Ordenação Feminina - Mulheres pastoras?

Ordenação Feminina - Mulheres pastoras?Em um clima social de completa igualdade em todas as coisas, o ensino bíblico de permitir que apenas os homens sejam pastores não é popular. Muitas organizações feministas denunciam esta posição como antiquada e chauvinista. Além disso, muitas igrejas cristãs adotaram o padrão social, "politicamente correto" e permitiram mulheres pastoras e presbíteras na igreja. Mas a questão é: isso é bíblico?
Minha resposta a esta pergunta é: "Não, as mulheres não devem ser pastoras" Muitos podem não gostar dessa resposta; mas é assim que creio uma representação exata do padrão bíblico. Você toma a decisão depois de ler este artigo.
[post_ad]
Primeiro de tudo, as mulheres são insuficientemente apreciadas e subutilizadas na igreja. Há muitas mulheres talentosas que podem muito bem fazer um trabalho melhor na pregação e ensino do que muitos homens. No entanto, não é o talento o problema, mas a ordem e o chamado de Deus. O que a Bíblia diz? Não podemos ir a palavra de Deus com uma agenda social e ajustá-la as nossas necessidades. Em vez disso, temos de mudar e adaptar-se ao que ela diz.
No princípio, Deus criou os céus e a terra, o jardim do Éden, e Adão e Eva. Ele colocou Adão no jardim e deu-lhe autoridade para nomear todos os animais. Depois, Deus fez Eva como uma ajudante para Adão. Este é um conceito importante porque Paulo refere-se à ordem da criação em sua epístola a Timóteo, quando ele discute a relação entre homens e mulheres no contexto da igreja. Vamos dar uma olhada.
"Pois não permito que a mulher ensine, nem tenha domínio sobre o homem, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão" (1 Timóteo 2:12-14).
Esta passagem tem várias áreas interessantes de discussão, mas para o nosso propósito, vamos focar em autoridade. No mínimo, há uma estrutura de autoridade estabelecida por Deus. A mulher não tem autoridade sobre o homem no contexto da igreja, mas isso não se estende para o mundo político / econômico. No Antigo Testamento, Debora era uma juíza em Israel sobre os homens.
Além disso, no Novo Testamento, Febe teve um papel importante na igreja de Cencréia (Romanos 16). Não há dúvida de que as mulheres apoiaram Paulo em muitas áreas e foram grandes auxiliares na igreja (Atos 2:17; 18:24-26; 21:8-9). Mas o que Paulo está falando em 1 Timóteo 2 é a relação entre homens e mulheres na estrutura da igreja - e não em um contexto social ou político.
Quando olhamos mais fundo nos ensinamentos de Paulo, vemos que o bispo / presbítero deve ser marido de uma só mulher (1 Timóteo 3:2), que administra bem a sua casa, e tem uma boa reputação (1 Timóteo 3:4 -5, 7). Os diáconos devem ser "homens de dignidade" (1 Timóteo 3:8).
Paulo, então, fala de mulheres no versículo 11 e sua obrigação de receber instrução. Em seguida, no versículo 12, Paulo diz: "Os diáconos sejam maridos de uma só mulher..." Mais uma vez, em Tito 1:5-7, diz Paulo, "Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem o que ainda não o está, e que em cada cidade estabelecesses anciãos, como já te mandei; alguém que seja irrepreensível, marido de uma só mulher, tendo filhos crentes que não sejam acusados de dissolução, nem sejam desobedientes. Pois é necessário que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro de Deus, não soberbo, nem irascível, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;" Note que Paulo faz um intercâmbio entre a palavra "presbítero" e "bispo".
Em cada caso, aquele que é um presbítero, diácono, bispo, ou ancião é instruído a ser do sexo masculino. Ele dever ser marido de uma só mulher, responsável, capaz de "exortar na sã doutrina e de refutar os que o contradizem" (Tito 1:9).
Nós não vemos nenhuma ordem para os bispos serem mulheres. Pelo contrário, ás mulheres ele disse que devem ser: "Da mesma sorte as mulheres sejam sérias, não maldizentes, temperantes, e fiéis em tudo" (1 Timóteo 3:11).
Por que é que os homens que são apontados como os bispos? É por causa da ordem criada por Deus que Paulo faz referência (Gênesis 1-2; 1 Timóteo 2:12-14). Isso não é meramente um costume social que caiu com o antigo Israel.
Além disso, no Antigo Testamento, em mais de 700 menções de sacerdotes, todos eram homens. Não há um único exemplo de uma sacerdotisa feminina. Isso é significativo porque os sacerdotes eram ordenados por Deus para realizar um oficio muito importante de ministrar os sacrifícios.
Este não era o trabalho das mulheres. Portanto, pelo que vejo em Gênesis 1-2 - 1 Timóteo 2, e Tito 1, a pessoa normal e adequada para exercer o cargo de presbítero / pastor deve ser homem.

E sobre Gálatas 3:28?

"Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus" (Gálatas 3:28).
Este versículo é frequentemente usado para apoiar a ideia de que as mulheres podem ocupar as funções de pastoras, porque não há homem nem mulher em Cristo. O argumento afirma que, se somos todos iguais, então as mulheres podem ser pastoras.
Infelizmente, aqueles que usam este versículo desta forma não conseguiram ler o contexto. O versículo 23 fala sobre estar sob a lei, “antes que viesse a fé" e como fomos levados mais perto de Jesus e nos tornamos filhos de Deus pela fé. Nós não estamos mais sob a lei, mas debaixo da graça e nós somos "prole, herdeiros de Abraão, segundo a promessa" (v. 29).
O ponto desta passagem é que todos nós somos salvos pela graça de Deus, segundo a promessa de Deus, e que não importa quem você é - judeu, grego, escravo, livre, homem, ou mulher. Todos são salvos da mesma maneira - pela graça. Nisto, não há homem nem mulher.
Este versículo não está falando sobre a estrutura da igreja. Ele está falando sobre salvação "em Cristo". Ele não pode ser usado para apoiar as mulheres como pastoras, porque não é isso o que está falando. Para saber mais sobre a estrutura e liderança da igreja, você precisa ir para as passagens que falam sobre isso: 1 Timóteo 2 e Tito 1.

Ser pastor ou presbítero é estar em posição de Autoridade

Deus é um Deus de ordem e equilíbrio. Ele estabeleceu a ordem no seio da família (Gênesis 3:16; 1 Coríntios 11.3; Efésios 5:22-33; Colossenses 3:18-21) na igreja (1 Timóteo 2:11-14. 1 Coríntios. 11:8-9). Mesmo dentro da Trindade, há uma ordem - uma hierarquia. O Pai enviou o Filho (João 6:38), e tanto o Pai e o Filho enviou o Espírito Santo (João 14:26, 15:26). Jesus disse: "Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou" (João 6:38). É claro que Deus é um Deus de ordem e estrutura.
Na criação, Deus fez Adão primeiro e depois Eva para ser sua auxiliadora. Esta é a ordem da criação. É esta ordem que Paulo menciona em 1 Timóteo 2:11-14 quando ele fala de autoridade. Ser um pastor ou um presbítero é estar em posição de autoridade. Portanto, dentro da igreja, uma mulher ser uma pastora ou presbítera, ela estaria em posição de autoridade sobre os homens na igreja o que contradiz o que Paulo diz em 1 Timóteo 2:11-14.

Mas esse ensino não menospreza as mulheres?

Não, a liderança masculina não menospreza as mulheres. Jesus recebeu a sua autoridade de Deus, o Pai (Mateus 28:18). Ele foi enviado por Deus (João 6:38). Ele disse que o Pai era maior do que Ele (João 14:28). Será que isso menosprezou Jesus? Claro que não. As mulheres são de grande valor na igreja e precisam ser cada vez mais utilizadas de acordo com os dons que lhes foram dadas.
A submissão da esposa ao marido significa que ela é menos do que o marido, menos importante, ou menosprezada?
É claro que não. Não ter um lugar de liderança na igreja não significa que uma mulher é menosprezada, menos importante para Deus, ou inferior. Todos são iguais perante Deus quer seja judeu, gentio, livre, escravo, macho ou fêmea. Mas na igreja, Deus estabeleceu uma ordem, da mesma forma que estabeleceu uma ordem na família. A cadeia de comando é Jesus, o homem, a mulher e os filhos.

E as mulheres que dizem serem chamadas por Deus para serem pastoras?

Há mulheres pastoras por aí que amam suas congregações e afirmam que são chamadas por Deus para serem pastoras. Claro, eu não posso concordar com isso, considerando a análise prévia da posição bíblica. Em vez disso, eu acredito que elas usurparam a posição dos homens e está indo contra a norma da revelação bíblica. Além disso, aquelas que afirmam que são chamadas por Deus por causa do grande trabalho que estão fazendo e do talento ou o dom que receberam estão baseando sua teologia na experiência e não nas escrituras.
A questão é simples: elas estão se submetendo a palavra de Deus, ou elas estão tomando a palavra de Deus e submetendo aos seus desejos?

E sobre uma mulher missionária que estabelece uma igreja?

A Escritura estabelece a norma. Como cristãos, devemos aplicar o que aprendemos com a palavra para as situações em mão. Então, o que acontece com a situação em que uma mulher missionária converteu um grupo de pessoas, digamos, na selva em algum lugar, e lá estabeleceu uma igreja? Nessa igreja, ela é, então, como um pastor e tem autoridade sobre os homens na igreja? Ela não deve fazer isso?
Em primeiro lugar, ela não deveria estar lá sozinha. Ela deveria estar com o marido, ou, pelo menos, sob a supervisão de uma igreja na presença de outras mulheres e homens. O trabalho missionário não é um esforço solitário para ser manuseado por mulheres solteiras.
Em segundo lugar, se em algum conjunto altamente incomum de circunstâncias há uma mulher em uma situação solitária, é muito mais importante que a palavra de Deus seja pregada e o evangelho da salvação apregoado aos perdidos. Quer seja homem ou mulher, o evangelho deve ser pregado. No entanto, eu diria que, assim que houver homens maduros o suficiente para lidar com o presbitério, ela deveria, então, estabelecer a ordem correta da Igreja como revelada nas Escrituras e, assim, mostrar sua submissão a ele.

Isso também significa que as mulheres não devem usar joias?

"Quero, do mesmo modo, que as mulheres se ataviem com traje decoroso, com modéstia e sobriedade, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos custosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. A mulher aprenda em silêncio com toda a submissão. Pois não permito que a mulher ensine, nem tenha domínio sobre o homem, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva". (1 Timóteo 2:9-13).
Alguns argumentam que, se formos proibir as mulheres de serem pastoras, então o contexto de 1 Timóteo 2:9-13 exige que as mulheres não façam tranças no cabelo, use ouro, ou roupas caras. Como ninguém quer colocar esse tipo de demanda em uma mulher (já que é cultural), então por que nós também exigimos que elas não sejam pastoras, uma vez que logicamente segue que era também uma admoestação baseada na cultura?
O problema aqui é multifacetado. Em primeiro lugar, a objeção ignora o que as escrituras ensinam claramente sobre o bispo ser o marido uma de só mulher. Em segundo lugar, não consegue resolver o problema real da liderança bíblica que reside no masculino. Em terceiro lugar, não tem exegese adequada a escritura em questão.
Em 1 Timóteo 2:9-13 Paulo nos diz que as mulheres devem se vestir modestamente. Ele usa o exemplo do então atual adorno como um exemplo do que não fazer. Esta é uma avaliação baseada culturalmente por Paulo. Observe que Paulo enfatiza as boas obras e a piedade como um qualificador (como faz Pedro, ver 1 Pedro 3:2). Esta não é uma declaração doutrinária ligada a qualquer coisa além de ser uma mulher de Deus, em aparência, bem como atitude.
No versículo 11, Paulo diz que a mulher deve receber instrução em silêncio. Note que a palavra, “heμsychia”, traduzida por "tranquilidade" em 1 Timóteo 2:11 e silencio no versículo 12, não significa silêncio completo ou não falar. É claramente usado em outro lugar (Atos 22:2; 2 Tessalonicenses 3:12) no sentido de "calmo, imperturbável, não rebelde" Uma palavra diferente (sigaoμ) significa "ficar em silêncio, para não dizer nada" (cf. Lucas 18:39; 1 Coríntios 14:34). Paulo está defendendo a ordem neste versículo.
Depois, no versículo 12-13, Paulo diz: "Pois não permito que a mulher ensine, nem tenha domínio sobre o homem, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva". Note que Paulo relaciona diretamente a questão autoridade com a ordem criada. Ele não faz isso com o código de vestimenta da mulher. Portanto, o código de vestuário é cultural e a questão de autoridade é doutrinária uma vez que esta está ligada à ordem da criação e o código de vestimenta, e as questões de autoridade não.

Conclusão: A Palavra de Deus nos diz claramente que o bispo deve ser marido de uma só mulher. Uma mulher não pode qualificar-se para esta posição em virtude de ser mulher. Se alguém gosta ou não é irrelevante para o fato de que isso é o que a Bíblia ensina.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Ordenação Feminina - Mulheres pastoras? Reviewed by Aldenir Araujo on segunda-feira, maio 12, 2014 Rating: 5

20 comentários:

  1. ​isso não é de Deus

    não quero mais receber suas mensagens.....

    poderia lhe pregar a PALAVRA VERDADEIRA, MAS COM PENSAMENTOS ASSIM: USANDO TRECHOS DA BÍBLIA PARA JUSTIFICAR SEUS PENSAMENTOS MACHISTAS
    PREFIRO O SILÊNCIO...................​A MELHOR RESPOSTA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se VC não le a bíblia então VC não conhece a palavra, o que ele trouxe foi passagens da bíblia q nos ensinam como agir, a bíblia é o manual do crente se VC não segue o manual então o q VC é? Pense com o coração e responda pra si mesma o q VC é?

      Excluir
  2. Concordo plenamente com o Pr Aldenir Araujo, tenho acompanhado suas mensagens e vejo nele um grande homem de Deus que segue biblicamente e tudo que ele escreve é teologicamente correto. Mulher pastora não é bíblico, é contra aos ensinamentos bíblicos. Parabéns, pastor pelo artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querido. Deus te abençoe.

      Abraço!

      Excluir
  3. Artigo Machista, não leio mais estes artigos, com certeza...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se VC não le a bíblia então VC não conhece a palavra, o que ele trouxe foi passagens da bíblia q nos ensinam como agir, a bíblia é o manual do crente se VC não segue o manual então o q VC é? Pense com o coração e responda pra si mesma o q VC é? MOSTRE nas escrituras o contrário.

      Excluir
    2. Se VC não le a bíblia então VC não conhece a palavra, o que ele trouxe foi passagens da bíblia q nos ensinam como agir, a bíblia é o manual do crente se VC não segue o manual então o q VC é? Pense com o coração e responda pra si mesma o q VC é? MOSTRE nas escrituras o contrário
      1 Coríntios 11: 3. Todavia, quero que saibais que Cristo é o cabeça de todo homem; o homem, o cabeça da mulher; e Deus, o cabeça de Cristo.vai orar moça

      Excluir
  4. Artigo Machista, "trechos bíblicos retirados apenas pra justificativa de princípios machistas". Não leio mais esta página...
    Como disse a nossa amiga Deizi Rodrigues também prefiro o silêncio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Bíblia é machista? Porque é exatamente isso que a Bíblia diz a respeito do assunto em questão.

      Excluir
  5. uma mensagem profunda e verdadeira... atropelaram alguns fundamentos Bíblicos por acharem ser certo. Fazer o IDE de Jesus é pra todos (homem e mulher) exercer o comando da Igreja ficou para o homem porque esse é um mandamento do SENHOR.

    ResponderExcluir
  6. uma mensagem profunda e verdadeira...

    ResponderExcluir
  7. Muitos querem adequar suas opiniões que diferem da Bíblia, mas, ela é a palavra de Deus. Então, vale o que está escrito.

    ResponderExcluir
  8. Jesus é o cabeça do homem, o homem é o cabeça da mulher, e será que a mulher pode ser a cabeça do cachorro da família? Será que ela pode ensinar e mandar no cachorro? Visto que nos filhos só os pais (sexo masculino) podem ter autoridade. Poderíamos dizer que a mulher é a cabeça do cachorro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MULHER PODERIA SER A CABEÇA DO CACHORRO, ISSO SE EXISTISSE ESSA ORDEM NA BÍBLIA, MAIS COMO NÃO TEM, ENTÃO DEVEMOS OBEDECER O QUE ESTÁ ESCRITO.

      Excluir
    2. MULHER PODERIA SER A CABEÇA DO CACHORRO, ISSO SE EXISTISSE ESSA ORDEM NA BÍBLIA, MAIS COMO NÃO TEM, ENTÃO DEVEMOS OBEDECER O QUE ESTÁ ESCRITO.

      Excluir
    3. MULHER PODERIA SER A CABEÇA DO CACHORRO, ISSO SE EXISTISSE ESSA ORDEM NA BÍBLIA, MAIS COMO NÃO TEM, ENTÃO DEVEMOS OBEDECER O QUE ESTÁ ESCRITO.

      Excluir
  9. O artigo esta bem redigido, e baseado na Bíblia, quem não a ler não entende. Continuo orando pelo pastor. Amem

    ResponderExcluir
  10. O artigo estar bem redigido e baseado na Biblia, quem não a ler não entende, Continuo orando pelo pastor,

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.