Enfrentando o impossível

Enfrentando o impossívelTexto: Êxodo 14:9-14
Introdução: Quais são as situações impossíveis que você está enfrentando hoje? Eu tenho uma boa notícia para você meu amigo: Você não precisa entrar em pânico! Você não tem que desistir! Você não tem que fechar os olhos para ignorar o problema e fingir que eles não existem!
Vamos ler o nosso texto de hoje. Êxodo 14:9-14
9 E os egípcios perseguiram-nos, todos os cavalos e carros de Faraó, e os seus cavaleiros, e o seu exército e alcançaram-nos acampados junto ao mar, perto de Pi-Hairote, diante de Baal-Zefom.
10 E, chegando Faraó, os filhos de Israel levantaram seus olhos, e eis que os egípcios vinham atrás deles, e temeram muito; então, os filhos de Israel clamaram ao SENHOR. 11 E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no Egito, para nos tirares de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos fizeste isto, que nos tens tirado do Egito? 12 Não é esta a palavra que te temos falado no Egito, dizendo: Deixa-nos, que sirvamos aos egípcios? Pois que melhor nos fora servir aos egípcios do que morrermos no deserto. 13 Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais vereis para sempre. 14 O SENHOR pelejará por vós, e vos calareis.[post_ad]Na leitura do texto, encontramos o povo de Deus enfrentando uma situação impossível. Em sua volta estão os inimigos marchando para levá-los. À sua esquerda e direita estão torre de rochas e deserto quando em sua frente o Mar Vermelho. Eles estão literalmente cercados por grandes problemas e eles têm pouco tempo para pensar e encontrar a solução para sua fuga.

Especialista em gestão de risco pode dar algumas sugestões:
1. Levante a bandeira da rendição antes que o inimigo possa matar todos
2. Tenha chances, rapidamente mobilizando o povo para lutar contra o inimigo.
3. Atrasar a sua captura, escondendo-se nas rochas ou correndo no deserto.

No entanto, Deus através de Seu profeta Moisés deu a solução tríplice e é completamente diferente do ponto de vista humano. Moisés fala a palavra de Deus ao povo:
Êxodo 14:13-14 - 13 Moisés, porém, disse ao povo: Não temais; estai quietos e vede o livramento do SENHOR, que hoje vos fará; porque aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais vereis para sempre. 14 O SENHOR pelejará por vós, e vos calareis.

A tríplice fórmula de Deus para enfrentar o impossível:
I. Não tenha medo - (Não há necessidade de render-se)
II. Fique parado - (Não há necessidade de lutar)
III. Veja a salvação do Senhor (Não há necessidade de esconder)

Nós todos sabemos que não é uma coisa fácil relaxar em face do perigo; não parece prático não fazer nada em tempo de aflição ou esperar que algo bom aconteça quando tudo o que você pode ver é escuridão em toda parte.

Meu amigo,
1. Você não pode superar o seu medo, a menos que você leve o problema a Deus em oração.
2. Você não pode ficar parado e manter sua paz a menos que você aprenda a confiar plenamente no poder de Deus.
3. Você não consegue visualizar a salvação do Senhor a menos que você mergulhe em louvor e adoração.

Estas são as 3 coisas importantes: o segredo para que você possa fazer o que Moisés ordenou ao povo de Deus. Sim, você precisa dessas três importantes armas para vencer o impossível.
• Oração
• Poder de Deus
• Louvor e adoração

Quando a situação impossível atingiu o povo de Deus, o profeta de Deus revelou as coisas específicas para fazer.
I. Não entrem em pânico, mas leve o problema a Deus em oração ("Não tenha medo").
II. Não resolva o problema por si mesmo, mas confia no poder de Deus. (“Ficai parados”)
III. Não se queixe, mas visualize a vitória através do louvor e adoração. ("Vede a salvação do Senhor")

Orar, confiar no poder de Deus, Louvar e adorá-Lo. Estas são coisas simples de fazer. Mas estas coisas são provadas funcionar para resolver as situações mais complicadas na vida?
Para responder a esta pergunta, vamos colocar essas três armas em uma verdadeira prova de fogo para a vida. Vamos usar o perigo nacional que Israel enfrentou durante o reinado de Josafá.

O perigo nacional: II Crônicas 20:1-2
1 E sucedeu que, depois disso, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e, com eles, alguns outros dos amonitas vieram à peleja contra Josafá. 2 Então, vieram alguns que deram aviso a Josafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi.

No texto que ora lemos, encontramos mais uma vez Israel em perigo nacional. Eles estão realmente enfrentando três grupos diferentes de pessoas: os moabitas, os amonitas e os meunitas. Aqui vamos ver se a arma Trina que mencionamos acima vai funcionar com eles.

Enfrentando o impossível: eles usaram a arma da oração: II Crônicas 20: 3-6;12-13
3 Então, Josafá temeu e pôs-se a buscar o SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá. 4 E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá vieram para buscarem o SENHOR.
5 E pôs-se Josafá em pé na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do SENHOR, diante do pátio novo. 6 E disse: Ah! SENHOR, Deus de nossos pais, porventura, não és tu Deus nos céus? Pois tu és dominador sobre todos os reinos das gentes, e na tua mão há força e poder, e não há quem te possa resistir.
12 Ah! Deus nosso, porventura, não os julgarás? Porque em nós não há força perante esta grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti. 13 E todo o Judá estava em pé perante o SENHOR, como também as suas crianças, as suas mulheres e os seus filhos.

Enfrentando o impossível: eles ficaram parados e confiaram no poder de Deus. II Crônicas 20:14-17
14 Então, veio o Espírito do SENHOR, no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaías, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe, 15 e Jaaziel disse: Dai ouvidos todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá. Assim o SENHOR vos diz: Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, senão de Deus. 16 Amanhã, descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel. 17 Nesta peleja, não tereis de pelejar; parai, estai em pé e vede a salvação do SENHOR para convosco, ó Judá e Jerusalém; não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR será convosco.

Enfrentando o impossível: eles louvaram e adoraram a Deus. II Crônicas 20:18-21
18 Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém se lançaram perante o SENHOR, adorando o SENHOR. 19 E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos filhos dos coraítas, para louvarem o SENHOR, Deus de Israel, com voz muito alta. 20 E, pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, saindo eles, pôs-se em pé Josafá e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis. 21 E aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem a majestade santa, saindo diante dos armados e dizendo: Louvai o SENHOR, porque a sua benignidade dura para sempre.

O vale de bênção: o resultado da oração, do poder de Deus e o louvor. II Crônicas 20:22-27
22 E, ao tempo em que começaram com júbilo e louvor, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá e foram desbaratados. 23 Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores das montanhas de Seir, para os destruir e exterminar; e, acabando eles com os moradores de Seir, ajudaram uns aos outros a destruir-se. 24 Entretanto, chegou Judá à atalaia do deserto; e olharam para a multidão, e eis que eram corpos mortos, que jaziam em terra, e nenhum escapou. 25 E vieram Josafá e o seu povo para saquear os despojos e acharam neles fazenda e cadáveres em abundância, como também objectos preciosos; e tomaram para si tanto, que não podiam levar mais; três dias saquearam o despojo, porque era muito.
26 E, ao quarto dia, se ajuntaram no vale de Beraca, porque ali louvaram o SENHOR; por isso, chamaram àquele lugar vale de Beraca, até ao dia de hoje. 27 Então, voltaram todos os homens de Judá e de Jerusalém, e Josafá, à frente deles, para irem a Jerusalém com alegria, porque o SENHOR os alegrara acerca dos seus inimigos.

Você pode usar as armas que Deus nos deu para enfrentar o impossível. Oração! Fé no poder de Deus! Louvor e adoração!

Conclusão: Da próxima vez que enfrentar o impossível, você sabe o que fazer:
I. Não entre em pânico, mas leve o problema a Deus em oração ("Não tenha medo").
I.I. Não resolva o problema por si mesmo, mas confia no poder de Deus. (“Ficai parados”)
III. Não se queixe, mas visualize a vitória através do louvor e adoração. ("Vede a salvação do Senhor")

Deus nos deu a garantia da sua palavra:
Jeremias 32:27 "Eis que eu sou o SENHOR, o Deus de toda a carne. Acaso, seria qualquer coisa maravilhosa demais para mim?”
Lucas 18:27 "...As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus"
Lucas 1:37 "Porque para Deus nada é impossível"

Pr. Aldenir Araújo 

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!