A vida de Sansão: #1 - Uma vida desperdiçada

A vida de Sansão: #1 - Uma vida desperdiçadaTexto: juízes 13:1-23

Introdução: A nação de Israel estava em um ciclo horrível ao longo do livro de Juízes. Israel desobedecia a Deus; Deus enviava juízo sobre eles, eles clamavam a Deus por ajuda, e Deus os livrava. Este ciclo se repetiu uma e outra vez. Cerca de 250 anos se passaram desde a morte de Josué até chegarmos a um personagem, chamado Sansão.

Ao ouvir seu nome, o que vem à mente? Para mim, eu penso em uma vida desperdiçada. Eu conheci muitas pessoas que são verdadeiros Sansões “modernos”. Pessoas com tanto potencial para serem usadas por Deus, mas por uma razão ou outra, eles desperdiçam suas vidas.
[post_ad]
Hoje à noite, eu quero que nos olhemos para Sansão, e observar o que o levou a se tornar um "desperdício" para Deus. E eu espero que cada um de nós aqui hoje diga: "Eu não quero que a minha vida seja como a de Sansão." "Eu não quero que palavras como ele desperdiçou" ou "ela desperdiçou seja escrito sobre a minha história de vida!”
Claro, é por isso que o Senhor nos deu a história de Sansão; para que possamos aprender e não repetir os mesmos erros.

Esta não é apenas uma história da Bíblia para ser lida antes de deitar ou ser ilustrada na classe infantil. Esta é a verdade da Palavra de Deus; poderosa e que transforma a vida! Nestes capítulos, o Senhor nos deu princípios claros e específicos para nos ajudar a não acabar como Sansão.

I. Sansão desperdiçou sua vida porque ele não reconheceu a gravidade dos tempos.

1 Crônicas 12:32 “dos filhos de Issacar, duzentos de seus chefes, entendidos na ciência dos tempos para saberem o que Israel devia fazer, e todos os seus irmãos sob suas ordens”.

A. Josué tinha morrido.
1. Enquanto Josué estava vivo, e enquanto aqueles que serviram com Josué estavam vivos...
2. O povo serviu ao Senhor.
3. Mas uma nova geração veio que não conheciam o Senhor.
4. Leia: Juízes 2:7-15
B. Por que isso aconteceu?
1. Os pais não conseguiram comunicar a fé aos seus filhos.
2. Mas também há uma forte possibilidade de que os filhos não ouviram a instrução dos pais.
3. Você vê, minha vida estava na estrada para ser desperdiçada.
a. Meus pais eram o melhor exemplo de viver a vida cristã.
b. Mas eu era rebelde e não queria ouvir o que eles tentavam me ensinar!
c. Então, eu não acredito no pensamento hoje, que podemos sempre culpar os pais pela maneira como uma criança acaba.
d. Certamente podemos compartilhar a culpa, mas não há tal coisa como a responsabilidade pessoal pelo meu comportamento!
C. O ponto aqui é que estes eram tempos sérios por causa do que tinha acontecido depois da morte de Josué.
1. Sansão deveria saber disso.
2. Ele deveria ter considerado o que havia acontecido nos últimos 250 anos com a nação de Israel.
3. Deveria ter mudado a maneira como ele viveu a sua vida.
4. Devido à gravidade dos tempos, Sansão não deveria ter desperdiçado um minuto do tempo que Deus lhe dera.
5. E nós também não devemos!

II. Sansão desperdiçou sua vida porque ele não conseguiu se beneficiar da influência espiritual que Deus colocou ao seu redor.

A. Seus pais eram alunos. V. 1-8
1. A esposa de Manoá era estéril.
a. Quando Deus queria fazer algo maravilhoso; Ele sempre usava uma mulher estéril.
b. Ele fez isso com Abraão e Sara
c. Ele fez isso com Elcana e Ana
d. Ele fez isso com Zacarias e Isabel
e. Ele fez isso com José e Maria
2. O anjo do Senhor veio para dar-lhes uma notícia maravilhosa.
3. A resposta de Manoá foi orar para que Deus enviasse Seu mensageiro de volta para ensiná-los.
4. Deus respondeu a sua oração. V. 9-14
B. Eles também foram respeitosos. V. 15-16
1. Manoá não sabia que este homem era o Anjo do Senhor, mas ele sabia que Deus o havia enviado.
2. Ele queria honrá-lo e ministrar às suas necessidades.
3. Seu comportamento em relação a esse estranho fala de seu caráter.
C. Eles eram pessoas de fé. V. 17-23
1. Manoá perguntou ao Anjo do Senhor qual era seu nome, para que pudessem dar honra a ele.
2. Nota: "... para que, quando se cumprir a tua palavra...”.
3. Nenhuma indicio de dúvida, sem risos, e não questiona a Palavra.
4. Eles eram pessoas de fé!
5. Eles ofereceram um sacrifício ao Senhor e o Anjo do Senhor "se ouve maravilhosamente".
6. Ao verem isso e perceberem que este homem era realmente um anjo de Deus, eles humildemente caíram sobre seus rostos.
7. Eles discutiram o que tinham visto e ficaram impressionados com tudo.
D. Quem tem Deus colocou ao seu redor para ser um benefício para você espiritualmente?
1. Será que estamos aprendendo?
2. Será que estamos prestando atenção?
3. Sansão não conseguiu se beneficiar da influência piedosa de seus pais.

III. Ele não deixou que o Espírito Santo realizasse a sua obra divina

A. O ministério do Espírito Santo no Antigo Testamento era diferente do seu ministério para os crentes após a morte, sepultamento e ressurreição de Cristo.
1. No Antigo Testamento, o Espírito Santo vinha sobre as pessoas para tarefas específicas.
2. Os dons e as habilidades incomuns de Sansão eram um resultado direto da bênção do Espírito Santo de Deus.
3. E Sansão sabia disso - pelo menos intelectualmente.
a. Ele sabia que o Espírito Santo de Deus o havia escolhido para uma obra divina.
b. Ele sabia que o Espírito Santo de Deus tinha uma obra a fazer, tanto na nação de Israel, como nas nações pagãs circunvizinhas.
c. Mas ao invés de cooperar com o Espírito de Deus, Sansão entristeceu o Espírito de Deus.
d. Em vez de realizar os propósitos de Deus com os dons de Deus, Sansão tentou alcançar seus próprios objetivos com os dons de Deus.
4. A cena final de sua vida triste começa com os filisteus festejando bêbados, oferecendo um grande sacrifício ao seu deus, Dagon, dizendo: "Nosso deus nos entregou o nosso inimigo Sansão em nossas mãos”.
5. Que terrível desperdício dos dons do Espírito de Deus.
B. Será que vamos impedir a obra do Espírito Santo em nossas vidas?
1. Estamos selados pelo Espírito de Deus, mas podemos entristecê-lo.
2. Somos habitados pelo Espírito de Deus, mas podemos resistir à Sua direção.
3. Estamos capacitados pelo Espírito Santo de Deus, mas podemos desperdiçar os dons por não usá-los para a glória de Deus.
4. Precisamos decidir diariamente; andar no Espírito ou andar na carne.

Conclusão: Sansão desperdiçou sua vida por que...
1. Ele não reconheceu a gravidade dos tempos
2. Ele não se beneficiou da influência espiritual que Deus colocou em torno dele
3. Ele não permitiu que o Espírito Santo realizasse a sua obra divina

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A vida de Sansão: #1 - Uma vida desperdiçada Reviewed by Aldenir Araujo on domingo, agosto 17, 2014 Rating: 5

2 comentários:

  1. parabéns por este trabalho abençoado, que tem ajudado a muitas pessoas que precisam de entender mais a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  2. Estou degustando com muito sabor a história da vida de Sansão. Como é importante aprender o cotidiano da sua vida, pois leva a refletir sobre a nossa própria vida, e colocar cheque para ver se realmente somos cristãos úteis ou se estamos desperdiçando às nossas vidas.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.