A Epístola de Judas – Parte 3

A Epístola de Judas – Parte 3
Texto: Judas 5-7

Introdução: Exortando os seus leitores a "pelejar pela fé", no verso 4, Judas introduz a razão para a exortação ...
a. "Certos homens" se introduziram furtivamente
b. Eles eram "homens ímpios", culpados de transformar a graça de Deus em luxúria e negar o Senhor Deus e o Senhor Jesus Cristo
Judas também escreve sobre esses homens que eles se tornaram apóstatas porque deliberadamente se afastaram da verdade. E Deus ordenou o seu castigo, porque aqueles que se afastam de Deus não escaparão de Sua justa condenação! Para reforçar seu ponto de vista, Judas lembra aos seus leitores de três exemplos nos quais os ímpios não escaparam da justa condenação de Deus. V. 5-7
a. Israel no deserto
b. Os anjos que pecaram
c. As cidades de Sodoma e Gomorra

I. Israel no deserto. V. 5

A. Os fatos sobre este exemplo.
1. Um evento bem conhecido na história de Israel, Deus "salvou" a nação, trazendo-os para fora da terra do Egito.
2. Apesar de serem receptores de Sua maravilhosa graça, Deus "destruiu" aqueles que não creram
a. A falta de fé do povo exigia que vagassem por 40 anos no deserto
b. Para que aqueles com idade superior a 20 anos quando eles deixaram o Egito, ninguém, mas dois (Josué e Calebe) entraram na Terra Prometida
3. Podemos ler isso em Números 14 e em Hebreus 3:7-19
B. O ponto sobre este exemplo.
1. Deus destruirá aqueles que se recusam a crer.
2. A razão? Falta de obediência!
a. "Deus destruiu aqueles que não creram" v. 5
b. "Eles não podiam entrar por causa da incredulidade" 3:18-19
3. Claramente a questão em questão é a incredulidade.
a. A incredulidade resultará em juízo.
b. Isto não é uma advertência aos leitores de que eles estão em perigo de juízo, mas que esses homens ímpios que se introduziram furtivamente não escaparão do juízo de Deus.

II. Os anjos que pecaram. V. 6

A. Os fatos sobre este exemplo.
1. Muito pouco se sabe das próprias Escrituras.
a. Como descrito por Judas, havia anjos que:
1) "não guardaram o seu principado"
2) "deixaram sua própria habitação"
b. Em uma passagem similar, Pedro simplesmente escreve que os anjos "pecaram" - 2 Pedro 2:4
c. Uma interpretação é que Judas está se referindo ao que está descrito em - Gênesis 6:1-4
1) Onde se entende que "filhos de Deus" se refere a anjos.
2) Que escolheram coabitar com as "filhas dos homens"
d. Outra interpretação é que isso se refere à queda dos anjos envolvidos na rebelião de Lúcifer.
e. O ponto da inclusão de Judas não está no que eles fizeram, mas no que Deus fez.
2. O que está claro sobre esses anjos é a condenação deles.
a. Deus os tem "em cadeias eternas em trevas para o julgamento do grande dia"
b. Como foi escrito por Pedro em 2 Pedro 2:4, Deus ...
1) "lançou-os no inferno"
2) "os entregou aos abismos da escuridão"
3) "reservando-os para o juízo"
B. O ponto sobre este exemplo:
1. Deus está preparado para punir eternamente os ímpios!
a. Ele tem os anjos em "prisões eternas na escuridão" v. 6
b. Para os "homens ímpios" descritos mais tarde, Ele os tem "reservado para sempre o negrume das trevas" v. 13
2. Assim como Ele tinha um lugar preparado para os anjos que pecaram, assim Ele tem um lugar preparado para os ímpios e incrédulos! "Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte". Apocalipse 21:8)

III. As cidades de Sodoma e Gomorra. V. 7

A. Os fatos sobre este exemplo:
1. O julgamento contra estas cidades é descrito vividamente em Gênesis 19:24-28
2. Por que esse terrível juízo?
a. O SENHOR disse que era "porquanto o seu pecado se tem agravado muito" Gênesis 18:20
b. Judas diz que eles:
1) "entregaram-se à fornicação"
2) "foram após outra carne"
c. Vemos uma amostra disto em Gênesis 19:4-11
B. O ponto sobre este exemplo:
1. Tanto Pedro quanto Judas indicam que Sodoma e Gomorra são um "exemplo"
a. Pedro, um exemplo "aos que vivessem impiamente" - 2 Pedro 2:6
b. Judas, um exemplo daqueles "sofrendo a vingança do fogo eterno" - Judas 7
2. Deus nos deu um exemplo do fogo eterno aguardando os súditos de Sua justa vingança!
 
Conclusão: Podemos ser como os receptores originais da carta de Judas, bem familiarizados com esses eventos ..., mas Judas queria "lembrá-los", e precisamos ser lembrados com frequência também!
  • Lembre-se de Israel, como um exemplo daqueles que foram destruídos por falta de fé!
  • Lembre-se dos anjos que pecaram, como exemplo daqueles cujos encarceramentos nos diz que Deus tem um lugar preparado para os ímpios!
  • Lembre-se de Sodoma e Gomorra, como um exemplo que Deus não vai reter a vingança do fogo eterno quando o tempo estiver cumprido!

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A Epístola de Judas – Parte 3 Reviewed by Aldenir Araujo on domingo, novembro 27, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.