Um lembrete encorajador

Um lembrete encorajadorTexto: Filipenses 3:17-21

Introdução: O cristianismo está fundamentado sobre duas verdades vitais - A cruz e a ressurreição.

Esta fundação não só fornece a segurança eterna, mas também nos dá o poder de viver cada dia de maneira digna do Senhor. Se Jesus não tivesse morrido pelos pecados da humanidade e ressuscitasse para a vida, não haveria redenção. Os cristãos ficariam confusos, sem propósito, e se perguntando como viver.
[post_ad]
Vamos meditar sobre “Um lembrete encorajador”

I. O apóstolo Paulo nos diz como devemos pensar sobre nós mesmos, à luz da morte e ressurreição de Cristo.

A cidade de Filipos era uma colônia romana, o que significava que seus moradores eram automaticamente cidadãos do Império Romano, e isso lhes davam grandes oportunidades e proteção. Como cristãos, nós também temos uma cidadania com privilégios especiais de proteção, mas não é deste mundo. É especial por que:
A. Fomos espiritualmente nascidos nele. Algumas pessoas pensam que podem conquistar a sua entrada no céu através das boas obras, mas as boas obras nunca nos levarão até lá. Jesus afirmou que existe apenas um caminho para chegar ao Pai - e que é por meio dele (João 14:6). Ele esclareceu esta verdade quando disse a Nicodemos: "Se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" (João 3:3).
B. Estamos registrados no Livro da Vida do Cordeiro. Não há confusão no céu sobre a nossa identidade e cidadania. Embora possamos partilhar um nome com muitas pessoas na terra, Deus conhece cada um de nós pessoalmente. No momento da salvação, nossos nomes estão inscritos no seu livro - nunca será apagado. Isso é vital porque nos dá direito a viver no céu. No juízo final de Deus, todo aquele cujo nome não for encontrado escrito no livro da vida, será lançado no lago de fogo (Apocalipse 20:11-15).
C. Nós temos uma herança no céu. Mas não é como uma herança terrena, que pode ser perdida ou roubada. Essa herança é "incorruptível, sem macula, imarcescível, reservada nos céus para vós" (1 Pedro 1:4). Embora nossa herança esteja no céu, há três coisas que podemos fazer para construí-la enquanto ainda estamos aqui na Terra - (1) amar outras pessoas, (2) dar a Deus, e (3) servir ao Senhor.

Apesar de tantas bênçãos que nos esperam no céu, o Senhor nos deixou aqui na terra para viver sua vida em e através de nós. Sua presença interior nos dá a capacidade de amar os outros - até mesmo os difíceis de ser amados. Ele também nos deu capacidade e dons com os quais o servimos.

II. Nós aguardamos o retorno de Cristo.

O conhecimento de que somos cidadãos do céu deve nos fazer desejar o retorno de nosso Salvador (Filipenses 3:20). No entanto, muitos cristãos raramente pensam sobre o retorno prometido de Cristo. Mas um dia, Jesus virá para nos arrebatar.

Os crentes devem viver continuamente com essa antecipação, pois Deus sempre cumpre suas promessas - e esta não é exceção. Uma atitude de expectativa, nunca deve nos impedir de ativamente realizar a maior parte do nosso tempo na terra. Na verdade, a melhor maneira de determinar se estamos vivendo como Deus deseja é examinar a nós mesmos e determinar o que domina nossos pensamentos e como gastamos nosso tempo.

Às vezes, nossas mentes podem estar tão consumidas com nossas obrigações e atividades que o Senhor não tem lugar em nossas vidas diárias.

III. Cristo vai transformar nossos corpos.

Quando Jesus voltar, os nossos corpos humilhados serão transformados em gloriosos (Filipenses 3:21). Nós gastamos muito tempo tentando manter e embelezar nossos corpos terrestres. Não podemos fazer nada se comparado com o que Deus vai realizar. Embora nós não saibamos exatamente como seremos; nós vamos ter o caráter de Cristo (1 João 3:2).
Vamos tornar as pessoas que Deus finalmente destinou para sermos. Os corpos que temos agora são da terra, natural, fraco e mortal. Mas o Senhor vai transformá-los em corpos celestes que serão fortes, gloriosos, imortais e imperecíveis. Nós não teremos limitações e nunca vamos morrer.

Conclusão: Depois de descrever as glórias que nos esperam; a admoestação final, de Paulo mostra como devemos responder: "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor” (1 Coríntios. 15:58).

A maneira mais eficaz que podemos servir a Deus é deixar Cristo demonstrar a Sua vida através de nós e compartilhar o evangelho com as pessoas que não conhecem. Assim como Jesus enviou Seus discípulos como mensageiros da verdade que transforma, Ele nos envia para amar, dar, e servir em seu nome para que outros possam ouvir sobre o Salvador e tornarem-se cidadãos do céu.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!