Uma questão de atitude

Uma questão de atitudeTexto: João 11:17-21

Introdução: Faz muito tempo, uma jovem Chinesa chamada Li se casou e foi viver com o marido e a sogra.

Depois de alguns dias, não se entendia com a sogra. Suas personalidades eram muito diferentes e Li foi irritando-se com os hábitos da sogra, que frequentemente a criticava. Os meses passaram e Li e sua sogra cada vez discutiam mais.
 
De acordo com uma antiga tradição chinesa, a nora tem que cuidar da sogra e obedecê-la em tudo. Li, não suportando mais viver com a sogra, decidiu tomar uma decisão e visitar um amigo do seu pai. Depois de ouvi-la, ele pegou um pacote de ervas e lhe disse: “Não deverás usá-las de uma só vez para livrar-te da tua sogra, porque causaria suspeitas”.
[post_ad]
Você tem que dar a ela várias doses que iram lentamente envenenando a sua sogra. Cada dois dias coloque um pouco destas ervas em sua comida. Para ter a certeza que quando ela morrer ninguém suspeite de você, precisa ter muito cuidado e agir de maneira muito amigável. Não discutas, ajuda-a a resolver seus problemas. Lembre-se: Tens que escutar-me e seguir todas as minhas instruções. Li sempre lembrava o que o Sr. Huang lhe havia recomendado sobre evitar suspeitas, e assim controlou seu temperamento; obedecia a sogra e a tratava como se fosse sua própria mãe.
 
Depois de seis meses, a casa inteira estava completamente mudada. Li havia controlado seu temperamento e quase não aborrecia a sua sogra. Durante esses meses, não havia tido nem uma discussão com ela, que agora parecia muito mais amável e mais fácil de lidar com ela. As atitudes da sogra também mudaram e ambas passaram a tratar-se como mãe e filha. Um dia Li foi novamente a procura do Sr. Huang, para pedir-lhe ajuda e lhe disse: “Querido Sr. Huang, por favor, ajude-me a evitar que o veneno mate a minha sogra. Ela se transformou em uma mulher agradável e a amo como se fosse minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que lhe dei". O Sr. Huang sorriu e sinalou com a cabeça: "Senhora Li, não tem porque preocupar-se. Sua sogra não mudou, quem mudou foi você. As ervas que lhe dei, eram vitaminas para melhorar a saúde da sua sogra. O veneno estava na sua mente, na sua atitude, mas foi jogado fora e substituído pelo amor que passou a dar a sua sogra".

I. De todas as coisas que o ser humano possui, a expressão é uma das mais importantes.

1. Atitude é uma expressão externa de um sentimento interno. João 11:21 (Marta)".. Senhor, se estivesses aqui, meu irmão não teria morrido"
a. Sua atitude para com Jesus não foi muito agradável, foi de reprovação.
b. Marta responsabilizou Jesus pela morte de Lazaro
c. Pois a atitude nunca está contente até que se expressa.
2. A atitude de Marta foi a raiz interna que produziu uma ação negativa.
a. Nossas atitudes podem ser nosso melhor amigo ou nosso pior inimigo.
b. Baseia-se na olhada externa que expressa sua vida passada.
c. Nossa atitude pode atrair pessoas a nós ou pode afastar as pessoas de nós.
d. Nossas atitudes é a biblioteca de nosso passado, o comunicador de nosso presente e o profeta do nosso futuro.
3. No desespero de Marta antes ver a Jesus de frente sua atitude foi mais honesta e consistente que fingir outra coisa.
a. Jesus sabe que, nós somos geralmente impulsionados por nosso sentimento.
b. V.40 “Não te ei dito que se creres verás a glória de Deus”?

II. A confusão nos momentos críticos e desesperadores criam uma nuvem negra na nossa frente.

1. A boa noticia é que podemos decidir que atitude ter diante de cada situação, pois temos batalhas na família e desafios espirituais.
2. Mas primeiro analisemos a família há (5) cinco pontos importantes:
a. Pessimismo: Geralmente quando estamos diante de um conflito no casamento, o pessimismo nos invade, vemos tudo negativamente e não vemos a saída do túnel.
i. É comum recordar e relacionar o problema presente com outros anteriores que não tem nada a ver com o assunto. Mas se aumenta a tensão.
ii. A atitude aberta, positiva, cheia de fé e esperança faz maravilhas e possibilita as soluções que o casal precisa.
iii. Mas muitos saem correndo chegando a um lugar onde pensam que estão seguros, e ai é quando invade a...
b. Autocomiseração: Começam a expressar, porque aconteceu isso comigo, eu não mereço, estou sozinho (a), não tenho apoio.
i. Talvez seja certo ou não seja certo, mas concentrar-se nesta lástima de si mesmo só faz com que a pessoa se sinta pior.
ii. O melhor seria escrever uma.. (1) lista dos problemas (2) escreve que possíveis ações tomar (3) E decidir quando começar a gerar essas ações de mudança.
iii. Todos nós gostamos de ter uma família estável ou ter alguém que nos queira
c. Servilismo: O amor não se mendiga, a dignidade humana é a base para o respeito, tomar uma posição de servilismo não muda nada.
i. Você se sentirá usado (a). Você vale muito, vocês é um ser único.
ii. O ser humano é criado a imagem e semelhança de Deus.
iii. Retoma tua dignidade, valoriza-te e enfrente a vida com entusiasmo.
iv. Dessa maneira te respeitaram e você ganhará o espaço que perdeu.
v. Inicia novos projetos, desfruta, há um mundo para descobrir.
d. Culpabilidade: Não busque culpado, isso só agiganta os problemas e nada positivo traz a relação.
i. O jogo de definir de quem é a culpa, cria distanciamento, lutas intermináveis e profundos sentimentos de ansiedade e confusão.
ii. Definitivamente em um problema no casamento ambos os cônjuges fazem seus sermões sempre culpando a outra pessoa.
iii. Cada um é responsável pelo que faz, sente e pensa.
e. Prepotência: A prepotência desgasta qualquer relação, já que impõe pela força um ponto de vista sobre a outra pessoa.
i. A prepotência é uma violação a vontade do outro ser humano.
ii. O melhor é começar a aceitar que seu cônjuge tem os mesmos diretos que você.
iii. Isso é essencial para romper este circulo de supremacia tirana.
3. Quando não há unidade entre um casal o inimigo se aproveita da situação, e começa a trazer desafios espirituais ao casal.
4. Desafios melhores conhecidos como:
a. O desanimo: É uma barreira sociológica que broca os pensamentos. "O homem de ânimo dobre é inconstante em todos seus caminhos" (Tiago 1:8)
i. A pessoa desanimada se aprisiona em seu próprio calabouço por falta de autoestima.
ii. Do desejo de querer superar-se e de alcançar realizar-se em toda sua potencialidade.
b. A dúvida: A dúvida constitui um estado de incerteza e um limite a confiança ou a crença na verdade de um conhecimento.
i. Isso leva a pessoa a criar barreiras para a sua vida
ii. Não permite se superar na vida
iii. Cria lingotes de impossibilidades
c. A mentira: A pessoa adepta as mentiras ou o mentiroso crônico chegam ao extremo de crer em suas próprias mentiras.
i. As mentiras são mães de mentiras, quer dizer, uma mentira leva a outra mentira, com o fim de ocultar a primeira.
ii. O mentiroso é um individuo que experimenta um desajuste de personalidade e uma desordem de caráter que o motiva a sentir-se inseguro de si mesmo e a refugiar-se atrás das aparências.
iii. “Pelo que, deixando a mentira, falai a verdade cada um com seu próximo; porque somos membros uns dos outros" (Efésios 4:25).
d. Os sentimentos de inferioridade: Surgem quando um acredita não ser o que devera ser. Podem provir de comparar-se com outros e considerar-se inferior por não se igualar ao outro em alguns aspectos.
i. Também podem originar-se certas coisas que para a pessoa é impossíveis de fazer.
ii. As deficiências reais ou imaginarias quanto às funções mentais ou físicas podem produzir sentimentos de inferioridade (Enciclopédia de Problemas Sociológicos, pag.106).
iii. Tem pessoas que gostam de destruir a imagem dos outros para ressaltar a sua. "Deus, graças te dou porque não sou como os outros homens, ladrões, injustos, adúlteros, nem ainda como este publicano" (Lucas 18:11).
 
Conclusão: Cada pessoa vê a vida de um ângulo diferente e da nossa atitude depende que os problemas se agigantem, ou ao contrário, diminuam. Devemos aprender a tomar partido nas situações difíceis, concentrar-nos nos aspectos positivos e deixar de lado os aspectos negativos. Que não aproveita em nada.

Lembre-se é só, Questão de Atitude!

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Uma questão de atitude Reviewed by Aldenir Araujo on domingo, agosto 04, 2013 Rating: 5

Um comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.