O que a Bíblia diz sobre a inveja?

O que a Biblia diz sobre a invejaTexto: Provérbios 14:30

Introdução:

A. A definição de inveja
1. Inveja é um sentimento de aversão ao que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materiais como qualidades inerentes ao ser) e de tirar essa mesma coisa da pessoa, fazendo com que ela fique sem. É um sentimento gerado pelo egocentrismo e pela soberba de querer ser maior e melhor que todos, não podendo suportar que outrem seja melhor.
2. A origem latina da palavra inveja é "invidere" que significa "não ver". Com o tempo essa definição foi perdendo o sentido e começado a ser usado ao lado da palavra cobiça, que culminou, então, no sentido que temos hoje.
[post_ad]
B. Vamos ver o que a Bíblia diz sobre a inveja, e como os cristãos podem superá-la?
1. Versículos da Bíblia relacionados: Êxodo 20:17, 1 Samuel 18:25, Provérbios 14:30, Marcos 7:21-23, I Coríntios 13:4, Provérbios 23:17, Lucas 10:27

1. A Bíblia ensina o seguinte.

A. A inveja é como um veneno. Provérbios 14:30.
Um coração cheio de graça e do amor de Deus alimenta a vida e o seu próprio corpo. Dá uma boa saúde e longa vida. Mas, o homem que inveja a felicidade e a prosperidade dos outros, é presa da sua própria alma, e não apenas desperdiça sua carne, mas enfraquece e consome as partes mais fortes de seu corpo, os seus ossos, são como uma "traça" dentro dele.
B. A inveja não é de Deus. Marcos 7:21-23. Nenhum cristão é um filho de Deus, se não está liberto da inveja. A inveja não é de Deus. O cristão que inveja a outra pessoa está imunda e nojenta diante de Deus.
C. Onde há inveja não há amor. I Coríntios 13:4.
Jesus ensinou que a lei se cumpre em sua totalidade, se amarmos o Senhor nosso Deus com todo nosso coração, toda a nossa força, e toda nossa mente. E amar ao nosso próximo como amamos a nós mesmos (Lucas 10:27). A Bíblia também diz que o amor não inveja. Como eu posso chamar a mim mesmo de filho de Deus, se eu invejo o meu próximo?

2. As causas da inveja.

A. Descontrolado desejo de ganho material. Êxodo 20:17
Nas civilizações antigas uma prática comum entre os homens era matar o seu vizinho afim de possuir algo que pertencia à vítima. Isto poderia ser o gado, a riqueza, e provavelmente a mulher do outro homem. A falta de realização material e carnal levava-os a inveja contra os outros.
B. Sentimentos de insegurança e inferioridade. I Samuel 18:7-8. “As mulheres se alegravam e, cantando alternadamente, diziam: Saul feriu os seus milhares, porém Davi, os seus dez milhares. Então, Saul se indignou muito, pois estas palavras lhe desagradaram em extremo; e disse: Dez milhares deram elas a Davi, e a mim somente milhares; na verdade, que lhe falta, senão o reino?"
Saul se sentia inseguro e inferior quando viu que as pessoas receberam Davi como um herói. Davi ganhou graça aos olhos dos cidadãos que Saul não pode conquistar. Isto o intimidava tanto,  que a partir daquele dia ele tentou matar Davi.
C. A ganância por fama
“Porque sabia que por inveja o haviam entregado" (Mateus 27:18).
Jesus era um fariseu também. Ele era um mestre da lei. Mas ele era diferente do outros líderes judeus, Jesus falava com autoridade (Marcos 1:21-28)
Multidões iam após Ele (Marcos 12:37).
Jesus realizou milagres que os outros não fizeram.
Pense! Você se sente inferior, quando você vê os outros mais abençoados do que você? Muitos cristãos estão perseguindo a fama.

3. Como superar?

A. Buscai primeiro o Reino e a justiça de Deus e Ele atenderá às suas necessidades.
B. Nossa segurança não deve derivar de nossos títulos e posições. Deus deve ser a fonte de nossa segurança.
C. Não se compare com os outros. Se alegre com o que você já tem.

Conclusão: Eis um dos sentimentos mais torpes e difíceis de serem eliminados da alma humana. Trata-se de um dos vícios que mais causa sofrimento à humanidade. Mas hoje Deus quer te tornar livre desse mal. Abra seu coração para Deus.

Chamar as pessoas à frente para receberem oração.

Pr. Aldenir Araújo