Jesus é a fonte da alegria mais profunda

Jesus é a fonte da alegria mais profundaTexto: Salmos 51:12
 
Introdução: Quando estamos estressados ​​e angustiados com o estado de nossas vidas, nós nos encontramos em condições patéticas:
- Ficamos irritados até mesmo com os menores inconvenientes e problemas,
- Raramente rimos,
- Somos rápidos para irar com as pessoas,
- Nós caímos na cama toda noite, exaustos,
- Não temos alegria em nossas vidas.
 
É esta última questão que é de particular preocupação para nós nesta noite, porque eu acredito que há uma estreita relação entre a presença de estresse em nossas vidas e a ausência de alegria em nossas vidas.
[post_ad]
Muitos cristãos têm desistido da alegria em suas vidas e presume que um ritual religioso seco é o máximo que pode esperar. O que Jesus diria para aqueles cuja alegria acabou?
 
A nossa primeira preocupação é. . .

O que a alegria tem a ver com seguir a Jesus?

1. A vida cristã é projetada para ser de alegria abundante.
- Muitos têm uma imagem do "cristão sério" como um puritano que nunca sorri cuja falta de humor é uma evidência de sua piedade. Na realidade, Paulo disse que a alegria é uma das evidências de que o Espírito está presente em nossas vidas (Gálatas 5:22-23).
2. Jesus era a vida da festa (que é outra maneira de dizer que Jesus estava cheio de alegria).
- Jesus era uma pessoa que os pecadores realmente queriam em suas festas. De quantos pregadores modernos você pode dizer isso? De quantos cristãos modernos, você pode dizer isso?
- Mateus 11:19, Lucas 7:39, e Lucas 19:7 são alguns exemplos do desejo que os pecadores tinham de estar perto dele.
- Além disso, considere que o primeiro milagre de Jesus foi para manter uma festa (João 2:1-10). Considere também que, na história do filho pródigo, a primeira coisa que o Pai fez no retorno do filho pródigo foi uma festa (Lucas 15:22-24 )
3. Embora não sem problemas, a vida cristã normal deve ser cheia de alegria.
- Lucas 2:10 , Mateus 13:44 e João 17:33 são alguns exemplos da alegria que Jesus deseja transmitir em nossas vidas. Há também, é claro, a passagem de Gálatas 5.

De onde é que esse tipo de alegria vem?

1. A alegria mais profunda não é encontrada no poder, posição ou posses, mas sim nos relacionamentos.
2. Não nos relacionamos com Deus através de uma religião, mas sim através de um relacionamento.
- Em João 15 (ver especialmente v. 11), Jesus compartilha a ideia simples, mas profunda que uma vida de alegria e fecundidade vem de permanecer nele. Ou seja, é a proximidade do relacionamento que mais importa.
- Sua relação com o pai era a fonte primária da alegria de Jesus (Ele mesmo se referiu a ele como seu "pão").
- Por isso, a nossa maior fonte de alegria é um relacionamento. . . com Deus.
3. A segunda maior fonte de alegria de Jesus era dar-se para aqueles em torno dele.
- Se a alegria principal de Jesus era seu relacionamento com seu Pai, o próximo da fila era Seu relacionamento com aqueles ao redor dele.
- A única vez que Jesus é descrito nos Evangelhos como "cheio de alegria" (NVI) é Lucas 10:21.
A ocasião? Primeira tentativa dos discípulos em fazer o trabalho do reino por conta própria. Jesus estava cheio de alegria pela vitória deles (que Ele, é claro, tinha feito possível).
- Hebreus 12:2 diz que Jesus suportou a cruz "em troca da alegria que lhe estava proposto" A alegria de poder estar eternamente no relacionamento conosco.

Como posso ter esse tipo de alegria mais profunda em minha vida?

1. Decida se você está satisfeito como você está ou se você quer que seu cálice cheio.
- Há uma velha canção que diz: "Estou bebendo do meu cálice, porque o meu cálice transbordou" Você quer viver uma vida de alegria transbordante?
- O Salmo 51:12 contém uma oração para você orar.
- Você nunca vai chegar a essa alegria profunda, a menos que você decida que está insatisfeito com a condição que você está agora.
2. Reconhecer que a alegria aumenta quanto mais perto você chega de Deus.
- Você não pode estar distante de Deus ou preocupado com outras prioridades em sua vida e ainda esperar desfrutar de uma alegria mais profunda.
- Chegar mais perto de Deus não é ser "religioso"; trata-se de permanecer na plenitude da alegria do Senhor. Trata-se de receber a vida abundante que Ele quer dar (João 10:10).
3. Procure maneiras de fazer aqueles a sua volta, felizes.
- Pare de acreditar na mentira de que a alegria virá quando você se colocar à frente dos outros. A alegria virá em sua vida através de se dar para aqueles que o rodeiam.
- O que você pode fazer hoje que traria um sorriso ao rosto de seu esposo? O que você pode fazer esta semana que faria com que os seus filhos dissessem: "Legal!" Coloque um sorriso em seus rostos e haverá um no seu também. Por quê? Porque você está investindo nessas relações importantes.
4. Rejeitar a tentação de "felicidade instantânea", que é, na verdade, imitações patéticas da alegria mais profunda de Jesus.
- A atração da pornografia ou de se tornar uma viciada em compras inclui a promessa de que essas coisas vão fazer você feliz. Cuidado com o anzol nessas iscas! Essas tentativas rasas na felicidade são um substituto pálido e patético para a alegria duradoura e mais profunda que Jesus oferece.
 
Conclusão: Você está cansado de viver com o seu poço seco? Dê um passo em direção a Deus, esta noite, crendo que Ele é a fonte de alegria mais profunda.
 
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Jesus é a fonte da alegria mais profunda Reviewed by Aldenir Araujo on sexta-feira, dezembro 06, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.