A Epístola de Judas – Parte 4

A Epístola de Judas – Parte 4
Texto: Judas 8-16, 19

Introdução: Até agora nesta epístola, temos notado que Judas...
a. Exortou seus leitores a "a pelejar pela fé" – v. 3
b. Fez menção de "homens ímpios" que "se introduziram furtivamente" Judas 4
1) Homens que "convertem em dissolução a graça de nosso Deus"
2) E que "negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo"
c. Recordou-lhes exemplos da justa condenação de Deus no passado – v. 5-7
1) A nação de Israel no deserto
2) Os anjos que pecaram
3) As cidades de Sodoma e Gomorra
 
No sermão desta noite, queremos considerar a descrição de Judas desses "sonhadores imundos".

I. Eles "blasfemam das dignidades" (8-11)

A. "blasfemam das dignidades" (8-9)
1. A palavra "dignidades" pode se referir a seres angélicos, ou aqueles em posições de autoridade.
2. Em ambos os casos, esses homens não hesitaram em blasfemar.
3. Para ilustrar a loucura de seu comportamento, a disputa sobre o corpo de Moisés é apresentada:
a. Miguel, o arcanjo, não ousou fazer uma acusação de maldição contra o diabo.
b. Dizendo apenas "O Senhor te repreenda"
c. Quão tolo, então, para esses "sonhadores" falar mal dos que estão na autoridade
B. "blasfemam de tudo o que não entendem" (10-11)
1. Sem medo de blasfemar das dignidades, eles não hesitam em falar mal de coisas de que não sabem nada!
2. E o que eles sabem naturalmente, na medida em que se corrompem! “Mas estes, como criaturas irracionais, por natureza feitas para serem presas e mortas, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção” (2 Pedro 2:12)
3. Ao se conduzirem desta maneira.
a. Eles seguiram o caminho de Caim
1) Cujas obras eram más – 1 João 3:12
2) Que não agiu por fé - Hebreus 11:4
b. Eles incorreram gananciosamente no erro de Balaão com fins lucrativos
1) Que amou o salário da injustiça - 2 Pedro 2:15-16
2) Que colocou um tropeço diante dos filhos de Israel - Apocalipse 2:14
c. Eles morreram na rebelião de Coré
1) Uma rebelião que estava abertamente contra Moisés e Arão. Números 16:1-45
2) Mas era realmente contra o próprio Senhor - Números 26:9

II. Eles "contaminam a carne" (12-15,19)

A. Eles eram "manchas" nas festas do amor. V. 12
1. Eles "apascentam a si mesmos sem temor"; eles também eram "sensuais"
2. Eles aproveitavam a hospitalidade dos irmãos para se envolverem em seus pensamentos lascivos.
3. Eles eram "sensuais" em vez de serem espirituais.
B. A depravação deles é ilustrada. (12-13)
1. "nuvens sem água, levadas pelos ventos"
a. Oferecendo promessa de bênção
b. Mas não deixando nenhuma
2. "são árvores sem folhas nem fruto, duas vezes mortas, desarraigadas"
a. Estéril quando o fruto deve ser esperado
b. Mas, pior ainda, sem frutificação porque estão mortos e isolados de qualquer fonte de alimento
3. "ondas furiosas do mar, espumando as suas próprias torpezas"
a. Assim, suas vergonhas surgem com suas palavras e comportamento
4. "estrelas errantes, para as quais tem sido reservado para sempre o negrume das trevas"
a. Brilham por um momento
b. Mas sem direção ou órbita, eles acabarão por desaparecer para sempre!
C. A condenação deles foi profetizada há muito tempo. (14-15)
1. Por Enoque, o homem "que andou com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus o tomou" - Gênesis 5:24
2. Enoque profetizou a vinda do Senhor ...
a. Vindo com dez milhares de Seus santos - 1 Timóteo 3:13; 2 Tessalonicenses 1:7
b. Vindo para executar juízo - 2 Tessalonicenses 1:8-9
c. Vindo para convencer todos os que são ímpios.
1) De seus atos ímpios cometidos de uma maneira ímpia
2) Das coisas faladas contra o Senhor por pecadores ímpios

III. Eles "desprezam a autoridade" (16,19)

A. Evidenciado pela forma como falam.
1. Vimos que eles eram rápidos para blasfemar, contrariamente ao ensinamento apostólico
2. A descrição de Judas deles como "murmuradores, queixosos" também mostra uma falta de respeito pela autoridade apostólica - 1 Coríntios 10:10; Filipenses 2:14
3. O uso da lisonja também foi condenado pelos apóstolos. Romanos 16:17-18
B. Evidenciado pelo jeito que eles andam.
1. "andando segundo as suas concupiscências", como "pessoas sensuais", claramente era uma rejeição da autoridade apostólica e do ensino - 1 Pedro 2:11; 1:14
2. O mesmo era verdade em "causar divisões" Romanos 16:17-18
 
A última frase do verso 19 resume verdadeiramente a condição desses "sonhadores imundos": "... não tendo o Espírito". Eles "contaminam a carne, rejeitam a autoridade e blasfemam ..." - Judas 8. Eles demonstram que estão andando "de acordo com os desejos da carne", não "de acordo com o Espírito" - Gálatas 5:16-23
 
O fim destes "sonhadores ímpios" está claramente indicado nas Escrituras ... Como enfatizou o apóstolo Paulo: "aqueles que praticam tais coisas não herdarão o reino de Deus" - Gálatas 5:21 Como afirmado por Pedro: ". ... para quem a escuridão das trevas está reservada para sempre". - 2 Pedro 2:17. Como disse Judas: "... para as quais tem sido reservado para sempre o negrume das trevas" - Judas 13

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!