Porque a santidade é tão importante?

Porque a santidade é tão importante?
Texto: Hebreus 12:14 
Introdução: A pergunta é feita hoje por muitas pessoas, "Porque a santidade é tão importante?"
Por que falamos de santidade e santificação?

Muitos se tornaram desiludidos com o tema santidade e começaram a pensar que isto é algo inventado por homens. Infelizmente, muitos pararam completamente de alcançar e ensinar a santidade como necessidade, mas apenas como uma boa opção. Muitos hoje pregam e ensinam a santidade como uma boa opção ou um sonho que você poderia tentar obter nesta vida, mas você nunca vai alcançar; então porque se preocupar?
Eu gostaria de apresentar a você três razões porque eu acredito que a santidade é tão importante.

1. Porque Cristo morreu por ela. Hebreus 13:12

[post_ad]- Jesus Cristo sofreu e derramou seu próprio sangue na cruz para que possamos ser santificados! - Ele não apenas morreu para que nós pudéssemos ser salvos de nossos pecados cometidos, mas ele morreu para que possamos estar livres de qualquer pecado. Ele sofreu, para santificar o povo.
- Ao rejeitar a santidade, estamos na verdade rejeitando a sua morte na cruz.
- Santidade é importante porque Cristo morreu por ela. I Tessalonicenses 4:3 afirma que a vontade de Deus é a santificação. Neste processo, o trabalho da terceira pessoa da trindade é evidente. Sem o Espírito Santo, não podemos conhecê-Lo como Deus.
- Até que sejamos cheios do Espírito Santo e completamente santificados não somos tudo o que Cristo quer que sejamos. Jesus Cristo morreu para nossa santificação e esta é a primeira razão pela qual é tão importante

2. Porque a natureza carnal nos domina sem ela. Romanos 7:20-24

- Paulo escreveu estes versos descrevendo sua batalha para cumprir toda a lei do Velho Testamento. - No entanto, ele reconheceu a natureza do pecado em seu coração e lutou com ela para tentar superá-la.
- Então, hoje muitos se amarram neste capítulo de Romanos, mas não conseguem terminar o capítulo e ler o próximo.
- Paulo lutou com a natureza do pecado que estava levando-o a fazer coisas que ele não queria fazer, mas com a natureza pura de pecado em seu coração ele não poderia vencer o pecado completamente. Mas no próximo capítulo ele conta a história de como ele foi salvo. V. 1-6 (leia!).
- Devemos ser salvos da natureza do pecado em nossos corações. A absoluta necessidade da habitação do Espírito de Deus é demonstrada pelo agricultor. 
A pulverização nunca atinge os parasitas que atacam a árvore, se o agricultor não fizer alguns furos no tronco da árvore, injetar soluções químicas que se misturam com a seiva e circulam através de todos os ramos e folhas. Assim a velha árvore estará absolutamente salva de seus inimigos. 
Não é exatamente este o trabalho do Espírito Santo na vida dos crentes - habitá-los de modo a torná-los a salvo de seus inimigos? Seu ministério é muito parecido com o do antisséptico. Para ser eficaz o antisséptico deve entrar em contato direto com a putrefação da carne.
- Cremos que é privilégio de todos os crentes serem santificados, e que seu espírito, alma e corpo podem ser conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
- Deve ser permitido ao Espírito Santo o acesso direto aos pecados mais íntimos e secretos do crente; se assim for haverá bênção espiritual real.
- A segunda razão pela qual a santidade é tão importante é porque nossa natureza carnal deve ser removida porque ele vai nos levar ao pecado se não for eliminada. Santidade é importante porque elimina a natureza do pecado do nosso coração.

3. Porque a nossa casa celestial exige. Hebreus 12:14

- Se você deseja fazer do céu a sua casa um dia você deve ser santificado.
- Santidade nos prepara para o céu.
Nenhum pecado pode ser permitido no céu porque o céu é lugar sagrado que não pode tolerar nenhum pecado. Isso inclui a natureza do pecado em nossos corações.
- Se não estamos salvos da natureza pecaminosa; o trabalho não está completo em nossos corações. Se Deus não pode completamente nos purificar de todo pecado, isso implicaria que Deus não pode completamente derrotar o poder do pecado.
- Graças a Deus, que ele conquistou o poder do pecado, e deu plena salvação aos que a desejarem. Ele sofreu fora da porta para que possamos ser santificados e fazer do céu nossa casa um dia. 

Conclusão: Não devemos negligenciar o único meio de abrir essa porta, e aceitar aquele que sofreu fora da porta para nos santificar. O céu exige que sejamos santos, a fim de ir lá um dia e é por isso que a santidade é tão importante. 

Ninguém vai chegar ao céu sem ser santo.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Nenhum comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!