Deixando de lado a ira: Você está irado?

Deixando de lado a ira: Você está irado?Texto: Efésios 4:26-32
 
Introdução: A ira pode devastar casamentos, separar filhos e pais, e envenenar outros relacionamentos. É por isso que o apóstolo Paulo encorajou os crentes a lidar com a ira rapidamente, antes que ele possa se tornar crônica em sua vida (Efésios 4:26-27).
 
Vamos explorar o que a Bíblia diz sobre essa poderosa emoção.

I. A ira definida

[post_ad]
A. A ira é um sentimento forte de descontentamento intenso, hostilidade ou indignação que resulta de uma ameaça real ou imaginária, insulto, frustração ou injustiça em relação a si mesmo ou outras pessoas importantes para você.
B. Há três categorias de ira.
1. Raiva: Uma expressão explosiva e descontrolada de ira.
2. Ressentimento: A ira não expressa. Quando as pessoas tentam negar as suas mágoas e frustrações, o ressentimento é o resultado. Este tipo de ira irá destruí-los de dentro para fora.
3. Indignação: A ira justa sobre a injustiça, a opressão, ou uma situação profana. A ira de Deus se enquadra nessa categoria.

II. A ira nas Escrituras

A. O livro de sabedoria do Velho Testamento fornece alguns dos melhores versos sobre o assunto. Provérbios 16:32 diz: "Aquele que é lento para a ira é melhor do que o poderoso, e o que domina o seu espírito do que o que toma uma cidade" Aqueles que são tardios para se irar pode ainda se sentir chateado, mas eles controlam suas emoções, em vez de deixar a ira se transformar em raiva. A Palavra de Deus também nos adverte contra a associar-se com aqueles cujas vidas são caracterizadas pela ira (Provérbios 22:24-25).
B. A ira tem um papel importante em muitas histórias bíblicas bem conhecidas. A primeira pessoa a tornar-se irada foi provavelmente Adão, que culpou Eva por seu pecado (Gênesis 3:12). Caim, Moisés, Saul, Jonas e Pedro são apenas alguns outros que foram motivados pela ira.

IV. Causas da ira

A. Não consegue o que quer: Algumas pessoas ficam iradas quando perdem o controle de uma situação.
B. Sente-se rejeitado: Ser excluído, esquecido ou maltratado, pode provocar hostilidade.
C. Perda: Perder o que nós valorizamos, ou simplesmente o medo da perda, pode nos deixar irados.
D. Decepção: expectativas insatisfeitas podem levar a ira.
E. Injustiça: Quando vemos pessoas maltratadas, podemos ficar indignados.
F. Sente-se inadequado: Comparar a nossa vida com a vida dos outros pode nos chatear.

V. A boa ira versus a má ira

A. A Bíblia revela Deus expressando ira santa.
1. O Senhor ficou irado com os israelitas que se casaram com mulheres estrangeiras. Ele sabia que suas esposas introduziria o culto aos deuses pagãos.
2. Jesus repreendeu furiosamente os fariseus por sua hipocrisia e interpretações desumanas das leis de Deus (Mateus 23:13-33, Marcos 3:2-5). Sua indignação com o mau uso do templo O levou a derrubar suas mesas e expulsa-los da casa de seu Pai (Mateus 21:13-14).
B. Você e eu podemos ter uma ira justificada quando ficamos chateados com pessoas sendo mal tratadas, ou quando nos sentimos compelidos a corrigir uma situação profana. Mas a maioria de nossa ira é motivada erroneamente pelo interesse próprio. A ira injusta geralmente leva uma das duas formas.
1. "Ira barril de pólvora" é explosiva. Qualquer um em seu caminho, como um cônjuge, é geralmente pego de surpresa.
2. "Ira panela de barro" ferve e ferve por um longo tempo. Algumas pessoas podem negar completamente a emoção que ferve dentro delas ou pode orgulhar-se de possuir a capacidade de controlar o seu comportamento. Mas negar a ira é como um veneno - espiritualmente, emocionalmente e fisicamente.

VI. Um teste de cinco perguntas para a ira.

Pergunte a si mesmo estas perguntas para ver se você está abrigando ira injusta:
1. É a minha ira direcionada para outra pessoa? Tente identificar o indivíduo.
2. É sem uma causa justificável? Se sua ira é egoísta, você precisa se arrepender, perdoa essa pessoa, e seguir em frente.
3. Estou em busca de vingança? Se você tem um desejo de "vingar", ou prejudicar a outra pessoa de alguma forma por um delito, você não está operando de acordo com as Escrituras.
4. Estou apreciando a ira? Você pode resistir a entregar a sua frustração ao Senhor. Talvez, em algum nível, você quer ser perturbado. A menos que você liberá-lo para Deus, no entanto, você não será capaz de experimentar a liberdade que Ele deseja lhe dar.
5. Eu tenho um espírito que não perdoa? Talvez você sinta que você simplesmente não pode abandonar a sua ira. Mas, com a ajuda do Senhor, estou confiante de que você pode.
 
Conclusão: Apesar de sofrer uma morte horrível na cruz, Jesus orou: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem" (Lucas 23:34). Vamos seguir o seu exemplo e graciosamente perdoar quem nos ofende. Dessa forma, você e eu seremos livres para desfrutar a vida abundante que Deus tem planejado para nós.
 
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!