Texto: Colossenses 2:9-23
Introdução: Grande parte da pregação que está sendo feita hoje perpetra desânimo. A pregação deve oferecer encorajamento ao desanimado. Mas muitas vezes não é isso que acontece! Podemos perceber o encorajamento que Paulo dá a este povo.
I. A pregação de Paulo era para incentivá-los. V. 9-15
A. Ele mostrou-lhes que eles estavam completos espiritualmente. V. 90-10
1. Por causa do posicionamento de Deus. V. 9
2. Por causa do poder de Deus. V. 10
B. Ele mostrou-lhes que eles eram circuncidados espiritualmente. V. 11-13
1. Isto proporcionou a sua identificação. V. 11
2. Isto proporcionou a sua salvação. V.12-13
C. Ele mostrou que eles eram conquistadores espiritualmente. V. 14-15
1. Ele nos fez vencedores, por Seu grande pagamento. V. 14
2. Ele nos fez vencedores, por Seu grande poder. V. 15
II. A pregação de Paulo era para exortá-los. V. 16-23
A. Para reconhecer a liberdade em Cristo. V. 16-17
1. Reconhecer o obstáculo para desfrutar da liberdade. V. 16
2. Reconhecer a origem de toda liberdade. V. 17
B. Para manter as liberdades em Cristo. V. 18-19
1. Resistindo às táticas de atrair dos homens. V.18ª
2. Recusando-se a língua mentirosa dos homens. V.18b-19
3. Para não recusar a liberdade em Cristo. V. 20-23
Nota: o apóstolo Paulo estava advertindo a igreja de Colossos para não serem escravos das ordenanças segundo os preceitos e doutrinas dos homens. 
Conclusão: Paulo encorajou-os pela pregação acerca de Jesus. Ele ainda foi capaz de alertá-los, enquanto os encorajava. Há grande poder na grande pregação e a grande pregação vem da pregação de Jesus.
Pr. Aldenir Araújo

Postar um comentário Blogger Disqus

 
Top