Os agentes da evangelização

Os agentes da evangelizaçãoTema: Missões

Texto: Mateus 9.35 – 10:13

Introdução: Mesmo após a chamada Reforma Protestante, ocorrida há mais de cinco séculos, a separação entre clero e laicato perdura até os nossos dias. O movimento reformista do século XVI foi essencialmente soteriológico (os meios de acesso à salvação e ao relacionamento com Deus), mas trouxe poucos resultados em termos eclesiológicos e missiológicos (os relacionamentos entre os cristãos e destes com o mundo). Por esta razão, ainda faz parte da subcultura evangélica a noção de que existe um caminho largo que conduz à perdição, um caminho mais ou menos que conduz à vida cristã normal, e um caminho estreito, próprio para pastores e missionários.
[post_ad]
Jesus desfaz esse mal entendido ao apresentar aos seus discípulos três realidades que descrevem os agentes da evangelização.

Vejamos:

1. O dínamo da evangelização é a oração. V.38

Rogar ao senhor da seara é uma tarefa de toda a igreja. A oração tem sido vista como atividade de menor importância, como por exemplo, quando dizemos que não basta orar, ou desdenhamos dos que nos recomendam a oração com um comentário do tipo, “mas só isso, só orar”. Deus age no mundo dos homens através das orações dos homens. Todos os cristãos devem se comprometer a orar por operários para a colheita. Nenhuma situação é mais diponibilizadora do que a oração intercessória. Quem ora se compromete. E quem se compromete recebe delegação. Por esta razão, ninguém é mais ativo no reino de Deus do que o intercessor.

2. Os agentes da evangelização são os discípulos de Jesus. Mateus 10:1

As chamadas ordenanças, batismo nas águas (Mateus 28.18-20) e ceia memorial (Mateus 26.20-29), foram entregues aos doze apóstolos. Nesse caso, os doze apóstolos representam ou a totalidade dos discípulos de Jesus, ou uma igreja local, mas jamais uma casta especial de cristãos ou um segmento específico da Igreja. Assim, também é com a Grande Comissão e a tarefa da evangelização mundial.

Todos os discípulos de Jesus foram comissionados no comissionamento dos doze apóstolos.

3. O segredo da evangelização está no poder e autoridade de Jesus. Mateus 10:1

Jesus chamou a si os seus discípulos e lhes deu poder e autoridade. Poder e autoridade são prerrogativas de discípulos, e não de pastores, missionários, apóstolos e bispos. Mais uma vez, todos os discípulos, toda a Igreja de Jesus está convocada para a obra da evangelização. Todos os cristãos possuem os mesmos direitos, privilégios e responsabilidades em Cristo.

Conclusão: Alguns cristãos ficam esperando um chamado especial para o engajamento na obra missionária-evangelística. Mas, se você é um discípulo de Jesus, então já está comissionado desde o dia de sua conversão. Assim como uma vela não espera queimar até a metade para iluminar seu ambiente, também um cristão é testemunha de Jesus desde o primeiro momento de sua comunhão com o Espírito Santo (Atos 1.8; Efésios 1.13,14; Romanos 8.9).

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!


Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Os agentes da evangelização Os agentes da evangelização Reviewed by Aldenir Araujo on março 07, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.