O segredo do poder da decisãoTexto: Josué 24:15

Introdução: Muitas vezes tomamos decisões de modo impensado ou por influências desastrosas, e os resultados sempre são prejudiciais.
Para se tomar decisões corretas existem uns três segredos que eu quero compartilhar com vocês.
E esse segredo vai nos responder algumas perguntas dos fracassos obtidas em nossas decisões:
Por que não conseguimos ir adiante às decisões tomadas em nossa vida?
Por que não conseguimos colocar em prática um milímetro se quer daquilo que decidimos?
Por que decidimos mudar nosso modo de viver e não conseguimos?
Por que decidimos servir a Deus com mais intensidade e não conseguimos?
[post_ad]
Por que somos impactados pela palavra de Deus e choramos, firmamos propósitos, mas quando passa aquele momento continuamos a mesma coisa?

Proposição: Tomar decisão é próprio de um ser humano.

Interrogativa: Qual o segredo do poder da decisão?

Transição: Quero te ajudar nessa noite a responder essas perguntas e ti ajudar a ampliar a sua visão no momento de tomar uma decisão.

I. Quais as razões do fracasso em nossas decisões?

1. Seguir a opinião da maioria.
2. Se basear numa vontade momentânea.
a. Ter base somente em nossos sentimentos: sentimentos é um estado afetivo complexo que é a mistura de elementos emotivos e imaginários. E esse sentimento pode ser de natureza intelectual, moral ou afetivo.
3. Passar a nossa responsabilidade para outro.
4. Achar que Deus deve decidir todas as coisas.

II. Existem alguns elementos indispensável para observarmos na hora de tomarmos uma decisão.

1. O primeiro elemento é nosso pensamento.
a. Pensamento é o processo mental que se concentra nas ideias. É o poder, dado ao homem, de formular conceitos.
2. O outro elemento é a fé.
3. É preciso ter firmeza na decisão.
a. A decisão tem que ser tomada sem dúvida, com convicção.
A oração é outro importante elemento.

III. O segredo do poder da decisão.

1. A decisão é de caráter pessoal. Somos nós que devemos decidir;
a. Podemos até pedir conselhos, orientação, receber influência de outras pessoas, mas a decisão tem que ser tomada por cada um de nós.
b. Toda decisão tem um preço a ser pago, por menor que seja isso é uma realidade.
c. Toda decisão tem em si uma glória para ser desfrutada, por menor que seja esta glória.

Conclusão: Cada um de nós precisamos ter a consciência de que no decorrer de nossa vida é preciso tomar decisões. Umas mais simples, e outras mais serias porém cada uma tem o seu grau de importância.

Não podemos já mais esquecer que Deus pode atuar de maneira poderosa através das nossas decisões.

JCarlos