Tempos de desespero pedem medidas desesperadas
Texto: II Crônicas 15:1-15
Introdução: O reino do sul de Judá e Benjamin desde muito tempo estava seguindo os falsos deuses e ignorando a sua relação com o único e verdadeiro Deus (v. 3).
Nós encontramos no versículo 4, que em sua angústia no entanto, eles se converteram ao Senhor. Os tempos eram desesperados para eles (v. 5 e 6). E nestes tempos de desespero, medidas desesperadas são necessárias para endireitar o barco.
Para alguns de nós, pode haver momentos em que a nossa caminhada cristã, se torna um tanto desalentadora. Quando isso acontece temos de fazer mudanças e talvez até tomar medidas desesperadas para obter a relação de volta aos trilhos.[post_ad]O que temos aqui nesta história de Asa, são medidas desesperadas que eles tomaram para voltar a intimidade com Deus.

Há várias coisas que Asa e os reinos do sul de Judá e Benjamin fizeram para restaurar uma relação correta com Deus.
1. Eles removeram os ídolos. (v. 8)
a. isto representa as tentações que estamos nos associando.

2. Eles repararam o altar. (v. 8)
a. Precisamos voltar a uma vida de oração constante e dependência de Deus.

3. Eles estavam juntos. (v. 10)
a. A vida da igreja consistente é importante

4. Eles ofereceram sacrifícios. (v. 11)
a. Romanos 12:1 - O serviço para o Senhor nos mantém ocupados com a obra de Deus e fora da porta tentações.

5. Restabeleceram a aliança com o Senhor. (v. 12)
a. Voltar ao lugar em que você dedicou a sua vida a Deus e lembrar o primeiro trabalho da graça de Deus em sua vida.

6. Aboliram o compromisso com o pecado. (v. 13)

7. Reafirmaram o compromisso e buscaram a Deus ansiosamente (v. 14 e 15)
a. Buscar ao senhor precisa ser uma disciplina. São necessários 28 dias para formar um hábito.
b. Quando você buscar a Deus, Ele vai ser encontrado!

Conclusão: Como resultado, o reino teve descanso e paz de todos os lados. Nosso desejo é que nosso relacionamento com Deus seja tão forte que tenhamos esse tipo de descanso.
Como está o seu relacionamento com Deus ultimamente? Se estiver fora dos trilhos, então a história de Asa, pode ajudá-lo a voltar ao lugar onde você precisa estar.
 
Pr. Aldenir Araújo