Se os Mortos Pudessem Falar

Se os Mortos Pudessem Falar
Texto: Lucas 16:19-31

Introdução:

1. Jesus acabara de contar aos seus discípulos uma parábola que ilustrava como devemos usar nossos recursos e quem realmente os possui.

a. Use seus recursos para o benefício espiritual e temporal dos outros.

b. As riquezas verdadeiras são confiadas àqueles que fazem uso correto das riquezas temporais. V. 11

c. Devemos ser fiéis no uso do que pertence a Deus - somos apenas mordomos. V. 12

d. Não podemos servir a Deus e viver egoisticamente ao mesmo tempo. V. 13

2. A passagem que acabamos de ler era para os ouvidos dos “fariseus, que eram gananciosos, ouviam todas essas coisas e zombavam dele”. V. 14

3. Nos versículos 15-18, Jesus confrontou os fariseus em duas áreas.

a. Sua tendência a avaliar a si mesmos e aos outros com base em evidências externas.

• Evidencias externas nem sempre revelam o caráter ou relacionamento de uma pessoa com Deus.

• Os fariseus consideravam o rico na história que Jesus contava como uma pessoa a quem Deus se agradava, e viam Lázaro como pecador.

b. Sua visão equivocada do casamento. Hebreus 13:4 “Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará”

4. É importante lembrar que:

a. Lázaro não estava no Paraíso porque era pobre, mas pelo fato de ele, como Abraão, ter crido em Deus e ser considerado justo.

b. O homem rico não estava no Hades porque era rico, mas porque não creu em Deus e, portanto, era injusto.

5. Eventualmente ambos os homens morreram.

a. Quando Lázaro morreu, seu corpo foi provavelmente jogado no aterro fora de Jerusalém, mas ele foi escoltado por anjos para a presença de Abraão no Paraíso.

b. O homem rico morreu e teve um grande funeral, mas no Hades, o lugar dos mortos, ele se viu em tormento.

NOTA: Embora ambos os homens tenham morrido, a morte só afetou seus corpos. Eles não entraram em um período de sono da alma como alguns ensinam.

6. Hades, o lugar dos mortos, foi dividido em duas áreas.

a. Paraíso, onde os salvos foram para aguardar a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo, agora vazio. 

NOTA: Jesus disse ao ladrão arrependido na cruz: “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” Lucas 23:43

b. O lugar do tormento onde os incrédulos aguardam o Julgamento do Grande Trono Branco descrito em Apocalipse 20:11-15.

7. Não há indicação de que Lázaro tivesse algum interesse em se comunicar com esse mundo.

8. Há todas as indicações de que o homem rico queria encontrar uma maneira de se comunicar com seus amigos e familiares. (Você pode imaginar estar no inferno sabendo que sua família e amigos seguirão em breve?)

9. O que o rico teria a dizer se pudesse falar com seus entes queridos e amigos?

I. Eu Estava Errado.

A. Sobre o que é realmente importante na vida.

B. Sobre a quem minhas riquezas realmente pertencia e como eu escolhi usá-las.

C. Sobre o meu relacionamento com Deus porque eu aceitei a teologia do homem em vez da verdade de Deus.

D. Sobre Lázaro. (A quem Deus ajuda)

II. Não Queira Vir Para cá.

A. Onde seu grito de misericórdia não será ouvido.

B. Onde seus apetites continuarão, mas nunca serão satisfeitos.

C. Onde seu destino eterno está selado.

D. Onde você vai se lembrar por toda a eternidade.

E. Onde você vai orar por aqueles que ama e não será ouvido.

III. Creia e Responda à Palavra de Deus.

A. O homem rico tinha certeza de que, se Lázaro pudesse voltar dos mortos, seus cinco irmãos acreditariam nele.

B. Abraão respondeu que aqueles que não crerem na Palavra de Deus não crerão com base em algum evento milagroso.

1. Romanos 1:14-16

2. 1 Coríntios 1:18-25

3. Os sinais e milagres que Jesus realizou durante o seu ministério primitivo não influenciaram os seus inimigos.

IV. Os Crentes Oram e Trabalham Pela Salvação de Pessoas Perdidas.

A. Se pudéssemos ouvir essas vozes no tormento, ouviríamos:

1. “Por favor, procurem, orem e testemunhem para meus filhos, meus irmãos e irmãs, minha mãe, meu pai, meus amigos”

2. “Por favor, avise-os para que não venham para este lugar de tormento.

3. “Tudo o que a Bíblia diz sobre esse lugar é verdadeiro.

Conclusão e Aplicação:

1. O homem não pode servir a dois senhores. Se ele conquista o mundo e perde sua alma, sua perda será eterna.

2. A escolha feita na terra determina a vida por vir, e essa escolha é final. A sepultura não pode fazer milagres.

3. No futuro, a personalidade continua sentindo, conhecendo, vendo, raciocinando e lembrando. São essas faculdades para ajudar nossa felicidade ou aumentar nosso tormento?

4. O céu e o inferno são realidades, e nosso destino eterno depende, não de riqueza ou pobreza, mas de nosso relacionamento com Jesus Cristo, que veio como profetizado por Moisés e pelos profetas como o Salvador do mundo.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.