Pouco com Deus é muito

Pouco com Deus é muito
Texto: I Coríntios 1:25-29 
Introdução: O mundo sempre diz que quanto maior, melhor, pequeno não é bom. Os ímpios acreditam que quanto mais melhor; e pouco não é bom, há força nos números e o pouco torna-se irrelevante, os ricos e famosos são mais importantes do que os pobres e insignificantes. Este é o jeito do mundo e a filosofia dos incrédulos.
Mas espiritualmente falando, como nem sempre é o caso, como veremos neste sermão. A verdade da questão é - pessoas serem maiores ou menores, mais ou menos em número, ricos ou pobres, grandes ou pequenos, fortes ou fracos, não é a questão principal. A grande questão é ter Deus ao longo de tudo o que pensamos, dizemos ou fazemos![post_ad]Existe casos na Bíblia que provam que; "pouco com Deus é muito" Devemos observar e aprender.
Veja Provérbios 15:16 “Melhor é o pouco, havendo o temor do SENHOR, do que grande tesouro onde há inquietação”.

1. Um pouco de pão com Deus, é muito. João 6:1-13.

- Certa feita no ministério do Senhor houve um problema - uma multidão de pessoas estava em um lugar deserto, um fim de tarde e todos estavam com fome.
- Os discípulos tinham 5.000 homens com fome (João 6:10) em suas mãos. Mateus 14:21 diz-nos que este número não incluía mulheres e crianças de modo que o total poderia ser algo como 10.000 - 15.000 pessoas.
- E, veja bem o que o Senhor usou para alimentar as multidões - cinco pães e dois peixes (João 6:9-10) - com 12 cestos de sobra!

2. Um pequeno exército com Deus; é muito. Juízes 7:1-7.

- Foi uma época difícil para os israelitas, quando os midianitas os aterrorizavam e os empobreciam.
- Israel clamou a Deus e Ele ouviu-os e desejou livrá-los. Para fazer isso, Deus deveria levantar um líder e um exército de Israel para lutar contra os cruéis midianitas.
- Ele chamou um humilde lavrador (Gideão) para levantar um exército poderoso. Agora o exército de Gideão era primeiro de 32.000 recrutas FRACOS, depois 300 FORTES!
- Muitas vezes há realmente fraqueza em número quando Deus não está nele! (Ver Levítico 26:8)
- A covardia é contagiosa entre os soldados em guerra! Paulo disse uma vez que, quando ele era fraco na carne, então ele era forte no Senhor por Sua graça! (II Coríntios 12:10).

3. Uma pequena arma com Deus; é muito.

- Em tempo de guerra, um exército grande, avançada tecnologia e armamento pode significar a diferença entre vitória e derrota.
- Nos tempos antigos da Bíblia, os reis pagãos e os generais, confiavam em seus números, carros e armas. Mas Israel tinha a melhor arma secreta de todos - a sua fé em Deus! (Salmos 20:7; Isaías 31:1).
- Lembra-se da vara de Moisés? (Êxodo 4:1-5, 17, 20).
- A funda de Davi? (I Samuel 17:40, 49).
- Sangar e a aguilhada de bois? (Juízes 3:31).
- Sansão e a queixada de jumento? (Juízes 15:14-16).

Lição: Em qualquer guerra ou de luta da vida, Deus pode usar qualquer coisa insignificante que já está em nossas mãos para nos dar a vitória!

4. Um pouco de dinheiro com Deus; é muito. Marcos 12:42-44.

- O presidente John F. Kennedy no seu discurso de posse em 1961, disse: "Meus compatriotas, não pergunte o que seu país pode fazer por você, pergunte o que você pode fazer por seu país".
- No reino espiritual, poderíamos dizer a todo o cristão: "Não pergunte o que o Senhor pode dar a você, pergunte o que você pode dar para o Senhor”.
- A atitude predominante do mundo é: "tenha tudo o que pode e tudo você pode ter", mas Deus diz de maneira diferente em Provérbios 11:24 “A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda”
- Observe que o Senhor Jesus não criticou ou humilhou aqueles que deram maiores ofertas, mas Ele preferia que seus discípulos soubessem que Deus valorizava a oferta oferecida por aquilo que o doador conserva depois que a doação foi dada!
- Exemplos bíblicos de dar no mais alto nível:
ü O que Deus deu: "... Ele deu o seu Filho unigênito..." (João 3:16).
ü O que Jesus ​​deu: Sua vida. Jesus disse: "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos”. (João 15:13).
ü O que o cristão deve dar: Em Romanos 12:1, Paulo escreve: "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.

Lição: Nosso Pai Celestial avalia nosso dar não tanto pelo tamanho ou quantidade de algo que damos, mas quanto temos após o presente ser dado! 

Conclusão: A verdade é que o pouco é muito quando Deus está nele! Seja fiel e bom no pouco que Deus lhe deu agora para que Ele, certamente abençoe e recompense-o com muito mais em Sua perfeita vontade e tempo. Lucas 16:10 - "Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito”.

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

Pouco com Deus é muito Reviewed by Aldenir Araujo on terça-feira, maio 31, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.