A casa de Deus: Lugar de sacrifício

A casa de Deus: Lugar de sacrifícioTexto: Esdras 6:1-22 – Zacarias 11: 4–7
 
Introdução: No capítulo 6 verso 3 do livro de Esdras está registrado que a "casa de Deus" é um lugar de sacrifícios. Entendemos espiritualmente que esta casa mencionada no texto não é uma  casa formada  por paredes de tijolos, mas sim a nossa própria vida! Portanto, somos chamados para ser diante de Deus um local de sacrifícios.
 
A Palavra do Senhor diz que somos "edifício de Deus" 1 Coríntios 3.9.
 
Esse "edifício de Deus" ou "casa de Deus", que somos nós, da mesma maneira que foi no tempo de Esdras, tem uma função muito importante, que é ser um local de sacrifício.
[post_ad]Como a "casa de Deus", que é a Igreja e especificamente, você e eu, pode ser um local de sacrifício?

I. Somos um lugar de sacrifício na adoração

Sacrifício no Antigo Testamento significa "aquilo que é trazido perto". No Novo Testamento sacrifício é: "dom, oferta, oferecer”
Adoração significa colocar Deus em um lugar de primazia em nosso coração.Como diz Wayne Grunden em seu livro Teologia Sistemática, "adoração é a atividade de glorificar a Deus em sua presença com nossa voz e coração".
Quando nós entramos em adoração, podemos obter muitos benefícios deste ato, a saber:
a. Podemos nos alegrar na pessoa do Pai.Davi expressa esta ideia em seus salmos: "que eu possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do Senhor e meditar em seu templo" (Salmo 27.4)  e diz ainda no Salmo 16.11 "na tua presença há plenitude de alegria"

II. Somos um lugar de sacrifício na comunhão intima com o pai.

O que Deus mais quer e espera de nós, que somos Seus filhos, é que a comunhão seja algo abundante e contínua.
Davi pôde experimentar esta comunhão bem próxima com Deus, comunhão que lhe permitia abrir o coração, orar e  ter a certeza de que Deus estava bem ali para compreendê-lo e ajudá-lo.
No Salmo 5.3 Davi diz: "Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã me apresentarei a ti e vigiarei."
Jesus,  em sua oração sacerdotal, em João 17.21, afirma que há possibilidades de desenvolvermos uma intimidade tal com o Pai e por isso Ele diz: "para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti;  que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviastes."

Queridos, como casa de sacrifícios, somos chamados também a cuidar de nós mesmos, a pastorearmos uns aos outros, a exercermos o amor de um para com os outros.

Sei que isto não é fácil e que muitas vezes temos até inúmeras barreiras para que isto venha a se tornar uma realidade.

Para quebrar estas barreiras um dos textos que quero refletir com você é o de Zacarias 11:4, o de "pastorearmos as ovelhas destinadas a matança".

Este pastoreio exige de nós uma abertura de coração para exercermos o perdão e caminharmos algumas milhas a mais com o nosso próximo.

Jesus nos exorta a este pastoreio quando propôs as  parábolas de Lucas 15 ( a da ovelha perdida, a da dracma perdida e a do filho pródigo).

Todas estas parábolas dizem respeito às "ovelhas destinadas a matança", mas que pela misericórdia e graça de Deus houve solução para cada caso.

Neste pastoreio é necessário usar duas ferramentas que o próprio Jesus nos dá: o seu cajado e a vara (e à estes Ele dá um nome específico, como registra o verso 7 do capítulo 11 de Zacarias, a saber: "Graça" e "União").

Conclusão: Portanto, meu querido amigo e irmão, como membros do corpo de Cristo somos chamados a andar em unidade de vida, somos chamados a andar em Cristo e desenvolver Nele uma vida plena.
 
Meu  desejo  é  que  sua  vida  possa ser um lugar de sacrifício suave ao Pai e que você possa exercer, dentro do corpo de Cristo,  um  pastoreio  sadio  para  com  a minha vida e para com a vida de cada irmão.
 
Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A casa de Deus: Lugar de sacrifício Reviewed by Aldenir Araujo on quarta-feira, agosto 14, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.