O Projeto e Propósito da Pregação

O Projeto e Propósito da Pregação
Deus tem um propósito para tudo. A Bíblia diz em Provérbios 19:21, "Muitos são os planos no coração do homem; mas o desígnio do Senhor, esse prevalecerá". Deus tem um propósito específico para a pregação, e Seu propósito é muito mais importante do que o seu propósito ou o meu propósito de pregar.

Se o propósito da pregação não é claro para o pregador, não será para os ouvintes! Charles Swindoll disse: "Se há uma névoa no púlpito, há um nevoeiro no banco!". Sem um propósito claro, a pregação é um mau uso da Bíblia, uma perda de tempo para o povo e uma frustração para o pregador.

Todo pregador deve ter uma teologia sólida da pregação para que entendamos porque estamos fazendo o que estamos fazendo. E uma teologia sólida da pregação sempre começa com os propósitos de Deus para o homem, para a Bíblia e para a pregação.

I. O Que é Uma Boa Pregação?

A. Uma boa pregação não é:
1. Um desfile do conhecimento de alguém.
2. Uma vitrine de sua capacidade de falar.
3. Uma exibição de moda.
4. Um esforço para construir um seguimento pessoal.

B. Uma boa pregação é:
1. É centrada na Bíblia. (2 Timóteo 3:16; 4:1-2; 1 Coríntios 2:2)
2. Harmoniza com a verdade. (Gálatas 1:6-7)
3. É simples (Marcos 12:37)
4. Revela o horror do pecado. (Romanos 7:7,13)
5. Revela o amor de Deus através de Cristo. (João 3:16; Romanos 5:8)
6. É bem arredondada. (Atos 20:20, 26-27; 31-32, 35)
7. Realiza seus propósitos pretendidos.
a. Levar pessoas a Cristo para que possam ser salvas. (João 6:44-45)
b. Fazer com que os cristãos cresçam espiritualmente. (1 Pedro 2:1-2; Hebreus 5:12-14)
c. Manter os cristãos salvos. (Tiago 1:21; 1 Coríntios 15:1, 2)

II. Alguns Exemplos de Boa Pregação

A. O apóstolo Paulo
1. Ele se considerava um devedor. (Romanos 1:14-17)
2. Ele tinha respeito pelo evangelho. (1 Coríntios 1:17; Romanos 1:16)
3. Ele era honesto e sincero. (2 Coríntios 4:1-7; Gálatas 4:16)
4. Ele declarou aquilo que era proveitoso. (Atos 20:18-35)
5. Sua mensagem foi limitada. (1 Coríntios 2:1-5; Filipenses 2:5)
6. Ele não recuou diante daqueles que ensinavam contrariamente à doutrina de Cristo. (Romanos 16:17-18)

B. Jesus, o professor mestre.
1. Ele estava preparado para ensinar - Ele conhecia a lei. (Mateus 12:3-8; Lucas 4:16-21)
2. Ele possuía as características próprias que um pregador deveria ter. Ele era:
a. Franco e sincero. (Mateus 5-7; Lucas 13:1-5; Marcos 8: 31-38; João 15:1-5)
b. Alegre e enérgico. (Mateus 14:16; 15:32)
c. Otimista. (Mateus 10:17-26; 24:1-51; Lucas 17:20-37)
d. Tinha tato e engenhoso. (João 8:1-11; 4:4-26)
e. Puro na mente e no corpo. (Mateus 5:22, 28, 34; 7:12)
f. Simpático e gentil. (João 11:35; Marcos 7:31-37; Mateus 19:13-15)
g. Aquele que amava a humanidade. (João 13:34; Gálatas 2:20; 1 João 3:16)
h. Mente espiritual e consagrada. (Lucas 2:40, 49)
i. Paciente e de oração. (João 6:15; Mateus 27:14; 14:23; 26:36; Marcos 1:35; 6:46; Lucas 6:12; 9:28; 22:32; João 17:9)
j. Indignado com o pecado. (Mat. 23; 21:13; Marcos 11:17)
3. Ele tinha atitudes apropriadas para com os ouvintes. Ele:
a. Amou-os. (João 11:35-36)
b. Reprovou-os. (Lucas 9:37-43)
c. Se associou a eles. (Mateus 9:9-13)
d. ansiava por eles. (Mateus 23:37-39)

III. Algumas Chaves Para Uma Boa Pregação

A. Bom estudo e preparação.
1. Ideias básicas para um bom estudo.
a. Observação: O que a passagem diz?
b. Interpretação: o que significa a passagem?
c. Aplicação: Como a passagem se relaciona comigo?
d. Comunicação: Como eu relaciono o significado da passagem para os outros?
2. Dez regras para um bom estudo.
a. Aceite a Bíblia como a palavra de Deus.
b. Espere aprender e entender.
c. Ame a verdade e desejo de conhecer e fazer isso.
d. Seja mente aberta. Mostre o motivo certo.
e. Seja diligente e metódico.
f. Respeite as divisões da Bíblia.
g. Considere o contexto.
h. Reúna todas as instruções sobre um determinado assunto.
i. Lembre-se de orar.
j. Não vá à palavra para provar uma conclusão. Deixe que ela te ensine.
3. Algumas ajudas para o seu estudo.
a. Várias versões da Bíblia.
b. Concordâncias, dicionários, estudos bíblicos de palavras.
c. Comentários e trabalhos de referência.
d. Estudos tópicos.
e. Estudos de evidências.

B. Boa apresentação.
1. Algumas sugestões práticas
a. Esposa ao marido: “Abotoe o seu paletó para que sua barriga não seja a parte mais proeminente do seu sermão”
b. "X-Y-Z." (Examine seu zíper)
2. Algumas sugestões reais.
a. Tenha a atitude certa. (2 Timóteo 2:14,16-18, 21-26)
b. Tenha os motivos certos. (1 Timóteo 3:5)
c. Tenha persistência e paciência. (2 Timóteo 4:1-5)
d. Comece a lição corretamente.
e. Apresente a Bíblia como a palavra de Deus. (2 Pedro 1:16-21)
f. Ensine a verdade através da verdade já conhecida, ou seja, explicar o novo e desconhecido pelo familiar e conhecido.
g. Faça sua conclusão pessoal e decisiva. (Atos 26:29)

C. Vida santa.
1. Como um mensageiro da palavra de Deus, você deve estar vivendo de acordo com a Sua vontade.
2. Duas coisas que um pregador deve sempre considerar são encontradas em 1 Timóteo 4:16.
a. Ele deve ter cuidado de si mesmo. Se não, sua atitude e conduta podem reprovar completamente o que ele está pregando.
b. Ele deve prestar atenção ao seu ensino. Ele deve ensinar a verdade.
3. O pregador deve ser “um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza” (1 Timóteo 4:12).

Conclusão: Para que sua pregação seja eficaz, tenha sinceridade na apresentação, clareza na linguagem, adequação do material, simplicidade da lição e brevidade do sermão.

Gostou Desse Esboço? Olha a Novidade Que Tenho Para Você!

Eu preparei um E-book Com 365 Esboços de Sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! CLIQUE AQUI para adquirir seu livro.

O Projeto e Propósito da Pregação O Projeto e Propósito da Pregação Reviewed by Aldenir Araújo on maio 31, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.