O ataque do Diabo

O ataque do DiaboQuando Satanás tentou Jesus no deserto, ele revelou muito das suas melhores táticas. Como cristãos não devemos ser "ignorantes de seus dispositivos", cada sincero filho de Deus deve estar interessado nos seguintes princípios (2 Coríntios 2:11).

O diabo ataca aqueles que estão determinados a fazer o certo. Ninguém pode estar em paz com Deus, sem uma briga com o diabo. Jesus é descrito como uma pessoa que "passou fazendo o bem" (Atos 10:38). Imediatamente antes do relato de sua tentação em Mateus 4:1-11, Jesus deixou claro que Ele estava interessado em cumprir "toda a justiça" (Mateus 3:15). Sempre que uma pessoa escolhe agradar, servir e honrar a Deus, essa pessoa também pode razoavelmente esperar os "dardos inflamados" do diabo (Efésios 6:16).
[post_ad]
O diabo muitas vezes ataca quando as pessoas estão mais fracas. Jesus jejuou durante quarenta dias e quarenta noites e, a Bíblia claramente nos diz que "depois teve fome" (Mateus 4:2). A partir do contexto de Mateus 4 e o relato paralelo em Lucas 4, parece que o diabo esperou até que Jesus estivesse fraco para este ataque. Certamente pode-se dizer que as pessoas hoje são fracas quando, como Jesus, elas estão fisicamente e emocionalmente esgotadas. No entanto, também vale a pena considerar que as pessoas hoje em dia são muitas vezes especialmente fracas e suscetíveis ao pecado quando elas estão comemorando um grande sucesso ou realização (Provérbios 16:18).

O diabo conhece e usa a Escritura. Quando tentou Jesus para testar o amor de Deus por Ele, o diabo citou o Salmo 91:11-12, que registra a promessa de Deus para preservar e proteger aqueles que são fiéis a ele. No entanto, Jesus mostrou que a promessa era válida, mas, o motivo de Jesus saltar do templo seria pecaminoso (Mateus 4:7). Multidões de falsos mestres (consciente ou inconsciente são agentes de Satanás, 2 Coríntios 11:13-15) hoje são igualmente culpados de torcer as Escrituras para sua própria destruição (2 Pedro 3:16). Com base na tentação de Jesus, não deve surpreender ninguém que o diabo conhece a Palavra de Deus, e que ele torce a Palavra de Deus de uma forma que fará com que as pessoas percam suas almas (João 8:44).

O diabo apela ao sentido de uma pessoa de "direitos" e "privilégios". O demônio quer que as pessoas acreditem que estão perdendo alguma coisa grande por serem fieis (Gênesis 3:4-6). Olha como ele tentou Jesus: "Você tem o poder de transformar pedras em pão; Por que você não usa o poder?", "Deus disse que vai proteger você? por que não prova isso?” "As nações da terra não apreciam o quão grande e especial Você é... deixe-me ajuda-lo a obter o reconhecimento que você merece!" Em cada tentação as tentativas do diabo era semear as sementes da dúvida. Ele sempre faz isso implicando que a vida seria melhor se pudéssemos tirar proveito de uma oportunidade pecaminosa.

O diabo é um oportunista. Lucas 4:13 diz: "E quando o Diabo acabado toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo." O diabo está constantemente à procura de oportunidades para seduzir os fiéis. A Escritura descreve-o como passeando "como um leão que ruge... buscando a quem possa tragar" (1 Pedro 5:8). Os cristãos tem a promessa que, se "resistir ao diabo", ele "fugirá de vós" (Tiago 4:7). No entanto, o diabo vai continuar procurando um momento oportuno.

Oxalá todos os cristãos estejam cientes das táticas que usa nosso inimigo.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

O ataque do Diabo Reviewed by Aldenir Araujo on sábado, outubro 25, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.