Resultados da ressurreição do RedentorTexto: Lucas 24:1-8

Introdução: Uma das grandes doutrinas da fé cristã é a ressurreição corporal de Jesus Cristo dentre os mortos. Se Ele tivesse simplesmente morrido e não tivesse ressuscitado, então não teríamos um Salvador.

Um Salvador morto não pode salvar, mas graças a Deus Jesus vive sempre para interceder (Hebreus 7: 25). Pedro disse que era impossível a morte detê-lo (Atos 2:24).

Há resultados maravilhosos da ressurreição de Cristo.

Diz-se que durante a Revolução Francesa, alguém disse a Talleyrand, bispo de Autun: "A religião cristã - O que é? Seria fácil iniciar uma religião assim" Talleyrand respondeu disse: "Ah, sim, tudo o que você teria que fazer é ser crucificado e ressuscitar ao terceiro dia”.

Vamos considerar alguns dos resultados da ressurreição de Cristo.

I. Confirmação

- Ela mostra a divindade do Senhor Jesus Cristo. Só Deus poderia dizer: "Destruí este templo (seu corpo) e em três dias eu o levantarei" (João 2:19).
Romanos 1:4 diz que Jesus foi declarado ser o Filho de Deus por Sua ressurreição de entre os mortos.

A divindade de Cristo é real e eterna. Eu não gostaria de colocar a minha fé em qualquer outro que o verdadeiro Deus da minha salvação. Jesus é Deus!

II. Declaração

- Veja Romanos 4:25. Seria impossível ter a confiança de que o Pai tinha aceitado a obra do filho no Calvário, se Jesus não tivesse ressuscitado de entre os mortos.
Acredito que o momento em que Jesus gritou: "Está consumado" o Pai aceitou totalmente a obra do Filho de Deus na cruz, para ser o pagamento pelos pecados de todos os que recebem a Cristo como Salvador (2 Coríntios 5:21).

A obra de Cristo foi aceita como o meio através do qual um pobre pecador perdido pode ser salvo.

III. Preparação

- A ressurreição fez de Cristo, nosso Sumo Sacerdote.
Ele é o nosso intercessor, Executivo Celestial, e Defensor de Seu povo (1 Timóteo 2:5-6; Romanos 8:34; Romanos 5:9-10).
Cristo não só nos liberta da escravidão do pecado, mas também intercede no poder de uma vida indestrutível, quando falhamos (Hebreus 7:16).

IV. Realizações

- Em primeiro lugar, há perdão. Um Cristo vivo que oferece arrependimento, perdão e regeneração.
- Em segundo lugar, há poder. O mesmo poder que ressuscitou Jesus; prove para nós (Efésios 1:18-20).
- Em terceiro lugar, há perspectiva (1 Coríntios 15; João 5:28,29).

Sua ressurreição é uma garantia de que os nossos corpos serão ressuscitados. Finalmente, há proclamação.

Ele ressuscitou para se sentar no trono de Davi (Atos 2:39).

Conclusão: Apocalipse 1:17-18
Postagem Anterior Próxima Postagem

Gostou? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.