Neste capítulo de abertura, João pinta uma imagem de Jesus como "A Palavra de Deus". Há três verdades reveladas nestes versículos sobre Jesus como A Palavra de Deus.

Série: Jesus no Evangelho de João - Jesus: A Palavra de Deus
Texto: João 1:1-15

Introdução: O evangelho de João foi escrito pelo velho apóstolo em cerca de 85 dC. Foi o último dos quatro Evangelhos a serem escritos. Quando o livro foi distribuído entre a comunidade cristã, os outros Evangelhos eram bem conhecidos. As pessoas de todo o mundo já tinham os relatos da vida de Cristo, conforme registrado por Mateus, Marcos e Lucas. Estes três primeiros Evangelhos são chamados de Evangelhos Sinópticos. A palavra "sinóptico" significa "visto junto". Isso significa que os três primeiros Evangelhos contêm muitas das mesmas histórias e ensinamentos, mas contados de um ângulo diferente. No entanto, cada um deles totalmente inspirado pelo Senhor.

O Evangelho de João é diferente! Nas páginas deste livro maravilhoso, vemos um lado de Cristo que os outros escritores evangélicos não tocam. João era parte desse círculo interior abençoado, aquele grupo de discípulos que estavam com Cristo durante alguns de seus momentos mais íntimos. Neste evangelho, João nos dá 21 capítulos que, à medida que cada um se desenrola, apresentam uma nova faceta do caráter divino de Jesus Cristo.

Neste capítulo de abertura, João pinta uma imagem de Jesus como "A Palavra de Deus". Há três verdades reveladas nestes versículos sobre Jesus como A Palavra de Deus.

I. Jesus é a Palavra Preexistente. V. 1-3

A. Ele é a Palavra Constante. V. 1a
1. De acordo com este versículo, Jesus sempre existiu!
2. Ele não veio a existir em Belém, mas Ele esteve aqui durante todos os eternos tempos das eternidades.
3. Eu nasci há cerca de 49 anos, mas Jesus sempre foi, e sempre será!
4. Ele é a constante e imutável Palavra de Deus. (Hebreus 13:8) “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente”.
5. É por isso que podemos depender de Jesus, Ele não nos faltará!
6. Ele nunca vai nos deixar nem nos deixar - Hebreus 13:5.
B. Ele é a Palavra Controversa. V. 1b
1. Quando Jesus veio pregando arrependimento, os homens achavam que Ele era estranho.
2. Quando Ele começou a curar e a fazer milagres, os homens achavam que Ele era um profeta enviado por Deus.
3. Quando Ele falou a Palavra de Deus com poder, os homens achavam que Ele era incrível.
4. Mas quando Jesus reivindicou igualdade com Deus, os homens achavam que Ele era um louco.
5. Foi quando Ele parou de ser uma benção e tornou-se uma controvérsia.
6. Os homens ainda lutam com essas verdades!
a. Eles estão dispostos a aceitar o Cristo humilde, o ensino de Cristo, o Cristo manso, o Cristo Servo e o Cristo morto.
b. Mas eles não querem reconhecer a Jesus como Deus!
c. Mas ele não é apenas um bom mestre; Ele não é apenas outro profeta; Ele é Deus!
C. Ele é a Palavra Criativa. V. 3
1. Este versículo nos diz que Jesus era o poder por trás da criação do universo.
2. Ele falou e aconteceu!
3. Ele ficou à beira do nada e chamou tudo a existência, (Colossenses 1:16-17) “porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas”.
D. Jesus é a Palavra de Deus Preexistente.
1. Ele sempre foi e Ele sempre será!
2. Isso é de grande conforto para o crente!
3. Não importa onde acabemos, ou o que temos de enfrentar à medida que caminhamos por este mundo, podemos ter a certeza de que o pré-existente é, e sempre será, para nós!
4. Ele é a Palavra preexistente do Deus Vivo!

II. Jesus é a Palavra Personalizada

A. A Forma da Sua Encarnação. V. 14a
1. Este versículo nos diz: "E o Verbo [Palavra] se fez carne, e habitou entre nós".
2. Como Deus poderia se tornar um homem?
3. A resposta a esta pergunta está somente na mente de Deus.
4. Uma vez que o próprio Jesus existia desde todas as eternidades passadas, Ele tomou sobre si um manto de carne ali em Belém.
5. Este versículo diz que Deus "habitou" entre nós.
a. Essa palavra é rica em significado.
b. Significa literalmente que Jesus colocou sua tenda aqui entre os mortais.
c. Ele morou entre nós, trabalhou entre nós, orou entre nós, sofreu entre nós e morreu entre nós.
d. Deus caminhou sobre a terra e não foi reconhecido por muitos que entraram em contato com ele.
e. Que tragédia que os homens entraram em contato com o Salvador e ainda assim não o reconheceram.
B. A Majestade da Sua Encarnação. V. 14b
1. "e vimos a sua glória"
2. João realmente viu a glória de Jesus em um sentido muito real.
a. Em Mateus 17, João, juntamente com Tiago e Pedro acompanharam Jesus em um monte.
b. É chamada de Transfiguração, porque Jesus literalmente se transfigurou diante deles para revelar Sua glória.
3. Mas a sua maior glória foi revelada no dia em que Ele se permitiu ser pregado em uma cruz e morreu por nós. (Romanos 5:8) “Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós”.

III. Jesus é a Palavra Proclamadora. V. 18

A. Jesus veio revelar Deus ao homem.
1. A palavra "conhecer" significa "revelar".
2. Tudo o que o Senhor fez foi simplesmente revelar mais da revelação de Deus para o homem.
3. Os homens precisavam ver Deus não apenas como um legislador, mas também como aquele que os amava e se entregaria por eles.
4. Jesus fez isso por Sua vida.
B. Nota: João 1:4-9
1. Ele chegou a um mundo em trevas espirituais e iluminou a luz da verdade de Deus para os homens que vagavam pela escuridão.
2. Esta luz irá realizar uma das duas coisas...
3. Ela fará com que os homens se arrependam de seus pecados e corram para os braços abertos do Senhor.
4. Ou fará com que eles rejeitem a luz e continuem no caminho da escuridão.
5. Uma levará à salvação; a outra levará à condenação! (João 3:36) “Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”.
C. Nota: João 1:10-13
1. Jesus veio proclamar que havia um caminho para ir ao Pai e experimentar a vida eterna.
2. Que resposta triste no versículo 11, "Veio para o que era seu, e os seus não o receberam”.
3. O versículo 12-13 faz claro que todo aquele que ir a Jesus pela fé e o receber no seu coração e vida, experimentará o novo nascimento e entrará na vida eterna.

Conclusão: Existe apenas uma entrada para a vida eterna e essa é através do Filho de Deus. Se você nunca conheceu Jesus e recebeu o perdão de seu pecado, agora é o momento. Jesus está pronto para revelar o Pai para você. Ele espera que você responda a Sua luz para que ele possa dar-lhe a vida dele. Você fará o que precisa fazer hoje e vir a Jesus?

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Aldenir Araujo

Postar Um Comentário:

0 comentário, adcione o seu

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!