Um Plano Financeiro

Um Plano Financeiro
Texto: Malaquias 3:3, 6-15 
Introdução: Durante este tempo econômico difícil, muitas pessoas estão pensando sobre suas finanças. A crise mundial, os preços da gasolina elevados, a inflação, a queda do Dólar; estão levando as pessoas a reavaliar seus planos financeiros. Mas seus planos correspondem aos do Senhor (Malaquias 3: 7-15)? 
Os planos de Deus são os melhores, e na Sua Palavra, Ele nos deu a sabedoria que precisamos para evitar a servidão da dívida e alcançar Suas bênçãos.

I. O plano financeiro de Deus requer a participação ativa de nós.

Ele obriga-nos a dar um passo de fé e participar ativamente do dízimo.[post_ad]A. O que é o dízimo?
1. O dízimo é dez por cento do que produzimos ou ganhamos.
2. Em termos mais simples, é uma moeda de 1 Real de cada 10 Reais que você tem. A mesma política se aplica tanto a um Real ou um milhão de dólares. Deus provê tudo o que você precisa e gosta, então você deve estar disposto a dar uma parte de volta para honrá-Lo por tudo que Ele tem abençoado você.
B. A ordem é clara.
1. Deve vir de nossos primeiros frutos, não das nossas sobras (Provérbios 3:9-10).
2. Temos que trazê-lo a igreja para realizar a obra que Deus quer que façamos (Malaquias 3:10; 1 Coríntios 16:2).
C. O objetivo é claro. O Senhor nos pede para dar para beneficiar tanto a nossa própria saúde financeira como a da comunidade. O dízimo permite três coisas importantes:
1. Prover para a obra de Deus. Nossos dízimos provem para o ministério da igreja no dia-a-dia e ajuda os necessitados, fisicamente e com o Evangelho (Atos 2:44-47).
2. Provar a fidelidade de Deus. Quando você e eu entregamos o dízimo, o Senhor promete abençoar-nos pela nossa fidelidade. Ele nos diz: "fazei prova de mim... Eu vou... derramarei sobre vós uma bênção tal até que transborde" (Malaquias 3:10).
3. Honrar devidamente a Deus. O dízimo nos permite expressar reverência ao Senhor, fonte de todas as coisas boas em nossas vidas (Tiago 1:17). Honramos a Ele quando reconhecemos as Suas bênçãos em nossas vidas, e que é Ele que abençoa. Lembre-se, nosso Pai nunca nos deixará passar necessidade quando somos obedientes.

II. Deus está dizendo duas coisas...

A. Obedeça-me. Obedecer a Deus em todas as áreas de sua vida, incluindo suas finanças, é ser sábio. As bênçãos nos seguirão sempre quando estamos na vontade de Deus.
B. Confie em mim. Deus não nos diz: "Pode ser que eu derrame bênçãos se você obedecer" Ele nos diz: "Vou dar-lhe mais do que você sente que pode receber" De fato, Jesus disse: "Dai e vos será dado: uma boa medida, recalcada, sacudida, e transbordando" (Lucas 6:38). Nós simplesmente não podemos dar mais do que Deus!

III. Considere as promessas.

Aqueles que reivindicaram a promessa do Senhor não se decepcionaram. Ele transformou suas vidas. Quando você entrega o dízimo, Deus promete:
A. "... abrir as janelas do céu" (Malaquias 3:10). Em outras palavras, você vai experimentar a provisão do Senhor em primeira mão.
B. "... derramarei sobre vós bênção sem medida" (v. 10). À medida que você honra a Deus, Ele aumenta as bênçãos em sua vida de maneiras maravilhosas que você nunca poderia imaginar.
C. "Eu repreenderei o devorador" (v. 11). O Pai vai proteger você, sua família, seu trabalho, e todas as suas posses.
D. "Todas as nações vos chamarão bem-aventurados" (v. 12). O Senhor vai lhe dar um testemunho poderoso entre os seus amigos e entes queridos. Muitos virão a conhecê-Lo através de sua obediência. Além disso, seus filhos e netos vão aprender com seu exemplo.

IV. Considere as penalidades.

Recusar entregar o dízimo é o mesmo que roubar a Deus, e a disciplina é certa a seguir (Malaquias 3:8).
A. Por causa de sua rebelião, ingratidão e incredulidade...
1. Você perderá a provisão incrível e a bênção de Deus.
2. Você experimentará os efeitos da desobediência em cada área de sua vida.
3. Você estará fora do guarda-chuva de proteção do Pai.
4. Pode danificar o seu testemunho por causa da sua incredulidade.
 
Conclusão: Você acredita na Palavra de Deus? Você tem fé que o Pai vai lhe honrar e prover todas as suas necessidades? Então, confia nele com o seu dízimo e veja como Ele prove para você. Certamente, Ele vai cumprir sua promessa de abençoar a sua obediência.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Um Plano Financeiro Reviewed by Aldenir Araujo on sexta-feira, março 23, 2012 Rating: 5

Um comentário:

  1. Desculpe, temos sim que dizimar, contribuir com a obra mais usar versículos do velho testamento como forma de intimidação ou incentivo a riqueza ou prosperidade é completamente fora de propósito já que Deus nos prometeu lutas e adversidades, mais que pela sua misericórdia ele nos ampararia. São por discursos com esse que vemos igrejas cheias de pessoas que buscam retorno sendo "fiel" e acabam frustradas vivendo dilemas confusos sobre as bençãos de Deus e longe do verdadeiro evangelho. no site tem muita coisa boa mais esse texto passa longe do que realmente significa o evangelho de Cristo.

    ResponderExcluir

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.