Doce hora de oração: Louvor

Doce hora de oração: Louvor
Texto: Mateus 6:9-13

Introdução: Há uma série de orações de Jesus registradas nas Escrituras, mas apenas uma vez Ele disse: "Portanto, orai vós deste modo”. Jesus deixou seus discípulos com apenas uma oração como um exemplo sobre a qual basear suas orações.

As primeiras palavras desta importante oração proporcionam ao crente um fundamento bíblico para o início da oração; com um momento de louvor. "Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome". Santificado é da mesma raiz da palavra “santo” e “santificar”. Significa separado para um propósito. Portanto, o nosso momento de oração deve incluir nos primeiros momentos algum tempo dedicado para o nome de Deus como o objeto de nossa adoração. Durante esses momentos o nosso único objetivo deve ser o de glorificar a Deus com nossas palavras. Salmo 50:23a, "Aquele que oferece por sacrifício ações de graças me glorifica...". Assim, os primeiros momentos do nosso "relógio de oração" deve ser louvor.

I. O que é louvor?

A. É adoração vocal a Deus.
1. A adoração é o ato de render honra divina, estima e amor.
2. É derivado da expressão antiga que significa "aplicar a mão a boca" ou "beijar a mão".
3. Em alguns países, o beijo na mão ainda é um símbolo de profundo respeito e submissão.
B. O ato de adoração vocal é importante porque implica que reconhecemos a Deus como Deus.
1. Salmo 63:3: "Porquanto a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão"
2. Somente o louvor coloca Deus em sua devida posição logo no início da nossa oração.
3. Ao louva-lo, declaramos Sua soberania e reconhecemos sua natureza e poder.
C. O louvor é importante porque é altruísta.
1. A adoração a Deus exige que o nosso foco seja deslocado de nós mesmos para Deus.
2. Muitas vezes vamos para a oração com apenas pensamentos sobre o que queremos e o que precisamos mesmo quando estamos orando para os outros!
3. O louvor muda nossos pensamentos de "Deus, eu quero" para "Deus tu és".
D. O louvor é importante porque nos conduz a presença de Deus.
1. Nota: 2 Crônicas 5:13-14 “E aconteceu que, quando eles uniformemente tocavam as trombetas, e cantavam, para fazerem ouvir uma só voz, bendizendo e louvando ao Senhor; e levantando eles a voz com trombetas, címbalos, e outros instrumentos musicais, e louvando ao Senhor, dizendo: Porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre, então a casa se encheu de uma nuvem, a saber, a casa do Senhor; E os sacerdotes não podiam permanecer em pé, para ministrar, por causa da nuvem; porque a glória do Senhor encheu a casa de Deus”.
2. O contexto destes versos diz respeito à dedicação do templo de Salomão.
3. Quando o templo foi concluído, Salomão trouxe todas as várias peças de mobiliário, incluindo a arca da aliança, mas ainda faltava algo! A presença de Deus!
4. No entanto, quando eles começaram a cantar louvores a Deus a presença do Senhor encheu o lugar!
5. Salmo 22:3: "Porém tu és santo, tu que habitas entre os louvores de Israel"

II. Como louvar a Deus em oração.

A. Louve a Deus por seu nome.
1. Salmo 115:1, "Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade"
2. Em todo o Antigo Testamento nos é dado vários nomes de Deus que apontam para algum atributo ou caráter.
3. No Novo Testamento, vemos que o seu nome é o Senhor Jesus Cristo.
B. Louve a Deus por Sua justiça.
1. Salmo 35:28: "E assim a minha língua falará da tua justiça e do teu louvor todo o dia”
2. A palavra "justiça" significa cumprir o padrão do que é certo e justo.
3. Deus faz mais do que cumprir certos padrões ... Ele é o padrão!
C. Louve a Deus por Sua infinita criação.
1. O Salmo 150:2: "Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza"
2. Isso significa que não há limite para o nosso louvor a Ele.
3. Nosso louvor pode ser algo diferente a cada vez que oramos!
D. Louve a Deus por Sua Palavra.
1. Salmo 56:10, "Em Deus louvarei a sua palavra; no Senhor louvarei a sua palavra"
2. Um excelente esboço para louvar a Deus por Sua palavra é encontrado no Salmo 19:7-9
3. Nós glorificamos a Deus e Sua Palavra, quando usamos a sua palavra para louvá-Lo!

Conclusão: As possibilidades de louvor se estendem além dos limites da nossa imaginação. Porque Deus não tem limite, o nosso louvor é ilimitado. Precisamos ter cuidado para não ser apressados e correr o tempo de louvor em nossas orações. Precisamos permitir que Deus revele novos temas de adoração enquanto nós o louvamos.

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!