A matemática da cruz

A matemática da cruzTexto: I Coríntios 1:17 - 1:18
Introdução: A matemática é uma ciência que tem quatro operações fundamentais, a saber: adição, subtração, multiplicação e divisão.
Em nossa passagem, a cruz é uma referência não aos dois pedaços de madeira que foram usados como instrumentos de morte nos tempos romanos, mas sim o sofrimento, a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus segundo as escrituras. Agora, se meditarmos sobre a cruz de Cristo, vamos ver como Deus trabalha por ela usando as quatro operações da matemática.
Nesta noite vamos meditar sobre - A Matemática da Cruz.

1.  A cruz subtrai uma alma do inferno

[post_ad]Cada um de nós estava no caminho para o inferno. Nós éramos por natureza filhos do orgulho e da desobediência. A ira de Deus e o juízo estava sobre todos nós. Louvado seja Deus, quando acreditamos na cruz de Cristo - isto é, Sua morte, sepultamento e ressurreição, fomos imediatamente subtraídos do fogo do inferno (João 5:24).
Não obras, cerimônias ou rituais religiosos estavam envolvidos nele, mas só a fé pura no perfeito, uma vez por todas, e terminou o trabalho de Jesus Cristo na cruz (Romanos 3:24). Assim, foram subtraídas eternamente as vítimas do Inferno (Romanos 8:1). Na verdade, é somente através do poder de Deus - a pregação da cruz, que a humanidade pode ser capaz de fugir da ira de Deus e da punição do inferno. Graças a Deus por essa subtração!

2. A cruz adiciona almas para o céu

Uma vez que um pecador totalmente confia em Jesus e Sua obra consumada no Calvário, ele é adicionado à família de Deus (Gálatas 3:26) e ele sabe disso (Romanos 8:16). Um pecador que é salvo pela graça de Deus também é adicionado a proteção nos céus, a vista do diabo e aqueles que o servem (Salmo 34:7). Assim, um crente é adicionado à habitação celestial prometida por Jesus (João 14:2-3). Louve a Deus por esta adição abençoada!

3. A cruz divide uma alma do mundo

Quando uma pessoa se converte a Cristo, ele é dividido ou separado do mundo, porque ele agora é uma nova criatura diante de Deus (II Coríntios 5:17). Um homem salvo não é apenas reformado ou melhorado, porque isso não é o suficiente aos olhos de Deus. Ele deve ser realmente transformado e renascido espiritualmente!

A Bíblia ensina que um homem nascido de novo está morto para o mundo, mas vivo em Deus (Romanos 6:1-2, 6; Colossenses 3:3; Gálatas 2:20). O corpo do pecado da carne do cristão já foi crucificado e morto, mas ressuscitou para viver em Cristo, como Cristo, com Cristo e por Cristo! Doravante, ele não deve mais viver como um servo do pecado, mas sim como um servo de Deus e sua justiça!

Um verdadeiro crente se divide deste mundo mau, que é governado por Satanás e seus principados. Os verdadeiros crentes em Cristo são selados, habitados, cheios e possuído pelo Espírito Santo de Deus (II Coríntios 1:22;. Efésios 4:30;. I João 4:04, etc.) O cristão é o templo e morada de Deus através do Espírito (Efésios 2:22, I Coríntios 6:19-20). O Espírito de Deus deve estar residindo e presidindo ele! Agradeço a Deus por esta grande divisão provocada pela cruz de Cristo!

4. A cruz multiplica as bênçãos de uma alma

A cruz não tira nada de precioso do homem, mas ao contrário multiplica; tanto bênçãos espirituais como físicas. Ela multiplica o amor de Deus, a graça, a paz e a herança que não pode ser destruída nem roubada (II Pedro 1:2; I Pedro 1:4). A cruz multiplica as oportunidades de fazer bem e ser útil no serviço de Deus e ao próximo de modo que nós trazemos glória ao Seu nome (I Coríntios 3:9;. 10:31). Irmãos, não devemos ter vergonha de servir a Deus. Quando ainda éramos pecadores e servíamos ao diabo, não tínhamos vergonha de nossos atos maus, mas muitos se orgulhavam de fazer tal!

Conclusão: A cruz de Cristo é algo que o cristão pode verdadeiramente se gloriar (Gálatas 6:14). Amigo, na verdade, somos todos responsáveis pela morte de Jesus na cruz. Nossas ações egoístas e rebeldes enviou Jesus para a cruz! Jesus voluntariamente entregou sua vida e morreu para pagar a pena pelos nossos pecados. Ele tomou o castigo que nós merecíamos e agora oferece a todo homem, mulher e criança a vida eterna e salvação!

Pr. Aldenir Araújo

Gostou desse esboço? Olha a novidade que tenho para você!

Eu preparei um e-book com 365 sermões selecionados criteriosamente durante meus mais de 20 anos de ministério. Organizei eles por livros bíblicos para simplificar a busca. Quero que você utilize livremente em suas pregações e possa transformar a vida das pessoas com a Palavra de Deus.

Se você deseja investir em seu ministério, ainda hoje, terá à disposição Um Sermão para Cada Dia do Ano! Clique Aqui para adquirir seu livro.

A matemática da cruz Reviewed by Aldenir Araujo on sábado, dezembro 18, 2010 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:
1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

All Rights Reserved by O Pregador © 2014 - 2015
Designed by Blogger

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.