evidenciado por suas ações.
2. Judas não estava apenas amargurado em relação a ela pelo que ela fez, mas também por Jesus (ele estava se dirigindo a Jesus) (Você poderia tê-la impedido!) (V. 5)
3. Nossa amargura e criticidade em relação aos outros afetará nossa atitude para com Deus.

V. Conclusão

1. Egoísmo, orgulho e amargura são atitudes que nos impedirão de celebrar a presença de Deus na adoração.
2. É um propósito primordial da igreja adorar a Deus e uma necessidade para nós, se quisermos experimentar crescimento.
3. Se tivermos alguma dessas atitudes erradas no coração, precisamos pedir a Deus que tire essas coisas de nós.

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem