Seis advertências de Isaías

Seis advertências de IsaíasTexto: Isaías 5:8-23

Introdução:
1. As semelhanças entre Israel e Judá no século VIII A.C., e nossa nação hoje.
a. Em sua prosperidade material Israel e Judá se esqueceram de Deus e caíram em corrupção e decadência. Eles acabaram creditando a sua prosperidade aos seus muitos deuses falsos.
b. O que resultou na corrupção política desenfreada, a decadência social, moral e privação.
2. O cenário acima eventualmente trouxe o julgamento de Deus sobre a nação.
3. Isaías 5:8-23 contém seis advertências, ou avisos.
[post_ad]

I. Ai do avarento - 5:8-10.

A. O pecado dos proprietários da terra gananciosos.
1. Seu pecado foi não a ambição, mas a ambição egoísta.
2. Proprietários ricos que compravam ou adquiriam terras que pertenciam as pessoas que tinham menos poder aquisitivo. Os proprietários originais acabavam sendo preteridos.
3. Isaías revelou o que estava por vir. As casas seriam desoladas, vazias. A terra se tornaria improdutiva. Observe 26:20 Levítico, Deuteronômio 28:16-19.
B. Nós temos sido avisados do pecado da avareza.
1. Considerar a resposta de Jesus quando ele foi convidado a se envolver em uma disputa entre um homem e seu irmão sobre a sua herança - Lucas 12:15. “E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza, porque a vida de qualquer não consiste na abundancia do que possui”.
2. Como cristãos, não devemos nunca possuir um desejo de bens materiais que nos leve a tirar vantagem sobre os outros - Provérbios 22:16. “O que oprime o pobre para se engrandecer a si ou o que dá ao rico, certamente, empobrecerá”.
3. Nenhuma pessoa avarenta (idólatra) tem qualquer herança no reino de Deus - Efésios 5:5.

II. Ai do carnal - 5:11-17.

A. O álcool mencionado como exemplo específico.
1. O álcool promete prazer para aqueles que participam, mas não oferece nada além de prazer - Provérbios 23:29-32.
2. "Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro..." - Habacuque 2:15.
3. Mas pode haver esperança para os envolvidos - I Coríntios 6:9-11 (note o pretérito).
B. As lições ensinadas por Isaías podem ser aplicadas a todos aqueles que hoje possuem um enorme desejo de satisfazer os seus desejos.
1. Nossos corpos, sendo o templo de Deus, não podem ser contaminados, mas são para a glória de Deus - I Coríntios 6:19-20.
2. As pessoas que praticam as obras da carne não herdarão o reino de Deus - Gálatas 5:19-21.

III. Ai dos cativos do pecado - 5:18-19.

A. Isaías escreveu a respeito daqueles cujos pecados eram tão numerosos que os seus pecados, teve que ser colocados em um carro e puxado por uma corda.
Estas pessoas estariam eventualmente amarradas pela corda que era usada para puxar a carroça.
1. Salomão escreveu a respeito daqueles que se enredam em seus pecados - Provérbios 5:22-23.
2. As pessoas que são indiferentes ao seu pecado, eventualmente, caem sob o poder do pecado - I Coríntios 6:12.
B. As pessoas da época de Isaías fizeram uma paródia do julgamento de Deus.
1. Sua atitude rebelde contra Deus foi ainda pior do que o emaranhado de seus pecados.
2. Quando Isaías advertiu-os do juízo de Deus eles responderam: "Apresse-se e acabe a sua obra”.

IV. Ai dos que fazem confusão moral - 5:20.

A. As pessoas chamando de bem o mal, e do mal; bem, o que significa que diziam do mal:
"é bom". A mesma condição existe em nossa sociedade hoje. Observe Provérbios 17:15.
1. A sociedade chama de “aborto” a escolha da mulher, a Bíblia chama isso de assassinato.
2. A sociedade chama a homossexualidade de um “estilo de vida alternativo”, mas a Bíblia chama isso de abominação - Levítico 20:13.
3. O ateísmo é chamado de uma parte da "ciência moderna”, a Bíblia chama de tolo - Salmos 14:1
B. São as possíveis razões para a incapacidade de reconhecer o pecado, o que foi nos dias do profeta Isaias; pode ser as mesmas razões porque as pessoas hoje não reconhecem o pecado pelo que ele é.
1. O medo de ofender os outros.
2. Justificar a nós mesmos.
3. Ignorância.
4. Para fazer os outros sentir-se bem, em vez de culpados.
5. Fazer-nos sentir confortáveis com aquilo que nos preocupam.

V. Ai dos que concebem as sua próprias normas - 5:21.

A. O primeiro pecado foi provocado pelo desejo do próprio padrão de certo e errado.
1. Eva comeu da árvore do conhecimento do bem e do mal, quando Satanás disse a ela que se ela comesse, ela seria como Deus, conhecendo o bem e o mal - Gênesis 3:5.
2. Seu pecado, junto com Adão, teve consequências fatais - Gênesis 3:1-5, 22-24.
B. Muitos hoje negam a palavra de Deus e tentam desenvolver as suas próprias normas.
1. Deus espera que os homens discirnam entre o bem e o mal - Hebreus 5:14.
2. Deus espera que aborreçamos o mal e escolhamos o bem - Romanos 12:9.

VI. Ai dos que corrompem a justiça - 5:23.

A. Os que eram incapazes de executar a justiça de forma justa.
1. Justifica as ações dos ímpios
2. Desonrando aqueles que eram justos diante de Deus.
B. Eles eram incapazes de executar a justiça, porque eles tinham aceitado subornos.
1. Eles colocaram um valor maior em dinheiro do que na verdade estava estipulado.
2. Devemos comprar a verdade e não a vender - Provérbios 23:23.

Conclusão:
1. Ai dos avarentos, ai dos carnais, ai dos cativos do pecado, ai dos que fazem confusão moral, ai dos que concebe as suas próprias normas, ai dos que corrompem a justiça.

Pr. Aldenir Araújo 

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!


Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá á  disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Seis advertências de Isaías Seis advertências de Isaías Reviewed by Aldenir Araujo on abril 15, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Tecnologia do Blogger.